Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 8
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
A viticultura de mesa no Brasil: produção para o mercado nacional e internacional. Repositório Alice
MAIA, J. D. G.; RITSCHEL, P. S.; LAZZAROTTO, J. J..
A cadeia brasileira de uvas de mesa é diversificada, em relação às condições climáticas das regiões de produção e à matriz de cultivares, que inclui uvas americanas e as finas e híbridas do tipo fino, com e sem sementes. A preferência do consumidor brasileiro pela uva Niágara Rosada, cultivada no centro-sul do país, se manteve estável no período compreendido entre 2007 e 2016. Dentre as uvas tradicionais com sementes destacam-se, as uvas do grupo Itália, cultivadas no centro-sul e também em clima tropical semiárido. Entretanto, a opção do consumidor nacional por uvas com sementes vem diminuindo, e as apirênicas, cuja produção era totalmente destinada à exportação, passaram a ocupar posição importante no mercado doméstico. Este movimento, somado ao elevado...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: American grapevine cultivars; European grapevine cultivars; Brazilian grapevine cultivars; Seedless table grapes; Seeded table grapes; South; Temperate climate; Subtropical climate; Northeast; Tropical climate; Cultivares de videiras americanas; Cultivares de videiras europeias; Cultivares de videiras brasileiras; Uvas apirênicas; Uvas com sementes; Brasil; Sul; Clima subtropical; Nordeste; Clima Temperado; Clima Tropical; Brazil.
Ano: 2018 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1103185
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
A viticultura e a agroindústria de suco de uvas americanas em um mercado em crescimento. Repositório Alice
RITSCHEL, P. S.; MAIA, J. D. G.; PROTAS, J. F. da S.; GUERRA, C. C.; PEREIRA, G. E.; LIMA, M. dos S..
No Brasil, a produção e o consumo de suco de uva vem crescendo nos últimos anos, sendo realizada com o uso de uma matriz diversificada de cultivares de uvas do tipo americano. Esta base inclui variedades tradicionais e suas mutações precoces, além de novas cultivares brasileiras, criadas para contribuir para a solução de demandas do segmento de sucos de uva. A viticultura brasileira voltada para a produção de sucos é praticada em diferentes sistemas de cultivo e condições ambientais, que abrangem regiões de clima temperado, onde a uva é produzida sob o sistema tradicional, até regiões de clima subtropical e tropical, onde inovações no sistema de produção permitem a realização de duas ou mais colheitas anuais. A tecnologia de extração de sucos é baseada na...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: American grapevine cultivar; Brazilian grapevine cultivars; South; Temperate climate; Subtropical climate; Northeast; Tropical climate; Cultivares de videiras americanas; Cultivares de videiras brasileiras; Suco de uva; Antocianinas; Polifenois; Sul; Clima subtropical; Nordeste; Clima troícal; Clima Tropical; Grape juice; Anthocyanins; Polyphenols.
Ano: 2018 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1103070
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
AMERICA'S FORGOTTEN PEOPLE AND PLACES: ENDING THE LEGACY OF POVERTY IN THE RURAL SOUTH AgEcon
Allen-Smith, Joyce E.; Wimberley, Ronald C.; Morris, Libby V..
This study focuses on the longstanding impoverishment of the rural South and three of its subregions-Appalachia, the Mississippi Delta, and the Black Belt. The poor quality of life in rural Appalachia and along the Mississippi Delta has been publically acknowledged by programs and commissions for improving conditions. However, the more comprehensive Black Belt subregion that links parts of Southern Appalachia and the Southern Delta has not received such regional policy attention. While the South as a whole is more rural and impoverished than other U.S. regions, this is largely due to the poor conditions in the Black Belt. In addition to region and rurality, a third feature of the pattern is race. It is in the Black Belt that the South's poor socioeconomic...
Tipo: Journal Article Palavras-chave: Appalachia; Black Belt; Mississippi Delta; Policy; Poverty; Quality of life; Rural; South; Community/Rural/Urban Development.
Ano: 2000 URL: http://purl.umn.edu/15499
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
BRS 4150 variedade de milho para a regiao Sul. Infoteca-e
SANTOS, M.X. dos; GAMA, E.E.G.e; PARENTONI, S. N.; GUIMARAES, P. E. O.; PACHECO, C.A.P.; WINKLER, E.I.; VIEIRA JUNIOR, P.A.; CORREA, L.A.; MEIRELLES, W.F..
1999
Tipo: Comunicado Técnico (INFOTECA-E) Palavras-chave: Milho; Variedade; BRS 4150; Melhoramento; Brasil; Sul; Brazil; South; Zea mays; Maize; Varieties; Breeding.
Ano: 1999 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/handle/doc/482558
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
FTAA: What's in It for the South? AgEcon
Hester, Annette.
Not everyone in the Americas thinks that negotiating an FTAA is desirable. Some argue that the timing of the negotiations is being set by the agenda of the developed countries, particularly the US, and not that of the rest of the region. Others say that negotiating tariff reductions will do little to increase exports. The argument is that non-tariff barriers to trade must be part of the package, or the whole idea is a waste of time. These are just some of the opinions coming from the South. Interestingly, a number of these ideas are coming from Brazil, the hemisphere's most populous country after the US, and clearly a leader in the region. Presidential elections in Brazil took place in the fall of 2002 just prior to an FTAA Ministerial in Quito. In the...
Tipo: Journal Article Palavras-chave: Brazil; Non-tariff barriers; FTAA; South; International Relations/Trade.
Ano: 2002 URL: http://purl.umn.edu/23930
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
<i>Doxomysis algoaensis</i>, a new mysid species (Crustacea: Mysidacea) from Algoa Bay (South Africa) OMA
Wooldridge, T.; Mees, J..
<i>Doxomysis algoaensis</i> sp.nov. is described from Algoa Bay, South Africa where it is common in nearshore marine waters just beyond the breaker line. <i>D. algoaensis</i> sp.nov. is morphologically similar to <i>D. australiensis</i>, but can readily be distinguished by the shape and armature of the telson and the length of the exopod of the fourth male pleopod. The apical cleft is one fifth the telson length in the former species and one third the length in <i>D. australiensis</i>. The telson apex on each side of the cleft is also armed with five and four stout spines in the two species, respectively. In <i>D. australiensis</i>, the exopod of the fourth male pleopod is almost three times the...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Coastal zone Doxomysis Gastrosaccus olivae Mysida PSW; Africa; South; Algoa Bay.
Ano: 2000 URL: http://www.vliz.be/nl/open-marien-archief?module=ref&refid=3513
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Resultados preliminares da campanha nacional de produção de sementes de milho em comunidades rurais na região Sul do Brasil. Repositório Alice
ACOSTA, A.; VASCONCELLOS, J.H.; CRUZ, J. C.; MONTEIRO, M.A.R.; MENON, J.C.M..
2000
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Milho; Semente; Producao; Economia; Comunidades rurais; Brasil; Regiao Sul; Brazil; South; Zea mays; Maize; Seed; Production; Rural communities.
Ano: 2000 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/484142
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Seleção e desenvolvimento do composto de milho Vega Precoce (CMS 50) para a região Sul. Repositório Alice
SANTOS, M.X. dos; PARENTONI, S. N.; GUIMARAES, P. E. de O.; GAMA, E.E.G.; PACHECO, C.A.P.; VIEIRA JUNIOR, P.A.; WINKLER, E.I.; SOUZA, I.R.P. de; MEIRELLES, W.F..
1998
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Milho; Melhoramento; Variedade; Zea mays; Brasil; Sul; Brazil; South; Maize; Breeding; Varieties.
Ano: 1998 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/480607
Registros recuperados: 8
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional