Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Registro completo
Provedor de dados:  Repositório Alice
País:  Brazil
Título:  Comunidade de plantas daninhas em diferentes distâncias de renques de eucalipto em sistema iLPF.
Autores:  FERNANDES, D. O.
IKEDA, F. S.
CAVALIERI, S. D.
CHAPLA, M. V.
LIMA JÚNIOR, F. de M.
Data:  2018-03-07
Ano:  2018
Palavras-chave:  Planta daninha
Sistema de produção
Sistema agrossilvipastoril
Sistema integrado
Ilpf
Integração lavoura-pecuária-floresta
Soja RR
Sinop
Mato Grosso
Erva daninha
Eucalipto
Resumo:  Os sistemas integrados de produção como a lavoura-pecuária-floresta (ILPF) ou o sistema agrossilvipastoril são alternativas que integram sistemas por meio de rotação, consórcio ou sucessão de culturas. Nos sistemas integrados, destaca-se a cultura do eucalipto como a mais utilizada para extração da madeira, embora outras espécies possam ser utilizadas como alternativas ao agricultor (Embrapa, 2016). Nesse sentido, com a inserção da espécie florestal em consórcio com culturas anuais e/ou plantas forrageiras notam-se benefícios oriundos dessa integração, citam-se exemplos como reciclagem de nutriente mais eficiente, a estruturação do solo e o aumento da atividade microbiana, a quebra do ciclo de pragas e doenças e a oferta de forragem na época da seca (Embrapa Gado de Leite 2011). O acumulo de matéria orgânica também é um benéfico, devido às plantas forrageiras serem eficientes na absorção de carbono e fixação do mesmo e o controle de plantas daninhas. No controle de plantas daninhas, o sistema integrado tem efeito positivo, devido à competição por água, nutrientes e luminosidade ocasionada pelo sombreamento exercido pelo eucalipto e as espécies de braquiária que ao fecharem diminuem a incidência de luz. Assim, ao reduzir a luminosidade incidente sobre o solo, haveria redução do desenvolvimento das plantas daninhas (Ikeda, 2016). Dessa forma, reduz-se a disseminação de plantas daninhas por meio de sementes devido ao seu crescimento reduzido, assim como a germinação de espécies fotoblásticas positivas. Com a dessecação das espécies de braquiária, a palhada sobre o solo também contribui para os fatores citados, além de possível efeito alelopático, ou seja, a liberação de substancias química por lixiviados de folhas, exsudatos radiculares da forrageira ou mesmo de compostos voláteis que podem inibir a germinação de algumas espécies de daninhas. Além isso, há também a modificação da composição da comunidade de plantas daninhas, onde citam-se como espécies mais frequentes o capim-pé-de-galinha (Eleusine indica), o capim-colchão (Digitaria horizontalis), a trapoeraba (Commelina benghalensis) e o capim-custódio (Pennisetum setosum). Dentre essas espécies, apenas o capim-pé-de-galinha e a trapoeraba tem sido selecionadas pelo uso continuo do herbicida glyphosate. Dessa forma, objetivou-se com este trabalho avaliar a comunidade de plantas daninhas em soja RR em diferentes distâncias de renques de eucalipto em sistema ILPF.

bitstream/item/174320/1/2017-fernada-comunidade-plantas-daninhas-distancia-renque-eucalipto-sistema-ilpf-anais-vi-jcea-p81.pdf
Tipo:  Artigo em anais de congresso (ALICE)
Idioma:  Português
Identificador:  1015

http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1088730
Editor:  In: Encontro de Ciência e Tecnologias Agrossustentávies; Jornada Científica da Embrapa Agrossilvipastoril, 6., 2017, Sinop, MT. Resumos... Sinop, MT: Embrapa Agrossilpastoril, 2017. p. 81-84.
Relação:  Embrapa Agrossilvipastoril - Artigo em anais de congresso (ALICE)
(Embrapa Agrossilvipastoril. Eventos Técnicos & Científicos, 1)
Fechar
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional