Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Registro completo
Provedor de dados:  Repositório Alice
País:  Brazil
Título:  Efeitos da deficiencia hidrica sobre a floracao, crescimento vegetativo da raiz e parte aerea em cultivares de amendoim.
Autores:  SÁ SOBRINHO, A. F. de
Data:  1999-04-19
Ano:  1988
Palavras-chave:  Parte aerea (de planta)
Brasil
Ceara
Root
Aerial parts (of plants)
Plant water relations
Amendoim
Arachis Hypogaea
Crescimento
Deficiência Hídrica
Floração
Raiz
Relação Água-Planta
Flowering
Water deprivation
Resumo:  Estudos foram conduzidos em casa de vegetacao, com o objetivo de verificar o efeito da deficiencia hidrica sobre a floracao, crescimento da parte aerea e estratificacao do sistema radicular de cultivares de amendoim (Arachis hypogaea L.). A imposicao da deficiencia hidrica determinou reducoes significativas nos seguintes parametros: numero de flores/planta, materia seca da parte aerea e do sistema radicular, numero de ramos laterais, numero de folhas, area foliar, comprimento e volume do sistema radicular. A relacao raiz/parte aerea foi maior no tratamento regime seco. Em algumas cultivares a deficiencia hidrica determinou um adiantamento no pico de floracao. A deficiencia hidrica reduziu de forma drastica o crescimento vegetativo das cultivares de ramificacao alternada (grupo Virginia). O numero de folhas/planta foi menos afetado pelo regime seco do que a area foliar/planta, permitindo concluir que a ausencia de agua afetou mais o alongamento celular do que a divisao celular. Apesar da ausencia de interacao cultivar x regime hidrico na maioria dos parametros estudados, foram observados diferentes niveis de reducoes desses parametros nas cultivares estudadas como resposta a deficiencia hidrica. A deficiencia hidrica modificou a estratificacao do sistema radicular no perfil do solo. Embora a cultura tenha aparesentado uma maior concentracao nos primeiros 40cm, constatou-se um aprofundamento das raizes em todas as cultivares em resposta a deficiencia hidrica. Os prejuizos causados pela deficiencia hidrica no conjunto das cultivares foram bem maiores no volume do que no comprimento ou materia seca do sistema radicular, provocando a formacao de raizes mais finas.

bitstream/item/191590/1/Tese-Franco-ID3077.pdf

Dissertacao Mestrado.
Tipo:  Tese/dissertação (ALICE)
Idioma:  Português
Identificador:  3077

http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/666984
Editor:  Fortaleza: UFCE, 1988.
Relação:  Embrapa Amazônia Ocidental - Tese/dissertação (ALICE)
Formato:  61p.
Fechar
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional