Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 12
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
A hipertermia durante o estro pode afetar o desempenho reprodutivo de fêmeas suínas Ciência Rural
Wentz,Ivo; Bortolozzo,Fernando Pandolfo; Brandt,Guilherme; Heck,Augusto; Bennemann,Paulo Eduardo; Guidoni,Antonio Lourenço; Uemoto,Daniela Aparecida.
O objetivo deste estudo foi avaliar o efeito da hipertermia no dia da inseminação artificial (IA) até o 13º dia de gestação, sobre o desempenho reprodutivo de leitoas e porcas. No experimento 1, as 488 fêmeas foram divididas em dois grupos de acordo com a temperatura retal no dia da primeira inseminação artificial (IA), respectivamente, G1 = £39,5ºC (normotermia) e G2 = >39,5ºC (hipertermia). As fêmeas com hipertermia apresentaram taxas de retorno ao estro (TRE) maiores e taxas de parto (TP) e tamanho de leitegada (TL) menores (p<0,05), quando comparadas às fêmeas com normotermia. No experimento 2, as 764 fêmeas foram classificadas em quatro grupos, respectivamente, G1 = hipertermia no dia da IA; G2 = hipertermia em um dos primeiros 4 dias após a IA;...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Suínos; Temperatura corporal; Eficiência reprodutiva.
Ano: 2001 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782001000400015
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Bovinos tropicalmente adaptados: tolerância ao calor. Infoteca-e
CARVALHO, G. M. C.; AZEVEDO, D. M. M. R.; LIMA NETO, A. F.; ARAUJO NETO, R. B. de; MONTEIRO, F. das C.; TEIXEIRA NETO, M. L.; ARAUJO, A. M. de; ALMEIDA, M. J. de O.; LEAL, T. M..
O estresse térmico por calor é um importante fator na redução da produtividade dos bovinos. A temperatura corporal, resultante da troca de calor com o ambiente, pode ser usada como índice de adaptação fisiológica, já que o aumento da temperatura significa que o animal está acumulando calor e, se o calor não for perdido, o estresse térmico pode se manifestar. Considerando a dificuldade, em relação a campo, de avaliação de parâmetros fisiológicos, como a temperatura retal (TR), índices ambientais podem ser utilizados, como o índice de temperatura e umidade (ITU) e o índice de temperatura de globo e umidade (ITGU). Neste trabalho, o objetivo foi verificar a tolerância ao calor de novilhas de diferentes grupos genéticos.
Tipo: Fôlder / Folheto / Cartilha (INFOTECA-E) Palavras-chave: Estresse térmico; Temperatura corporal; Variação climática; Bovino.
Ano: 2019 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/1109191
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Cobre e Antibiótico como Promotores de Crescimento em Rações para Frangos de Corte Rev. Bras. Ciênc. Avic.
Iafigliola,MC; Menten,JFM; Racanicci,AMC; Gaiotto,JB.
Foi realizado um experimento objetivando avaliar os efeitos de promotores de crescimento sobre o desempenho e a temperatura corporal de frangos de corte, no período de 1 a 42 dias de idade. Os tratamentos consistiram de uma ração basal não suplementada (Controle), ou suplementada com 200 mg de Cu/kg de sulfato cúprico pentahidratado (Sulfato), 75 mg de Cu/kg de citrato cúprico anidro (Citrato), 20 mg/kg de virginiamicina (VM), ou a associação Citrato + VM, em um experimento em blocos casualizados com seis repetições de 40 aves, criadas sobre cama reutilizada. Não se observou efeito de tratamentos na fase inicial. Na fase final os tratamentos não afetaram o consumo de ração e o ganho de peso, enquanto a conversão alimentar foi melhor para o VM comparado ao...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Frangos de corte; Desempenho; Cobre; Virginiamicina; Temperatura corporal.
Ano: 2000 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-635X2000000300002
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Comportamento de termorregulação do jacaré-do-pantanal, Caiman crocodilus yacare. Infoteca-e
CAMPOS, Z. M. da S.; COUTINHO, M. E.; MAGNUSSON, W..
A temperatura corpórea de 51 jacarés do Pantanal foi monitorada nos períodos de frio e calor em áreas de lagos e rios. A massa corpórea desses jacarés variou de 2 a 42 kg e seu tamanho afetou a temperatura média e a amplitude corpórea. A temperatura média corpórea alcançou 25oC, na estação fria, e 30oC, na estação quente, com valor mínimo de 16,9 oC e máximo de 37,9 oC. A temperatura corpórea de Caiman crocodilus yacare na natureza variou com temperatura do ambiente nas estações fria e quente. No período quente, os jacarés permaneceram mais tempo em áreas sombreadas, tanto na terra como na água, do que expostos diretamente aos raios solares. Sua temperatura corpórea manteve-se próxima à da superfície da água, independente de estarem no sol, na sombra, na...
Tipo: Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E) Palavras-chave: Jacaré; Comportamento termal; Temperatura corporal; Ecologia; Pantanal; Caiman crocodilus yacare; Body temperature; Termal behavior; Caimans; Ecology.
Ano: 2003 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/handle/doc/811101
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeito da idade e cor da pelagem de caprinos sobre a temperatura corporal, em Sobral, Ceará. Repositório Alice
SILVA, F. L. R. da; ARRUDA, F. de A. V.; PANT, K. P..
O presente trabalho teve como objetivo avaliar o efeito da idade e cor da pelagem de caprinos sobre a temperatura corporal.
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Caprino; Pelagem; Idade; Temperatura corporal; Goat; Hair; Age; Body temperature.
Ano: 1988 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/514434
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeito da temperatura ambiente sobre hormônios tireoideanos, temperatura corporal e empenamento de frangos de corte, fêmeas, de diferentes genótipos - DOI: 10.4025/actascianimsci.v27i3.1216 Animal Sciences
Dahlke, Fabiano; UFPR; Gonzales, Elisabeth; UNESP; Furlan, Renato Luis; UNESP; Gadelha, Adriano; Universidade Estadual do Ceará; Maiorka, Alex; UFPR; Faria Filho, Daniel Emygdio; UNESP; Rosa, Paulo Sérgio; Universidade do Contestado-SC.
Foram criados 360 frangos, fêmeas, Cobb-500 e 360 ISA-Label JA57, em temperaturas termoneutra, quente e fria, utilizando um delineamento inteiramente ao acaso, em modelo fatorial 2 x 3 (2 linhagens e 3 temperaturas) com 8 repetições, para avaliar níveis hormonais de tiroxina (T4), triiodotironina (T3), temperatura corporal e empenamento. Alta temperatura ambiente promoveu redução nas concentrações de T3, aos 21, 35 e 42 dias e um aumento de T4 aos 21 dias de idade. Reduziu, também, o empenamento total, empenamento nas regiões do peito, asa e abdômen, promovendo, ainda, aumento na temperatura superficial e corporal das aves. Os frangos, fêmeas, ISA Label tiveram melhor empamento, porém, apresentaram menores temperaturas superficiais, temperatura superficial...
Palavras-chave: 5.04.05.00-4 Produção Animal empenamento; Frangos de corte; Temperatura corporal; Tiroxina; Triiodotironina 5.04.05.00-4 Produção Animal.
Ano: 2005 URL: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciAnimSci/article/view/1216
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeito de idade e cor da pelagem de caprinos sobre sua temperatura corporal no Nordeste Brasileiro. Repositório Alice
ARRUDA, F. de A. V.; PANT, K. P..
Resumo: Analisou-se o efeito da idade e da cor da pelagem - preta e branca, respectivamente, sobre a temperatura corporal de caprinos na regiao do tropico semi-arido do Nordeste do Brasil. Diferencas significantes foram encontradas entre idades, e a media da temperatura corporal declinou, de acordo com aidade. Contudo, a variacao maxima ocorreu, entre manha e tarde. Durante o periodo da tarde, o aumento foi significativamente superior, em caprinos desmamados e adultos, do que em caprinos recem-nascidos. Esta diferenca representa um efeito conjunto de idade e manejo. Todos os animais permaneceram no aprisco; portanto, este efeito pode tambem ter resultado dum movimento relativamente maior entre os animais desmamados e adultos do que entre recem-nascidos....
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Tolerância ao calor; Regiao tropical quente; Brasil; Nordeste; Semiárido; Heat resistance; Brazil; Northeast; Caprino; Bioclimatologia; Calor; Aclimatação; Temperatura corporal; Pelame; Cor; Ambiência animal; Goats; Heat tolerance; Temperature resistance; Semiarid climate; Bioclimatology; Acclimatization; Body temperature; Coat color.
Ano: 1985 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/514201
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeito de idade e cor da pelagem sobre a temperatura corporal em caprinos no Nordeste. Repositório Alice
ARRUDA, F. de A. V.; PANT, K. P..
1984
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Temperatura corporal; Coat color; Brasil; Ceara; Caprino; Bioclimatologia; Temperatura do corpo; Pelame; Idade; Goats; Bioclimatology; Coating; Brazil.
Ano: 1984 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/515117
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Influência da cor da pelagem na regulação ao calor em caprinos e ovinos deslanados no trópico. Repositório Alice
PANT, K. P.; ARRUDA, F. de A. V.; FIGUEIREDO, E. A. P. de..
1984
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Temperatura corporal; Brasil; Nordeste; Coat color; Caprino; Ovino; Bioclimatologia; Temperatura do corpo; Pelame; Cor; Goats; Sheep; Bioclimatologia; Body temperature; Coating.
Ano: 1984 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/515126
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
O uso da termografia infravermelha como indicador da produção de metano entérico em novilhas leiteiras mestiças (Holandês x Gir). Repositório Alice
SILVA, S. A. T.; SILVA, D. C. da; LIMA, J. A. M.; FERREIRA, A. L.; MAURÍCIO, R. M.; COSTA, I. C.; CASTRO, V. R.; TOMICH, T. R.; PEREIRA, L. G. R.; MACHADO, F. S.; CAMPOS, M. M..
2016
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Eficiência alimentar; Gado de leite; Temperatura corporal.
Ano: 2016 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/1067417
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
TEMPERATURA CORPORAL, FREQÜÊNCIA CARDÍACA E RESPIRATÓRIA DO POTRO PURO SANGUE DE CORRIDA DO NASCIMENTO AO SEXTO MÊS DE IDADE Ciência Rural
Luz,Inês Nicoloso Castro da; Corte,Flávio de La; Alda,Joaquin Lopez de; Silva,Carlos Antonio Mondino da.
Cinqüenta e dois produtos Puro Sangue de Corrida (PSC), pertencentes a um estabelecimento localizado no município de São José dos Pinhais (PR), foram utilizados para a determinação de alguns parâmetros fisiológicos. Verificou-se a freqüência cardíaca e respiratória, assim com a temperatura corporal desde a primeira hora após o nascimento até os 180 dias de idade em horários e datas pré-determinadas. As freqüências cardíaca e respiratória decresceram após o sétimo dia de vida e a temperatura corporal oscilou entre 38,2 à 38,8°C. Concluiu-se que através do conhecimento desses valores fisiológicos para cada idade, o médico-veterinário terá bases mais sólidas para uma avaliação diagnostica mais segura.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Potro; Pediatria; Freqüência cardíaca e respiratória; Temperatura corporal; Sintomas clínicos.
Ano: 1992 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84781992000100007
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Variação da temperatura corporal de caprinos e ovinos deslanados no Nordeste do Brasil. Repositório Alice
ARRUDA, F. de A. V.; PANT, K. P..
1983
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Temperatura corporal; Brasil; Nordeste; Brazil; Northeast; Caprino; Ovino; Bioclimatologia; Temperatura do corpo; Sheep; Goats; Bioclimatology; Body temperature.
Ano: 1983 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/515088
Registros recuperados: 12
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional