Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: 

RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 6
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Avaliação da enxertia no jardim clonal de castanheira-do-brasil da Embrapa Agrossilvipastoril. Repositório Alice
MARQUES, J. A. de B.; OLIVEIRA, F. L. de; SILVA, E. S. da; AWABDI, C. P.; BALDONI, A. B..
A castanheira-do-brasil (Bertholletia excelsa Bonpl.), espécie de grande importância econômica, encontra-se em grande vulnerabilidade devido ao desmatamento dos castanhais nativos, que são responsáveis pela maior parte da produção de castanhas no Brasil. Além disso, a falta de conhecimento do cultivo (melhoramento genético, tratos silviculturais e produção de mudas) trazem barreiras para o plantio comercial desta espécie. A produção de mudas enxertadas em campo garantem características genéticas da árvore matriz e precocidade na produção de frutos, porém poucas informações estão disponíveis sobre esta técnica. O objetivo do trabalho foi avaliar o pegamento da enxertia de materiais genéticos oriundos de Acre e Roraima no jardim clonal de...
Tipo: Parte de livro Palavras-chave: Mato Grosso; Sinop-MT; Porta Enxerto; Bertholletia Excelsa; Castanha do Para.
Ano: 2019 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1119795
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Avaliação de genótipos de Paricá (Schizolobium parahyba var. amazonicum) em Sinop, Mato Grosso. Repositório Alice
MARQUES, J. A. de B.; OLIVEIRA, F. L. de; AWABDI, C. P.; BOTIN, A. A.; TARDIN, F. D.; BALDONI, A. B..
O paricá é uma espécie florestal nativa de grande importância na região Amazônica, devido a sua adaptabilidade a silvicultura é utilizada em monocultivo, sistemas integrados de produção e recuperação de áreas degradadas, sua madeira muito utilizada na indústria para a fabricação de laminados, compensados, forros e móveis. Porém, ainda não existem muitas informações sobre a espécie, principalmente sobre o desenvolvimento, manejo e disponibilidade de materiais genéticos superiores. O objetivo desse trabalho foi avaliar o crescimento das árvores de paricá com 36 meses de idade, e indicar materiais genéticos com alto desempenho em características importantes para a produção florestal. O experimento está estabelecido na Embrapa Agrossilvipastoril, com...
Tipo: Anais e Proceedings de eventos Palavras-chave: Mato Grosso; Sinop-MT; Silvicultura; Reflorestamento; Indústria Florestal; Paricá; Schizolobium Parahyba.
Ano: 2020 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1130238
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Desenvolvimento de árvores de paricá (Schizolobium parahyba var. amazonicum) após 1 ano de plantio. Repositório Alice
BOTIN, A. A.; MARQUES, J. A. de B.; OLIVEIRA, F. L. de; SILVA, E. S. da; AWABDI, C. P.; SILVA, A. J. R.; TARDIN, F. D.; BALDONI, A. B.; NEVES, L. G..
O paricá é uma espécie florestal nativa da região Amazônica, muito utilizada na indústria madeireira, na recomposição de áreas degradadas, e também vem sendo aplicada em sistemas integrados de produção, pelas suas características favoráveis, como crescimento rápido e copa pouco adensada. Porém, ainda há uma grande escassez de informações sobre a espécie, principalmente sobre o desenvolvimento, manejo e utilizações. O objetivo desse trabalho foi avaliar o crescimento das árvores de paricá com 12 meses de idade, em um experimento estabelecido na Embrapa Agrossilvipastoril, com delineamento experimental em blocos ao acaso, com 4 repetições, 58 procedências e 5 plantas por procedência, com plantio no espaçamento 4 m x 4 m. Foram avaliadas a altura (m) e o...
Tipo: Parte de livro Palavras-chave: Mato Grosso; Sinop-MT; Paricá; Schizolobium Parahyba; Schizolobium Amazonicum.
Ano: 2019 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1119797
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Desenvolvimento de plantas enxertadas no jardim clonal de castanheira-do-brasil da Embrapa Agrossilvipastoril. Repositório Alice
OLIVEIRA, F. L. de; MARQUES, J. A. de B.; SILVA, E. S. da; AWABDI, C. P.; BOTIN, A. A.; SILVA, A. J. R.; TARDIN, F. D.; BALDONI, A. B..
A castanheira-do-brasil (Bertholletia excelsa Bonpl.) é uma espécie nativa da Amazônia, de grande importância econômica e social devido à produção de castanha, produto conhecido mundialmente e de grande demanda no mercado, porém a espécie encontra-se em risco de extinção devido ao desmatamento nas florestas nativas. O plantio comercial da espécie ainda é escasso, bem como as informações sobre o cultivo. A enxertia é uma técnica de propagação vegetativa muito visada para a castanheira, pois permite clonar geneticamente uma árvore com características superiores (alta produtividade), trazendo ainda como benefício a precocidade na produção de frutos. A Embrapa Agrossilvipastoril está estabelecendo um jardim clonal de castanheira-do-brasil, com materiais...
Tipo: Parte de livro Palavras-chave: Castanheira-do-brasil; Mato Grosso; Sinop-MT; Porta Enxerto; Castanha do Para; Bertholletia Excelsa.
Ano: 2019 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1119799
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Enxertia em Bertholletia excelsa pelo método de garfagem. Repositório Alice
WOLFART, A. R.; MARQUES, J. A. de B.; OLIVEIRA, F. L. de; AWABDI, C. P.; BALDONI, A. B..
A castanheira-do-brasil (Bertholletia excelsa) é uma espécie de grande importância no bioma amazônico, e está em estado vulnerável devido ao desmatamento. A propagação por enxertia é uma forma de potencializar o cultivo da espécie, e a garfagem torna-se atrativa devido a fatores como: crescimento de ramos ortótropicos e maior facilidade do procedimento em relação a técnica de borbulhia. Portanto, o objetivo deste trabalho foi avaliar o pegamento da enxertia pelo método de garfagem em mudas de castanheira-do-brasil em viveiro. Foram enxertadas 210 mudas de duas diferentes idades (safras 2015/2016 e 2016/2017) sendo alocadas em três diferentes recipientes (2,5 litros, 11 litros e 21 litros), sendo 35 plantas/recipiente/safra. A enxertia foi realizada em...
Tipo: Anais e Proceedings de eventos Palavras-chave: Castanheira-do-brasil; Crescimento ortotrópico; Santa Carmen-MT; Bertholletia Excelsa; Propagação Vegetativa; Garfagem; Enxerto.
Ano: 2021 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1138911
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Propagação de castanheira-do-brasil em viveiro pela técnica de enxertia por garfagem. Repositório Alice
BOENO, L. C. R.; MARQUES, J. A. de B.; OLIVEIRA, F. L. de; SILVA, E. S. da; AWABDI, C. P.; TARDIN, F. D.; SILVA, A. C. da; BALDONI, A. B..
A castanha-do-brasil (Bertholletia excelsa Bonpl.) é um importante produto florestal não madeireiro na região Amazônica, representando fonte de renda aos extrativistas. O desafio consiste em viabilizar o plantio da espécie, com árvores produtivas, e incentivar novos produtores, a fim de perpetuá-la. A técnica de enxertia por garfagem torna-se uma aliada, pois proporciona produção de frutos precoce e redução no porte da planta, fornecendo material de qualidade e pronto para ser estabelecido no campo. Para obter sucesso na enxertia é importante considerar o preparo e acompanhamento do porta-enxerto, coleta de enxertos de qualidade, habilidade do enxertador, época de realização, entre outros fatores ambientais. O presente trabalho testou a técnica de enxertia...
Tipo: Parte de livro Palavras-chave: Castanha-do-brasil; Mato Grosso; Sinop-MT; Castanha do Para; Porta Enxerto; Garfagem; Bertholletia Excelsa.
Ano: 2019 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1119802
Registros recuperados: 6
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional