Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Registro completo
Provedor de dados:  Repositório Alice
País:  Brazil
Título:  Métodos para determinação de índice de área foliar em forrageiras.
Autores:  SANTOS, M. L. dos
DEVENS, J.
MARCIANO, R. B.
PEDROSO, G. B.
DOMICIANO, L. F.
PEREIRA, D. H.
PEDREIRA, B. C. e
Data:  2017-01-16
Ano:  2016
Palavras-chave:  Ceptômetro
Accupar
Forrageira
Area foliar
Resumo:  A avaliação do índice de área foliar (IAF) é de suma importância para descrever algumas características estruturais do dossel das plantas. Esse índice viabiliza algumas tomadas de decisão em relação ao manejo adequado da pastagem e pode ser determinado por métodos distintos. O método padrão e mais utilizado para a avaliação desse índice é o destrutivo (IAFd). Com isso, objetivou-se comparar o grau de similitude entre o método de avaliação do IAFd e IAF não destrutivo para as espécies Brachiaria brizantha cv. Marandu e Panicum maximum cv. Mombaça. O experimento foi conduzido na Embrapa Agrossilvipastoril, em Sinop - MT, em Latossolo vermelhoamarelo distrófico, com 12 unidades experimentais (32 m2). Para a determinação do IAF foram realizados cinco cortes, um para cada estação (outono, inverno, primavera e verão de 2015 e outono de 2016), nos quais a amostragem da massa de forragem foi ao nível do solo, delimitado por 2 retângulos de 0,5 m2 (0,5 x 1,0 m). Cada amostra foi subamostrada e separada em folha, colmo e material morto e posteriormente, levada à estufa de circulação de ar forçada a 55ºC até peso constante. Simultaneamente à essas coletas, foram retiradas 50 folhas em variados níveis de inserção em perfilhos aleatórios de cada parcela, as quais foram passadas no integrador de área foliar Licor LI- 3100 (LI-COR, Lincoln, Ne, USA) e secas em estufa para a determinação da área foliar específica. O IAFd foi determinado a partir do cálculo da proporção de folhas do retângulo de amostragem multiplicado pela área foliar específica das 50 folhas e dividido pela área amostrada. Para a determinação do IAF não destrutivo, foi utilizado o ceptômetro AccuPAR® LP-80 (Decagon Devices, Pullman, WA, EUA) entre as 10:30 e 12:00 horas antes do corte da forragem, com cinco leituras por parcela ao nível do solo. Analisou-se o grau de similitude pelo índice de Willmott (d), a correlação de Pearson (r) e do coeficiente de Camargo e Sentelhas (e), assim como coeficiente de variação (CV) de ambos IAF's. O índice d foi de 0,904, com r = 0,870 e o coeficiente e= 0,787 foi classificado como muito bom (e entre 0,76 e 0,85). O IAF não destrutivo apresentou CV de 45,74o/o enquanto que o IAFd apresentou CV de 62,70%. Conclui-se que a determinação do IAF não destrutivo apresenta uma alta similitude com o método padrão, além da menor variação dos dados. Ademais, sugere-se o uso do Accupar® LP-80, em horários adequados, para a mensuração do IAF em forrageiras, podendo substituir o método destrutivo com maior rapidez e praticidade, além de não haver destruição vegetal durante a amostragem.

2016

Editores técnicos: Dalton Henrique Pereira; Bruno Carneiro e Pedreira.
Tipo:  Resumo em anais de congresso (ALICE)
Idioma:  Português
Identificador:  643

http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/1060785

http://ainfo.cnptia.embrapa.br/digital/bitstream/item/153355/1/2016-cpamt-pedreira-metodo-determinacao-indice-area-foliar-forrageira-272.pdf
Editor:  In: SIMPÓSIO DE PECUÁRIA INTEGRADA, 2., 2016, Sinop. Recuperação de pastagens: anais. Cuiabá: Fundação Uniselva, 2016. p. 272-273.
Relação:  Embrapa Agrossilvipastoril - Resumo em anais de congresso (ALICE)
Fechar
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional