Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: 

RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 6
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Dipteryx lacunifera seed oil: characterization and thermal stability Ciência e Agrotecnologia
Queiroga Neto,Vicente; Bora,Pushkar Singh; Diniz,Zeomar Nitão; Cavalheiro,José Marcelino Oliveira; Queiroga,Karine Formiga.
The Dipteryx lacunifera Ducke is an oleaginous legume with high oil and protein content that can be used in human nutrition. The specie is a native of the Piauí and Maranhão state in the north east of Brazil. The measure physico-chemical properties of the oil are specific density, refractive index, acid, peroxide, iodine and saponification values of 0.91, 1.4651, 0.60 (% oleic acid), 2.81, 70.80 and about 179, respectively. Gas chromatographic analysis of the oil showed the presence of 20.6% saturated, 65.1% monounsaturated and 14.3% polyunsaturated fatty acids. The saturated fatty acids C6:0, C8:0, C12:0 and C17:0 were present in trace (<0.01%) amounts while the C16:0, C18:0, C20:0, C22:0 and C24:0 were at concentrations of 10.3, 5.4, 3.4, 0.9 and 0.6%...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Dipteryx lacunifera; Seed kernel oil; Physical-chemical properties; Fatty acids composition; Thermogravimetric analysis.
Ano: 2009 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-70542009000600020
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Estabilidade térmica das vitaminas A e E em rações e premixes vitamínicos para camarões Ciência Rural
Prado,João Paulo de Sousa; Cavalheiro,José Marcelino Oliveira; Silva,Fernanda Vanessa Gomes da; Queiroga Neto,Vicente; Bora,Pushkar Singh; Cavalheiro,Thiago Brandão.
O trabalho teve como objetivo avaliar a estabilidade térmica das vitaminas A e E em diferentes rações e premixes vitamínicos utilizados na carcinicultura. Foram utilizadas no experimento três rações comerciais peletilizadas e desintegradas em diferentes diâmetros e dois premixes vitamínicos. As amostras de cada dieta e de premixes foram acondicionadas em recipientes plásticos e armazenadas nas seguintes condições: ambiente refrigerado (6°C±2°C), ambiente climatizado (20°C±3°C) e ambiente de estufa (40°C±3°C). Os teores das vitaminas foram determinados em triplicata nas amostras nos períodos 0 (controle), 5, 10, 15, 20, 25 e 30 dias, nas condições anteriormente descritas. Os resultados obtidos mostraram que o percentual médio das perdas de vitamina A nas...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Carcinicultura; Vitaminas; Estabilidade térmica e camarão.
Ano: 2011 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782011000300030
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Extração, atividade da bromelina e análise de alguns parâmetros químicos em cultivares de abacaxi Rev. Bras. Frutic.
Abílio,Gisely Maria Freire; Holschuh,Heinz Johann; Bora,Pushkar Singh; Oliveira,Eliazar Felipe de.
Diante dos riscos e das limitações advindos do cultivo exclusivo de abacaxizeiros Pérola e Smooth Cayenne e visando à variabilidade genética, o Estado da Paraíba estuda material genético diversificado: os híbridos Emepa-01, Imperial e MD-2. objetivando a caracterização destes novos híbridos, avaliaram-se alguns parâmetros químicos e a atividade da bromelina nas polpas e nas cascas de todas as cultivares. o abacaxi Smooth Cayenne apresentou o menor pH (3,44 para polpa e 3,91 para a casca) e a maior acidez titulável (0,56g de ácido cítrico para 100g de polpa e 0,52g de ácido cítrico para 100g de casca), sendo a cultivar mais ácida. Dentre as polpas, as dos abacaxis Pérola e Smooth Cayenne contiveram níveis de açúcares redutores, não redutores e totais...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Abacaxi; Bromelina; Atividade proteolítica; Parâmetros bioquímicos; Polpa; Casca.
Ano: 2009 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452009000400027
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Functional characterization of acetylated Brazil nut (Bertholletia excelsa HBK) kernel globulin Ciênc. Tecnol. Aliment.
Ramos,Cíntia Maria Pinto; Bora,Pushkar Singh.
Defatted Brazil nut kernel flour, a rich source of high quality proteins, is presently being utilized in the formulation of animal feeds. One of the possible ways to improve its utilization for human consumption is through improvement in its functional properties. In the present study, changes in some of the functional properties of Brazil nut kernel globulin were evaluated after acetylation at 58.6, 66.2 and 75.3% levels. The solubility of acetylated globulin was improved above pH 6.0 but was reduced in the pH range of 3.0-4.0. Water and oil absorption capacity, as well as the viscosity increased with increase in the level of acetylation. Level of modification also influenced the emulsifying capacity: decreased at pH 3.0, but increased at pH 7.0 and 9.0....
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Brazil nut kernel globulin; Chemical modification; Acetylation; And functional properties.
Ano: 2004 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-20612004000100024
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Postharvest respiratory activity and changes in some chemical constituents during maturation of yellow mombin (Spondias mombin) fruit Ciênc. Tecnol. Aliment.
Sampaio,Sílvio Almeida; Bora,Pushkar Singh; Holschuh,Heinz Johann; Silva,Silvanda de Melo.
Mature fruit from the yellow mombin (Spondias mombin) was monitored for its respiration activity. Mature green fruit from the yellow mombin was stored in closed glass chambers and the concentration of oxygen and carbon dioxide at the end of a six hour respiration period was determined. At the same interval of time, the lid of the chamber was opened for air renewal. The increase in carbon dioxide and decrease in oxygen concentration demonstrated that the fruit was climacteric. The maximum liberation of CO2 54.2 mL Kg-1 h-1 and maximum absorption of O2 49.0 mL Kg-1 h-1 occurred 186 hours after the harvest which, obviously, represented the optimum fruit quality after the senescence process started. The respiratory quotient of fruit at a climacteric maximum...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Yellow mombin; Post-harvest respiration; Maturation; Chemical constituents.
Ano: 2007 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-20612007000300014
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Propriedades funcionais das proteínas de amêndoas da faveleira (Cnidosculus phyllacanthus (Mart.) Pax. et K. Hoffm.) com e sem espinhos Ciênc. Tecnol. Aliment.
Cavalcanti,Mônica Tejo; Bora,Pushkar Singh; Carvajal,Juan Carlos Letelier.
A faveleira possui amêndoas com potencial em óleos e proteínas alimentares e é encontrada em todos os estados do nordeste brasileiro, principalmente nas regiões do sertão e caatinga. Objetivando a sua aplicação em formulações alimentícias, as propriedades funcionais das proteínas de amêndoas da faveleira com espinhos (FCE), e sem espinhos (FSE) foram estudadas. As amêndoas apresentaram, elevado conteúdo de lipídio (40,56 e 40,21%) e proteína (33,00 e 35,77%) e depois de desengordurada, apresentou 57,55 e 63,00% respectivamente. Na obtenção dos isolados proteicos, os índices em proteínas extraídas foram de 83,51% para a FCE e 80,57% para a FSE em pH 10,5. Os índices de proteínas recuperadas através da precipitação isoelétrica foram de 72,84 e 72,11% em pH...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Faveleira; Proteínas; Isolado proteico; Propriedades funcionais.
Ano: 2009 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-20612009000300022
Registros recuperados: 6
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional