Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 10
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
A bubalinocultura em áreas de reserva extrativista na Amazônia: o caso da Resex Verde para Sempre, Porto de Moz, estado do Pará. Repositório Alice
QUINZEIRO NETO, T.; LOURENÇO JUNIOR, J. de B.; GARCIA, A. R.; SANTOS, J. C. dos; SANTOS, M. A. S. dos; NERES, L. de S..
O artigo caracteriza a bubalinocultura desenvolvida em comunidades ribeirinhas da Reserva Extrativista Verde para Sempre (REVPS), município de Porto de Moz, Estado do Pará. A pesquisa fez parte de iniciativa coordenada pela Embrapa Amazônia Oriental, em parceria com o Instituto Chico Mendes de Biodiversidade, no âmbito do projeto "Alternativas sustentáveis para geração de renda nas comunidades da Reserva Extrativista Verde para Sempre, Porto de Moz, Pará". O trabalho contextualiza o Sistema de Unidades de Conservação Brasileiro, caracteriza a REVPS e analisa a associação entre a criação de búfalos e a agricultura familiar dentro dessa Unidade de Conservação. Também, constam análises que enfatizam a dimensão socioeconômica da bubalinocultura e sua...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Bubalinocultura; Unidades de Conservação; Pecuária Familiar; Sistemas de Produção; Amazônia.
Ano: 2014 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/1030031
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
A bubalinocultura em áreas de reserva extrativista na Amazônia: o caso da Resex Verde para Sempre, Porto de Moz, estado do Pará. Repositório Alice
QUINZEIRO NETO, T.; LOURENÇO JUNIOR, J. de B.; GARCIA, A. R.; SANTOS, J. C. dos; SANTOS, M. A. S. dos; NERES, L. de S..
O artigo caracteriza a bubalinocultura desenvolvida em comunidades ribeirinhas da Reserva Extrativista Verde para Sempre (REVPS), município de Porto de Moz, Estado do Pará. A pesquisa fez parte de iniciativa coordenada pela Embrapa Amazônia Oriental, em parceria com o Instituto Chico Mendes de Biodiversidade, no âmbito do projeto ?Alternativas sustentáveis para geração de renda nas comunidades da Reserva Extrativista Verde para Sempre, Porto de Moz, Pará?. O trabalho contextualiza o Sistema de Unidades de Conservação Brasileiro, caracteriza a REVPS e analisa a associação entre a criação de búfalos e a agricultura familiar dentro dessa Unidade de Conservação. Também, constam análises que enfatizam a dimensão socioeconômica da bubalinocultura e sua...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Bubalinocultura; Unidades de Conservação; Pecuária Familiar; Sistemas de Produção; Amazônia.
Ano: 2014 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/1034507
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Alterações na vegetação herbácea de floresta ombrófila densa decorrentes do uso em uma trilha turística na Serra do Mar em São Paulo, Brasil Acta Botanica
Maciel,Luísa Almeida; Siles,Maria Francisca Roncero; Bitencourt,Marisa Dantas.
O estudo analisou a vegetação herbácea ao longo de uma trilha de uso público intensivo nos parques Natural Municipal Nascentes de Paranapiacaba (PNMNP) e Estadual da Serra do Mar (PESM). Foram analisados os valores de cobertura vegetal, riqueza e número de indivíduos do estrato herbáceo. A metodologia permitiu amostrar 76 unidades (adjacentes a trilha, a 2 m e a 10 m da trilha). Os três parâmetros da vegetação analisados apresentaram valores menores à medida que se afasta perpendicularmente à trilha. Na análise dos indivíduos registrou-se maior número de morfoespécies, maiores cobertura e riqueza nas unidades amostrais adjacentes à trilha. Duas espécies foram detectadas como dominantes, especialmente nas unidades amostrais próximas à trilha: Parodiolyra...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Mata Atlântica; Recreação; Uso público; Trilhas; Unidades de Conservação.
Ano: 2011 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-33062011000300016
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Análise da gestão das unidades de conservação do sistema estadual de áreas protegidas de Minas Gerais. Repositório Alice
ALVES, R. G.; REZENDE, J. L. P.; BORGES, L. A. C.; FONTES, M. A. L.; ALVES, L. W. R..
As Unidades de Conservação (UC) são espaços territoriais especialmente protegidos para a proteção dos recursos naturais. Minas Gerais abriga UC criadas pelos vários níveis de governo. O trabalho objetivou identificar e discutir os aspectos da gestão atualmente realizados pelo Sistema Estadual de Áreas Protegidas de Minas Gerais (SEAP), assim como seus avanços, tendências e entraves, especialmente sobre: ciclo de gestão e monitoramento de resultados; níveis de gestão estratégica e operacional; acordo de Resultados; Programa do Estado para Resultados; implantação do Sistema de Gestão de Áreas Protegidas (SIGAP); ferramentas de planejamento; relação com a comunidade e participação popular; política de recursos humanos; gestão compartilhada; política de...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Instituto Estadual de Florestas; Administração pública; Unidades de Conservação; Co-gestão de UC; Sistemas de parcerias.
Ano: 2010 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/977835
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Avaliação da gestão das UC do Sistema Estadual de Áreas Protegidas de Minas Gerais. Repositório Alice
REZENDE, J. L. P.; ALVES, R. G.; BORGES, L. A. C.; FONTES, M. A. L.; ALVES, L. W. R..
As Unidades de Conservação (UC) são espaços territoriais especialmente protegidos para a conservação dos recursos naturais. O estado de Minas Gerais abriga diversas UC federais, estaduais e municipais. Objetiva-se neste trabalho levantar, caracterizar e analisar como vem sendo implantado o Sistema Estadual de Unidades de Conservação em Minas Gerais. Especificamente, os objetivos foram: levantar as UC estaduais e sua distribuição por bioma e regionais do IEF, sua infra-estrutura básica, regularização fundiária, recursos humanos, existência de planos de manejo, conselhos consultivos, relação com a comunidade do entorno, existência de fluxo turístico, atividade de pesquisa e caracterizar os parceiros e voluntários que atuam na gestão das mesmas. A metodologia...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Unidades de Conservação; Meio ambiente; Gestão ambiental.
Ano: 2010 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/881620
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Compensação e incentivo à proteção ambiental: o caso do ICMS ecológico em Minas Gerais Rev. Econ. Sociol. Rural
Fernandes,Luciany Lima; Coelho,Alexandre Bragança; Fernandes,Elaine Aparecida; Lima,João Eustáquio de.
O ICMS Ecológico, criado em 1991 no Paraná, surgiu da reivindicação dos municípios que sentiam que suas economias eram prejudicadas pelas restrições de uso do solo, originadas por serem mananciais de abastecimento para municípios vizinhos ou por integrarem Unidades de Conservação. Dessa forma, o poder público estadual sentiu a necessidade de reformular os critérios de distribuição do ICMS, favorecendo estes municípios com recursos adicionais. Em Minas Gerais, o ICMS Ecológico foi criado em 1995, através da Lei Robin Hood. No sentido de verificar o impacto desse instrumento, esse artigo teve como objetivo analisá-lo nas suas funções de compensação e incentivo aos municípios mineiros. Nesse sentido, foram calculados os índices consolidados de produção e de...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: ICMS Ecológico; Minas Gerais; Modelo de Dados em Painel; Unidades de Conservação.
Ano: 2011 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-20032011000300001
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Densidade e tamanho populacional de mamíferos cinegéticos em duas Unidades de Conservação do Estado do Rio de Janeiro, Brasil Iheringia, Sér. Zool.
Araújo,Roberta M. de; Souza,Maíra B. de; Ruiz-Miranda,Carlos R..
A Mata Atlântica, apesar de ainda sofrer uma intensa devastação, abriga 261 espécies de mamíferos, sendo 73 endêmicos. Mamíferos de grande porte estão entre os mais vulneráveis à caça, perda de habitat e tráfico de animais. No Estado do Rio de Janeiro existem somente duas Reservas Biológicas de Mata Atlântica de baixada, a Reserva Biológica de Poço das Antas e a Reserva Biológica União. O presente estudo teve como objetivo avaliar a influência da prática da caça ilegal sobre a fauna de mamíferos nestas duas Unidades de Conservação. O levantamento populacional foi realizado utilizando o método de transecção linear e 375 quilômetros foram percorridos durante o período de dezembro de 2003 a janeiro de 2005. Os dados de estimativa de densidade populacional...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Mamíferos; Caça; Fragmentação florestal; Mata Atlântica; Unidades de Conservação.
Ano: 2008 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0073-47212008000300014
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
IMPLICAÇÕES DA CRIAÇÃO DE UNIDADES DE CONSERVAÇÃO PARA OS ASSENTADOS DA REFORMA AGRÁRIA: O CASO DO PARQUE NACIONAL DA SERRA DA SERRA DA BODOQUENA E DO ASSENTAMENTO CANAÃ AgEcon
Pereira, Marcio De Araujo; Tredezini, Cicero Antonio Oliveira; Lima, Deise Guadalupe.
Este artigo tem como objetivo analisar as implicações sociais, econômicas e ambientais resultantes da criação do Parque Nacional da Serra da Bodoquena para a comunidade de assentados do Projeto de Assentamento Canaã, verificando-se empiricamente a ação da presença de uma unidade de conservação federal do porte de um Parque Nacional na dinâmica de um assentamento. Metodologicamente o estudo baseou-se nas três dimensões do Desenvolvimento Sustentável propostos pela World Comission on Environmental Development - WCED (1987): Sociedade, Economia e Meio Ambiente, desmembrados em fatores ou critérios de sustentabilidade propostos por Altieri (1989) acrescidos ainda da metodologia para análise de sustentabilidade apresentada por Fernandez (1995). No transcorrer...
Tipo: Conference Paper or Presentation Palavras-chave: Assentamentos Rurais; Agricultura familiar; Unidades de Conservação; Parques Nacionais; Desenvolvimento Sustentável; Rural Settlements; Familiar Agriculture; Conservartion Units; National Parks; Sustainable Development; Community/Rural/Urban Development.
Ano: 2008 URL: http://purl.umn.edu/109712
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Papagaio-de-peito-roxo Amazona vinacea (Kuhl) (Aves: Psittacidae) no norte do Espírito Santo: redescoberta e conservação Zoologia
Carrara,Lucas A.; Faria,Luciene C. P.; Matos,José R.; Antas,Paulo de Tarso Z..
Amazona vinacea (Kuhl, 1820) é uma espécie endêmica da Mata Atlântica e ameaçada de extinção no Brasil e no mundo. Não existem relatos recentes de sua presença na porção setentrional de sua distribuição ao norte do estado do Rio de Janeiro. O último é datado provavelmente de 1991, tendo sido considerado extinto ao norte do Espírito Santo. O presente trabalho noticia a redescoberta da espécie em Alto Rio Novo, noroeste do Espírito Santo, divisa com Minas Gerais. Foram registrados bandos em duas localidades em dezembro de 2005, sendo o maior deles composto por 28 indivíduos. Durante os registros foi observado A. vinacea se alimentando de Anadenanthera sp. (Fabaceae: Mimosoideae), uma nova fonte alimentar para a espécie. Os registros históricos mais recentes...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Fonte alimentar; Mata Atlântica; Unidades de Conservação.
Ano: 2008 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-81752008000100021
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Registros de espécies de mamíferos e aves ameaçadas em Mato Grosso do Sul com ênfase no Sistema Estadual de Unidades de Conservação Iheringia, Sér. Zool.
Torrecilha,Sylvia; Gonçalves,Roberto Machado; Laps,Rudi Ricardo; Tomas,Walfrido Moraes; Maranhão,Helen Liepkan; Roque,Fabio de Oliveira.
RESUMO Nós avaliamos os registros de espécies ameaçadas de extinção nas unidades de conservação do Estado de Mato Grosso do Sul com o objetivo de construir uma base de dados sistematizada e georreferenciada para auxiliar ações de conservação. Utilizamos como critério de seleção de espécies aquelas presentes na lista nacional e/ou global. Registramos 38 espécies de aves e 20 mamíferos na lista de ameaçados. Em síntese, nosso estudo sugere a necessidade de elaboração de planos de ação para conservação de espécies ameaçadas em Mato Grosso do Sul.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Espécies ameaçadas; Unidades de Conservação; Banco dados; Brasil.
Ano: 2017 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0073-47212017000200256
Registros recuperados: 10
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional