Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Registro completo
Provedor de dados:  Repositório Alice
País:  Brazil
Título:  Efeito do comportamento sexual de touros na fertilidade do rebanho.
Autores:  BARBOSA, R. T.
ALENCAR, M. M. de
Data:  2000-06-08
Ano:  2000
Palavras-chave:  Gado de corte
Comportamento sexual
Touros
Fertilidade
Rebanho
Beef cattle
Sexual behaviour
Bulls
Fertility
Herd
Resumo:  O desempenho de um touro em um programa de acasalamento não está relacionado somente à sua habilidade de produzir número suficiente de espermatozóides viáveis, mas também ao seu desejo sexual. Como a monta natural é o método de acasalamento usado na grande maioria dos rebanhos, a avaliação do comportamento sexual torna-se de fundamental importância. \tEste trabalho teve o objetivo de avaliar o comportamento sexual de touros em cinco diferentes testes e verificar o desempenho dos touros na fertilidade do rebanho.Quarenta touros, sendo 21 com menos de 45 meses e 19 com mais de 45 meses de idade, foram submetidos ao teste de libido em curral (LC) e em piquete (LP) e ao teste de capacidade de serviço em 40 minutos (CS 40) e em 60 minutos (CS 60); o tempo de reação (TR) foi também anotado. As medidas foram analisadas pelo método dos quadrados mínimos, verificando-se efeito significativo da idade dos touros sobre a capacidade de serviço e o tempo de reação, mas não sobre a libido. As médias gerais estimadas foram iguais a 5,91 ± 0,29; 5,58 ± 0,27; 1,94 ± 0,22; 2,46 ± 0,27 e 24,21 ± 3,51, para LC, LP, CS 40, CS 60 e TR, respectivamente. Doze touros, sendo quatro de alto (A), quatro de médio (M) e quatro de baixo (B) desejo sexual foram escolhidos para formarem os lotes de monta com fêmeas azebuadas. Cada lote foi então composto por 74 novilhas e três touros (1A, 1M, 1B), os quais permaneceram em monta com buçal marcador por 69 dias em uma propriedade na região de Governador Valadares, MG. Os animais foram acompanhados diariamente, sendo anotado o número do(s) animal(is) acasalado(s) e do(s) touro(s) que efetuou(aram) o serviço. Os resultados obtidos demonstraram, por meio do teste de chi-quadrado, que não houve diferença nas taxas de cobertura entre as três classes de comportamento sexual dos touros, sugerindo que os métodos de avaliação do comportamento sexual não foram capazes de identificar tais diferenças ou o desafio imposto aos touros pelas fêmeas foi baixo.

2000

Editado por Maurício Mello de Alencar, Edison Beno Pott, Carlos Roberto Paino, Pedro Franklin Barbosa, Rogério Taveira Barbosa, Rui Machado.
Tipo:  Artigo em anais de congresso (ALICE)
Idioma:  Português
Identificador:  12745

http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/44839

http://ainfo.cnptia.embrapa.br/digital/bitstream/CPPSE/12745/1/PROCIRTB2000.00097.pdf
Editor:  In: RESUMOS DOS TRABALHOS APRESENTADOS NA CONVENÇÃO NACIONAL DE CANCHIM, 4., 2000, São Carlos, SP. Anais...São Carlos : Embrapa Pecuária Sudeste/São Paulo : ABCCAN, 2000. p.9.
Relação:  Embrapa Pecuária Sudeste - Artigo em anais de congresso (ALICE)
Fechar
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional