Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Registro completo
Provedor de dados:  14
País:  Brazil
Título:  MANEJO da floresta como fonte de renda e ganhos ambientais: programa 26: Norte.
Data:  2011-08-08
Ano:  2011
Palavras-chave:  Espécie exótica
Cerejeira
Sequestro de carbono
Sistema sivicultural
Floresta
Renda
Espécie nativa
Biodiversidade
Anelagem
Castanha
Assentamento
Resumo:  Desde 2002, a Embrapa Acre realiza pesquisas com sistemas siviculturais, no qual o extrativista ou agricultor pode plantar, na floresta, espécies nativas ou exóticas de alto valor de mercado. "Com esse esse sistema, pode-se aumentar ainda mais o valor da floresta devido ao aumento da biodiversidade, ao aumento do sequestro de carbono, mantendo a estrutura da floresta com poucas alterações", afirma o pesquisador da Embrapa Acre (rio Branco/AC), Luis Cláudio de Oliveira. O agricultor pode fazer o manejo da floresta, descartando árvores doentes ou fazendo o replantio de espécies de valor ambiental e comercial. Para eliminar as espécies de pouco valor comercial, que apresentam troncos bifurcados ou tortos, doenças aparentes no tronco ou árvores pouco vigorosas, o pesquisador recomenda a técnica de anelamento, retirada da casca em todo a circunferência da árvore. O primeiro experimento da Embrapa Acre com sistemas siviculturais foi realizado em 2002, em uma área de manejo florestal no município de Lábrea (AM), no qual 70% das árvores aneladas teve sucesso. "O anelamento causa menor impacto que a derrubada. Nessa área, não foi preciso introduzir novas espécies, porque a floresta nativa tem grande incidência de árvores com valor comercial. Nesse caso, o objetivo era que essas árvores crescessem mais, eliminando a competição com espécies indesejáveis", afirma o pesquisador Luiz Cláudio de Oliveira. Também são realizadas pesquisas no projeto de assentamento Pedro Peixoto, que abrange vários municípios do Acre. Nesta área, a comunidade implantou um projeto de manejo florestal comunitário e retirou as árvores de menor valor comercial, a madeira foi aproveitada na confecção de artesanatos e peças de decoração. "Depois nós introduzimos espécies como castanheiras e cerejeira, que tem bastante demanda no mercado e dentro de alguns anos poderá ser utilizada para aumentar a renda dos assentados", afirma.

bitstream/item/39731/1/PGM-26-Manejo-floresta-fonte-de-renda-ganhos-ambientais.mp3

Programa de rádio.
Tipo:  Prosa Rural (INFOTECA-E)
Idioma:  Português
Identificador:  50992

http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/897524
Editor:  In: [PROGRAMA Prosa Rural]: Norte: agosto. Brasília, DF: Embrapa Informação Tecnológica; Rio Branco, AC: Embrapa Acre, 2011.
Relação:  Área de Informação da Sede - Prosa Rural (INFOTECA-E)
Formato:  2 CD-ROM.
Fechar
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional