Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 23
Primeira ... 12 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Anurofauna da floresta de restinga do Parque Estadual da Ilha do Cardoso, Sudeste do Brasil: composição de espécies e uso de sítios reprodutivos Biota Neotropica
Vilela,Vívian Maria de Faria Nasser; Brassaloti,Ricardo Augusto; Bertoluci,Jaime.
O Parque Estadual da Ilha do Cardoso é uma área de grande importância para a conservação, pois abriga diferentes ecossistemas costeiros, como manguezais, dunas, restingas e mata atlântica de encosta, que, historicamente, estiveram sob forte pressão antrópica. A identificação duvidosa e a descoberta de novas espécies da anurofauna em ambientes costeiros, evidencia a escassez de estudos nessas regiões. Inventariamos a anurofauna da floresta de restinga do Parque Estadual da Ilha do Cardoso entre outubro de 2005 e outubro de 2007, por meio de 25 viagens mensais de dois dias de duração. Foram utilizados dois métodos: procura visual ativa em uma parcela permanente de 10 ha e procura visual e auditiva em nove sítios de reprodução. A anurofauna da área de estudo...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Anuros; Floresta de restinga; Inventário; Conservação; Parque Estadual da Ilha do Cardoso; Sudeste do Brasil.
Ano: 2011 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1676-06032011000100008
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
As espécies de Gastrotheca Fitzinger na Serra dos Órgãos, Estado do Rio de Janeiro, Brasil (Amphibia: Anura: Amphignathodontidae) Zoologia
Izecksohn,Eugenio; Carvalho-e-Silva,Sérgio P. de.
O estudo dos anfíbios que ocorrem nas florestas da Serra dos Órgãos, no Estado do Rio de Janeiro, sudeste do Brasil, resultou no registro de três espécies de Gastrotheca Fitzinger, 1843: G. albolineata (Lutz & Lutz, 1939), G. ernestoi Miranda-Ribeiro, 1920 e G. fulvorufa (Andersson, 1911). Essas espécies são comparadas, inclusive com exame dos crânios e da vocalização, e reconhecidas como diferentes. O nome Gastrotheca microdiscus (Andersson, 1909), ao qual G. fulvorufa e G. ernestoi têm sido consideradas sinônimos por alguns autores, é tido aqui como inaplicável para qualquer dessas três espécies devido ao tamanho menor dos discos dos dedos e artelhos e pela derme da cabeça completamente envolvida em uma ossificação craniana debilmente rugosa em...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Taxonomia; Sudeste do Brasil; Gastrotheca fulvorufa; Gastrotheca ernestoi; Gastrotheca albolineata.
Ano: 2008 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-81752008000100014
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Aspectos brioflorísticos e fitogeográficos de duas formações costeiras de Floresta Atlântica da Serra do Mar, Ubatuba/SP, Brasil Biota Neotropica
Santos,Nivea Dias dos; Costa,Denise Pinheiro da; Kinoshita,Luiza Sumiko; Shepherd,George John.
Briófitas são bioindicadoras de condições climáticas, ambientais e ecológicas, sendo úteis na caracterização de tipos vegetacionais. Neste trabalho, foi analisada a brioflora de duas áreas de 1 ha, uma de Floresta de Restinga (FR) e outra de Floresta Ombrófila Densa de Terras Baixas (TB) do Núcleo Picinguaba, PE Serra do Mar (São Paulo, Brasil), com o objetivo de: a) comparar a estrutura dessas comunidades; b) entender as relações florísticas dessas áreas entre si e com outras formações litorâneas brasileiras; c) verificar se as briófitas de áreas de baixada apresentam padrões fitogeográficos mais amplos do que aquelas de áreas montanas. As briófitas foram coletadas em 10 subparcelas (10 × 10 m) distribuídas aleatoriamente em cada fitofisionomia. Variáveis...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Briófitas; Floresta de Restinga; Estrutura de comunidades; Padrões fitogeográficos; Sudeste do Brasil.
Ano: 2011 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1676-06032011000200040
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Avifauna da Reserva Biológica Municipal Poço D'Anta, Juiz de Fora, MG Biota Neotropica
Manhães,Marco Antônio; Loures-Ribeiro,Alan.
A Zona da Mata Mineira está localizada no sudeste do estado de Minas Gerais, nos domínios da Mata Atlântica, e é uma região altamente fragmentada, com muitas manchas pequenas e isoladas, cuja avifauna é pouco estudada. O objetivo deste trabalho foi inventariar a avifauna da Reserva Biológica Municipal Poço D'Anta (277 ha), uma área de floresta do município de Juiz de Fora, sudeste de Minas Gerais, através da caracterização de alguns aspectos ecológicos e o status de conservação. O levantamento foi realizado entre os períodos de março a setembro de 2007, e março de 2008 a maio de 2009, utilizando a lista de Mackinnon, capturas com redes-de-neblina e observações ocasionais. Foram identificadas 156 espécies, das quais 44 (28%) são endêmicas da Mata Atlântica...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Comunidade de aves; Inventário; Mata Atlântica; Sudeste do Brasil.
Ano: 2011 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1676-06032011000300023
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Biologia de nidificação de Anthodioctes megachiloides Holmberg (Anthidiini, Megachilidae, Apoidea) Zoologia
Alves-dos-Santos,Isabel.
Anthodioctes megachiloides Holmberg, 1903 é uma abelha solitária que utiliza cavidades pré-existentes para construir o ninho. Ninhos armadilhas de madeira foram instalados no jardim do Laboratório de Abelhas no campus da Universidade de São Paulo. As armadilhas consistiram de orifícios circulares de 4 a 5 mm de diâmetro, com profundidade de 5 a 7 cm. Tubos de papel foram inseridos nos orifícios de tal maneira que pudessem ser posteriormente e periodicamente inspecionados. Dados sobre a biologia, construção de ninho, comportamento da fêmea e atividade dos parasitas foram obtidas através de observações diretas durante a primavera e verão de 2001/2002. Fêmeas de A. megachiloides iniciaram atividade em meados de agosto e fundaram um total de 40 ninhos na...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Abelha solitária; Ninhos armadilha; Parasitismo; Sudeste do Brasil.
Ano: 2004 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-81752004000400002
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Composição das espécies de moluscos bentônicos nos reservatórios do baixo rio Tietê (São Paulo, Brasil) com uma avaliação do impacto causado pelas espécies exóticas invasoras Zoologia
França,Roberta S.; Suriani,Ana L.; Rocha,Odete.
A composição taxonômica, a densidade e a distribuição espacial de moluscos bentônicos nos reservatórios do baixo rio Tietê (São Paulo) foram analisadas. A amostragem dos moluscos foi realizada em novembro de 2002 e agosto de 2003. As características físicas e químicas dos reservatórios também foram avaliadas buscando-se correlacioná-las à composição taxonômica e à distribuição dos táxons através da Análise de Correspondência Canônica (ACC). A espécie exótica Melanoides tuberculata esteve distribuída em todas as porções amostradas e foi a espécie mais abundante, correspondendo a 65,9% ou mais da abundância total, sendo dominante em todos os reservatórios, com densidade máxima de 23753 ind.m-2 registrada na profundidade de 2 m da porção superior do...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Corbicula fluminea; Malacofauna; Melanoides tuberculata; Sudeste do Brasil.
Ano: 2007 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-81752007000100005
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Composição e preferência por microhábitat de imaturos de Odonata (Insecta) em um trecho de baixada do Rio Ubatiba, Maricá-RJ, Brasil Rev. Bras. entomol.
Assis,Juliana C. F. de; Carvalho,Alcimar L.; Nessimian,Jorge Luiz.
No período de maio de 1999 a maio de 2000 foram efetuadas coletas de imaturos de Odonata (Insecta), em sete diferentes substratos, ao longo de 50 metros de um trecho do Rio Ubatiba, Maricá, Rio de Janeiro, Brasil. Um total de 1.279 larvas de Odonata foi coligido e identificado em 27 espécies de cinco famílias. Acanthagrion lancea (Selys, 1876), Hetaerina auripennis (Burmeister, 1839), Micrathyria hesperis Ris, 1911 e Telebasis filiola (Perty, 1834) foram as espécies mais numerosas. O substrato com o maior número de indivíduos foi "vegetação em áreas de remanso". Grande parte das espécies estudadas demonstrou preferência por algum dos substratos. Dythemis multipunctata Kirby,1894, Erythrodiplax sp., M. hesperis, T. filiola, A. lancea, Erythemis sp.,...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Imaturos; Odonata; Preferência por substrato; Rios de baixada; Sudeste do Brasil.
Ano: 2004 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0085-56262004000200017
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Considerações taxonômicas e novas combinações em Ardisia Swartz (Myrsinaceae) do sudeste do Brasil Acta Botanica
Bernacci,Luís Carlos; Jung-Mendaçolli,Sigrid L..
Os tipos de placentação e de pré-floração têm sido utilizados para a distinção dos gêneros Ardisia Swartz, ao qual tem sido atribuído placentação plurisseriada e pré-floração imbricada ou quincuncial, e Stylogyne A.DC., ao qual tem sido atribuído placentação unisseriada e pré-floração contorta. Entretanto, a análise de dez espécies destes gêneros revelou a inconsistência destes caracteres. Também foi constatada a impossibilidade de observar diferenças no tipo de placentação em espécimes com poucos óvulos. Propõe-se, portanto, o restabelecimento da circunscrição de Ardisia, incluindo o gênero Stylogyne, conforme adotado por Miquel, em 1856 e Handro, em 1969. Desta forma, Ardisia ambigua Mart. é o nome válido para S. ambigua (Mart.) Mez e Ardisia martiana...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Ardisia; Stylogyne; Myrsinaceae; Sudeste do Brasil; Taxonomia.
Ano: 2000 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-33062000000300002
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Desmídias de ambientes fitotélmicos bromelícolas BJB
SOPHIA,M. G..
Pela arrumação de suas folhas as bromeliáceas permitem a retenção de água nos imbricamentos das mesmas, onde é possível o desenvolvimento de uma ficoflórula associada aos fitotelmatas (tanques de bromélias). Nestes ambientes, foram coletadas ao acaso vinte e cinco amostras através do Estado do Rio de Janeiro. Deste total, dezenove continham representantes de desmídias. A flora fitotélmica de desmídias esteve representada por quatorze táxons, tendo sido identificadas dez espécies, três variedades e uma forma taxonômica. Além do predomínio das Zygnemaphyceae, foram também registradas outras cinco classes de algas neste tipo de ambiente: Chlorophyceae, Cyanophyceae, Bacillariophyceae, Xanthophyceae e Dinophyceae.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Algas; Desmídias; Fitotelmo; Sudeste do Brasil.
Ano: 1999 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-71081999000100018
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Dieta e comportamento alimentar de Malacoctenus delalandii (Perciformes: Labrisomidae) Biota Neotropica
Pereira,Pedro Henrique Cipresso; Jacobucci,Giuliano Buzá.
O presente estudo teve como objetivo analisar a composição da dieta e o comportamento alimentar de Malacoctenus delalandii, uma espécie carnívora, de hábitos diurnos, que habita tocas e frestas de ambientes rochosos de águas tropicais. Para avaliação da dieta, foram coletados 31 indivíduos utilizando puçás, na praia da Fortaleza, município de Ubatuba. A oferta alimentar foi analisada comparando-se o conteúdo estomacal dos indivíduos com dez amostras do fital da alga calcária Amphiroa beauvoisii, local de forrageio da espécie. Para descrever o comportamento alimentar de M. delalandii foram realizadas 44 sessões de observação usando técnicas ad libitum e animal focal. Os itens alimentares considerados constantes foram os crustáceos pertencentes à ordem...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Blênio; Ecologia trófica; Conteúdos estomacais; Atividade de forrageamento; Sudeste do Brasil.
Ano: 2008 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1676-06032008000300014
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Distribuição e abundância de peixes bentônicos explotados pelos linheiros ao largo do sudeste do Brasil (1986-1995) BJB
PAIVA,M. P.; ANDRADE-TUBINO,M. F..
Este trabalho trata da distribuição e abundância das principais espécies de peixes bentônicos explotados pelos linheiros ao largo do sudeste do Brasil (latitudes 18º-26ºS), no período 1986-1995, listadas a seguir, com as respectivas participações no total das capturas: batata = Lopholatilus vilariii Ribeiro = 33,4%, namorado = Pseudopercis numida Ribeiro = 18,4%, cherne = Epinephelus niveatus (Valenciennes) = 12,1%, garoupa = Epinephelus marginatus (Lowe) = 4,1% e badejo = Mycteroperca bonaci (Poey) = 3,1%. As pescarias ocorreram em águas tropicais (latitudes 18º- 23ºS) e subtropicais (latitudes 23º-26ºS), tendo como divisor zoogeográfico a ressurgência de Cabo Frio. Os dados foram agrupados por faixas de latitude e de profundidade, segundo espécies e...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Peixes bentônicos; Distribuição e abundância; Pescarias de linheiros; Sudeste do Brasil.
Ano: 1998 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-71081998000400009
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Estrutura e composição da ictiofauna de riachos da bacia do Rio Grande no estado de São Paulo, sudeste do Brasil Biota Neotropica
Castro,Ricardo M. C.; Casatti,Lilian; Santos,Hertz F.; Melo,Alex L. A.; Martins,Luiz S. F.; Ferreira,Katiane M.; Gibran,Fernando Z.; Benine,Ricardo C.; Carvalho,Murilo; Ribeiro,Alexandre C.; Abreu,Tatiana X.; Bockmann,Flávio A.; Pelição,Gabriela Z.; Stopiglia,Renata; Langeani,Francisco.
O ponto médio de cada trecho foi georreferenciado via satélite com receptor GPS e o uso de metodologia padronizada de coleta de dados ambientais e peixes (baseada principalmente na pesca elétrica), possibilitou a obtenção das seguintes informações em cada local: 1) composição taxonômica da ictiofauna e contribuição, em termos de número de indivíduos e biomassa, de cada espécie para a ictiofauna local como um todo; 2) documentação fotográfica de espécimes representativos de cada espécie coletada com sua coloração natural; 3) descrição de cada ambiente coletado, com ilustrações fotográficas coloridas, e seus principais parâmetros bióticos e abióticos. No total foram coletados 3.070 exemplares, pertencentes a seis ordens, 18 famílias, 44 gêneros e 64...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Bacia do Alto Rio Paraná; Rio Grande; Rio Turvo; Rio Pardo; Rio Sapucaí; Peixes de riachos; Diversidade; Sudeste do Brasil.
Ano: 2004 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1676-06032004000100006
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Fenologia de árvores em fragmento de mata em São Paulo, SP BJB
FERRAZ,D. K.; ARTES,R.; MANTOVANI,W.; MAGALHÃES,L. M..
A fenologia de 6 espécies arbóreas foi estudada de outubro de 1993 a outubro de 1996, em um fragmento de floresta (10 ha) na região metropolitana de São Paulo (aproximadamente 46º43'W e 23º33'S; 750 m de altitude média). Foram acompanhados indivíduos de Alchornea sidifolia, Cecropia glaziouii, Cedrela fissilis, Cordia ecalyculata, Croton floribundus e Cupania oblongifolia, e observado o período de ocorrência das fenofases: floração, frutificação, queda e brotamento de folhas. Foi realizada a análise descritiva circular da época de ocorrência das fenofases e determinados os coeficientes de correlação múltipla entre a precipitação, a temperatura e as fenofases, para investigar a influência destes fatores do clima na fenologia das espécies. A relação mais...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Fenologia; Espécies arbóreas; Fragmento florestal; Sudeste do Brasil.
Ano: 1999 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-71081999000200013
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Herpetofauna da Estação Ambiental de Peti, um fragmento de Mata Atlântica do estado de Minas Gerais, sudeste do Brasil Biota Neotropica
Bertoluci,Jaime; Canelas,Marco Antonio Schettino; Eisemberg,Carla Camilo; Palmuti,Cesar Felipe de Souza; Montingelli,Giovanna Gondim.
Fornecemos aqui uma lista de espécies de anfíbios e répteis da Estação de Pesquisa e Desenvolvimento Ambiental de Peti, uma reserva de Mata Atlântica localizada nas montanhas da Cadeia do Espinhaço, estado de Minas Gerais, sudeste do Brasil. Essa lista originou-se de um inventário conduzido durante 78 dias de trabalhos de campo, 13 anos após a realização de um primeiro levantamento. Entre abril de 2002 e outubro de 2004, aplicamos o método de procura visual durante caminhadas nas trilhas da floresta, em diversos corpos d'água e nos sítios reprodutivos dos anuros. Foram registradas 48 espécies, incluídas nas ordens Anura (29), Gymnophiona (1), Chelonia (1), Crocodylia (1) e Squamata (16 espécies: uma anfisbena, cinco lagartos e 11 serpentes). Treze espécies...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Anfíbios; Répteis; Conservação; Inventário; Mata Atlântica; Minas Gerais; Sudeste do Brasil.
Ano: 2009 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1676-06032009000100017
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Influência do ciclo lunar na captura de morcegos Phyllostomidae Iheringia, Sér. Zool.
Esbérard,Carlos E. L..
A influência da luz da lua no padrão de atividade de morcegos já foi documentada em algumas espécies. Geralmente os morcegos reagem ao aumento da iluminação reduzindo o uso de espaços abertos e restringindo a atividade de forrageio ou a duração do período de atividade. Para estabelecer a influência do ciclo lunar na eficiência de captura de morcegos, foi realizada uma análise com 28 noites de capturas no sudeste do Brasil. A taxa de captura e a riqueza de espécies apresentaram relação linear inversa com a porção iluminada pela lua. Das espécies mais freqüentemente capturadas, apenas duas apresentaram relação significativa e negativa com o aumento da iluminação pela lua. Maiores variações na riqueza de espécies foram observadas em morcegos catadores e...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Fobia lunar; Métodos de amostragem; Sudeste do Brasil; Morcegos.
Ano: 2007 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0073-47212007000100012
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Notas sobre espécies de Idiops perty, 1833 do sudeste brasileiro com descrição de I. pirassununguensis sp. n. (Mygalomorphae, Idiopidae, Idiopinae) Biota Neotropica
Fukami,Celina Yukari; Lucas,Sylvia Marlene.
O estudo de material tipo e não tipo do gênero Idiops Perty, 1833 das quatro espécies descritas para o sudeste do Brasil permitiu ampliar o conhecimento taxonômico das mesmas. Assim Idiops montealegrensis Soares, 1944 é sinonimizada com Idiops camelus Mello Leitão, 1937; Idiops germaini Simon, 1892, descrita para o Rio de Janeiro, é confirmada como espécie válida e Idiops pirassununguensis sp. n. é descrita para Pirassununga, São Paulo. Idiops nilopolensis Mello Leitão, 1923, de Nilópolis, Rio de Janeiro, cujo tipo não foi localizado, é considerada species inquirenda. São apresentadas novas ocorrências para Idiops camelus.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Idiopidae; Idiopinae; Idiops; Espécie nova; Sudeste do Brasil.
Ano: 2005 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1676-06032005000200016
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
O estado do Rio de Janeiro como limite sul e norte de distribuição de algumas espécies de aves Iheringia, Sér. Zool.
Mallet-Rodrigues,Francisco.
A região onde se localiza o estado do Rio de Janeiro pode ser considerada biogeograficamente importante por abrigar os limites geográficos extremos da Serra do Mar e das florestas dos tabuleiros (ou de baixada), formações bastante significativas para a distribuição de diversas espécies de aves. Nesse estudo, através de extensa consulta bibliográfica, foram encontradas 59 espécies de aves com seu limite sul (40 espécies) ou norte (19 espécies) de distribuição geográfica localizado no estado do Rio de Janeiro. As espécies com limite sul de distribuição no estado têm registros em quase todo o território fluminense, exceto na região do alto vale do rio Paraíba do Sul e na porção mais ocidental da costa fluminense. São espécies predominantemente associadas às...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Mata Atlântica; Biogeografia; Distribuição geográfica; Serra do mar; Sudeste do Brasil.
Ano: 2012 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0073-47212012000400010
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
O osteocrânio de Proceratophrys boiei (Wied-Neuwied), P. appendiculata (Günther), P. melanopogon (Miranda-Ribeiro) e P. laticeps Izecksohn & Peixoto (Anura, Leptodactylidae) Zoologia
Izecksohn,Eugenio; Carvalho-e-Silva,Sérgio Potsch de; Deiss,Isabela.
Foram comparados alguns ossos do crânio de quatro espécies de Proceratophrys Miranda-Ribeiro, 1920 que compartilham longos apêndices palpebrais, como sejam: P. boiei (Wied-Neuwied, 1825), P. appendiculata (Günther, 1873), P. melanopogon (Miranda-Ribeiro, 1926) e P. laticeps Izecksohn & Peixoto, 1981. Com base na forma dos frontoparietais, (com cristas laterais elevadas), na posição dos cantos dos quadratojugais em relação ao plano vertical dos côndilos occipitais, na ornamentação das superfícies cranianas (com tubérculos e grânulos), e na presença de fossetas maxilares posteriores ventrais, P. boiei, P. appendiculata e P. melanopogon foram consideradas em um mesmo grupo. P. laticeps, entretanto, por apresentar arcadas temporais completas...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Anatomia; Crânios; Rãs; Sudeste do Brasil; Taxonomia.
Ano: 2005 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-81752005000100028
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Relação entre geomorfologia fluvial e biodiversidade e sua aplicação no processo de avaliação ambiental BABT
Bizerril,Carlos Roberto S. Fontenelle.
The relationship between the physical environment and the biological diversification of fish communities was studied and the use of fluvial morphology as an indicative of priority areas for conservation was examined. As a case study the upper course of rio Macacu, State of Rio de Janeiro, Brazil was selected. Biotic data were obtained during 4 year of samples, conduced in 13 sample units. Each environment explored were characterized for its area, order, extension, slope and number of tributaries. Two new indices (environmental diversity and environmental turnover ratio) were proposed. To asses the correlation between the physical and biotic matrixes the data were compared using the Mantel test. A strong correlation between the physical variables and...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Biodiversidade; Avaliação ambiental; Peixes de água doce; Sudeste do Brasil; Biodiversity; Environmental evaluation; Freshwater fishes; Southeastern Brazil.
Ano: 1998 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-89131998000100008
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Reprodução do falcão-de-coleira Falco Femoralis Temminck 1822 (Falconiformes: Falconidae) no município de Juiz de Fora, sudeste do Brasil Biota Neotropica
Granzinolli,Marco Antonio M.; Rios,Celso H. V.; Meireles,Leonardo D.; Monteiro,Alberto Resende.
De junho de 1998 a dezembro de 1999, cinco eventos reprodutivos do falcão-de-coleira Falco femoralis foram registrados e monitorados no município de Juiz de Fora, Estado de Minas Gerais, sudeste brasileiro. Dois ninhos encontrados em 1998 foram monitorados por duas estações reprodutivas (1998/99), enquanto um terceiro, encontrado em 1999, foi monitorado apenas em uma estação reprodutiva. Todos os ninhos estavam situados em árvores isoladas, localizadas em áreas de pastagens, e a altura em relação ao solo, variou entre 5,1 a 7,2 m. A estação reprodutiva ocorreu, nos dois anos, no final da estação seca e no início da estação chuvosa (posturas efetuadas em agosto e setembro).Dos 15 ovos colocados, três foram predados e outros três foram abandonados pelo...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/other Palavras-chave: Reprodução; Falcão de coleira; Falco femoralis; Falconidae; Sudeste do Brasil.
Ano: 2002 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1676-06032002000200015
Registros recuperados: 23
Primeira ... 12 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional