Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 3
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Biologia e consumo do predador Callida sp. (Coleoptera: Carabidae) criado em Anticarsia gemmatalis Hubner, 1818. Repositório Alice
CORREA-FERREIRA, B.S.; POLLATO, S.L.B..
Com o objetivo de conhecer a biologia e o potencial de consumo do carabideo predador Callida sp., conduziram-se estudos de laboratorio em Londrina, PR. Sob as condicoes de 26oC ñ 2o C de temperatura a 60% ñ 10% de umidade relativa, a duracao media para o periodo de ovo a adulto foi de 32 dias, verificando-se que a maior mortalidade ocorreu no terceiro instar larval (26,67%). Quanto ao peso do corpo das larvas, constatou-se que o acrescimo maior (7,73 mg) ocorreu tambem no terceiro instar. O consumo total medio do periodo larval foi de 0,63, 1,93 e 6,20 lagartas para o primeiro, segundo o terceiro instares, respectivamente. Considerando-se que os adultos de Callida sp. consumiram uma media diaria de 48,10 lagartas pequenas e tiveram uma longevidade media de...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Inseto; Entomologia; Predador; Controle biologico; Nutricao; Predacao; Insect; Predation; Nutrition; Biology; Anticarsia Gemmatalis; Biologia; Callida sp; Biological control; Entomology.
Ano: 1989 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/444596
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeito de inimigos naturais em ovos de Helicoverpa zea (Boddie, 1850) não parasitados e parasitados por Trichogramma pretiosum (Riley, 1879). Repositório Alice
CIOCIOLA JUNIOR, A.I.; CIOCIOLA, A.I.; CRUZ, I..
Ovos de Helicoverpa zea (Boddie, 1850) foram submetidas ao parasitismo por Trichogramma pretiosum (Riley, 1879 (tratamento 1), T. pretiosum + Telenomus sp. (tratamento 2), e ao parasitismo e predatismo, respectivamente por T. pretiosum + uma larva de terceiro instar de Chrysoperla externa (Hagen, 1861)(tratamento 3) e T. pretiosum + um adulto de Doru luteipes (Scudder, 1876)(tratamento 4), nas temperaturas de 15, 20, 25 e 30 oC, num intervalo de 48h, utilizando-se um delineamento inteiramente casualizado com sete repeticoes. Nas temperaturas estudadas, constatou-se no tratamento 3 (C. externa), o consumo medio de 94,3% sendo os ovos de H. zea remanescentes parasitados. O tratamento com apenas T. pretiosum resultou num parasitismo medio de 51,6%. Quando...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Parasitismo; Ovos; Lagarta das espigas; Predacao; Chrysoperla externa; Doru luteipes; Trichogramma pretiosum; Helicoverpa zea; Parasitism; Egg; Corn earworm; Predation.
Ano: 1998 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/482093
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Periodo de Emergencia e Mortalidade Natural do Bicudo-do-Algodoeiro. Repositório Alice
RAMALHO, F. de S.; SILVA, J.R.B..
Foram estudados o periodo de emergencia dos adultos e a mortalidade natural das formas jovens e adultas em pre-emergencia do bicudo-do-algodoeiro Anthonomus grandis Boheman), na Fazenda Varzea Alegre, municipio de Inga, PB, durante os anos agricolas de 1989 e 1990. Cada unidade experimental foi composta de uma gaiola de emergencia, contendo 200 e 400 botoes florais, apresentando orificio de oviposicao, com bracteas abertas e amarelas, nos anos de 1989 e 1990, respectivamente. Os dados evidenciaram que: (1) a emergencia de adultos do bicudo-do-algodoeiro ocorre das 6:00 às 16:00 horas, com um pico significativo das 7:00 as 10:00 horas; (2) a mortalidade real do A. grandis e de 35,05%; (3) dessecacao, parasitismo e predacao sao as causas que contribuem com...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Insetos; Anthonomus grandis; Parasitismo; Predacao; Inviabilidade de ovo.
Ano: 1993 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/105483
Registros recuperados: 3
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional