Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 18
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
A determinação da água livre em fertilizantes Anais da ESALQ
Alcarde,J.C.; Catani,R.A.; Furlani,P.R..
O presente trabalho relata os dados obtidos sôbre a perda de pêso de diversos fertilizantes simples e misturas de fertilizantes, quando submetidos a dois métodos de determinação da água livre: o método baseado no uso de estufa comum, na faixa térmica de 100-105°C (método clássico), e o método da estufa a vácuo, que usa temperatura de 50°C, associada a baixa pressão (20 polegadas de mercúrio de vácuo). Os resultados obtidos pelo método clássico foram mais elevados que os determinados através do método da estufa a vácuo, tanto para os fertilizantes simples como para as misturas. Nos fertilizantes simples a diferença entre os resultados dos dois métodos foi mais acentuada nos materiais que possuiam componentes hidratados. Nas misturas, as maiores diferenças...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article
Ano: 1967 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0071-12761967000100022
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
A determinação da água livre em substâncias puras Anais da ESALQ
Catani,R.A.; Alcarde,J.C.; Furlani,P.R..
O presente trabalho relata os dados obtidos sôbre a determinação da água livre em diversas substâncias puras pelo método baseado no uso da estufa comum a 100-105ºC (método clássico) e pelo método que usa 20 polegadas (ou 50 mm de mercúrio) de vácuo a 50°C. As substâncias empregadas foram cloreto de sódio, sulfato de cálcio dihidratado, ortofosfato monocálcico monohidratado, ortofosfato bicálcico dihidratado, ortofosfato monácido de amônio e uréia cristalizada. Os resultados obtidos permitem concluir que o método que usa estufa a vácuo a 50°C apresenta uma tendência de retirar apenas a água livre das substâncias estudadas. Por outro lado, o método clássico que emprega estufa comum a 100-105°C, além da água livre, retira também uma fração variável da água de...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article
Ano: 1967 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0071-12761967000100018
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
A determinação da uréia em fertilizantes, pelo método volumétrico da urease Anais da ESALQ
Catani,R.A.; Alcarde,J.C.; Furlani,F.R..
A presença de uréia nas misturas de fertilizantes é, atualmente, muito comum em virtude do citado material apresentar elevado teor de nitrogênio (46% de N, aproximadamente), ao lado de outras características físico-químicas desejáveis. O presente trabalho relata a determinação da uréia em mistura de fertilizantes pelo método da urease. A uréia do extrato aquoso do fertilizante é convertida em amônia através da urease. A amônia é neutralizada por uma quantidade conhecida e em excesso de ácido sulfúrico. O excesso de ácido sulfúrico é determinado e a quantidade de uréia é calculada através do conhecimento do numero de equivalentes de ácido sulfúrico neutralizado pela amônia. A aplicação do método da urease em 4 misturas de fertilizantes contendo nitrogênio...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article
Ano: 1968 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0071-12761968000100005
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
A determinação do boro em plantas pelo método colorimétrico da curcumina Anais da ESALQ
Alcarde,J.C..
O presente trabalho relata os estudos desenvolvidos sobre a determinação do boro em plantas através do método da curcumina, que se fundamenta na formação do complexo rosocianina em meio acético- sulfúrico. Nesse método a reação de formação da rosocianina é desenvolvida em meio líquido e à temperatura ambiente, não necessitando, portanto, do controle da temperatura a 55±3°C, conforme é exigido pelo método comum, cujo complexo formado é principalmente rubrocurcumina. Uma alíquota do extrato do vegetal é tornada alcalina pela adição de solução de NaOH e sêca em banho-maria. Sobre o resíduo obtido adicionam-se a solução acética de curcumina a 0,125% e a solução de ácido sulfúrico -ácido acético ( 1 + 1 ). A reação completa-se em 15 minutos. No estudo da...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article
Ano: 1969 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0071-12761969000100004
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Aproveitamento de um fosfato natural parcialmente solubilizado pelas culturas do arroz, milho e soja: I. Resultados preliminares Anais da ESALQ
Malavolta,E.; Vitti,G.C.; Alcarde,J.C.; Rosolem,C.A.; Fornasieri Fº,D..
Em solos pouco ácidos, pobres em P disponível, dois dos quais anteriormente com vegetação de cerrado, foram conduzidos ensaios destinados a comparar a eficiência de um fosfato natural parcialmente acidulado com ácido sulfúrico (FAPS) com a do super simples (SS) e a do fosfato de Araxá original. Usaram-se as culturas de arroz de sequeiro, milho e soja. Verificou-se que: (1) o FAPS deu produções que não diferiram estatísticamente das obtidas com o SS sendo maiores que as conseguidas com o FA; (2) os resultados das análises de solos e da diagnose foliar indicam que o FAPS funcionou como fonte de P, Ca e S.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article
Ano: 1981 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0071-12761981000200016
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Avaliação da higroscopicidade de fertilizantes e corretivos Scientia Agricola
Alcarde,J.C.; Malavolta,E.; Borges,A.L.; Muniz,A.S.; Veloso,C.A.; Fabrício,A.C.; Viegas,I. De J.M..
Visando determinar a quantidade de água absorvida em função da umidade do ambiente e do tempo de exposição por alguns fertilizantes simples, misturas de fertilizantes e corretivos, foram colocadas em três ambientes de umidade relativa constante de 70,4%, 80,5% e 88,8% . As amostras foram pesadas após 0, 3, 6, 24, 48 e 72 horas determinando a porcentagem de água absorvida. A absorção de água pelos produtos aumentou com o aumento da umidade relativa do ar e do tempo de exposição. Todos os materiais absorveram alguma umidade no menor tempo e na menor umidade relativa estudados, isto é, 3 horas de 70,4%, porém essa absorção foi insignificante nos casos do sulfato de amônio, fosfato diamônico, fosfato natural parcialmente acidulado, cloreto de potássio, sulfato...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Fertilizantes; Corretivos; Higroscopicidade.
Ano: 1992 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-90161992000400018
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Avaliação da qualidade de calcários agrícolas através do PRNT Anais da ESALQ
Bellingieri,P.A.; Alcarde,J.C.; Souza,E.C.A. de.
Foram comparados os valores do PRNT de calcários agrícolas, empregando fórmulas que se baseiam em diferentes valores de eficiência relativa das frações granulométricas que compõem esses materiais. Foram utilizadas 22 amostras de calcários, sendo 12 de Rio Claro, Piracicaba e Tietê, Estado de São Paulo e as demais especialmente escolhidas visando variação nas composições granulométrica e química. Os resultados sugerem que as fórmulas de PRNT que têm sido utilizadas no Brasil , devem estar substimando a eficiência desses produtos , além de carecerem de um respaldo experimental mais convincente. A nova fórmula proposta pode ser mais confiável, apesar de estar também sujeita a várias críticas.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Calcário; PRNT.
Ano: 1988 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0071-12761988000100036
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Avaliação de materiais orgânicos empregados como fertilizantes Scientia Agricola
Rodella,A.A.; Alcarde,J.C..
Discutiram-se os critérios de avaliação de materiais orgânicos empregados como fertilizantes adotados na legislação brasileira atual. Trabalhando com amostras de compostos, estéreos, resíduos industriais e turfa, discutiu-se a determinação de carbono orgânico através de oxidação pelo íon dicromato. Sugeriu-se que o atual método de determinação de matéria orgânica total por combustão tenha sua utilização restrita ou desaconselhada, devido aos erros grosseiros que proporciona. Como forma de se avaliar a qualidade de materiais orgânicos, discutiu-se a determinação da capacidade de retenção de cátions (CTC) em fertilizantes e materiais orgânicos em geral. O grau de maturação ou estabilidade de compostos orgânicos pôde ser convenientemente expresso através da...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Fertilizante orgânico; Carbono orgânico; Capacidade de troca de cátions; Turfa; Compostos.
Ano: 1994 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-90161994000300030
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Caracterização de fertilizantes simples contendo zinco Scientia Agricola
Alcarde,J.C.; Rodella,A.A..
Materiais contendo zinco podem ser erroneamente considerados fertilizantes simples, devido ao inadequado procedimento oficialmente adotado para avaliar o teor de zinco nos fertilizantes. O objetivo do presente trabalho foi estabelecer um procedimento analítico, viável de utilização em rotina, que permita reconhecer se um material contendo zinco pode ser considerado fertilizante simples. O estudo baseou-se no uso das soluções extratoras: cloreto de amônio 2M, 1,5M e 1M, citrato de amônio de densidade 1,09 e pH = 7,0, isto é, a mesma solução usada na avaliação do fósforo, na concentração original e nas diluições (1 + 1), (1 + 3) e (1 + 9) e solução de ácido cítrico a 2%. As técnicas de extração foram agitação ou fervura da amostra com as soluções extratoras....
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Fertilizantes simples; Zinco.
Ano: 1993 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-90161993000100017
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Eficiência relativa de diferentes frações granulometricas de calcários na neutralização da acidez dos solos, avaliada em laboratório Anais da ESALQ
Bellingieri,P.A.; Alcarde,J.C.; Souza,E.C.A. de.
As frações granulométricas retidas nas peneiras n°s (ABNT) 5-10, 10-30, 30-50, e 50-60 de quatro calcários, sendo dois sedimentares e dois metamórficos, foram incubadas durante 160 dias com três tipos de solos, em condições de laboratório. A eficiência das frações na neutralização da acidez dos solos foi avaliada pela variação do pH. Os resultados permitiram concluir que a referida eficiência independe da natureza geológica do calcário mas depende do tipo de solo, sendo decrescente na seguinte ordem: LVd, LEd e LEm. Apesar da legislação atual normatizar as características físicas dos calcários, bem como os seus graus de eficiência, a presente pesquisa sugere novos valores para a eficiência relativa das diferentes frações granulometricas de calcários:...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Peneiras; Calcário metamórfico; Natureza geológica.
Ano: 1989 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0071-12761989000200003
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Eficiência relativa de fontes de zinco para o milho (Zea mays L.) Anais da ESALQ
Malavolta,E.; Paulino,V. T.; Lourenço,A.J.; Malavolta,M.L.; Alcarde,J.C.; Corrêa,J.C.; Terra,M.M.; Cabral,C.P..
Em um solo LEa fase cerrado com 0,3 ppm de Zn disponível (Mehlich) foi avaliada a eficiência relativa do sulfato de zinco, óxido de zinco e frita FTE Br-12 como fontes do elemento para o milho, em condições de casa de vegetação. Foram usados os seguintes níveis, além de uma testemunha sem o micronutriente: sulfato - 0,0; 0,5; 1,0 e 1,5 ppm de Zn; óxido e frita - 1,0 ppm Zn. Verificou-se que o milho respondeu diferentemente às fontes: o sulfato em dose maior que 1,0 ppm Zn, mostrou-se tóxico; além de eficientes no fornecimento de Zn, o óxido e a frita não mostraram tendência para toxidez; houve correlação altamente significativa entre Zn aplicado e absorvido. O teor de Zn residual foi determinado usando-se DTPA e o extrator de Mehlich; houve correlação...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article
Ano: 1987 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0071-12761987000100004
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Extração e determinação do boro solúvel dos solos Anais da ESALQ
Catani,R.A.; Alcarde,J.C.; Kroll,F.M..
O teor de boro solúvel em água em ebulição cresce com o aumento do volume de água, para um mesmo peso de solo. Êste fato foi constatado nas 6 amostras de solos estudados, quando a proporção de peso de terra: volume de água destilada variou de 10 : 20, 5 : 20 e 2,5 : 20. Por outro lado, a extração do boro de 5 g de solo com 20 ml de soluções 0,05 N de H2SO4 e 0,05 N de acido acético, evidenciou que a solução de acido acético apresentou resultados que recomendam mais estudos no sentido de adaptá-la para a extração do boro solúvel do solo.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article
Ano: 1970 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0071-12761970000100021
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Importância da reatividade do calcário sobre a produção e algumas característica da cultura da soja Scientia Agricola
Bellingieri,P.A.; Souza,E.C.A.; Alcarde,J.C.; Shikasho,H.W..
O experimento foi conduzido num latossolo vermelho escuro, textura média, localizado em Jaboticabal-SP, para se estudar o efeito de dois calcários (dolomítico e dolomítico calcinado), com quatro graus de finuras (F1 = > 2mm; F2 = 2-0,84 mm; F3 = 0,84-0,30mm e F4 = < 0,30mm), sobre propriedades químicas desse solo durante dois anos agrícolas (1988/89 e 89/90) e em características agronômicas da soja cv. IAC-8. Concluiu-se que: no 1° ano agrícola (88/89) o calcário calcinado foi mais reativo, bem como as granulometrias mais finas, sendo que a produção de grãos aumentou em 14%; no 2° ano (89/90), os calcários e as finuras tenderam a igualar seus efeitos e a produção de grãos não foi alterada; para as análises foliares e de grãos, somente houve efeito...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Calcáreo; Tamanho de partícula; Soja; Reatividade.
Ano: 1992 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-90161992000400010
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Método simplificado de solubilização de amostras de calcários agrícolas para a determinação de cálcio e do magnésio Anais da ESALQ
Alcarde,J.C.; Barbin,D..
Foram estudados comparativamente dois métodos de solubilização de amostras de calcários agrícolas para a determinação do cálcio e do magnesio: um, baseado em digestão ácida enérgica, é recomendado para a determinação dos teores totais daqueles elementos, e outro, mais simples e rápido, é usado na rotina dos laboratórios; ambos foram aplicados em diferentes frações granulométricas das amostras. Os resultados, analisados estatisticamente, não mostraram diferenças significativas entre os dois métodos estudados, assim como nos teores de óxidos de cálcio e de magnésio contidos nas diferentes frações granulométricas que compõem os calcários moídos para uso na agricultura. O método simplificado de solubilizaçao da amostra pode perfeitamente ser indicado para...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article
Ano: 1978 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0071-12761978000100027
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Reatividade de calcários agrícolas e a relação entre os teores de cálcio e magnésio Anais da ESALQ
Bellingieri,P.A.; Alcarde,J.C.; Souza,E.C.A..
A reatividade da fração retida entre as peneiras nºs 50-60 (ABNT) de quatro calcários, com teores relativos de óxidos de cálcio decrescentes e de óxidos de magnésio crescentes, foi avaliada incubando-os , durante 100 dias, com três solos diferentes. O delineamento foi o de blocos casualizados com 6 tratamentos e 4 repetições. A avaliação, feita através das variações periódicas do pH e dos teores de alumínio, cálcio e magnésio trocáveis, mostrou que a relação entre os teores de cálcio e magnésio nos calcários não influi na sua reatividade, tanto quanto à correção da acidez dos solos como ao fornecimento de cálcio e de magnésio.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Calcário agrícola; Carbonato; Magnésio; Cálcio.
Ano: 1988 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0071-12761988000100032
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Solubilidade de calcários em extratores químicos Anais da ESALQ
Bellingieri,P.A.; Alcarde,J.C.; Souza,E.C.A.de.
A solubilidade de quatro calcários agrícolas, dois sedimentares e dois metamórficos, divididos em quatro frações granulométricas, foi estudada em dois extratores químicos (soluções de ácido clorídrico e de ácido acético), em variadas condições, com o objetivo de avaliar a eficiência desses materiais através desse critério. Os resultados obtidos, comparados com os ensaios de incubação com solos, mostraram que para a pretendida avaliação, os extratores não se prestam para avaliar os calcários agrícolas, visto que não há correlação entre a solubilidade, expressa em equivalente de CaCO3, e a eficiência mostrada nos ensaios de incubação com solos.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Calcário agrícola; Solubilidade; Extrator químico.
Ano: 1988 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0071-12761988000100033
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Solubilidade de fosfatos naturais em solução de ácido fórmico a 2% Anais da ESALQ
Alcarde,J.C.; Catani,R.A.; Alcarde,A.S..
No presente trabalho foram determinadas as solubilidades dos fosfatos naturais mais comumente usados no Brasil, em solição de ácido fórmico a 2%, sob diversos graus de finura e diversas relações entre a massa de material e o volume do extrator. Os resultados, comparados com a solubilidade dos mesmos materiais em solução de ácido cítrico a 2% e nas mesmas condições, permitiram as seguintes conclusões: a) a variação da solubilidade, em ordem decrescente, entre os materiais estudados foi a seguinte nos dois extratores: farinha de ossos degelatinados, hiperfosfato (fosfato da África), fosfato da Flórida, fosfato de Olinda, fosfato de Araxá e fosfato Alvorada; b) a solubilidade do hiperfosfato em solução de ácido fórmico a 2% é acentuadamente superior a sua...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article
Ano: 1975 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0071-12761975000100063
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Variação na concentração e na quantidade de macro e micronutrientes no fruto do cafeeiro, durante o seu desenvolvimento Anais da ESALQ
Catani,R.A.; Pellegrino,D.; Alcarde,J.C.; Graner,C.A.F..
O presente trabalho apresenta os dados obtidos sôbre a variação na concentração e na quantidade de macro e micronutrientes no fruto do cafeeiro em função do seu grau de desenvolvimento, através da análise de amostras colhidas mensalmente. A variedade de café usada foi bourbon vermelho, de 9 anos de idade, localizada num solo latosólico roxo, no município de Charqueada. Os resultados obtidos mostraram que os frutos exigem contìnuamente todos os macronutrientes, desde o início de sua formação até a maturação. Com relação aos micronutrientes, o boro, cobre, ferro e molibdênio também foram solicitados contìnuamente, ao passo que o manganês e o zinco deixaram de ser absorvidos nos dois últimos meses de seu ciclo formativo. A exigência quantitativa de...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article
Ano: 1967 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0071-12761967000100024
Registros recuperados: 18
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional