Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 13
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Avanços observados na propagação de videiras no mundo. Repositório Alice
GROHS, D. S.; ALMANÇA, M. A. K.; FAJARDO, T. V. M.; HALLEEN, F.; MIELE, A..
A propagação de videiras a partir dos métodos clássicos de enxertia e em escala comercial teve origem há mais de 130 anos. Este sistema permaneceu artesanal até meados da década de 1950, quando se iniciaram os primeiros programas internacionais de certificação com foco na obtenção de plantas básicas com elevada sanidade para vírus. No fim da década de 1960, surgiu a necessidade de aumentar a escala para produção em um modelo industrial em que a muda apresentasse um padrão morfológico mínimo. Ao longo da década de 1970, aprofundaram-se as pesquisas relacionadas à automatização da prática de enxertia, à higienização do processo, ao uso de reguladores de crescimento e ao entendimento dos eventos fisiológicos da compatibilidade entre enxerto e porta-enxerto,...
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Certificação; Muda de videira; Vitivinicultura; Vitivinícola; Complexos virais; Podridão vascular; Certification; Grapevine nursery plant; Enxertia; Enxerto; Viveiro; Certificação de Muda; Muda; Viticultura; Praga; Praga de planta; Vírus; BActéria; Fungo; Podridão; Grafting; Nursery.
Ano: 2017 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1076783
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Caracterização da geomorfologia da viticultura na área geográfica delimitada da indicação de procedência Pinto Bandeira Repositório Alice
HOFF, R.; MELLO, L. M. R. de; FARIAS, A. R.; PITHAN, P. A.; BITTENCOURT, A. S.; PAULETTO, H..
Este capítulo apresenta a caracterização geomorfológica da viticultura na área da Indicação de Procedência Pinto Bandeira realizada a partir de técnicas de análise espacial. Entre os principais resultados, destacam-se a caracterização da altimetria, declividade e exposição solar de todos os vinhedos existentes na IP bem como a caracterização para cada uma de suas segmentações: cultivares autorizadas para vinho tinto, vinho branco, moscatel espumante e espumante natural.
Tipo: Capítulo em livro científico (ALICE) Palavras-chave: Geomorfologia; Pinto Bandeira; Vitivinícola.
Ano: 2015 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/1033369
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Confirmação da identidade de cultivares de videira com o uso de marcadores SSR. Repositório Alice
BACCIN, K. M. S.; LIMA, J. de; GODOY, A.; GROHS, D. S.; RITSCHEL, P. S..
A confirmação da identidade genética é uma das etapas do protocolo de repasse de material propagativo para o setor vitivinícola, contribuindo para a qualificação da comercialização deste material. Para isso, ferramentas como os marcadores moleculares microssatélites ou SSR (Simple Sequence Repeats) têm sido utilizadas em procedimentos de análise genética no Banco Ativo de Germoplasma de Uva (BAG-Uva).
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Vitivinícola; Identidade genética; Setor vitivinícola; Marcadores moleculares microssatélites; SSR (Simple Sequence Repeats); Análise genética; Banco Ativo de Germoplasma de Uva (BAG-Uva); Viticultura.
Ano: 2017 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1073671
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Correção e processamento das coordenadas geográficas dos vinhedos da IG Vale dos Vinhedos. Repositório Alice
PROKOPP, F. E.; MELLO, L. M. R. de; SILVA, G. A. da.
2012
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Coordenadas geográficas; Vinhedos; IG Vale dos Vinhedos; Vitivinícola; Indicação geográfica; Georreferenciamento; Fruticultura.
Ano: 2012 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/945180
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Denominação de Origem Vale dos Vinhedos: base de dados do cadastro vitícola. Repositório Alice
MELLO, L. M. R. de; MACHADO, C. A. E.; FARIAS, A. R.; SILVA, S.M.R da; GUZZO, L. C.; ZANESCO, R..
O Registro de Denominação de Origem (IG 201008) do Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI), foi obtido pela Aprovale em 25 de outubro de 2012. Possui uma área delimitada de 72,45 Km², sendo 61,07% pertencentes ao município de Bento Gonçalves, 33,49% ao município de Garibaldi e 5,44% ao município de Monte Belo do Sul. Na área da D.O. 481 propriedades são produtoras de uvas e cultivaram 1.840.25 ha de videiras, em 2013. Cada propriedade ocupou, em média, 3,83 ha com videiras. Mais de um quarto das propriedades possuem menos de um hectare e videiras o que equivale a 8,75% da área total cultivada. As cultivares autorizadas para a produção de produtos da D.O. somam 379,87 ha de vinhedos que produziram 4.385,72 t de uvas em 2013. A cultivar Merlot...
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Vitivinícola; Vinho; Vinhedo.
Ano: 2015 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/1038072
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Gamma-ray spectrometry for distinguishing acid and basic rocks of the serra geral formation, in the serra gaúcha wine region, Brazil. Repositório Alice
MODENA, R. C. C.; HOFF, R.; FARIAS, A. R.; VIEL, J. A.; COELHO, O. G. W..
ABSTRACT. The gamma-ray spectrometric research has allowed for observation of the distribution of radioactive elements such as K, U and Th for recognizing the radioactive signatures of different rock types. The objective of this study was to evaluate the possibility to distinguish between acid and basic rocks of the Serra Geral Formation, in the Serra Gaúcha wine region in the state of Rio Grande do Sul (Brazil) through gamma-ray spectrometry techniques. This study contributed to geologically... Keywords: geophysical method, wine terroir, volcanic rock. RESUMO. A pesquisa por gamaespectrometria tem permitido observar a distribuição de elementos radioativos, tais como K, U e Th reconhecendo as assinaturas radioativas de diferentes tipos de rocha. O objetivo...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Gamaespectrometria; Elementos radioativos; Rochas ácidas; Rochas básicas; Serra Geral; Vitivinícola; Serra Gaúcha; Rio Grande do Sul; Métodos geofísicos; Terroir vitivinícola; Rocha vulcênica; Geophysical method; Wine terroir; Volcanic rock.
Ano: 2016 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1082055
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Geologia como contribuição à caracterização física da IG Pinto Bandeira, Brasil. Repositório Alice
ALBERTI, R.; HOFF, R.; TONIETTO, J.; PAULETTO, H.; VIEL, J. A..
A geologia é um tema relacionado ao terroir vitivinícola no mundo, como em países da Europa, a exemplo da França e Itália. No Brasil, regiões vitivinícolas vêm seguindo estes passos, como Serra Gaúcha, Chapada Diamantina, Campanha e Vale do São Francisco.
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Indicação geográfica (IG); Vitivinícola; Geodiversidade; Serra Gaúcha; Chapada Diamantina; Campanha; Vale do São Francisco; Geologia; Viticultura.
Ano: 2018 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1096640
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Indicação de procedência Farroupilha: vinhos finos moscatéis. Infoteca-e
TONIETTO, J.; FALCADE, I.; TAFFAREL, J. C..
A região da Indicação de Procedência Farroupilha insere-se no contexto da Serra Gaúcha vitivinícola, cujo território apresenta características culturais relacionadas à colonização italiana ocorrida na região, a partir de 1875, com a chegada de imigrantes que se fixaram inicialmente em Nova Milano, atual município de Farroupilha. As famílias produziam para subsistência, sendo a vitivinicultura expressão de sua cultura. A evolução da vitivinicultura impulsionou a economia de Farroupilha, que se qualifica, agora, com a Indicação Geográfica. A viticultura na área delimitada de Farroupilha é a maior área de produção de uvas moscatéis do Brasil, autorizadas para a elaboração dos produtos da Indicação de Procedência Farroupilha, principalmente a cultivar Moscato...
Tipo: Fôlder / Folheto / Cartilha (INFOTECA-E) Palavras-chave: Vinho moscatel; Vitivinicultura; Indicação de procedência Farroupilha; Serra Gaúcha; Vitivinícola; Colonização italiana; Cultivar Moscato Branco; Uva moscatel; Vinho; Viticultura; Uva.
Ano: 2015 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/handle/doc/1026870
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Indicação Geográfica Pinto Bandeira: base de dados do cadastro vitícola. Repositório Alice
MELLO, L. M. R. de; MACHADO, C. A. E.; FARIAS, A. R.; SILVA, S. M. R.; GUZZO, L. C.; ZANESCO, R..
A denominação Pinto Bandeira é uma Indicação Geográfica para vinhos tintos, brancos e espumantes na categoria Indicação de Procedência, reconhecida pelo INPI em 13 de julho de 2010 através do registro IG200803. Com uma área de 81,38 km² com altitude igual ou superior a 500m, a IP Pinto Bandeira contempla 487 produtores que possuem 1.529,97 hectares de videiras e que produziram 29.041,44 toneladas de uvas em 2013. As 10 cultivares de maior área representam 68,51% da área total de videiras. A área média de videiras é de 3,14 ha por propriedade. As cultivares autorizadas pela IP Pinto somaram 472,23 ha, representando 96,02% da área de uvas Vitis vinifera L. plantadas na área geográfica IP, em 2013. As variedades com maior área cultivadas são a Merlot com...
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Vitivinícola; Vinho; Pinto Bandeira.
Ano: 2015 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/1038081
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Levantamento semidetalhado dos solos na serra do sudeste, RS como subsídio ao zoneamento vitivinícola: Encruzilhada do Sul. Repositório Alice
FLORES, C. A.; PÖTTER, R. O.; HASENACK, H.; WEBER, E. J.; SARMENTO, E. C..
bitstream/item/180099/1/digitalizar0020.pdf
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Vitivinícola.
Ano: 2009 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/747333
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Melhoramento genético preventivo para mal de Pierce em videira (Vitis spp.). Repositório Alice
RITSCHEL, P. S..
No Brasil, a videira é uma espécie exótica, porém cada vez mais importante na fruticultura brasileira, passando, nos últimos anos, de um cultivo exclusivo de zonas temperadas para uma grande alternativa da fruticultura também em regiões tropicais. A viticultura brasileira inclui também diversos segmentos como a produção de uvas para processamento, principalmente para elaboração de vinhos (finos e de mesa) e sucos, concentrada na região sul, e de uvas para o consumo in natura distribuídas em todas as regiões vitícolas do país. Nos últimos anos, observa-se uma tendência de expansão da atividade vitivinícola também para as regiões tropicais no Nordeste e no Centro-Oeste (CAMARGO, 2008).
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Videira; Região tropical; Brasil; Brasileira; Zonas temperadas; Uva para processamento; Produção de uva; Vinhos finos de mesa; Cultivares de uva de mesa; Vittis vinífera; Vittis labrusca; Vitivinícola; Programa de hibridações; BAG uva; BAnco ativo de germoplasma de uva; Bactéria X fastidiosa; Mal de Pierce; Pierce Disease (PD); Uva; Doença de planta; Míldio; Podridão; Oídio; Fruticultura; Vinho; Viticultura; Plasmopara viticola; Uncinula necator.
Ano: 2017 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1080388
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Quando menos é mais. Infoteca-e
HOFFMANN, A..
2016
Tipo: Artigo de divulgação na mídia (INFOTECA-E) Palavras-chave: Insumo (agricultura); Tecnologia (agricultura); Produção (uva); Vitivinícola; Pesquisa agropecuária; Cultivar mais resistente à doenças; Viticultura.
Ano: 2016 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/handle/doc/1054089
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Vinhos finos do Brasil: diversidade de regiões, tipos e estilos de produtos. Infoteca-e
GUERRA, C. C..
As regiões vitivinícolas brasileiras expandiram-se nos últimos anos e buscam ser viáveis economicamente para serem efetivamente exploradas por investidores nacionais e internacionais.
Tipo: Artigo de divulgação na mídia (INFOTECA-E) Palavras-chave: Vinhos finos; Brasil; Vitivinícola; Regiões vitivinícolas; Vitivinicultua Brasileira; Vinhos tropicais; Variáveis climáticas; Variáveis pedológicas; Vinhos de outono; Vinhos de mosaico; Vinhos continentais; Vale do Submédio São Francisco; Chapada diamantina; Sul de Minas Gerais; Planalto catarinense; Planalto de Palmas; Campos de cima da serra; Serra gaúcha; Campanha gaúcha; Variedades de uva; Uva branca; Cherin blanc; Moscato Caneli; Uvas brancas; Barbera; Cabernet Sauvignon; Malbec; Merlot; Petit verdot; Syra; Tannat; Tempranillo; Moscato Itália; Sauvignon blanc; Tanino.
Ano: 2017 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/1078480
Registros recuperados: 13
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional