Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 13
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Algas marinhas bentônicas da Reserva Biológica Estadual da Praia do Sul, Ilha Grande, Angra dos Reis, Rio de Janeiro, Brasil Acta Botanica
Gestinari,Lísia Mônica de Souza; Nassar,Cristina Aparecida Gomes; Arantes,Patrícia Valéria dos Santos.
Na Reserva foram encontradas 121 espécies, sendo 27 de Chlorophyceae, 21 de Phaeophyceae e 73 de Rhodophyceae. Dentre estas espécies, 38 são novas referências para a ilha, sendo que Cladophora catenata (L.) Kütz. é pela primeira vez citada para o litoral do Rio de Janeiro. Não foram encontradas espécies endêmicas e nem flora específica de região insular. A comparação da flora da Reserva com a de regiões vizinhas indica alta percentagem de espécies em comum entre elas.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Algas marinhas bentônicas; Taxonomia; Unidade de Conservação; Ilha Grande.
Ano: 1998 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-33061998000100005
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Condição quantitativa e qualitativa da vegetação natural remanescente do entorno da Flona de Passo Fundo, Mato Castelhano, RS. Repositório Alice
SCARIOT, E. C.; SANTOS, J. E. dos; ALMEIDA, D.; QUADROS, F. R.; FUSHITA, A. T.; MAZZA, C. A. da S.; MAZZA, M. C. M..
2013
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Unidade de Conservação; Floresta Nacional; Vegetação natural; Remanescente; Sustentabilidade ecológica.
Ano: 2013 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/977457
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Conservation des habitats semi-naturels dans le paysage du sud du Brésil : systèmes sylvo-pastoraux traditionnels (Faxinais). Repositório Alice
ALMEIDA, D.; SANTOS, J. E. dos; SCARIOT, E. C.; FUSHITA, A. T.; MORAES, M. C. P. de; REIS, R. R. dos; MAZZA, C. A. da S.; MAZZA, M. C. M..
2014
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Uso da terra; Ecologia de paisagem; Unidade de Conservação; Flona; Irati; Utilisation des terres; Structure du paysage; Biome forêt atlantique.
Ano: 2014 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/1005906
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Espécimes de pau-rosa (Aniba rosaeodora Ducke - Lauraceae) na Floresta Nacional ods Tapajós: espécie nativa ameaçada de extinção na Amazônia. Repositório Alice
REIS, J. dos S.; MARTORANO, L. G.; BRIENZA JUNIOR, S.; SALOMÃO, R. de P.; MONTEIRO, D. C. A.; NASCIMENTO, N. C. C..
O Pau-Rosa (Aniba rosaeodora Ducke - Lauraceae) é a planta aromática amazônica mais conhecida e importante no comércio de óleos essenciais. Seu óleo é obtido por destilação das folhas, galhos, madeira e raízes, sendo rico em linalol. O produto tem grande demanda no mercado nacional e internacional por ser utilizado na aromaterapia, bem como na perfumaria de alto valor econômico. O corte indiscriminado e manejo inadequado fez com que a espécie fosse incluída pelo IBAMA na Lista Oficial de Espécies da Flora Brasileira Ameaçadas de Extinção. Também é classificada pela Red- List/IUCN na categoria Ameaçada, critério ?em perigo?. Diante disso, o objetivo deste trabalho foi identificar indivíduos na Floresta Nacional do Tapajós como possíveis matrizes de...
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Unidade de Conservação; Pau-Rosa; Óleos essenciais.
Ano: 2014 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/1009618
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Fenologia reprodutiva de Maytenus ilicifolia (Celastraceae) na Floresta Nacional de Irati, Paraná, Brasil. Repositório Alice
MAZZA, M. C. M.; SANTOS, J. E. dos; MAZZA, C. A. da S..
(Reproductive phenology of Maytenus ilicifolia (Celastraceae) in the Irati National Forest, Paraná, Brazil). The present study investigates the reproductive phenology of a natural population of Maytenus ilicifolia Mart. ex Reissek from the Mixed Ombrophylous Forest (Araucaria Forest). The phenological study was carried out from April 2003 to March 2005, on 78 adult trees. The intensity of phenological events was estimated based on the scale of Fournier. The population showed seasonal behavior. A significant correlation was observed between temperature, day length and flowering. Two floral types were identified, one pistillate and the other staminate, and together with the phenology patterns results a dioecious characteristic for the species is suggested.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Maytenus ilicifolia; Espinheira santa; Floração; Frutificação; Fenologia; Planta medicinal; Unidade de Conservação.
Ano: 2011 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/912685
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Georreferenciamento do percurso de rafting no rio Paraibuna, no Parque Estadual Serra do Mar – Núcleo Santa Virgínia, SP Ciências Agrárias
Pereira, Ana Paula; Batista, Getulio Teixeira; Robim, Maria de Jesus.
Resumo: O presente trabalho visa subsidiar ações voltadas à implementação do rafting no Parque Estadual Serra do Mar – Núcleo Santa Virgínia. Teve-se como principal objetivo a caracterização do percurso do rafting no rio Paraibuna para auxiliar no manejo desta atividade dentro da Unidade de Conservação. Para atingir este objetivo foram utilizadas fotografias aéreas ortorretificadas e georreferenciadas, cartas IGC 1:10.000, assim como, o Sistema de Informação Geográfica – SIG, software SPRING, pois tais instrumentos auxiliam nas análises de informações ao permitir a integração de dados de diferentes fontes de forma georreferenciada. Os resultados podem ser veiculados na forma de mapas dinâmicos e interativos via Internet constituindo uma estratégia...
Tipo: Article Palavras-chave: Rafting; Unidade de Conservação; Turismo Sustentável; Sistema de Informação Geográfica.
Ano: 2011 URL: http://hdl.handle.net/2315/166
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
GESTÃO MERCADOLÓGICA ESTRATÉGICA DO ECOTURISMO EM RPPNS: RIO SUCURI – BONITO-MS AgEcon
Souza, Helaine Aparecida Silva; Oliveira, Neimar Bezerra De; Machado, Esmael Almeida; Bacarji, Alencar Garcia; Almeida, Lauro Brito De.
A região de Bonito, Mato Grosso do Sul, é mundialmente conhecida em função do ecoturismo. Dentre seus principais atrativos se destaca o Rio Sucuri, localizado na Reserva Particular do Patrimônio Natural – RPPN – São Geraldo. A presente pesquisa, realizada nesta RPPN, analisou o perfil socioeconômico e a satisfação dos turistas quanto ao passeio de flutuação no Rio Sucuri. A metodologia utilizada possui caráter teórico e empírico, desenvolvida na forma de um estudo exploratório, com pesquisas bibliográficas, de campo e entrevistas. Os resultados e discussões apresentam as características básicas dos fluxos de visitação e do perfil dos visitantes, bem como propostas para incrementar a gestão mercadológica estratégica e ambiental do atrativo. As conclusões...
Tipo: Conference Paper or Presentation Palavras-chave: Ecoturismo; Unidade de Conservação; Estratégia; Turismo sustentável; Serra da Bodoquena; Ecotourism; Unit of Conservation; Strategy; Sustainable Tourism; Serra da Bodoquena; Environmental Economics and Policy.
Ano: 2008 URL: http://purl.umn.edu/109979
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Inventário florestal de grandes áreas na Floresta Nacional do Tapajós, Pará, Amazônia, Brasil. Repositório Alice
ANDRADE, D. F.; GAMA, J. R. V.; MELO, L. O.; RUSCHEL, A. R..
Criada em 1974 no oeste do estado do Pará, a unidade de conservação federal Floresta Nacional do Tapajós, com predominância de floresta ombrófila densa, vem sendo estudada pela ciência florestal há décadas. Em 2012, foram realizados estudos sobre a composição florística e fitossociologia da Zona de Manejo Florestal Não Madeireiro da Unidade de Conservação. Foram lançadas 204 unidades amostrais de 30 m x 250 m, com 500 metros de distância entre elas, distribuídas de forma sistemática, em duas áreas, sendo 94 parcelas na Área 1 e 110 parcelas na Área 2, em uma intensidade amostral de 0,19%. Nas unidades amostrais, considerou-se as seguintes classes de tamanho: C-1 = 10 cm £ DAP < 25 cm em subparcela de 30 m x 50 m; C-2 = 25 cm £ DAP < 50 cm em...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Inventário florestal; Unidade de Conservação; Amazônia.
Ano: 2015 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/1025613
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Modeladores condicionantes da paisagem do entorno da Floresta Nacional de Irati. Repositório Alice
ALMEIDA, D.; SANTOS, J. E. dos; SCARIOT, E. C.; FUSHITA, A. T.; MAZZA, C. A. da S.; MAZZA, M. C. M..
2013
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Unidade de Conservação; Vegetação natural; Floresta Nacional; Remanescente; Conservação; Flona de Irati; Paraná.
Ano: 2013 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/977470
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Morcegos da Estação Ecológica Aiuaba, Ceará, nordeste do Brasil: uma unidade de proteção integral na caatinga Mastozool. neotrop.
Feijó,Anderson; da Rocha,Patrício A.
Nesse trabalho, inventariamos a quiropterofauna da Estação Ecológica Aiuaba (ESEC Aiuaba), situada no estado do Ceará, nordeste do Brasil, e uma das poucas unidades de proteção integral no bioma Caatinga. Cinco campanhas de agosto de 2012 a dezembro de 2013 foram conduzidas. Um esforço de 31 500 h.m2 de redes de neblina somadas às 30 horas de busca ativa resultou na captura de 275 espécimes pertencentes a 26 espécies, 24 gêneros e sete famílias. Desse total, 205 indivíduos (26 espécies) foram capturados nas redes de neblina, enquanto 70 (11 espécies) foram capturadas nos abrigos. A família Phyllostomidae foi a mais represen­tativa, contribuindo com 82.9% da abundância total. A espécie mais frequente nas redes de neblina foi Artibeus planirostris (37.5% do...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Caatinga; Chiroptera; Micronycteris sanborni; Peropteryx trinitatis; Unidade de Conservação.
Ano: 2017 URL: http://www.scielo.org.ar/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0327-93832017000200008
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Padrão de distribuição espacial e estrutura diamétrica da espécie Protium pallidum Cuatrec, em uma floresta de terra firme na Resex Calari, Amapá-Brasil. Repositório Alice
VASCONCELOS, C. da C.; NICACIO, M. A.; ISACKSSON, G. L.; APARÍCIO, W. C. da S.; GUEDES, M. C.; APARÍCIO, P. da S..
2011
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Breu branco; Unidade de Conservação; Índice de Morisita.
Ano: 2011 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/916691
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Perfil das reservas particulares do patrimônio natural do Estado do Paraná - DOI: 10.4025/actasciagron.v29i2.237 Agronomy
Cegana, Antonio Cristiano Vieira; UEM; Takahashi, Leide Yassuco; UEM; Takahashi, Leide Yassuco; UEM; Vieira, Francisco Giovanni David; UEM; Vieira, Francisco Giovanni David; UEM.
As Reservas Particulares do Patrimônio Natural (RPPNs), uma das categorias de manejo do Sistema Nacional de Unidades de Conservação, são fundamentais para a preservação da biodiversidade. Com o objetivo de caracterizar as RPPNs do Estado do Paraná, destacando os pontos primordiais para um efetivo e adequado manejo das áreas em prol da conservação, foram aplicados 66 questionários junto aos proprietários de RPPNs, entre julho e novembro de 2004. Após as análises univariadas e bivariadas, desenvolvidas pelo pacote estatístico Le Sphinx Plus, foi verificado que o poder público municipal foi o principal incentivador à criação dessas unidades de conservação, visando aos benefícios financeiros gerados pelo ICMS Ecológico. A maior parte das reservas não apresenta...
Palavras-chave: 5.01.03.05-9 Melhoramento Vegetal RPPN; Unidade de Conservação; Biodiversidade.
Ano: 2007 URL: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciAgron/article/view/237
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Registro de minhocas em unidades de conservação do Brasil - 12 anos de trabalhos! Repositório Alice
BARTZ, M. L. C. B.; SILVA, E. da; SANTOS, A.; NADOLNY, H.; CARDOSO, G.; ZAGATTO, M.; FONSECA, P. da; PEREIRA, J. de M.; BARETTA, D.; DAVIDSON, S.; MARTÍNEZ, A. F.; JAMES, S. W.; DEAËNS, T.; BROWN, G. G..
2015
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Minhoca; Unidade de Conservação; Brasil.
Ano: 2015 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/1024696
Registros recuperados: 13
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional