Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 41
Primeira ... 123 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Arroz e trigo: tolerância à salinidade em solução nutritiva Bragantia
Freitas,José Guilherme de; Camargo,Carlos Eduardo de Oliveira.
O estresse hídrico é uma das principais causas da baixa produtividade de grãos nas culturas de arroz e trigo-de-sequeiro no Brasil. Um programa de melhoramento genético usando um método para selecionar plantas tolerantes ao estresse hídrico diminuiria bastante esses efeitos negativos: por isso, tentou-se verificar os comportamentos de cultivares de arroz (sequeiro e irrigado) e trigo sob estresse salino considerando que estes se correlacionassem. Realizaram-se dois experimentos no laboratório da Seção de Arroz e Cereais de Inverno do Instituto Agronômico de Campinas, empregando soluções nutritivas. Os cultivares estudados foram os seguintes: arroz-de-sequeiro: IAC-25, IAC-47, IAC-164, IAC-165, IAC-1246, Batatais, Pérola, Pratão Precoce e Dourado Precoce;...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Salinidade; Água; Potencial osmótico; Comprimento radicular e aéreo.
Ano: 1988 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0006-87051988000100014
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Atividade inibidora da germinação em extratos de sementes Eugenia uniflora L. Rev. bras. sementes
Delgado,Liliana Ferreira; Barbedo,Claudio Jose.
Estudos de germinação após o fracionamento de sementes monoembriônicas de diversas espécies de Eugenia demonstraram seu potencial regenerativo. Entretanto, a formação de novas plântulas não ocorre de maneira espontânea em sementes intactas, sugerindo a presença de inibidores de germinação na semente germinante. Para investigar a presença de possíveis inibidores, seis concentrações de extratos de sementes de pitangueira (Eugenia uniflora) foram utilizados em testes de germinação, além do controle (água pura). O possível efeito osmótico desses extratos foram aferidos com soluções de PEG 6000 e de NaCl, de -0,05 a -0,40 MPa. Os extratos de pitanga não apresentaram inibição de germinação para a própria espécie. Contudo, para aquênios de alface e para sementes...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Inibição; Potencial osmótico; Myrtaceae; Fracionamento.
Ano: 2011 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-31222011000300009
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Avaliação de cultivares de soja quanto à tolerância ao estresse hídrico em substrato contendo polietileno glicol - DOI: 10.4025/actasciagron.v30i2.1731 Agronomy
Texeira, Leandra Regina; UEM; Braccini, Alessandro de Lucca e; UEM; Sperandio, Decio; UEM; Scapim, Carlos Alberto; UEM; Schuster, Ivan; Cooperativa Central de Pesquisa Agricola; Viganó, Joselaine; UEM.
O trabalho teve por objetivo avaliar genótipos de soja quanto à tolerância ao estresse hídrico, em substrato embebido com polietileno glicol (PEG 6000). Foram utilizadas sementes armazenadas por um ano, em condições não-controladas de laboratório das cultivares: CD 201, CD 202, CD 204, CD 205, CD 206, CD 208, CD 215, CD 216, Embrapa 48, BRS 132, BRS 184 e BRS 212. As avaliações consistiram em submeter às sementes aos testes de germinação, classificação do vigor das plântulas, comprimento e biomassa seca das plântulas, em condição de estresse hídrico, utilizando dois níveis de potencial osmótico (zero e -0,1 MPa). As cultivares foram agrupadas em diferentes classes de tolerância à seca, em razão da redução percentual nas características avaliadas {% Redução...
Palavras-chave: 5.01.03.05-9 Melhoramento Vegetal Glycine max (L.) Merrill; Sementes; Potencial osmótico; Germinação; Estresse hídrico 5.01.03.05-9 Melhoramento Vegetal Glycine max (L.) Merrill; Seeds; Osmotic potential; Germination; Water stress.
Ano: 2008 URL: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciAgron/article/view/1731
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Comparação de métodos de extração da solução do solo AGRIAMBI
Souza,Edivan R. de; Melo,Hidelblandi F. de; Almeida,Brivaldo G. de; Melo,Diego V. M. de.
A composição iônica da solução do solo é de grande relevância para o monitoramento da disponibilidade de nutrientes e manejo da adubação tal como, também, processos de contaminação ambiental. Assim, métodos mais viáveis que estimem a composição iônica desta solução, são bem aceitos na literatura. Esta pesquisa objetiva avaliar o desempenho de métodos de extração da solução do solo como: via pasta de saturação, extratores munidos de cápsulas porosas e relações solo:água de 1:2; 1:5 e 1:10, com e sem processo de filtragem. Utilizaram-se amostras de Neossolo Flúvico em colunas de PVC e soluções saturantes correspondentes a 0; 20; 30; 40; 50; 60; 70; 80; 90; 100; 110 e 120 mmol c L-1 de NaCl, em delineamento em blocos ao acaso com quatro repetições. Os...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Potencial osmótico; Cápsulas extratoras porosas; Relações solo:água.
Ano: 2013 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-43662013000500007
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Comportamento hídrico e crescimento do feijão vigna cultivado em solos salinizados AGRIAMBI
Coelho,José B. M.; Barros,Maria de F. C.; Bezerra Neto,Egídio; Correa,Marcus M..
A salinização dos solos reduz a capacidade das plantas de absorver água o que, em geral, provoca diminuição na sua taxa de crescimento. As respostas das plantas ao estresse salino são melhor correlacionadas com o potencial osmótico do que com a condutividade elétrica do extrato de saturação do solo. Com o objetivo de avaliar os efeitos do estresse salino no crescimento, evapotranspiração e potencial osmótico foliar do feijoeiro vigna [Vigna unguiculata L. (Walp.)] conduziu-se um experimento em casa de vegetação da Universidade Federal Rural de Pernambuco (Recife, PE, Brasil). Os tratamentos constaram de um arranjo fatorial 2 x 4 composto de duas texturas de solo e quatro níveis de salinidade do solo (4, 8 e 12 dS m-1 a 25 ºC além da testemunha sem a adição...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Potencial osmótico; Salinidade; Feijão caupi.
Ano: 2013 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-43662013000400004
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Conductividad eléctrica de la solución nutritiva en el rendimiento y calidad de tomates (Lycopersicon esculentum Mill.) nativos cultivados en invernadero. Colegio de Postgraduados
Flores González, Dalila.
México cuenta con una gran diversidad de tomates (Lycopersicon esculentum Mill.) nativos, sin embargo, existen pocos estudios que muestren el potencial y adaptación de estos genotipos para ser cultivados en condiciones de invernadero e hidroponía, con capacidad para competir en calidad y productividad con las variedades comerciales. Por lo anterior, los objetivos de esta investigación fueron: 1) evaluar el potencial de rendimiento de 100 genotipos nativos de tomate cultivados en invernadero e hidroponía y seleccionar los 10 genotipos más sobresalientes en rendimiento y 2) evaluar el efecto de tres valores de conductividad eléctrica (CE) de la solución nutritiva Steiner en el crecimiento, rendimiento y calidad de diez genotipos nativos sobresalientes en...
Palavras-chave: Potencial osmótico; Producción; Genotipos nativos; Características organolépticas; Hidroponía; Osmotic potential; Production; Native genotypes; Organoleptic characteristics; Hydroponics; Maestría; Edafología; Lycopersicon esculentum.
Ano: 2011 URL: http://hdl.handle.net/10521/471
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Conductividad eléctrica de la solución nutritiva en el rendimiento y calidad de tomates (Lycopersicon esculentum Mill.) nativos cultivados en invernadero. Colegio de Postgraduados
Flores González, Dalila.
México cuenta con una gran diversidad de tomates (Lycopersicon esculentum Mill.) nativos, sin embargo, existen pocos estudios que muestren el potencial y adaptación de estos genotipos para ser cultivados en condiciones de invernadero e hidroponía, con capacidad para competir en calidad y productividad con las variedades comerciales. Por lo anterior, los objetivos de esta investigación fueron: 1) evaluar el potencial de rendimiento de 100 genotipos nativos de tomate cultivados en invernadero e hidroponía y seleccionar los 10 genotipos más sobresalientes en rendimiento y 2) evaluar el efecto de tres valores de conductividad eléctrica (CE) de la solución nutritiva Steiner en el crecimiento, rendimiento y calidad de diez genotipos nativos sobresalientes en...
Palavras-chave: Potencial osmótico; Producción; Genotipos nativos; Características organolépticas; Hidroponía; Osmotic potential; Production; Native genotypes; Organoleptic characteristics; Hydroponics; Maestría; Edafología; Lycopersicon esculentum.
Ano: 2011 URL: http://hdl.handle.net/10521/471
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Contribuição de solutos orgânicos e inorgânicos no ajustamento osmótico de pinhão-manso submetido à salinidade. Repositório Alice
SILVA, E.N. da; SILVEIRA, J.A.G.; RODRIGUES, C.R.F.; LIMA, C.S. de; VIÉGAS, R.A..
O objetivo deste trabalho foi avaliar a acumulação de solutos orgânicos e inorgânicos e suas contribuições para o ajustamento osmótico de folhas de pinhão-manso (Jatropha curcas L.) submetido à salinidade. O experimento foi conduzido em delineamento experimental inteiramente casualizado, com cinco tratamentos (0, 25, 50, 75 e 100 mmol L-1 de NaCl) e quatro repetições. As plantas foram cultivadas hidroponicamente em casa de vegetação, em condições controladas de fotoperíodo (12 horas), temperatura (média de 28ºC) e umidade relativa do ar (média de 65%), com radiação fotossinteticamente ativa máxima média de 700 µmol m-1 s-1. O potencial osmótico das folhas decresceu progressivamente e variou de -0,84 a -2,05 MPa, enquanto o conteúdo relativo de água...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Jatropha curcas; Estresse salino; Potencial osmótico; Solutos orgânicos; Salt stress; Osmotic potential; Organic solutes.
Ano: 2009 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/125865
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Contribuição de solutos orgânicos e inorgânicos no ajustamento osmótico de pinhão-manso submetido à salinidade PAB
Silva,Evandro Nascimento da; Silveira,Joaquim Albenísio Gomes; Rodrigues,Cícera Raquel Fernandes; Lima,Cristina Silva de; Viégas,Ricardo Almeida.
O objetivo deste trabalho foi avaliar a acumulação de solutos orgânicos e inorgânicos e suas contribuições para o ajustamento osmótico de folhas de pinhão-manso (Jatropha curcas L.) submetido à salinidade. O experimento foi conduzido em delineamento experimental inteiramente casualizado, com cinco tratamentos (0, 25, 50, 75 e 100 mmol L-1 de NaCl) e quatro repetições. As plantas foram cultivadas hidroponicamente em casa de vegetação, em condições controladas de fotoperíodo (12 horas), temperatura (média de 28ºC) e umidade relativa do ar (média de 65%), com radiação fotossinteticamente ativa máxima média de 700 µmol m-1 s-1. O potencial osmótico das folhas decresceu progressivamente e variou de -0,84 a -2,05 MPa, enquanto o conteúdo relativo de água...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Jatropha curcas; Estresse salino; Potencial osmótico; Solutos orgânicos.
Ano: 2009 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-204X2009000500002
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Distribuição de fitomassa em plantas de catingueira (Caesalpinia pyramidalis Tul.) submetidas ao estresse salino. Repositório Alice
LOPES, A. P.; LÚCIO, A. A.; SILVA, F. F. S. da; SILVA, P. P. da; DANTAS, B. F..
Este estudo foi desenvolvido no Laboratório de Análises de Sementes da Embrapa Semi-Árido, Petrolina-PE, com objetivo de avaliar o efeito do estresse salino na distribuição da fitomassa em plantas de Caesalpinia pyramidalis. As sementes foram plantadas em vasos plásticos, contendo solo salinizado com soluções de NaCl de forma a obter os seguintes níveis de condutividade elétrica (CE):0 (controle), 2, 4, 6 e 8 dS.m-1. Foram avaliadas semanalmente as seguintes variáveis: matéria fresca (MF) e seca (MS) da folha, do caule e da raiz das plantas. As plantas que se desenvolveram em 2 dS.m-1 apresentaram maior crescimento das folhas, caules e raízes individualmente, resultando em um maior crescimento total em MF e MS. O desenvolvimento das plantas foi prejudicado...
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Catingueira; Salinidade; Potencial osmótico; Fitomassa; Planta; Semente.
Ano: 2007 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/160390
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeito da salinidade no crescimento e em algumas variáveis fisiológicas em mudas de abacaxizeiro cv. vitória. Repositório Alice
AMORIM, A. V.; FEITOSA, H. de O.; ANDRADE FILHO, F. L.; GOMES FILHO, E.; LACERDA, C. F. de; PIZARRO, J. C. A.; MOURA, C. F. H..
2009
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Ananas comosus; Estresse salino; Potencial osmótico; Acidez total titulável.
Ano: 2009 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/575296
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeito da temperatura e disponibilidade de água sobre leveduras aplicadas no controle de podridões pós-colheita em uva. Repositório Alice
ARAÚJO, C.; ALVES, I. L.; FREITAS, T.; CARVALHO, A. P.; FERNANDES JUNIOR, P. I.; GAVA, C. A. T..
O objetivo deste trabalho foi avaliar isolados de levedura quanto à tolerância à dessecação (baixo potencial osmótico) e temperatura que, em estudos anteriores, apresentaram potencial para o controle de patógenos pós-colheita em uva.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Vitis vinifera; Potencial osmótico; Uva; Controle biológico; Pós-colheita; Fungo; Biological control; Osmotic potential; Grapes; Postharvest.
Ano: 2015 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/1021891
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
EFEITO DO CONDICIONAMENTO OSMÓTICO NO VIGOR DE PLÂNTULAS DE FEIJÃO (Phaseolus vulgaris L.) AGRIAMBI
Queiroz,Messias Firmino de; Almeida,Francisco de Assis Cardoso; Fernandes,Pedro Dantas.
RESUMO Estudou-se o efeito de seis níveis de potencial osmótico (0, -0,2 -0,4 -0,6 -0,8 e -1,0MPa) induzidos por polietileno glicol-6000 (PEG-6000) sobre o vigor de sementes de dez cultivares de feijão (Phaseolus vulgaris , L.). O experimento foi conduzido em laboratório, em condições de temperatura e umidade controladas e substrato de papel-toalha e o delineamento experimental foi o inteiramente casualizado, em esquema fatorial de 10 x 6, com 4 repetições, cada uma com dez sementes. Houve avaliação do comprimento médio da radícula, do comprimento médio do hipocótilo e da relação radícula/hipocótilo. A medição das plântulas foi realizada em todas as cultivares, para cada nível de PEG-6000, no momento em que uma das dez cultivares atingia o nível de 80% de...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: PEG-6000; Potencial osmótico; Relação radícula/hipocótilo; Sementes.
Ano: 1998 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-43661998000200148
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeitos de fatores ambientais induzidos na germinação de sementes de Chaptalia nutans (L.) Polack Rev. bras. sementes
Yamashita,Oscar Mitsuo; Guimarães,Sebastião Carneiro; Albuquerque,Maria Cristina Figueiredo e; Carvalho,Marco Antonio Camillo de; Silva,José Luiz da.
Chaptalia nutans é uma espécie cujo valor medicinal vem sendo amplamente estudado, e os aspectos relativos à germinação de suas sementes são importantes para definir as melhores práticas para a multiplicação das plantas. Este trabalho teve por objetivo avaliar a resposta das sementes sob condições de luminosidade, temperatura, estresse osmótico, salino, e na presença de nitrato de potássio. Foram realizados quatro experimentos: a) combinação de quatro temperaturas (20 ºC, 25 ºC, 30 ºC e o ambiente dentro do laboratório no qual as temperaturas oscilaram entre 19 e 31 ºC) com duas condições de luminosidade (ausência e presença de luz); b) dez níveis de estresse osmótico proporcionado pelo manitol (0,0; -0,05; -0,1; -0,2; -0,3; -0,4; -0,5; -0,6; -0,7 e -0,8...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Língua-de-vaca; Temperatura; Luminosidade; Potencial osmótico; Nitrato de potássio.
Ano: 2009 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-31222009000300015
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeitos salinos no crescimento e desenvolvimento do arroz: alterações fisiológicas. Repositório Alice
CAMPOS, I. S.; FERREIRA, L. G. R.; ASSUNÇÃO, M. V..
Com o objetivo de avaliar os efeitos do NaCl sobre o desenvolvimento vegetativo de plantas de arroz (Oryza sativa L.) (cultivar IAC 25, um experimento foi conduzido em casa de vegetação no Centro de Ciências Agrárias da Universidade Federal do Ceará, em Fortaleza, CE. Sob os potenciais osmóticos de 0,0, -0,4, -0,8 e -1,2 MPa de NaCl, foram avaliados o peso da matéria seca da parte aérea e da raiz, o peso da matéria seca total, a relação raiz/parte aérea, o volume e o comprimento das raízes, o número de perfilhos por planta e transpiração/ planta/dia. O aumento da concentração salina provocou reduções significativas no peso da matéria seca da parte aérea. O comprimento e o volume das raízes foram reduzidos significativamente com o aumento do teor de NaCl na...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Desenvolvimento vegetativo; Potencial osmótico; Arroz; Oryza sativa; Solo salino; Salinidade; Rice; Plant development; Soil salinity; Desarrollo de la planta; Salinidad del suelo.
Ano: 1989 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/503850
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Embebição e qualidade fisiológica de sementes de tremoço branco tratadas com micronutrientes Ciência Rural
Almeida,Lilian Guimarães de; Brandão,Aldeane Sousa; Rossetto,Claudia Antonia Vieira.
As sementes de tremoço branco, devido ao alto teor de óleo e proteína, estão sendo cada vez mais utilizadas na alimentação humana e animal. Dessa forma, o objetivo deste trabalho foi avaliar a embebição e a qualidade fisiológica de sementes de tremoço branco tratadas via imersão em soluções de micronutrientes. Os tratamentos constaram do controle (isento de imersão), imersão em água destilada e em soluções de Cu, B, Zn, Mn e Mo, em delineamento experimental inteiramente casualizado. A avaliação da embebição e qualidade fisiológica foi através de testes de germinação e de vigor (primeira contagem de germinação, condutividade elétrica e crescimento de plântulas), bem como a determinação do teor de nutrientes. A velocidade de absorção das sementes de tremoço...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Lupinus albus L.; Potencial osmótico; Condicionamento.
Ano: 2015 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782015000400612
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Estresse hídrico e condicionamento osmótico na qualidade fisiológica de sementes de faveleira Cnidoscolus juercifolius AGRIAMBI
Silva,Lígia M. de M.; Aguiar,Ivor B. de; Morais,Deborah L. de; Viégas,Ricardo A..
Objetivou-se, através deste trabalho, avaliar o efeito do potencial hídrico induzido por polietilenoglicol, e do condicionamento osmótico na qualidade fisiológica de sementes de Cnidosculus juercifolius (faveleira). Para simular o estresse hídrico, as sementes foram germinadas em substrato papel de filtro umedecido com soluções de nistatina a 0,2%, sem (controle) ou com polietilenoglicol (PEG 6000), apresentando os seguintes valores de potencial osmótico: 0,0, -0,1, -0,2, -0,3, -0,5, -0,7, -0,9, -1,1 e -1,3 MPa. O condicionamento osmótico consistiu em se colocar as sementes para embeberem, em solução de PEG 6000, com potencial osmótico ajustado para -0,7 MPa, a 30 ºC, por 24, 48, 72 e 96 h. As sementes apresentaram bom desempenho germinativo até o...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Potencial osmótico; Semente florestal; Polietilenoglicol.
Ano: 2005 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-43662005000100010
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Estresse hídrico e massa de sementes na germinação e crescimento de plântulas de Amburana cearensis (Allemão) A.C. Smith Rev. Ciênc. Agron.
Almeida,João Paulo Nobre de; Pinheiro,Charles Lobo; Lessa,Bruno França da Trindade; Gomes,Fernanda Melo; Medeiros Filho,Sebastião.
Amburana cearensis, conhecida como cumaru, é uma espécie presente em todo bioma caatinga, sendo recomendada para recuperação de áreas degradadas e usos fitoterápicos. O objetivo do presente trabalho foi determinar os níveis de tolerância ao estresse hídrico na germinação e no crescimento de plântulas de cumaru em função da massa das sementes. Inicialmente as sementes foram pesadas e separadas em três classes (leves, médias e pesadas), sendo estas submetidas ao estresse hídrico, utilizando soluções de Polietilenoglicol 6000, em diferentes potenciais (0,0; -0,2; -0,4; - 0,6; -0,8 e -1,0 MPa) e colocadas para germinar na temperatura de 30 °C em câmaras de germinação. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado em esquema fatorial 3 x 6 (classes...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Cumaru; Germinação; Potencial osmótico.
Ano: 2014 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1806-66902014000400016
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Estresse salino e hídrico na germinação e vigor do arroz. Repositório Alice
CAMPOS, I. S.; ASSUNÇÃO, M. V..
O objetivo deste trabalho foi avaliar os efeitos do estresse salino provocado pelo cloreto de sódio (NaCI) e pelo sulfato de sódio (Na 2SO4), bem como os efeitos, do estresse hídrico induzido pelo polietileno glicol 6000 (PEG 6000) na germinação e vigor do arroz (Oryza saliva L.) cv. IAC 25. O potencial osrnótico das soluções variou de 0,0 a - 1,2 Megapascal (MPa). A germinação foi mais afetada pelos sais, enquanto que o PEG 6000 induziu grande redução na parte aérea. A germinação e o crescimento das plântulas foram mais afetados pelo Na 2SO4 e os sais tiveram ação mais tóxica do que osmótica, enquanto o PEG 6000 apresentou efeito exclusivamente osmótico. O potencial osmótico a - 0,8 MPa de NaCl ou Na2SO4 pode ser considerado crítico para a germinação e...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Potencial osmótico; Glicol 6000; Arroz; Oryza sativa L; Germinação; Crescimento; Solo; Salinidade; Cloreto de sódio; Sulfato de sódio; Rice; Germination; Growth performance; Soil salinity; Sodium chloride; Sodium sulfate; Germinación; Desempeño del crecimiento; Salinidad del suelo; Cloruro de sodio; Sulfato de sodio.
Ano: 1990 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/492147
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Estresse salino na germinação e no vigor de sementes de brócolis Sci. Agrar.Paran. / SAP
Silva, Edvan Costa da; Galvão, Carolina dos Santos; Viçosi, Karen Andreon; Oliveira, Luís Augusto Batista de.
O brócolis é uma hortaliça da família Brassicaceae, cultivada principalmente nas regiões Sul e Sudeste do Brasil. A cultura, assim a maioria das culturas de interesse agronômico, é muito afetada pela salinidade, interferindo no crescimento e causa alterações na qualidade do produto. O objetivo deste trabalho foi avaliar a influência do estresse salino na qualidade fisiológica de sementes de brócolis e na produção de biomassa pelas plântulas. Foram utilizadas quatro repetições de 50 sementes cada, submetidas ao estresse salino induzido por concentrações crescentes de NaCl (0,0; 0,3; 0,6 e 0,9 MPa). A qualidade das sementes foi avaliada pelos testes de germinação e primeira contagem de germinação, comprimento da parte aérea e das raízes, e a massa fresca e...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Cloreto de sódio; Brássicas; Potencial osmótico.
Ano: 2018 URL: http://e-revista.unioeste.br/index.php/scientiaagraria/article/view/19301
Registros recuperados: 41
Primeira ... 123 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional