Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Registro completo
Provedor de dados:  Repositório Alice
País:  Brazil
Título:  Indução de calo a partir de eixo embrionário de coqueiro (Cocos nucifera L.).
Autores:  GOMES, K. K. P.
OLIVEIRA, V. C. de
LEDO, A. da S.
ANGELO, P. C. da S.
COSTA, J. L. da S.
Data:  2020-02-20
Ano:  2004
Palavras-chave:  Cultura de tecidos
Reguladores de crescimento
Cultura In Vitro
Resumo:  Este trabalho teve como objetivo avaliar a capacidade de formação de calos a partir de tecidos originários do eixo embrionário de embriões zigóticos de coqueiro (Cocos nucifera L.) em diferentes concentrações de 2,4-D. O experimento foi instalado e delineamento inteiramente casualizado, em esquema fatorial 4x5 (4 concentrações de 2,4-D x 5 segmentos do eixo embrionário). Os eixos embrionários foram excisados longitudinalmente dos embriões zigóticos e, em seguida, submetidos à assepsia com hipoclorito de sódio (0,2%) por dois minutos, lavados com água destilada estéril e imersos por dois minutos em solução de ácido cítrico estéril (100 mg.L-¹). Os eixos embrionários foram então seccionados em cinco segmentos correspondentes às posições A, B, C, De E, e transferidos para placas de Petri contendo meio de cultura Y3, suplementado com quatro concentrações de 2,4-D (10-4; 1,36x10-4; 3,62x 10-4 e 4,52x 10-4 M), sacarose (50 g.L-¹), carvão ativado (2,5 g.L-¹) e vitaminas de Morel e Wetmore, mantidos em ambiente escuro, em temperatura de 25± 2°C. Após 15 dias de inoculação, os segmentos A e B apresentaram 97,5% de explantes com calos friáveis na concentração de 10-4 M de 2,4-D, e de inoculação, os segmentos A e B apresentaram 100% e 97,5% de calogênese na concentração de 10-4 M, e 90% e 80%, respectivamente, na concentração de 1,36x10-4 M. Em ambas as concentrações, o segmento E apresentou de 55 e 57,5% de formação de calos. As concentrações de 2,4-D que melhor induzem calogênese, são as de 10-4 e 1,36x10-4 M. Os segmentos A, B e E apresentaram maior competência para calogênese.
Tipo:  Artigo de periódico
Idioma:  Português
Identificador:  Revista Brasileira de Fruticultura, Jaboticabal, v.26, n.1, p.124-126, 2004.

http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1120462

https://doi.org/10.1590/S0100-29452004000100034
Direitos:  openAccess
Fechar
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional