Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 21
Primeira ... 12 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Biologia da reprodução de Mimosa bimucronata: uma espécie ruderal Planta Daninha
Silva,L.A; Guimarães,E; Rossi,M.N; Maimoni-Rodella,R.C.S.
Com o objetivo de estudar a biologia reprodutiva de Mimosa bimucronata, o presente estudo foi realizado em Botucatu e Cachoeira Paulista, SP, no período de novembro de 2003 a junho de 2005. Determinou-se o número de flores por glomérulo, sua duração, os eventos da antese e outras características florais, como tamanho, formato, coloração, odor, presença de néctar e localização de osmóforos. A receptividade do estigma e a viabilidade do pólen foram avaliadas. Flores foram examinadas e documentadas em microscópio eletrônico de varredura, após tratamento adequado. Foram feitos testes para a determinação do sistema reprodutivo, visando avaliar a dependência dos polinizadores. A presença de visitantes florais foi observada no campo, sendo registrada a quantidade...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Mimosa bimucronata; Polinização; Políades; Sistema reprodutivo.
Ano: 2011 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-83582011000500007
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Biologia floral e polinização de Aechmea beeriana (Bromeliaceae) em vegetação de baixio na Amazônia Central. Acta Amazonica
NARA,Angelic Katz; WEBBER,Antonio Carlos.
O presente estudo trata a biologia floral, a polinização e o sistema reprodutivo de Aechmea beeriana Smith & Spencer, acrescidas de algumas informações fenológicas. A espécie foi estudada nos arredores de Manaus-AM. A. beeriana ocorre principalmente como epífita a várias alturas, com preferência por locais mais sombreados. Apresenta-se adaptada a síndrome de ornitofilia, com antese diurna e inflorescências vistosas. A antese possui duração de um dia e as flores são homogâmicas. Os indivíduos são auto-incompatíveis. Três espécies de beija-flores, Phaethornis superciliosus, P. bourcieri e Thalurania furcata (Trochilinae), são considerados os principais polinizadores. A espécie apresenta padrão de floração sub-anual, com 98,4% dos indivíduos apresentando...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Bromeliaceae; Biologia floral; Sistema reprodutivo; Polinização; Beija-flor.
Ano: 2002 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0044-59672002000400571
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Biologia floral e polinização de Casearia grandiflora, Casearia. javitensis e Lindackeria paludosa (Flacourtiaceae) na região de Manaus, AM Rev. Bras. Bot.
Vásquez,Silvia Patricia Flores; Webber,Antonio Carlos.
A biologia floral, polinização e sistema reprodutivo de Casearia grandiflora Cambess., C. javitensis Kunth e Lindackeria paludosa (Benth.) Gilg foram estudados no campus da Universidade Federal do Amazonas, Manaus, Brasil (03°04'34" S e 59°57'50" W), durante o período de novembro 2003 a dezembro 2004. Foram realizadas observações sobre morfologia, biologia floral e visitantes florais. O sistema reprodutivo e o sucesso reprodutivo foram determinados através de polinizações experimentais no campo. As flores são hermafroditas ou estaminadas em Lindackeria paludosa e hermafroditas nas espécies de Casearia que emitem um odor adocicado durante a antese e cujo pólen possui alta fertilidade. As flores de Lindackeria paludosa e Casearia javitensis abrem durante a...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Sistema reprodutivo; Sucesso reprodutivo.
Ano: 2010 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-84042010000100012
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Biologia floral e sistema reprodutivo de Byrsonima coccolobifolia (Kunth) em uma savana amazônica Acta Amazonica
Benezar,Rosa Mª Cordovil; Pessoni,Luiz Alberto.
A biologia reprodutiva de Byrsonima coccolobifolia, foi avaliada em uma população de savana do Estado de Roraima. A espécie é constituída de arbustos e arvoretas com altura inferior a 3m, de flores hermafroditas zigomorfas, pentâmeras, reunidas em inflorescências do tipo racemo terminal, produzidos em brotações novas, o cálice é composto por cinco sépalas, que apresentam um par de glândulas produtoras de óleo. A corola é formada por cinco pétalas albo-róseas e unguiculadas, o androceu é composto por dez estames com anteras de coloração amarela. A antese pode ser noturna ou diurna, estende-se por um período médio de 12 horas e as flores costumam ficar abertas e vistosas por um período adicional de 15 horas, quando se inicia a senescência. Foram registrados...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Byrsonima; Murici; Biologia floral; Sistema reprodutivo.
Ano: 2006 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0044-59672006000200005
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Biologia reprodutiva de Cryptostegia madagascariensis Bojer ex Decne. (Periplocoideae, Apocynaceae), espécie ornamental e exótica no Brasil Bragantia
Vieira,Milene Faria; Leite,Mauro Sérgio de Oliveira; Grossi,José Antonio Saraiva; Alvarenga,Eveline Mantovani.
Foram analisados a fenologia reprodutiva, a biologia floral, o sistema reprodutivo e os polinizadores de Cryptostegia madagascariensis em indivíduos cultivados no campus da Universidade Federal de Viçosa, município de Viçosa, Zona da Mata de Minas Gerais. Testaram-se, também, a viabilidade e o vigor de sementes oriundas de frutos abertos naturalmente e a germinação de sementes de frutos ainda fechados, mas com o pericarpo verde-amarelado. C. madagascariensis floresce, principalmente, em novembro e dezembro e os frutos (folículos) podem ser observados durante todo o ano, mas especialmente em janeiro e fevereiro. As flores abrem durante o dia e duram cerca de 24 horas; há protandria, apresentação secundária de pólen e compito intrapistilar, que resulta na...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Biologia floral; Sistema reprodutivo; Polinização; Abelhas; Germinação de sementes.
Ano: 2004 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0006-87052004000300002
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Biologia reprodutiva de espécies simpátricas de Malpighiaceae em dunas costeiras da Bahia, Brasil Rev. Bras. Bot.
Costa,Cristiana B. Nascimento; Costa,Jorge Antonio S.; Ramalho,Mauro.
A biologia reprodutiva de cinco espécies simpátricas de Malpighiaceae foi estudada nas dunas costeiras da Área de Proteção Ambiental do Abaeté, Salvador, Bahia, Brasil (12º56’ S e 38º20’ W), durante o período de jul./2000 a jan./2002, e jan. a mar./2003. Foram realizadas observações sobre fenologia, morfologia, biologia floral e visitantes florais. O sistema reprodutivo foi determinado através de polinizações experimentais em campo. As Malpighiaceae são hermafroditas, possuem antese diurna e alta viabilidade polínica. A floração apresenta padrão contínuo na comunidade. Os resultados das polinizações manuais indicam que Heteropterys alternifolia e Byrsonima spp. são auto-incompatíveis e Stigmaphyllon paralias é autocompatível. Os principais polinizadores...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Centridini; Dunas costeiras; Malpighiaceae; Óleo floral; Sistema reprodutivo.
Ano: 2006 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-84042006000100010
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Biologia reprodutiva de Geonoma brevispatha Barb. Rodr. (Arecaceae) em mata de galeria inundável em Uberlândia, MG, Brasil Rev. Bras. Bot.
Ostrorog,Diana Raquel Vieira; Barbosa,Ana Angélica Almeida.
Geonoma brevispatha Barb. Rodr. é uma palmeira arbustiva com crescimento clonal e restrita a ambientes alagados, bordas de rios e córregos. O objetivo deste trabalho é descrever sua biologia reprodutiva em uma área de mata de galeria inundável, em Uberlândia, MG. O estudo foi feito no período de abril de 2004 a dezembro de 2005. A espécie floresceu de abril a agosto. A maior produção de frutos ocorreu entre outubro e dezembro de 2004. As flores possuem coloração violácea, são diclinas, protândricas, emitem odor forte, abrem por volta das 8h00 e são arranjadas na ráquila em tríades (duas flores estaminadas laterais e a pistilada central). Somente as flores pistiladas apresentaram néctar. A flor pistilada é menor que a estaminada com longevidade de dois a...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Biologia floral; Geonoma brevispatha; Miiofilia; Polinização; Sistema reprodutivo.
Ano: 2009 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-84042009000300007
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Biologia reprodutiva e fenologia de Virola sebifera Aubl. (Myristicaceae) em mata mesofítica de Uberlândia, MG, Brasil Rev. Bras. Bot.
Lenza,Eddie; Oliveira,Paulo Eugênio.
Foram estudados aspectos da biologia floral e reprodutiva de Virola sebifera Aubl., uma espécie dióica de mata mesofítica em Uberlândia, Minas Gerais. Foi determinado o sexo de 54 indivíduos presentes na área em três períodos reprodutivos consecutivos. O comportamento fenológico de floração de 11 indivíduos de cada sexo foi acompanhado entre outubro de 1998 e abril de 2000. Houve maior freqüência de indivíduos masculinos na população e nenhum indivíduo mudou de sexo, indicando forte estabilidade sexual na espécie. A floração é anual, massiva e prolongada do tipo cornucópia e os indivíduos masculinos floresceram precocemente e por um período mais longo que os femininos. As flores de V. sebifera estão agrupadas em inflorescência do tipo panícula; são...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Biologia floral; Dioicia; Fenologia; Mimetismo; Sistema reprodutivo.
Ano: 2006 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-84042006000300011
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Cabralea canjerana subsp. polytricha (Adri. Juss.) Penn. (Meliaceae), uma espécia diótica Acta Botanica
Fuzeto,Adriana Paula; Barbosa,Ana Angélica Almeida; Lomônaco,Cecília.
O estudo foi realizado em áreas de cerrado do Clube Caça e Pesca Itororó em Uberlândia-MG, durante os meses de setembro de 1997 a novembro de 1998. Para confirmação da suspeita da ocorrência de dimorfismo sexual foram adotados vários procedimentos: análise morfológica da flor de indivíduos supostamente dimórficos, análise de viabilidade polínica, medidas de altura dos indivíduos e do comprimento das inflorescências e determinação do sistema reprodutivo com realização de experimentos de polinização. Os resultados dos tratamentos florais e da análise de viabilidade polínica revelaram o caráter dióico dos indivíduos estudados. Os morfos sexuais diferem significativamente quanto à altura (F=11,01; P<0,001) e quanto ao comprimento das inflorescências...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Cabralea canjerana; Dioicia; Sistema reprodutivo; Cerrado.
Ano: 2001 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-33062001000200003
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Ecologia da polinização da amoreira-preta (Rubus sp) (Rosaceae) em Timbó-SC, Brasil Rev. Bras. Frutic.
Mello Junior,Leônidas João de; Orth,Afonso Inácio; Moretto,Geraldo.
O presente trabalho verificou experimentalmente a ecologia da polinização da amoreira-preta (Rubus sp.). Objetivou-se confirmar a síndrome de polinização de Rubus sp., por meio de análise de seu sistema reprodutivo, quantificação da produção diária de néctar, levantamento da entomofauna que visita as flores da amoreira na área de estudo e análise do seu comportamento polinizador. Os experimentos foram realizados em uma área de cultivo de amoreira-preta, no mês de dezembro de 2005, município de Timbó (SC). Constatou-se que a maior taxa de frutificação (48,3 % ± 3,2) ocorreu via polinização livre, onde os insetos não foram excluídos. Foi verificada a ocorrência de autopolinização, porém com taxa inferior de frutificação (12,2% ± 4,9). A anemofilia não foi...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Sistema reprodutivo; Amora-preta; Visitantes florais; Néctar.
Ano: 2011 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452011000300038
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Ecologia da polinização de Momordica charantia L. (Cucurbitaceae), em Florianópolis, SC, Brasil Rev. Bras. Bot.
Lenzi,Maurício; Orth,Afonso I.; Guerra,Tânia M..
O melão-de-são-caetano é uma espécie monóica e ruderal de interesse econômico. O conhecimento de seus mecanismos reprodutivos é fundamental para a sua conservação e manejo. Foram estudados a biologia floral, a fenologia reprodutiva, a polinização e o sistema de reprodução da espécie. A espécie possui flores diclinas, com antese diurna. O período de floração dura em torno de 100 dias e seu pico ocorre em outubro. No início da floração a espécie apresenta dicogamia do tipo protandria. As flores femininas não produzem néctar, tendo sido identificado mimetismo das flores masculinas pelas femininas. As flores masculinas produziram néctar durante todo o período de antese. Houve formação de frutos por fecundação cruzada e autopolinização. O número de sementes...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Biologia floral; Melão-de-são-caetano; Polinização; Sistema reprodutivo.
Ano: 2005 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-84042005000300008
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Elevada diversidade genética interpopulacional em Oryza glumaepatula Steud. (Poaceae) avaliada com microssatélites Biota Neotropica
Silva,Cynthia Maria; Karasawa,Marines Marli Gniech; Vencovsky,Roland; Veasey,Elizabeth Ann.
Marcadores microssatélites foram usados para caracterizar a diversidade genética entre e dentro de sete populações naturais de Oryza glumaepaula. Seis dessas populações são originárias da bacia hidrográfica da Amazônia e uma do rio Paraguai no Pantanal Matogrossense. Utilizando sete locos de microssatélites, observou-se diversidade genética intrapopulacional média de 1,98 alelos por loco, 56,2% de locos polimórficos, Ho = 0,026 e He = 0,241. Elevada diferenciação interpopulacional foi observada pelo índice de fixação de Wright e pelo parâmetro de divergência de Slatkin (F ST = 0,715 e R ST = 0,595, respectivamente), bem como elevado nível de endogamia total (F IT = 0,963), em grande parte influenciada pelo sistema reprodutivo (F IS = 0,858). Verificou-se...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Diversidade genética; Estrutura genética; Oryza glumaepatula; Microssatélites; Sistema reprodutivo; Populações.
Ano: 2007 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1676-06032007000200019
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Evidência da atuação do sistema de auto-incompatibilidade tardia em Acca Sellowiana (berg) burret. (Myrtaceae) Rev. Bras. Frutic.
Santos,Karine Louise dos; Lenzi,Maurício; Caprestano,Clarissa Alves; Dantas,Adriana Cibele de Mesquita; Ducroquet,Jean Pierre Henri Joseph; Nodari,Rubens Onofre; Orth,Afonso Inácio; Guerra,Miguel Pedro.
Acca sellowiana (Myrtaceae) é uma frutífera nativa da região Sul do Brasil e nordeste do Uruguai, que vem despertando grande interesse devido ao alto potencial organoléptico de seus frutos. Neste trabalho, teve-se como objetivo a caracterização do tipo de sistema de incompatibilidade atuante em A. sellowiana, através da avaliação do desenvolvimento dos tubos polínicos. Utilizaram-se dois acessos: 458, sendo autocompatível, e 101, auto-incompatível. A maior porcentagem de germinação de grãos de pólen foi observada no acesso 101, com 68,8% de grãos de pólen germinados. Não foram observadas diferenças no crescimento dos tubos polínicos em pistilos autopolinizados ou de polinização cruzada, em ambos os acessos. O crescimento completo do tubo polínico até o...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Sistema reprodutivo; Auto-incompatibilidade; Polinização; Fluorescência.
Ano: 2007 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452007000100026
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Fenologia e biologia reprodutiva de duas espécies de Byrsonima Rich. (Malpighiaceae) em área de Cerrado no Nordeste do Brasil Biota Neotropica
Mendes,Fernanda Nogueira; Rêgo,Márcia Maria Corrêa; Albuquerque,Patrícia Maia Correia de.
O conhecimento dos padrões fenológicos e da biologia floral, a determinação do papel dos vetores de fluxo de pólen, além do entendimento do sistema reprodutivo, são pontos fundamentais para a compreensão da biologia reprodutiva das espécies. Diante disso, o sistema reprodutivo, a fenologia da floração e os insetos visitantes de Byrsonima umbellata Mart. e B. rotunda Griseb. foram estudados em uma área de Cerrado, no município de Urbano Santos, Estado do Maranhão. Byrsonima umbellata apresenta longo período de floração (oito meses) e B. rotunda possui floração curta (um mês). Em ambas as espécies as flores são hermafroditas e as anteses diurnas. Byrsonima umbellata é facultativamente auto-incompatível, apresentando maior produção de frutos através da...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Sistema reprodutivo; Centridini; Polinização; Byrsonima umbellata; Byrsonima rotunda.
Ano: 2011 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1676-06032011000400011
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
INFLUÊNCIA DA POLINIZAÇÃO E DA MORFOLOGIA FLORAL NA FRUTIFICAÇÃO DE VARIEDADES DE LARANJA-DOCE Scientia Agricola
Domingues,Edson Tobias; Tulmann Neto,Augusto.
A espécie de laranjas doces (Citrus sinensis [L.] osbeck) é citada como sendo autógama. No entanto a alogamia tem sido demonstrada pelo aumento da produção de frutos com o uso de polinizadores eficientes, assim como pela existência de bons híbridos inter-específicos e ausência de bons híbridos intra-específicos. Como os programas de melhoramento via hibridação sexual em laranja doce dependem de maiores estudos, buscou-se avaliar o prendimento de frutos em 34 diferentes variedades representativas da espécie, no banco de germoplasma de Citrus do Centro de Citricultura Sylvio Moreira do Instituto Agronômico de Campinas, sob diferentes tratamentos. Foi observado que 68% das variedades prenderam frutos sob polinização aberta, 15% sob auto-polinização, 35% após...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Citrus sinensis [L.] osbeck; Melhoramento genético; Polinização; Sistema reprodutivo.
Ano: 1999 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-90161999000100023
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Manejo de polinizadores em Mangifera indica L. (Anacardiaceae) no Vale do Submédio do Rio São Francisco. Infoteca-e
KIILL, L. H. P.; SIQUEIRA, K. M. M. de.
1. Caracterização da espécie polinizada: taxonomia, origem, distribuição geográfica e histórico da utilização pelo homem; Importância socioeconômica atual e potencial; Características dos sistemas agrícolas com a presença da espécie e características do cultivo; Conhecimento sobre biologia floral da mangueira; Conhecimento sobre o sistema reprodutivo; 2. Características das espécies polinizadoras: Biologia, importância e possibilidades de manejo; 3. Manejo e conservação: Propostas de manejo; Manejo da cultura.
Tipo: Capítulo em livro técnico (INFOTECA-E) Palavras-chave: Floração da mangueira; Sistema reprodutivo; Espécie polinizada; Biologia floral; Polinization; Polinização; Manga; Taxonomia.
Ano: 2014 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/1013502
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Plasmocitoma extramedular em bulbo peniano de cão: relato de caso Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Gorenstein,T.G.; Jark,P.C.; Feliciano,M.A.R.; Sueiro,F.A.R.; Anai,L.A.; Fenerich,M.; Senhorello,I.L.S.; Rodrigues,B.C.; Tinucci-Costa,M..
O objetivo deste relato de caso é descrever a ocorrência de plasmocitoma em bulbo peniano de um cão, classificado como uma doença extramedular não cutânea de localização rara e casuística inédita. Um cão, sem raça definida, com sete anos de idade e pesando 15kg, não castrado, apresentou histórico clínico de anorexia, vômitos, anúria e constipação. Ao exame específico da genitália externa, foi encontrada uma massa em bulbo peniano durante a inspeção do prepúcio, aderida à pele e encapsulada, extremamente firme e arredondada, medindo cerca de 6cm de diâmetro. Por meio da ultrassonografia dessa estrutura, foi observado aumento do volume regional com ecotextura heterogênea e ecogenicidade mista, além de neovascularização tecidual ao Doppler colorido. Foi...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Canino; Plasmocitoma; Sistema reprodutivo.
Ano: 2016 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352016000200292
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Polinização de Caryocar villosum (Aubl.) Pers. (Caryocaraceae) uma árvore emergente da Amazônia Central Rev. Bras. Bot.
Martins,Rodrigo Lemes; Gribel,Rogério.
Caryocar villosum é uma árvore emergente comum na Amazônia central. É uma espécie importante devido à qualidade da madeira e à produção de frutos para populações humanas e animais. No presente trabalho foram estudados a biologia floral, a polinização e o sistema reprodutivo de C. villosum. Foram observadas árvores em ambiente urbano, fragmentos de mata e mata contínua, com atenção em aspectos da interação polinizador-planta e características das flores. Foram realizadas polinizações controladas para estudo do sistema reprodutivo. As flores de C. villosum têm a forma de "pincel-de-estames", são amareladas e ficam expostas acima da copa, em inflorescências terminais. Possuem antese noturna, duram apenas uma noite e secretam cerca de 750 mL de néctar por...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Biologia floral; Caryocar; Chiropterofilia; Morcego; Sistema reprodutivo.
Ano: 2007 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-84042007000100005
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Polinização e fixação de frutos em Capsicum chinense Jacq. Acta Amazonica
Costa,Lucifrancy Vilagelim; Lopes,Maria Teresa Gomes; Lopes,Ricardo; Alves,Silfran Rogério Marialva.
A Amazônia é um importante centro de diversidade de Capsicum spp., em especial de C. chinense. Informações relativas à biologia reprodutiva são importantes para o melhoramento e conservação da espécie. O objetivo desse trabalho foi estudar o sistema de reprodução de C. chinense. Foram avaliados cinco genótipos e quatro tratamentos: polinização natural, proteção dos botões florais, autopolinização manual e polinização cruzada manual. Os genótipos avaliados demonstraram auto-compatibilidade e reprodução como plantas autógamas.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Sistema reprodutivo; Pimentas; Germoplasmas.
Ano: 2008 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0044-59672008000200022
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Sistemas de polinização e de reprodução de três espécies de Jatropha (Euphorbiaceae) na Caatinga, semi-árido do Brasil Rev. Bras. Bot.
Neves,Edinaldo Luz das; Machado,Isabel Cristina; Viana,Blandina Felipe.
São apresentados a biologia floral, a dinâmica de produção de néctar, visitantes florais e sistemas reprodutivos de Jatropha ribifolia (Pohl) Baill. (Euphorbiaceae) e uma comparação dos dados obtidos para J. mollissima (Pohl) Baill. e J. mutabilis (Pohl) Baill. O estudo foi desenvolvido em uma área de caatinga hiperxerófila, na Estação Biológica de Canudos, Bahia, Brasil, de maio de 2005 a junho de 2007. As flores das três espécies estão organizadas em dicásios protogínicos. Em J. ribifolia as flores estaminadas e pistiladas duram cerca de 48 horas e a abertura é diurna, enquanto em J. mollissima e J. mutabilis as estaminadas duram entre 12 e 15 horas e as pistiladas entre 36 e 48 horas e a abertura é crepuscular. A produção de néctar, a viabilidade...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Abelhas; Biologia floral; Melitofilia; Ornitofilia; Sistema reprodutivo.
Ano: 2011 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-84042011000400009
Registros recuperados: 21
Primeira ... 12 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional