Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 7
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
ACOMPANHAMENTO CLINICO NUM TUMOR DE CÉLULAS DA GRANULOSA DIAGNOSTICADO EM UMA ÉGUA ATRAVÉS DO ULTRA-SOM Ciência Rural
Brass,Karin Erica; Alda,Joaquin Lopez de; Corte,Flávio Desessards De La; Castro,Inês Nicoloso; Silva,Carlos Antônio Mondino.
RESUMO Descreve-se o acompanhamento clínico de um caso de tumor de células da granulosa na égua através da ultra-sonografia. Foi constatada uma evolução rápida durante 18 dias para o tumor confirmado, pelo exame macroscópico e histopatológico, após remoção cirúrgica.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/report Palavras-chave: : tumor de granulosa; Égua; Ultra-sonografia.
Ano: 1994 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84781994000100040
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
AVALIAÇÃO DA VARIAÇÃO DE IMUNOGLOBULINA SÉRICA APÓS PLASMOTERAPIA EM POTROS PURO SANGUE DE CORRIDA Ciência Rural
Luz,Inês Nicoloso Castro da; Corte,Flávio Desessards De La; Alda,Joaquin Lopez de; Silva,Carlos Antonio Mondino.
Cinqüenta éguas Puro Sangue de Corrida (PSC) e seus produtos foram utilizados como material deste trabalho. Verificou-se os níveis de imunoglobulinas (Ig) séricas dos produtos antes e após a aplicação de plasma pelo teste da turvação pelo sulfato de zinco (TSZ) avaliado no espectrofotômetro ou visualmente, pelas proteínas totais e pela eletroforese. Os potros foram tratados com plasma endovenoso, porém, o volume máximo utilizado (2000ml) não aumentou significativamente os níveis de Ig. A elevação obtida foi compatível com o volume aplicado.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Potro recém-nascido; Plasmoterapia; Munodeficiência.
Ano: 1991 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84781991000300009
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
BIOMETRIA TESTICULAR EM POTROS PURO SANGUE DE CORRIDA COM AUXÍLIO DO ULTRA-SOM Ciência Rural
Brass,Karin Erica; Alda,Joaquin Lopez de; Deprá,Neiva Medianeira; Corte,Flávio Desessards De La; Silva,José Henrique Souza da; Silva,Carlos Antonio Mondino.
RESUMO Potros Puro Sangue de Corrida com idades variando de 2 a 24 meses foram submetidos a um estudo biométrico dos testículos com ultra-som. Observou-se um aumento no desenvolvimento testicular a partir dos 12 meses de idade e correlação altamente significativa entre o diâmetro testicular transversal (altura) e a idade. As imagens do parênquima testicular obtidas até os 5-6 meses de idade eram hipoecogênicas e com o avanço desta, aumentou a intensidade de reflexão até alcançar o padrão do parênquima testicular adulto.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Testículos; Ultra-som; Biometria.
Ano: 1994 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84781994000200028
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
CONTROLE DO DESENVOLVIMENTO FOLICULAR NA ÉGUA ATRAVÉS DA ULTRA-SONOGRAFIA Ciência Rural
La Côrte,Flávio Desessards De; Luz,Inês Nicoloso Castro da; Alda,Joaquin Lopez de; Silva,José Henrique Souza da; Silva,Carlos Antonio Mondino.
Setenta e cinco éguas Puro Sangue de Corrida (PSC) foram submetidas a exame clínico e ecográfico durante o cio para se avaliar o crescimento folicular. Os exames ecográficos foram feitos com transdutor de 5Mhz e arranjo linear. O controle folicular pode ser feito por ultra-som. Um diâmetro folicular de 41 mm (77% das éguas) aliado a uma alteração de forma do folículo (60% das éguas) e das imagens uterinas (70% das éguas) foram parâmetros que permitiram prever com acuidade a ovulação (P < 0,01).
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Égua; Ultra-som; Desenvolvimento folicular.
Ano: 1993 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84781993000200019
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
DIAGNÓSTICO ECOGRÁFICO DAS ALTERAÇÕES UTERINAS E OVARIANAS EM ÉGUAS PURO SANGUE DE CORRIDA Ciência Rural
Brass,Karin Eriça; Côrte,Flávio Desessards De La; Castro,Inês Nicoloso; Alda,Joaquin Lopez de; Silva,Carlos Antonio Mondino.
RESUMO As imagens ecográficas de algumas alterações freqüentemente encontradas no trato reprodutivo de éguas Puro Sangue de Corrida, tais como hematomas e tumores ovarianos, cistos endometriais, coleções de fluido intra-uterino e hematoma de parede uterina são descritos com propósito educativo.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Ultra-som; Ovários; Útero; Patologias.
Ano: 1994 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84781994000200026
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
IMUNOGLOBULINAS DO POTRO PURO SANGUE DE CORRIDA (PSC) DO NASCIMENTO AO SEXTO MÊS DE IDADE Ciência Rural
Luz,Inês Nicoloso Castro da; Corte,Flavio Desessards De La; Silva,José Henrique Souza da; Alda,Joaquin Lopez de; Silva,Carlos Antonio Mondino.
Sessenta potros PSC foram divididos em dois grupos de acordo com a ocorrência de sinais clínicos de doença. Avaliou-se os níveis de Imunoglobulina (Ig) sérica das 3h até o sexto mês de idade. A TSZ pelo espectrofotômetro ou visualmente indicou bem a Ig determinada por eletroforese. A concentração de Ig decresceu no fim do primeiro mês, tanto nos doentes como nos sadios, elevando-se 1 a 2 semanas após. Isso poderia indicar a passagem da imunidade passiva para a própria. A concentração mínima de Ig de 400mg/dl sugerida na literatura não é compatível com a aqui encontrada nos potros sadios; sugere-se estabelecer um novo nível mínimo de Ig de 800mg/dl. Este pode ser considerado a exigência mínima para avaliação de potros de alto risco, no entanto, não deve ser...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Potro; Imunoglobulina; Imunidade.
Ano: 1992 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84781992000100014
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
TEMPERATURA CORPORAL, FREQÜÊNCIA CARDÍACA E RESPIRATÓRIA DO POTRO PURO SANGUE DE CORRIDA DO NASCIMENTO AO SEXTO MÊS DE IDADE Ciência Rural
Luz,Inês Nicoloso Castro da; Corte,Flávio de La; Alda,Joaquin Lopez de; Silva,Carlos Antonio Mondino da.
Cinqüenta e dois produtos Puro Sangue de Corrida (PSC), pertencentes a um estabelecimento localizado no município de São José dos Pinhais (PR), foram utilizados para a determinação de alguns parâmetros fisiológicos. Verificou-se a freqüência cardíaca e respiratória, assim com a temperatura corporal desde a primeira hora após o nascimento até os 180 dias de idade em horários e datas pré-determinadas. As freqüências cardíaca e respiratória decresceram após o sétimo dia de vida e a temperatura corporal oscilou entre 38,2 à 38,8°C. Concluiu-se que através do conhecimento desses valores fisiológicos para cada idade, o médico-veterinário terá bases mais sólidas para uma avaliação diagnostica mais segura.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Potro; Pediatria; Freqüência cardíaca e respiratória; Temperatura corporal; Sintomas clínicos.
Ano: 1992 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84781992000100007
Registros recuperados: 7
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional