Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: 

RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 18
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
A base de dados espaciais projeto GeoDegrade. 14
ARAUJO, L. S. de; NOGUEIRA, S. F.; SILVA, G. B. S. da; VICTORIA, D. de C.; BOLFE, E. L.; GREGO, C. R.; VICENTE, L. E..
Este trabalho objetiva apresentar a estrutura e a descrição da base de dados do projeto GeoDegrade, com ênfase nos dados com atributos espaciais organizados em um banco de dados gerenciado em um sistema de informações geográficas (SIG) (SILVA et al., 2012). O banco de dados contém dados secundários compilados de diferentes fontes disponíveis e dados primários que serão gerados ao longo do projeto, embasando as análises das pastagens degradadas nos diferentes biomas.
Tipo: Circular Técnica (INFOTECA-E) Palavras-chave: Sistema de Informações Geográficas.
Ano: 2012 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/958900
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
A dinâmica florestal no pólo agropecuário do nordeste paulista 14
ARAUJO, L. S. de; GREGO, C. R.; BOLFE, E. L.; OSHIRO, O. T..
No contexto do histórico de uso e ocupação das terras do Estado de São Paulo, que resultou na perda quase total de suas florestas originais e degradação dos remanescentes, as atividades agropecuárias são identificadas como potenciais condicionantes pela crescente expansão ocorrida nas últimas décadas. Por outro lado, levantamentos atuais, como o realizado pelo Instituto Florestal de São Paulo, demonstram um incremento na área mapeada como vegetação nativa do Estado (ZORZETTO, 2010), com curva ascendente similar às formulações recentes da Teoria da Transição Florestal (RUDEL, 1998; RUDEL et al., 2005). De acordo com essa Teoria, os estoques florestais mudam de modo previsível, com o decréscimo da taxa de desflorestamento e aumento da taxa de regeneração...
Tipo: Documentos (INFOTECA-E) Palavras-chave: Ambiente socioeconômico; Código Florestal.; Legislação Florestal; Reserva Florestal; Uso da Terra..
Ano: 2011 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/921098
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Base de dados espaciais para avaliação da sustentabilidade e planejamento ambiental de paisagens agrossilviculturais. 14
TORRESAN, F. E.; RONQUIM, C. C.; LEIVAS, J. F.; ARAUJO, L. S. de.
No presente documento, é descrita a metodologia adotada para a estruturação do banco de dados geográficos, a qual é uma etapa prévia para a geração de cartas temáticas de dinâmica de uso e cobertura das terras, as quais darão suporte às próximas atividades do projeto.
Tipo: Circular Técnica (INFOTECA-E) Palavras-chave: Geotecnologias.
Ano: 2012 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/959794
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Carta de vulnerabilidade natural à perda de solo do Estado do Maranhão. 14
QUARTAROLI, C. F.; ARAUJO, L. S. de; GARCON, E. A. M..
O zoneamento ecológico-econômico (ZEE) é um instrumento para planejar e ordenar o território brasileiro, harmonizando as relações econômicas, sociais e ambientais. Demanda um efetivo esforço de compartilhamento institucional, voltado para a integração das ações e políticas públicas territoriais, bem como articulação com a sociedade civil, integrando seus interesses em torno de um pacto pela gestão do território (BRASIL, 2010b). Nos últimos anos, o ZEE tem sido a proposta do governo brasileiro para subsidiar as decisões de planejamento do desenvolvimento e do uso do território nacional em bases sustentáveis, tornando-se um Programa do Plano Plurianual (PPA) do governo federal (BRASIL, 2010a), gerenciado pelo Ministério do Meio Ambiente e com execução...
Tipo: Documentos (INFOTECA-E) Palavras-chave: Perda de solo.; Zoneamento Ecológico..
Ano: 2013 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/991052
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Coleção de mapas temáticos do MacroZEE do Maranhão: guia de consulta rápida. 14
BATISTELLA, M.; BOLFE, E. L.; VICENTE, L. E.; VICTORIA, D. de C.; ARAUJO, L. S. de.
Este produto, ?Coleção de mapas temáticos do MacroZEE do Maranhão: guia de consulta rápida, sumariza o conjunto de planos de informações gerados nas diversas etapas do MacroZEE do Maranhão, que incluem aspectos do meio físico-biótico, da situação atual de uso e cobertura da terra, socioeconômicos, jurídico-institucionais e o zoneamento ecológico-econômico. Todos os demais dados, informações e relatórios gerados estão disponíveis no site da Embrapa Monitoramento por Satélite: <http://www.cnpm.embrapa.br/projetos/macrozee/>.
Tipo: Fôlder / Folheto / Cartilha (INFOTECA-E) Palavras-chave: Desenvolvimento; Maranhão; Planejamento territorial; Zoneamento.; Meio Ambiente..
Ano: 2014 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/1002593
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Conservação da biodiversidade do Estado do Maranhão: cenário Atual em dados geoespaciais. 14
ARAUJO, L. S. de; SILVA, G. B. S. da; TORRESAN, F. E.; VICTORIA, D. de C.; VICENTE, L. E.; BOLFE, E. L.; MANZATTO, C. V..
Dados espaciais sobre o estado do Maranhão foram compilados e produzidos pela Embrapa durante o macrozoneamento ecológicoeconômico do Estado. Neste trabalho, apresentamos parte dos resultados obtidos durante o diagnóstico de dados bióticos, que contemplam análises da situação de remanescentes de vegetação. No Estado, os biomas Cerrado (64% do Estado), Amazônia (35%) e Caatinga (1%) compõem um mosaico de paisagens ricas em biodiversidade. Com base na análise integrada de informações sobre as regiões fitoecológicas, biomas, unidades de conservação e áreas prioritárias para a conservação da biodiversidade, identificamos que 76% do estado do Maranhão são considerados áreas de vegetação, principalmente Vegetação Secundária (26%), Savana (23%) e Floresta Sazonal...
Tipo: Documentos (INFOTECA-E) Palavras-chave: Zoneamento econômico.; Planejamento rural; Biodiversidade; Zoneamento Ecológico.; Rural planning.
Ano: 2016 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/1069715
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Disseminação seletiva da informação em fertilidade do solo e fertilizantes (@DSI): um modelo conceitual. 14
DELAIA, C. R.; SILVA, A. L. A. F. da; ARAUJO, L. S. de.
O objetivo deste trabalho foi desenvolver um modelo conceitual para um serviço de Disseminação Seletiva da Informação (DSI) utilizando ferramentas disponíveis em bases de dados do Portal de Periódicos Capes, que, após a implantação do mesmo no âmbito de uma rede de pesquisadores atuantes em Fertilidade do Solo e Fertilizantes, denominada Rede FertBrasil, poderá ser aperfeiçoado, caso seja necessário, em etapas posteriores.
Tipo: Documentos (INFOTECA-E) Palavras-chave: Disseminação seletiva da informação; Serviço de informação; Information dissemination; Information services.
Ano: 2015 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/1039631
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Diversidade de espécies de aves em silvicultura de eucalipto. 14
TORRESAN, F. E.; VITAL, D. M.; ARAUJO, L. S. de; COLA, M. G. DA S..
Com a rápida e crescente expansão da silvicultura, especialmente no Estado de São Paulo, é comum o debate sobre os impactos e possíveis benefícios de tal prática, principalmente sobre a biodiversidade. Entretanto, levantamentos de indicadores de biodiversidade nessas áreas ainda são escassos e existe uma grande lacuna de conhecimento. Este trabalho apresenta resultados sobre a caracterização da avifauna encontrada em uma propriedade de silvicultura de Eucalyptus no Município de Brotas, SP. A amostragem da avifauna foi realizada usando a metodologia de contagem por pontos. Após seis campanhas de campo foram registradas 53 espécies de aves para a área de estudo, distribuídas em 23 famílias e 11 ordens. A ordem dos Passeriformes foi a que apresentou maior...
Tipo: Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E) Palavras-chave: Avifauna; Florestas cultivadas.; Biodiversidade..
Ano: 2011 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/921102
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Geotecnologias aplicadas à restauração ecológica. 14
ALVAREZ, I. A.; ARAUJO, L. S. de.
bitstream/item/52882/1/portal-ecodebate-281211.pdf
Tipo: Artigo de divulgação na mídia (INFOTECA-E) Palavras-chave: Agroecossistemas.
Ano: 2011 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/913389
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Indicadores para avaliação de boas práticas de manejo na produção de tilápia em tanques-rede. 14
PORTINHO, J. L.; SILVA, M. S. G. M. e; QUEIROZ, J. F. de; BARROS, I. de; GOMES, A. C. C.; RUOCCO, A. M. C.; LOSEKANN, M. E.; KOGA-VICENTE, A.; ARAUJO, L. S. de; VICENTE, L. E.; RODRIGUES, G. S..
Resumo: Diversas abordagens têm sido propostas para o registro, interpretação e comunicação de indicadores ambientais, em suas múltiplas aplicações para o manejo de atividades rurais. Uma referência especial a tais ferramentas de gestão ambiental tem sido direcionada à aquicultura, devido à imediata conexão entre a disponibilidade de informações em tempo real sobre os parâmetros de qualidade da água e as práticas produtivas, visando a prontidão das ações de manejo aquícola. O presente trabalho apresenta um módulo do ?sistema de avaliação ponderada de impacto ambiental de atividades rurais? (APOIA-Aquicultura), especialmente dedicado à avaliação de Boas Práticas de Manejo (BPM). Resultados obtidos em empreendimentos aquícolas de diferentes escalas foram...
Tipo: Folhetos Palavras-chave: APOIA-NovoRural; Gestão ambiental; Tanque-rede; Aquicultura; Piscicultura; Qualidade da Água; Impacto Ambiental; Tilápia Nilótica; Tanque; Aquaculture; Environmental assessment; Environmental management; Water quality.
Ano: 2021 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/1137967
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Mitigação das emissões de gases de efeitos estufa pela adoção das tecnologias do Plano ABC: estimativas parciais. 14
MANZATTO, C. V.; ARAUJO, L. S. de; ASSAD, E. D.; SAMPAIO, F. G.; SOTTA, E. D.; VICENTE, L. E.; PEREIRA, S. E. M.; LOEBMANN, D. G. dos S. W.; VICENTE, A. K..
A publicação apresenta um primeiro estudo efetuado sobre as tecnologias preconizadas pela Plataforma ABC (TECabc) e que teve como objetivos discutir e analisar a lógica produtiva de tais tecnologias e realizar uma estimativa inicial da contribuição do Plano ABC para a mitigação das emissões dos gases de efeito estufa, ressaltando-se as variações e incertezas dos dados disponíveis sobre a adoção das TECabc, a diversidade de sistemas de produção e manejo do solo e a ausência de coeficientes de emissõ es regionalizados.
Tipo: Documentos (INFOTECA-E) Palavras-chave: Recuperação de pastagem; Fixação biológica de nitrogênio; Gases de efeito estufa; Mitigação; Agricultura Sustentável; Efeito Estufa; Mudança Climática; Agrossilvicultura; Fixação Simbiótica de Nitrogênio; Florestamento; Política Ambiental; Plantio Direto; Greenhouse gas emissions; Sustainable agricultural intensification; Integrated agricultural systems; Nitrogen fixation; Waste treatment; Animal wastes; Environmental policy.
Ano: 2020 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/1123612
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Modelagem da erosão aplicada ao planejamento conservacionista do solo em Pastagens de Pindamonhangaba (SP). 14
GALDINO, S.; ARAUJO, L. S. de; SILVA, G. B. S. da; NOGUEIRA, S. F.; PEREIRA, K. C..
A degradação das pastagens é um dos maiores problemas enfrentados pela pecuária brasileira, e constitui atualmente uma questão prioritária do governo federal. A partir da estimativa geoespacializada da perda de solo atual e para encontrar alternativas de uso das terras em áreas de pastagens localizadas no Município de Pindamonhangaba, SP, foi avaliado o efeito do manejo e de práticas conservacionistas do solo sobre a erosão hídrica. Para a obtenção da perda de solo, foram considerados: erosividade das chuvas, erodibilidade dos solos, efeito do comprimento e grau de declive das encostas, uso do solo e manejo da cobertura vegetal, e implementação ou não de terraceamento. Também foi avaliado o efeito da transformação de áreas declivosas em áreas de mata. A...
Tipo: Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E) Palavras-chave: Perda de solo; USLE; Soil loss; RUSLE.; Sensoriamento Remoto; Sistema de Informação Geográfica.; Geographic information systems; Remote sensing..
Ano: 2014 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/1016756
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Ordenamento territorial e zoneamento. 14
QUARTAROLI, C. F.; ARAUJO, L. S. de.
bitstream/item/103430/1/Cap.-14.pdf
Tipo: Capítulo em livro técnico (INFOTECA-E) Palavras-chave: Mudança Climática; Sensoriamento Remoto; Zoneamento Climático.; Zoneamento Agrícola.
Ano: 2014 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/988113
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Relatório do diagnóstico do macrozoneamento ecológico-econômico do Estado do Maranhão. 14
BATISTELLA, M.; BOLFE, E. L.; VICENTE, L. E.; VICTORIA, D. de C.; ARAUJO, L. S. de.
Macrozoneamento Ecológico-Econômico (MacroZEE) é um instrumento para planejar e ordenar o território, harmonizando as relações econômicas, sociais e ambientais. Demanda um efetivo esforço de compartilhamento institucional, voltado para a integração das ações e políticas públicas territoriais, bem como a articulação com a sociedade civil, integrando seus interesses em torno de um pacto pela gestão do território (BRASIL, 2010a). Nos últimos anos, o MacroZEE tem sido a proposta do governo brasileiro para apoiar as decisões de planejamento do desenvolvimento e do uso do território nacional em bases sustentáveis, e tornou-se um programa do Plano Plurianual (PPA) do governo federal (BRASIL, 2010b) gerenciado pelo Ministério do Meio Ambiente e com execução...
Tipo: Outras publicações técnicas (INFOTECA-E) Palavras-chave: Desenvolvimento; Maranhão; Planejamento territorial; Zoneamento.; Meio Ambiente..
Ano: 2013 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/987949
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Relatório do diagnóstico do macrozoneamento ecológico-econômico do Estado do Maranhão. 14
BATISTELLA, M.; BOLFE, E. L.; VICENTE, L. E.; VICTORIA, D. de C.; ARAUJO, L. S. de.
O Macrozoneamento Ecológico-Econômico (MacroZEE) é um instrumento para planejar e ordenar o território, harmonizando as relações econômicas, sociais e ambientais. Demanda um efetivo esforço de compartilhamento institucional, voltado para a integração das ações e políticas públicas territoriais, bem como a articulação com a sociedade civil, integrando seus interesses em torno de um pacto pela gestão do território (BRASIL, 2010a). Nos últimos anos, o MacroZEE tem sido a proposta do governo brasileiro para apoiar as decisões de planejamento do desenvolvimento e do uso do território nacional em bases sustentáveis, e tornou-se um programa do Plano Plurianual (PPA) do governo federal (BRASIL, 2010b) gerenciado pelo Ministério do Meio Ambiente e com execução...
Tipo: Outras publicações técnicas (INFOTECA-E) Palavras-chave: Desenvolvimento; Maranhão; Planejamento territorial; Zoneamento.; Meio Ambiente..
Ano: 2013 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/987964
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Relatório final do macrozoneamento ecológico-econômico do Estado do Maranhão. 14
BATISTELLA, M.; BOLFE, E. L.; VICENTE, L. E.; VICTORIA, D. de C.; ARAUJO, L. S. de.
O zoneamento ecológico-econômico (ZEE) é um instrumento para planejar e ordenar o território, harmonizando as relações econômicas, sociais e ambientais. Demanda um efetivo esforço de compartilhamento institucional, voltado para a integração das ações e políticas públicas, bem como a articulação com a sociedade civil, integrando seus interesses em torno de um pacto pela gestão do território (BRASIL, 2014a).
Tipo: Outras publicações técnicas (INFOTECA-E) Palavras-chave: Desenvolvimento; Maranhão; Planejamento territorial; Zoneamento.; Meio Ambiente..
Ano: 2014 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/987969
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Sensoriamento remoto. 14
QUARTAROLI, C. F.; VICENTE, L. E.; ARAUJO, L. S. de.
bitstream/item/103388/1/Cap.-4.pdf
Tipo: Capítulo em livro técnico (INFOTECA-E) Palavras-chave: Mudança Climática; Sensoriamento Remoto; Zoneamento Climático.; Zoneamento Agrícola.
Ano: 2014 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/988056
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Sumário executivo do macrozoneamento ecológico-econômico do Estado do Maranhão. 14
BATISTELLA, M.; BOLFE, E. L.; VICENTE, L. E.; VICTORIA, D. de C.; ARAUJO, L. S. de.
O zoneamento ecológico-econômico (ZEE) é um instrumento para planejar e ordenar o território, harmonizando as relações econômicas, sociais e ambientais. Demanda um efetivo esforço de compartilhamento institucional, voltado para a integração das ações e políticas públicas territoriais, bem como a articulação com a sociedade civil, integrando seus interesses em torno de um pacto pela gestão do território (BRASIL, 2014a). Nos últimos anos, o ZEE tem sido a proposta do governo brasileiro para apoiar as decisões de planejamento do desenvolvimento e do uso do território nacional em bases sustentáveis, e tornou-se um programa do Plano Plurianual (PPA) do governo federal (BRASIL, 2014b) gerenciado pelo Ministério do Meio Ambiente e com execução descentralizada por...
Tipo: Outras publicações técnicas (INFOTECA-E) Palavras-chave: Desenvolvimento; Maranhão; Planejamento Territorial; Zoneamento.; Meio Ambiente..
Ano: 2014 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/988014
Registros recuperados: 18
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional