Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Registro completo
Provedor de dados:  Repositório Alice
País:  Brazil
Título:  Hospedeiros silvestres de neosilba spp. (diptera: lonchaeidae) no Estado do Amapá.
Autores:  DEUS, E. da G. de
ADAIME, R.
STRIKIS, P. C.
Data:  2014-11-10
Ano:  2014
Palavras-chave:  Praga de planta
Mosca das frutas
Resumo:  As florestas de várzea e de terra firme constituem os dois maiores ambientes florestais do estado do Amapá, considerando estrutura, diversidade e representatividade espacial. Entretanto, estudos sobre a diversidade de insetos nesses ambientes são escassos. O presente estudo teve como objetivo, elaborar uma lista de espécies de lonqueídeos associados a frutos em florestas de várzea e de terra firme no estado do Amapá. Os estudos foram conduzidos em duas parcelas, cada qual medindo 1 ha. A primeira (floresta de várzea) coletas de frutos de diversas espécies vegetais, a cada 15 dias, no período de junho de 2008 a maio de 2009. Em toda a área demarcada era feita uma varredura coletando-se frutos da planta e recém-caídos no solo. No Laboratório de Entomologia da Embrapa Amapá os frutos foram processados segundo metodologia utilizada para obtenção de dípteros frugívoros. Na floresta de várzea foram coletadas amostradas de frutos de 11 espécies vegetais. Contudo, foi constatado a emergência de lonqueídeos somente de Gustavia augusta L. (Lecythidaceae), Metrodorea flavida Krause (Rutaceae) e Quararibea guianensis Aubl. (Malvaceae). Na terra firme foram amostradas 10 espécies vegetais. Somente Eschweilera coriacea (DC.) Mori (Lecythidaceae) e Pouteria sp. (Sapotaceae) apresentaram infestação por esses dípteros. Cinco espécies de Lonchaeidae foram registradas: Neosilba zadolicha McAlpine & Steyskal em M. flavida e Q. guianensis; Neosilba mcalpiniei Strikis em E. coriacea; Neosilba nigrocaerulea (Malloch) e Neosilba pseudozadolicha Strikis em Pouteria sp.; e Neosilba sp. em G. augusta. Neosilba zadolicha foi a espécie mais abundante, representando 90% dos indivíduos coletados. É a espécies do gênero Neosilba que apresenta a mais ampla distribuição geográfica e diversidade de hospedeiros no Brasil, sendo considerada importante praga de frutos cultivados nas regiões Nordeste e Sudeste do país. Ressalta-se que os espécimes utilizados para a descrição de N. mcalpiniei e N. pseudozadolicha foram obtidos neste estudo. Portanto, estudos focados nesta família devem ser incentivados na região Amazônica, em especial no que tange a ecologia e biologia. Deve-se salientar que parte significativa das espécies de insetos da região ainda é desconhecida da ciência. Assim, a geração de conhecimento sobre a família Lonchaeidae na Amazônia é fundamental, pois algumas espécies assumiram recentemente status de pragas em diferentes culturas no Brasil.

US110.
Tipo:  Parte de livro
Idioma:  Português
Identificador:  In: INTERNATIONAL SYMPOSIUM, 1.; MEETING OF THE POST-GRADUATE PROGRAM IN TROPICAL BIODIVERSITY, 5., 2014, Macapá. Conservation conflicts: XXI century challenges and solutions: abstract book. Macapá: Unifap: Conservação Internacional: Embrapa, 2014. p. 89-90.

http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/999617
Direitos:  openAccess
Fechar
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional