Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 10
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Controle das principais doencas do maracujazeiro no cerrado. Infoteca-e
JUNQUEIRA, N.T.V.; TEIXEIRA, R.V.R.; ANJOS, J.R.N. dos; VERAS, M.C.M.; NASCIMENTO, A.C. do; SHARMA, R.D..
Diversas doencas atacam o maracujazeiro azedo no Cerrado. A antracnose, cladosporiose ou verrugose, bacteriose, seca-das-ramas, podridao-de-raizes, nematoides e morte prematura sao as mais importantes. Neste trabalho descrevem-se os principais sintomas e as principais medidas de controle dessas doencas.
Tipo: Comunicado Técnico (INFOTECA-E) Palavras-chave: Cerrado; Maracuja; Doenca de planta; Plant diseases; Controle de doencas; Disease control; Passiflora edulis; Antracnose; Cladosporium spp; Colletotrichum gloeosporioides; Controle; Doença.
Ano: 1999 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/handle/doc/546326
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Controle de doencas da mangueira no cerrado. Infoteca-e
JUNQUEIRA, N.T.V.; PINTO, A.C. de Q.; ANJOS, J.R.N. dos; VARGAS RAMOS, V.H.; PEREIRA, A.V..
Diversas doencas atacam a mangueira cultivada no cerrado, reduzindo sua produtividade e/ou depreciando a qualidade dos frutos. Algumas podem provocar a morte da planta. Dentre estas, destacam-se a antracnose (Colletotrichum gloeosporioides), oidio (Oidium mangiferae), podridao peduncular (Botryodiplodia theobromae e Dothiorella dominicana), colapso interno do fruto (disturbio fisiologico), malformacao (Fusarium sacchari) e seca-da-mangueira (Ceratocystis fimbriata). Os sintomas e os principais metodos de controle de cada doenca sao descritos a seguir.
Tipo: Comunicado Técnico (INFOTECA-E) Palavras-chave: Cerrado; Manga; Mangifera indica; Mangoes; Disease control; Controle de doencas.
Ano: 1999 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/handle/doc/546327
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Distribuicao da malformacao da mangueira no cerrado. Infoteca-e
ANJOS, J.R.N. dos; CHARCHAR, M.J.d'A.; PINTO, A.C.Q.; VARGAS RAMOS, V.H..
1999
Tipo: Outras publicações técnicas (INFOTECA-E) Palavras-chave: Cerrado; Manga; Mangifera indica; Doenca de planta; Mangoes; Plant diseases.
Ano: 1999 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/handle/doc/545861
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Distribuicao do virus do endurecimento dos frutos do maracujazeiro no cerrado. Infoteca-e
ANJOS, J.R.N. dos; JUNQUEIRA, N.T.V..
1999
Tipo: Outras publicações técnicas (INFOTECA-E) Palavras-chave: Cerrado; Maracuja; Passiflora; Virose vegetal; Passion fruits; Plant viruses.
Ano: 1999 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/handle/doc/545862
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Fungicidas para tratamento de sementes de soja (Glycine max (L) (Merril). Infoteca-e
NASSER, L.C.B.; ANJOS, J.R.N. dos; PERES, J.R.R.; MEDEIROS, A.C. de S.; SPEHAR, C.R.; URBEN FILHO, G.; SOUZA, P.I. de M. de..
Cerca de 46 patogenos (fungos, bacterias, virus e nematoides) sao relatados como transmissiveis atraves de sementes de soja. No brasil, a maioria destes patogenos ja foram listados. Cerca de 14 destes microorganismos, alem de causarem danos a sementes e plantulas, podem tambem servir como fonte inicial de inoculo em novas areas de cultivo. Uma vez estabelecidos, estes patogenos irao causar doencas nas partes aereas da cultura (caule, folhas, vagens e sementes), contribuindo para reducao da produtividade e dando origem, por sua vez, a sementes infestadas com altos indices de patogenos. No brasil Central (regiao dos Cerrados do Distrito Federal, Goias, Mato Grosso do Sul e Mato Grosso), sao encontrados com frequencia pelo menos 6 destes...
Tipo: Comunicado Técnico (INFOTECA-E) Palavras-chave: Soja; Glycine max; Semente; Fungicida; Doenca; Producao; Sclerotinia sclerotiorum; Patogeno; Cerrado; Controle; Fungo; Virus; Bacteria; Nematodeo; Controle de doença; Disease control; Fungi; Fungicides; Patógeno; Seeds; Soybeans; Tratamento.
Ano: 1984 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/handle/doc/547522
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Identificação do vírus do mosqueado do feijoeiro ("bean pod mottle virus") em soja no Brasil (2000). Infoteca-e
ANJOS, J.R.N. dos; CHARCHAR, M.J.A.; GOMES, A.C..
O virus do mosqueado do feijoeiro ("bean pod mottle virus" BPMV) foi identificado em plantas da soja, cultivar Itiquira, com sintomas de mosqueado, em Planaltina, Distrito Federal. Uma preparacao purificada do virus examinada em microcospio eletronico revelou a presenca de particulas isometricas em torno de 30 nm de diametro. Em testes de SDS-PAGE, foram detectadas tres proteinas com massas moleculares estimadas de 39,7, 22,9 e 21,2 kDa. A eficiencia media de transmissao do isolado do BPMV em estudo pelo crisomelideo Cerotoma arcuata Oliv. Em tres experimentos foi de 66,7%. Em experimentos de campo, o BPMV reduziu a producao de graos nas cultivares de soja Garca Branca, Garimpo, Doko, Itiquira e Pioneira em 17,1% , 17,1%, 20,4%, 20,9% e 21,4%,...
Tipo: Documentos (INFOTECA-E) Palavras-chave: Cerrado; Glycine max; Soybeans; Vírus; Soja; Cerotoma arcuata; Viruses; Planaltina; Distrito Federal; Brasil; Brazil.
Ano: 2000 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/handle/doc/546792
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Mancha foliar em capim-elefante no Cerrado do Brasil Central causada por Bipolaris maydis. Repositório Alice
CHARCHAR, M. J. D.; ANJOS, J.R.N. dos; SILVA, M.S.; SILVA, W.A. de M..
Bipolaris maydis (Y. Nisik. & C. Miyake) Shoemaker foi consistentemente isolado de plantas de Pennisetum purpureum Schum., com sintomas de manchas foliares, no Cerrado, em 2005 e 2006. Testes de patogenicidade em mudas sadias de capim-elefante, em casa de vegetação, e o subseqüente reisolamento do fungo confirmaram que B. maydis era o agente causal das lesões foliares observadas. Os primeiros sintomas apareceram dois dias após a inoculação. Onze outras espécies de gramíneas foram suscetíveis ao fungo.
Tipo: Nota Técnica/Nota Científica (ALICE) Palavras-chave: Cochliobolus heterostrophus; Pennisetum purpureum; Mancha foliar; Planta forrageira; Leaf spot; Forage grass.
Ano: 2008 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/125686
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Ocorrencia de brusone (Pyricularia grisea) em trigo e centeio na regiao dos cerrados do Brasil Central. Repositório Alice
ANJOS, J.R.N. dos; SILVA, D.B. da; CHARCHAR, M.J.D'A.; RODRIGUES, G.C..
Em maio de 1993, no Experimento Internacional de Genotipos de Trigo sob Alta Temperatura (IHSGE), conduzido no Campo Experimental da EMBRAPA-CPAC, Planaltina, DF, foram observados sintomas de branqueamento das espigas semelhantes aqueles ja escritos para brusone. O agente causal foi identificado como Pyricularia grisea (Cooke) Sacc., em microscopio de luz, apos isolamento em BDA. Em avaliacoes de campo, foi observado que o sintoma atingiu 48,6% das espigas da variedade Kanchan. Nas espigas infectadas, foram observadas reducoes de 7,4% no numero de espiguetas ferteis/espiga, e de 10,4% no numero de graos/espigueta.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Ano: 1996 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/104053
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Ocorrencia de nova doenca do algodoeiro irrigado, no Brasil, causada por Sclerotinia sclerotiorum. Repositório Alice
CHARCHAR, M.J. D'A.; ANJOS, J.R.N. dos; OSSIPI, E..
Em 1996, uma nova doenca causada pelo fungo Sclerotinia sclerotiorum (Lib.) de Bary foi observada em algodoeiro (Gossypium hirsutum L.), cultivar Deltapine, irrigado sob pivo central, em Paracatu, MG. Os sintomas apresentados foram murcha e podridao da haste, do peciolo da folha e da maca, alem de serem observados no interior do capulho micelio branco e esclerodios escuros do patogeno. O teste de patogenicidade foi efetuado em algodoeiro, nas cultivares Deltapine e IAC 22, e em feijoeiro e quiabeiro, aos 14 dias de idade. As plantas foram incubadas em alta umidade durante 48 horas, a 25 Graus C. Tres dias apos a inoculacao, verificaram-se sintomas severos de murcha e necrose dos tecidos, de onde o patogeno foi reisolado, completando-se, assim, os...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Ano: 1999 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/94849
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Reação às doenças e produtividade de onze cultivares de maracujá-azedo cultivadas sem agrotóxicos. Repositório Alice
JUNQUEIRA, N.T.V.; ANJOS, J.R.N. dos; SILVA, A.P. de O.; CHAVES, R. da C.; GOMES, A.C..
O objetivo deste trabalho foi avaliar a reação às doenças e a produtividade de 11 cultivares de maracujazeiro, nos primeiros seis meses de colheita no Distrito Federal. Para evitar herbicidas, utilizou-se sobre o tubo gotejador, uma lona de polietileno preta com 1,20 m em largura ao longo das fileiras. O híbrido EC-RFM (Passiflora edulis f. flavicarpa x P. edulis) foi o mais produtivo e o menos suscetível à virose do endurecimento do fruto (PWV), à antracnose e à septoriose do fruto. Todas as cultivares foram suscetíveis à verrugose e à bacteriose no fruto. Houve pouca variabilidade entre as cultivares para resistência às doenças.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Passiflora edulis; Bacteriose; Virose; Antracnose; Genótipos; Resistência às doenças; Bacterioses; Viroses; Anthracnosis; Genotypes; Diseases resistance.
Ano: 2003 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/109195
Registros recuperados: 10
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional