Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 4
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Caracterização química do solo de um plantio de pau-de-balsa (Ochroma pyramidale Cav. ex Lamb., Urb.) consorciado com andiroba (Carapa guianensis Aubl.) em área degradada na Amazônia Central. Repositório Alice
GREEN, M.; FERRAZ, J. B. S.; TEIXEIRA, P. C.; TEIXEIRA, W. G..
Este trabalho objetivou avaliar a influência da posição topográfica nas características químicas do solo em um plantio de pau-de-balsa consorciado com andiroba, sobre área degradada.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Posição topográfica; Propriedades químicas; Pau-de-balsa; Consorciação; Andiroba; Plantio; Solo; Amazonia.
Ano: 2009 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/674740
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Crescimento de pau-de-balsa sob diferentes níveis de adubação e espaçamento, em Guarantã do Norte, MT. Repositório Alice
BEHLING, M.; SANTIN, J. C.; FARIAS, J. B.; CAMARGO, D.; ALIBERTI, A. R.; PAIXÃO, F. L. M.; LANGE, A..
A madeira oriunda de reflorestamento constitui uma pequena parcela do volume comercializado internacionalmente. A crescente demanda mundial por produtos florestais tem levado ao progressivo aumento da área de florestas plantadas. Contudo, estão se tornando cada vez mais importantes novos usos e volumes mais significativos estão sendo registrados para um número relativamente pequeno de espécies florestais tropicais plantadas. A atividade de reflorestamento em Mato Grosso ainda é incipiente, representa menos de 0,2% do território estadual. Diversas espécies, incluindo muitas nativas, vêm sendo plantadas em escala produtiva (Shimizu et. al., 2007). No momento, algumas espécies florestais como teca, eucalipto, pau-de-balsa, pinho cuiabano e castanheira têm...
Tipo: Capítulo em livro científico (ALICE) Palavras-chave: Pau-de-balsa; Mato Grosso; Guranta do Norte-MT; Reflorestamento; Adubação; Espaçamento.
Ano: 2019 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1104033
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Influência da luz e do substrato na germinação de pau-de-balsa (Ochroma pyramlidae (CAV) URB. Repositório Alice
PANTOJA, K. E. R.; OHASHI, S. T.; LEÃO, N. V. M.; SIQUEIRA, J. V. C..
1999
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Pau-de-balsa; Influência da luz; Germinação; Semente florestal; Substrato; Essencia florestal; Ochroma pyramidale; Amazônia; Brasil; Light; Germination; Seeds; Growing media; Forest trees.
Ano: 1999 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/395005
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Seleção de ochroma pyramidale visando propagação vegetativa. Repositório Alice
ZANETTI, G. T.; FIGUEREDO, P. E.; SANTIN, J. C.; BENDAHAN, A. B.; ROSSI, A. A. B.; BEHLING, M.; HOOGERHEIDE, E. S. S..
Ochroma pyramidale, conhecida como pau-de-balsa, é uma espécie arbórea nativa da região norte do país nos estados do Amazonas, Acre e Rondônia. É utilizada na recuperação de áreas degradadas, bem como em plantios comerciais devido ao potencial econômico da utilização da madeira, de baixa densidade (48 a 250 kg.m-3), na construção de hélices eólicas, laminados, isolante térmico e acústico. O Equador é o principal produtor e supre 90% do consumo mundial de madeira de pau-de-balsa. No Mato Grosso, os primeiros plantios foram realizados há cerca de dez anos. Porém, usaram-se mudas de diversas procedências e sem práticas silviculturais adequadas. Os resultados foram áreas com grande variabilidade nos padrões das árvores, como altura de fuste, diâmetro e...
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Pau-de-balsa; Guaranta do Norte-MT; Mato Grosso; Melhoramento; Melhoramento Genético Vegetal; Silvicultura; Madeira.
Ano: 2019 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1113456
Registros recuperados: 4
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional