Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 36
Primeira ... 12 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
A variabilidade do tamanho testicular dos carneiros Crioulos Lanados. Infoteca-e
MORAES, J. C. F.; SOUZA, C. J. H. de.
O objetivo deste documento é o de descrever o relacionamento do tamanho testicular com o peso corporal em carneiros Crioulos jovens e adultos, bem como a variabilidade nas medidas do perímetro escrotal em carneiros em torno de um ano de idade.
Tipo: Comunicado Técnico (INFOTECA-E) Palavras-chave: Ovino; Aparelho reprodutor; Testículo.
Ano: 2016 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/1033584
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
A variabilidade do tamanho testicular dos carneiros Crioulos Lanados. Infoteca-e
MORAES, J. C. F.; SOUZA, C. J. H. de.
O objetivo deste documento é o de descrever o relacionamento do tamanho testicular com o peso corporal em carneiros Crioulos jovens e adultos, bem como a variabilidade nas medidas do perímetro escrotal em carneiros em torno de um ano de idade.
Tipo: Artigo de divulgação na mídia (INFOTECA-E) Palavras-chave: Ovino; Aparelho reprodutor; Carneiro; Testículo.
Ano: 2015 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/1022217
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Acumulación de acetaldehído y estrés oxidativo en testículo luego de la intoxicación alcohólica en ratas ABCL
Quintans,Leandro Néstor; Maciel,María Eugenia; Castro,José Alberto; Castro,Gerardo Daniel.
En el hombre el consumo excesivo de alcohol está asociado con una disminución en la producción de testosterona y la atrofia testicular. Pudieron observarse consecuencias similares en estudios realizados in vitro en testículos aislados y la producción de testosterona, donde el acetaldehído mostró ser más potente que el alcohol para la supresión de la liberación de la hormona. Estudios previos de este laboratorio reportaron que la fracción microsomal del testículo de rata era capaz de metabolizar el etanol a metabolitos reactivos como el acetaldehído y los radicales libres 1-hidroxietilo. En este trabajo se presenta evidencia de que luego de una dosis única de etanol, el acetaldehído se acumula en el testículo durante las primeras seis horas posteriores al...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Consumo de alcohol; Toxicidad reproductiva; Testículo; Estrés oxidativo; Acetaldehído.
Ano: 2013 URL: http://www.scielo.org.ar/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0325-29572013000400009
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Agenesia renal unilateral e criptorquidismo ipsilateral em um felino: relato de caso Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Santos,E.R.; Rosa,N.S.; Barni,B.S.; Oliveira,M.P.; Camargo,V.M.F.; Contesini,E.A..
A agenesia renal é uma afecção congênita rara na espécie felina, frequentemente associada a uma malformação reprodutiva. O presente trabalho relata o caso de um felino com agenesia renal unilateral associada a criptorquidismo ipsilateral, com ênfase no diagnóstico, tratamento e acompanhamento. O paciente foi conduzido ao Hospital de Clínicas Veterinárias da Universidade Federal do Rio Grande do Sul para avaliação de criptorquidismo. A agenesia renal foi um achado durante a ecografia abdominal do felino. Durante a laparotomia, foi confirmada a ausência do rim e ureter direito, hipertrofia do rim esquerdo e presença de um testículo ectópico. O paciente teve alta após a recuperação anestésica e se mantém clinicamente estável, transcorridos seis meses da...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/report Palavras-chave: Malformação renal; Rim único; Testículo; Doenças congênitas.
Ano: 2015 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352015000200400
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Análise histométrica do desenvolvimento testicular de cutias (Dasyprocta aguti) criadas em cativeiros Braz. J. Vet. Res. Anim. Sci.
Assis-Neto,Antônio Chaves de; Melo,Maria Isabel Vaz de; Carvalho,Maria Acelina Martins de; Miglino,Maria Angélica; Oliveira,Moacir Franco de.
Foi estudado, por meio da histometria, o desenvolvimento testicular em 31 cutias da espécie Dasyprocta aguti desde o nascimento até 14 meses de idade. O diâmetro e a área, médios, foram obtidos a partir de 30 secções transversais de cordões e/ou túbulos seminíferos, em cada testículo, utilizando-se sistema de computadorizado de analises de imagem e uma ocular micrométrica Zeiss CPL 10X, acoplada a uma objetiva de 40X. As proporções volumétricas do testículo foram obtidas com o método estereométrico, segundo Elias, Henning e Schwartz¹. O diâmetro tubular médio apresentou crescimento lento desde o nascimento até os oito meses de idade, nas duas metodologias empregadas. Quando foi usada a ocular micrométrica observou-se que, a partir de nove meses, o diâmetro...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Cutia; Desenvolvimento pós-natal; Histometria; Testículo; Túbulo seminífero.
Ano: 2003 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-95962003000300007
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Análise qualitativa do estabelecimento da espermatogênese em cutias (Dasyprocta aguti) criadas em cativeiros Braz. J. Vet. Res. Anim. Sci.
Assis-Neto,Antônio Chaves de; Melo,Maria Isabel Vaz de; Carvalho,Maria Acelina Martins de; Miglino,Maria Angélica; Oliveira,Moacir Franco de; Menezes,Danilo José Ayres de; Papa,Paula de Carvalho; Kfoury Júnior,José Roberto.
A determinação do estabelecimento da puberdade é bastante estudada em animais domésticos e roedores, no entanto, são escassas as pesquisas com a finalidade de estabelecer parâmetros para a biologia reprodutiva em cutias. Foram utilizadas 31 cutias machos da espécie Dasyprocta agouti, oriundas da Universidade Federal do Piauí, Estado do Piauí, e da Escola Superior de Agricultura de Mossoró, Estado do Rio Grande do Norte. Imediatamente após a orquiectomia foram retirados fragmentos e estes foram processados histologicamente, os tecidos foram corados com hematoxilina-eosina e analisou-se os parâmetros seguintes: aspectos de luminação dos túbulos seminíferos; presença de espermatócitos primários; presença de espermátides e formação dos primeiros estágios do...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Cutia; Testículo; Espermatogênese; Puberdade; Dasyprocta aguti.
Ano: 2003 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-95962003000900004
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Apéndices Testicular y Epididimario en Individuos Brasileños International Journal of Morphology
Sousa-Rodrigues,C. F; da Silva,I. R. A; Alves,M. V; Barbosa,F. T; del Sol,M; Olave,E; Ferreira-Rodrigues,A. K. B; Ribeiro,E. A. N.
Los apéndices testiculares y epididimarios son remanescentes embriológicos del conducto paramesonéfrico y del conducto mesonéfrico, respectivamente. Estos apéndices pueden sufrir torsión causando un cuadro conocido como escroto agudo. El presente trabajo tuvo como objetivo determinar las variaciones de los apéndices testicular y epididimario, registrando su forma y tamaño. Se utilizaron 30 cadáveres de indivíduos adultos, Brasileños, con edades comprendidas entre 18 y 70 años, fijados en formaldehído 40%, facilitados por el Laboratorio de Anatomía Descriptiva y Topográfica de la Universidad Federal de Alagoas (UFAL), Maceió, Brasil. A través de disección se identificó la presencia de los respectivos apéndices, los que fueron medidos con un caliper manual...
Tipo: Journal article Palavras-chave: Anatomía; Testículo; Epidídimo; Apéndices; Torsión testicular.
Ano: 2014 URL: http://www.scielo.cl/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0717-95022014000300014
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Aspectos biométricos do desenvolvimento testicular e corporal em cutias (Dasyprocta aguti) criadas em cativeiros Braz. J. Vet. Res. Anim. Sci.
Assis-Neto,Antônio Chaves de; Carvalho,Maria Acelina Martins de; Melo,Maria Isabel Vaz de; Miglino,Maria Angélica; Oliveira,Moacir Franco de; Almeida,Mônica Marcos de; Papa,Paula de Carvalho; Kfoury Júnior,José Roberto.
Analisou-se os dados biométricos do desenvolvimento testicular e peso corporal de 31 cutias (Dasyprocta aguti) desde o nascimento até os 14 meses de idade. As correlações entre o peso corporal, idade e parâmetros testiculares apresentaram-se altamente significativas. O peso testicular, o volume testicular, assim como os demais parâmetros biométricos testiculares (comprimento, diâmetro e perímetro), evoluíram lenta e gradualmente até os 8 meses de idade. A partir dos 9 meses, o crescimento foi mais rápido. O desenvolvimento biométrico do testículo pode ser dividido em duas fases, de 0 - 8 meses e de 9 - 14 meses de idade, sendo 9 meses considerado ponto de corte em se tratando de desenvolvimento testicular de cutias criadas em cativeiro.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Cutia; Testículo; Biometria; Peso Corporal; Dasyprocta aguti.
Ano: 2003 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-95962003000800010
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Aspectos macroscópicos e morfométricos dos testículos em catetos e queixadas Biota Neotropica
Sonner,Jussara Barreira; Miglino,Maria Angélica; Santos,Tatiana Carlesso dos; Carvalhal,Roberto; Assis Neto,Antônio Chaves de; Moura,Carlos Eduardo Bezerra de; Oliveira,Moacir Franco de.
Aspectos macroscópicos e morfométricos dos testículos em catetos e queixadas. Este trabalho objetiva fornecer dados macroscópicos e morfométricos dos testículos dos catetos e queixadas. O material utilizado consistiu de catetos e queixadas oriundos da Fazenda Devaneio Pró-Fauna, Iguape, SP (Reg.1/3593/08480). Em 33 queixadas e 20 catetos, após o abate, os testículos foram colhidos e tomados dados morfométricos como: comprimento, largura e espessura (com o auxílio de um paquímetro). Os testículos são ovalados, localizados na região pélvica, inclinados dorso-caudalmente e possuem posição intermediária. O mediastino testicular esta no centro do testículo, ligeiramente desviado para a margem epididimária deste, e termina na extremidade capitata. Os queixadas...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Cateto; Queixada; Testículo; Genital; Tayassu.
Ano: 2004 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1676-06032004000200006
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Avaliação da técnica de coloração AgNOR em testículos de ovinos Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Chacur,M.G.M.; Ibrahim,D.B.; Arrebola,T.A.H.; Sanches,O.C.; Giuffrida,R.; Oba,E.; Ramos,A.A..
A coloração pela prata das regiões organizadoras de nucléolos (NORs) é caracterizada por marcar proteínas ligadas ao ácido ribonucleico ribossômico, avaliando a proliferação em células normais ou neoplásicas. Objetivou-se estudar, em testículos de ovinos obtidos em matadouro, a validade do uso da técnica de coloração pela prata (AgNOR) na identificação das regiões organizadoras de nucléolo (NORs) em células saudáveis da linhagem espermatogênica. Utilizaram-se 43 pares de testículos de ovinos mestiços entre seis e 10 meses de idade. Testes de Wilcoxon e Spearman foram empregados, com nível de 5%. As médias das NORs nas células das gônadas direita e esquerda foram, respectivamente: espermatogônia (8,77±1,14 e 9,04±0,96), espermatócitos (4,99±2,00 e...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Ovis aries; Testículo; Proliferação celular; NOR; Abatedouro.
Ano: 2015 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352015000200447
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Avaliações ultra-sonográfica, macroscópica e histológica da biopsia testicular em ovinos Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Sartori,R.; Prestes,N.C.; Canavessi,A.M.O.; Kempinas,W.G.; Rosa,G.J.M..
Devido ao fato da biopsia testicular poder acarretar hemorragia, inflamação, degeneração, aderência e fibrose, especialmente com as técnicas incisionais ou abertas, este trabalho avaliou a aplicabilidade de uma técnica menos invasiva (biopsia com agulha Tru-Cut) em ovinos na obtenção de material para histologia e acompanhou as lesões testiculares posteriores. Trinta carneiros foram igualmente divididos em três grupos: 1) controle, animais não submetidos à biopsia; 2) submetidos à biopsia + cola de fibrina nos locais da biopsia testicular e incisões da pele; e 3) submetidos à biopsia + sutura da pele escrotal após a biopsia. Exames ultra-sonográficos foram realizados pré e pós biopsia. No centésimodia, os testículos foram avaliados macro e microscopicamente...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Biopsia; Testículo; Ovino; Ultra-sonografia; Histopatologia.
Ano: 2002 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352002000300003
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Bipartição escrotal associada à má formação prepucial em ovino Morada Nova: relato de caso Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Melo,T.M.V.; Lima Filho,J.A.C.; Silva,J.G.; Amaral,C.R.A.; Correia,F.R.; Sampaio,M.O.; Vasconcelos,N.C.T.; Souza,W.M.A.; Coelho,M.C.O.C..
As alterações anatômicas do aparelho reprodutor masculino de ovinos são pouco relatadas, especialmente a condição de bipartição escrotal. Devido à importância do esclarecimento sobre esta alteração anatômica, objetivou-se relatar o caso de um ovino da raça Morada Nova que apresentava bipartição escrotal associada à má formação prepucial. Observou-se que essa alteração pode ocorrer como condição de adaptabilidade a climas tropicais.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Adaptação; Bioclimatologia; Bipartido; Carneiro; Testículo.
Ano: 2013 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352013000400023
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Criptorquidectomia em coelhos: modelo experimental para tratamento laparoscópico Ciência Rural
Beck,Carlos Afonso de Castro; Pippi,Ney Luis; Brun,Maurício Veloso; Leme,Marshal Costa; Contesini,Emerson Antônio; Stedile,Rafael.
O criptorquidismo é considerado a afecção testicular congênita mais freqüente nos animais domésticos, tendo como indicação terapêutica a exérese testicular. No presente estudo, os autores desenvolveram um modelo de criptorquidismo unilateral em coelhos com o objetivo de testar sua viabilidade para o treinamento laparoscópico diagnóstico e cirúrgico, que permitisse extrapolar seus resultados para as pequenas espécies domésticas. A preparação do modelo foi de fácil execução e viabilizou de maneira satisfatória o treinamento laparoscópico, simulando a situação clínica encontrada nos pequenos animais.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Cirurgia; Videolaparoscopia; Testículo.
Ano: 2003 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782003000200023
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Desenvolvimento do testículo de camundongo da fase fetal até a idade adulta Biological Sciences
Sachetim, Rozangela de Lucca Martins; UEL.
O desenvolvimento do testículo de camundongo foi estudado desde o 15º dia de gestação até a idade adulta. As lâminas preparadas para estudo histológico em microscópio óptico foram tratadas pela técnica do ácido periódico - Schiff e pela hematoxilina de Harris (PAS + H). Na fase fetal, os túbulos seminíferos estão constituídos por gonócitos e células de sustentação imaturas. No tecido intersticial, observam-se as células de Leydig. A espermatogênese inicia-se logo após o nascimento. O epitélio seminífero torna-se mais espesso aos 14 dias pós-natal, onde se observam espermatócitos em prófase meiótica. Aos 21 dias pós-natal, o epitélio seminífero contém espermatogônias, espermatócitos e células de Sertoli. As primeiras espermátides são observadas aos 28 dias...
Palavras-chave: 2.00.00.00-6 Ciências Biológicas camundongo; Testículo; Desenvolvimento; Túbulos seminíferos; Células de leydig; Morfologia; Microscopia de luz 2.00.00.00-6 Ciências Biológicas.
Ano: 1999 URL: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciBiolSci/article/view/4443
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efecto de la Maca Peruana (Lepidium meyenii) y de la Melatonina Sobre el Desarrollo Testicular del Ratón Expuesto a Hipoxia Hipobárica Continua International Journal of Morphology
Valenzuela-Estrada,Mario; Parra,Roberto; Velasco-Martín,Juan P; Núñez,Hipólito; Regadera,Javier; Bustos-Obregón,Eduardo.
El estudio de la hipoxia hipobárica (HH) determina un problema de salud pública y laboral en poblaciones que habitan en zonas de altura. La disminución del oxígeno afecta a diferentes órganos, incluyendo el testículo. El organismo responde frente a la hipoxia estimulando la angiogénesis, el flujo sanguíneo testicular e incrementa la temperatura intraescrotal, lo cual produce un daño de la espermatogénesis. Nuestro estudio valoró el efecto que produce la HH sobre el testículo del ratón. Se utilizó una cámara hipobárica regulada a 4.200 metros sobre el nivel del mar (msnm), en periodos de hipoxia durante 8,3; 16,6 y 24,9 días, en comparación a un grupo control en normoxia (500 msnm). En estos tres grupos, a unos ratones se administró melatonina, a otros maca...
Tipo: Journal article Palavras-chave: Hipoxia; Testículo; Maca; Melatonina; Poblaciones de Altura.
Ano: 2014 URL: http://www.scielo.cl/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0717-95022014000100012
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeito do uso de pentoxifilina no período neonatal sobre a produção espermática em ratos Wistar adultos Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Moraes,T.A.P.; Jasset,P.F.; Torres,S.M.; Moraes,A.V.; Silva Júnior,V.A.; Guerra,M.M.P..
Utilizaram-se doses crescentes de pentoxifilina em ratos Wistar neonatos visando aumentar a produção espermática em animais adultos. Trinta e sete animais foram distribuídos de acordo com os tratamentos: não tratados (n=10) e tratados com 1mg/kg (n=10), 5mg/kg (n=9) e 10mg/kg (n=8) de pentoxifilina (IP). Aos 90 dias, os animais foram anestesiados e perfundidos intracardiacamente com solução fixadora. Os testículos foram processados rotineiramente para inclusão em resina plástica à base de glicol metacrilato. Cortes histológicos de 4µm de espessura foram corados em azul de toluidina/borato de sódio a 1% e analisados histometricamente. O número de células de Sertoli por secção transversal diminuiu nos grupos tratados com 5mg/kg e 10mg/kg em relação aos...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/report Palavras-chave: Rato; Testículo; Células de Sertoli; Produção espermática; Pentoxifilina.
Ano: 2009 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352009000100012
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Estação de nascimento e puberdade em cordeiros Santa Inês R. Bras. Zootec.
Alves,Jordan Meneses; McManus,Concepta; Lucci,Carolina Madeira; Carneiro,Helena Cristina Rodrigues; Dallago,Bruno Stefano; Cadavid,Verônica González; Marsiaj,Pablo Anibal Pereira; Louvandini,Helder.
Neste estudo, investigou-se o efeito da estação de nascimento sobre a puberdade de cordeiros Santa Inês criados no Distrito Federal. Utilizaram-se 33 cordeiros machos, inteiros, distribuídos em quatro lotes de grupos contemporâneos. A diferença de idade de cada grupo foi de 90 dias, abrangendo as quatro estações do ano. Foram realizadas coletas de dados mensalmente e a cada 15 dias, dependendo da presença ou ausência de espermatozóides no ejaculado de cada animal. A puberdade foi definida quando o sêmen do animal apresentou motilidade total de 10% e concentração espermática de 50 x 10(6) espermatozóides por mililitro (mL) de ejaculado. Após a definição da puberdade, procedeu-se a mais uma coleta e, após 15 dias, realizou-se a castração dos animais. A idade...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Andrologia; Biometria; Sêmen; Testículo.
Ano: 2006 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-35982006000400004
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Estação de nascimento e puberdade em cordeiros Santa Inês UnB - FAB
Alves, Jordan Meneses; Pimentel, Concepta Margaret McManus; Lucci, Carolina Madeira; Carneiro, Helena Cristina Rodrigues; Dallago, Bruno Stefano; Cadavid, Verônica González; Marsiaj, Pablo Anibal Pereira; Louvandini, Helder.
Neste estudo, investigou-se o efeito da estação de nascimento sobre a puberdade de cordeiros Santa Inês criados no Distrito Federal. Utilizaram-se 33 cordeiros machos, inteiros, distribuídos em quatro lotes de grupos contemporâneos. A diferença de idade de cada grupo foi de 90 dias, abrangendo as quatro estações do ano. Foram realizadas coletas de dados mensalmente e a cada 15 dias, dependendo da presença ou ausência de espermatozóides no ejaculado de cada animal. A puberdade foi definida quando o sêmen do animal apresentou motilidade total de 10% e concentração espermática de 50 x 106 espermatozóides por mililitro (mL) de ejaculado. Após a definição da puberdade, procedeu-se a mais uma coleta e, após 15 dias, realizou-se a castração dos animais. A idade à...
Tipo: Article Palavras-chave: Andrologia; Biometria; Sêmen; Testículo; Cordeiro; Puberdade.
Ano: 2006 URL: http://hdl.handle.net/10482/6794
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Estudio Morfológico de Testículo de Híbridos de Alpaca (Lama pacos L.1758) y Llama (Lama glama L. 1758) International Journal of Morphology
Valenzuela-Estrada,M; Rippes,F; Nuñez,H.
En el presente estudio se ha realizado una descripción histológica básica de la estructura de testículos de machos híbridos resultantes del cruce de llama (Lama glama L.1758) y alpaca (Lama pacos L.1758), a los que se llama guarizos o huarizos. Como la fisiología reproductiva de estos híbridos es desconocida, nos pareció importante y necesario realizar estudios histológicos básicos para predecir si tienen capacidad reproductiva, ya que como híbridos se les considera estériles. Para ello se han analizado los testículos izquierdos de 10 híbridos de edades comprendidas entre 2 y 5 años, fijándolos en solución Bouin e incluyéndolos en parafina. Se han estudiado al microscopio óptico cortes histológicos de 5 micras de grosor, conteniendo en todos los casos...
Tipo: Journal article Palavras-chave: Híbrido; Llama; Alpaca; Testículo.
Ano: 2012 URL: http://www.scielo.cl/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0717-95022012000300067
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Fases do desenvolvimento e diferenciação testicular em cutias (Dasyprocta aguti) criadas em cativeiros Braz. J. Vet. Res. Anim. Sci.
Assis-Neto,Antônio Chaves de; Carvalho,Maria Acelina Martins de; Melo,Maria Isabel Vaz de; Miglino,Maria Angélica; Oliveira,Moacir Franco de; Mariana,Arani Nanci Bomfim.
A cutia (Dasyprocta aguti) é um roedor silvestre encontrado amplamente na região Nordeste do Brasil. É uma espécie muito utilizada pela população humana de baixa renda como fonte alternativa de proteína na alimentação. Foram utilizadas 31 cutias, machos, provenientes da Universidade Federal do Piauí, Estado do Piauí e da Escola Superior de Agricultura de Mossoró Estado do Rio Grande do Norte. Os animais foram divididos em grupos etários desde o nascimento até os 14 meses de idade. O diâmetro nuclear médio foi obtido pela medida de 10 núcleos do tipo celular estudado em cada testículo, no estágio 1 do ciclo do epitélio seminífero. Nos animais que não apresentaram o epitélio organizado em estágios bem definidos em virtude da idade, foram feitas medidas em...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Cutia; Testículo; Puberdade; Epitélio seminífero; Dasyprocta aguti.
Ano: 2003 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-95962003000700010
Registros recuperados: 36
Primeira ... 12 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional