Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 22
Primeira ... 12 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Biological control of Sclerotinia sclerotiorum on beans in field by Trichoderma asperellum and Clonostachys rosea. Repositório Alice
MORANDI, M. A. B.; COSTA, L. B..
2009
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Controle biológico.
Ano: 2009 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/577358
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Biological control of Sclerotinia sclerotiorum on beans in field by Trichoderma asperellum and Clonostachys rosea. Repositório Alice
MORANDI, M. A. B.; COSTA, L. B..
2008
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Controle biológico.
Ano: 2008 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/16182
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Controle biológico de Sclerotinia sclerotiorum em feijoeiro por isolados de Trichoderma sp. e Clonostachys rosea em campo. Repositório Alice
COSTA, L. B.; MORANDI, M. A. B.; SANTOS, E. R. dos.
2008
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Controle biológico.
Ano: 2008 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/82748
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Controle biológico do ácaro rajado tetranychus urticae (koch, 1936) (acari: tetranychidae) em morangueiro em cultivo protegido. Repositório Alice
MORAIS, P.; MORANDI, M. A. B.; PEREIRA, R. A. A.; COSTA, L. B..
O morango é de grande importância socioeconômica, pois gera muita mão de obra. O ácaro rajado é uma das principais pragas da cultura. Em alta população pode reduzir a produção em até 80% ou causar a morte da planta. O principal método de controle é o químico, porém em muitos casos este é ineficiente, principalmente devido ao desenvolvimento de populações do ácaro resistentes. O uso inadequado de acaricidas também contribui para o reaparecimento da praga, devido à eliminação dos inimigos naturais. Entre as alternativas de controle, destacam-se o uso de fungos entomopatogênicos, como Beuaveria bassiana e os ácaros predadores Neoseiulus californicus e Phytoseiulus macropilis. Objetivou-se avaliar a dinâmica populacional dos dois ácaros predadores na presença...
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Ácaro; Controle biológico.
Ano: 2008 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/15785
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Crescimento de isolados de coniothyrium minitans em diferentes temperaturas. Repositório Alice
COSTA, L. B.; MORANDI, M. A. B.; SANTOS, E. R. dos; MORAIS, P.; SILVA, C. E.O. da.
O mofo-branco causado por Sclerotinia slerotiorum é uma das doenças mais destrutivas do feijoeiro. Agentes de controle biológico (ACB) vêm sendo usados com sucesso para o controle do patógeno em diversos países. Entre estes, Coniothyrium minitans tem se destacado. O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito da temperatura sobre o crescimento de isolados do antagonista. O experimento foi composto de 15 isolados de C. minitans e cinco temperaturas (15, 20, 25, 30 e 35ºC) em câmaras de crescimento na ausência de luz. Foram feitas quatro repetições para cada isolado e temperatura, sendo cada repetição composta por uma placa de Petri. Os diâmetros da colônia no sentido transversal e longitudinal de crescimento foram medidos após 4, 7, 11, 14 e 19 dias,...
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Mofo branco; Controle biológico.
Ano: 2008 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/15787
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeito da radiação ultravioleta-B sobre a germinação de Conídios de Botrytis cinerea. Repositório Alice
SILVA, T. H. B. da; COSTA, L. B.; BETTIOL, W.; NECHET, K. de L.; MORANDI, M. A. B..
2012
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Botrytis cinerea; Germinação de conídios; Radiação ultravioleta-B.
Ano: 2012 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/956208
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeito da radiação ultravioleta-B sobre a germinação de conídios de Botrytis cinerea e colonização em discos de morango. Repositório Alice
SILVA, T. H. B. da; BETTIOL, W.; COSTA, L. B.; MORANDI, M. A. B..
RESUMO: O ultravioleta é um fator de grande impacto na agricultura e está intimamente relacionado à camada de ozônio, a qual vem sendo reduzida paulatinamente, em consequência das atividades antrópicas. A camada de ozônio está sendo degradada, principalmente, por ação dos clorofluorcarbonos (CFC) utilizados pelo homem alterando assim a intensidade de radiação ultravioleta na superfície terrestre em especial no comprimento de onda da radiação ultravioleta B (UV-B). O objetivo do trabalho foi avaliar a resistência de conídios de Botrytis cinerea à radiação UV-B. Foram testados 13 isolados do patógeno, onde uma suspensão contendo 105 conídios mL-1 de cada isolado foi preparada e uma alíquota de 20 ?L foi colocada no centro de uma placa de Petri contendo BDA....
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Mudanças climáticas; Botrytis cinerea; Radiação solar; Raio ultravioleta; Morango; Doença de planta; Clima; Ultraviolet radiation; Plant diseases and disorders; Strawberries; Climate change.
Ano: 2012 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/945409
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeito da radiação UV-B sobre a capacidade antagônica de Clonostachys rosea a Botrytis cinerea em discos de folha de morango. Repositório Alice
COSTA, L. B.; BETTIOL, W.; MORANDI, M. A. B.; RANGEL, D. E. N..
Resumo:: As atividades antrópicas estão alterando a concentração de gases na atmosfera, o ozônio da troposfera é um dos afetados e consequentemente a incidência de raios ultravioleta B (UV-B) na superfície da Terra tem sido alterada. A sensibilidade à radiação UV-B é uma das limitações do uso de agentes de biocontrole a campo. O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito da radiação UV-B em um isolado de Clonostachys rosea e quantificar a capacidade antagônica a Botrytis cinerea em discos de folhas de morango. Foram utilizadas quatro concentrações de conídios de C. rosea e quatro diferentes doses de radiação UV-B, sendo metade dos discos irradiados desafiados com conídios de B. cinerea. As concentrações de conídios de C. rosea acima de 105 conídios mL-1...
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Mudanças climáticas; Gliocladium roseum; Ultravioleta-B; Mofo cinzento; Doença de planta; Radiação solar; Raio ultravioleta; Botrytis cinerea; Clonostachys rosea f. rosea; Plant diseases and disorders; Ultraviolet radiation; Climate change.
Ano: 2012 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/945450
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeito da temperatura no crescimento e capacidade parasítica de isolados de Trichoderma spp. selecionados para o controle biológico de Sclerotinia sclerotiorum. Repositório Alice
FERNANDES, M.; MORANDI, M. A. B.; SANTOS, E. R. dos; COSTA, L. B..
O mofo-branco (Sclerotinia sclerotiorum) é a doença mais destrutiva do feijoeiro nos plantios de inverno, quando os dias são mais curtos e as temperaturas mais amenas (15 a 25ºC). Além das práticas culturais que contribuem para a redução do inóculo do patógeno no solo, o uso de agentes de controle biológico têm se intensificado. Espécies de Trichoderma são recomendados com relativo sucesso para o controle da doença em diversos países. A maioria das espécies de Trichoderma desenvolve-se melhor em temperaturas superiores a 25ºC. No Brasil, produtos à base de Trichoderma são utilizados em algumas regiões produtoras que apresentam temperatura elevada no inverno, entretanto, são pouco eficientes em regiões ou épocas de temperatura mais frias. O objetivo deste...
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Mofo branco; Scletorinia sclerotiorum; Controle biológico; Trichoderma; Parasitismo; Temperatura; Feijão.
Ano: 2007 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/15590
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeito do aumento da radiação ultravioleta-B na sobrevivência e no estabelecimento de Clonostachys rosea em condições de campo e capacidade antagônica a Botrytis cinerea. Repositório Alice
COSTA, L. B.; SILVA, T.H.B.; NECHET, K. de L.; MORANDI, M. A. B.; BETTIOL, W..
2012
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Radiação ultravioleta-B; Clonostachys rosea; Botrytis cinerea.
Ano: 2012 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/956424
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeito sinérgico da radiação ultravioleta-B e temperatura sobre a germinação de conídios de Clonostachys rosea e Trichoderma spp. Repositório Alice
COSTA, L. B.; BETTIOL, W.; RANGEL, D. E. N.; MORANDI, M. A. B..
2011
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Temperatura; Controle biológico; Conídio; Germinação; Ultraviolet radiation; Clonostachys rosea; Trichoderma.
Ano: 2011 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/917979
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeito sinérgico da radiação ultravioleta-B (UV-B) e dióxido de carbono (CO2) sobre a germinação de Trichoderma asperellum e Clonostachys rosea. Repositório Alice
BETTIOL, W.; COSTA, L. B.; RANGEL, D. E. N.; MORANDI, M. A. B..
2011
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Dióxido de carbono (CO2); Efeito sinérgico da radiação; Controle biológico; Ultraviolet radiation; Trichoderma asperellum.
Ano: 2011 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/919919
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeitos da radiação ultravioleta B sobre cultivar de soja (Glycine max L. Merril) BRS 262 em condições de campo. Repositório Alice
FRIGHETTO, R. T. S.; SÁBER, M. L.; BATISTA, E. R.; COSTA, L. B.; BACCAN, M..
Resumo: O estudo foi desenvolvido para avaliar os efeitos da radiação ultravioleta B (UV-B) na composição de substâncias constitutivas em soja cultivar BRS 262 sob três tratamentos: UV-B aumentado, UV-B solar e UV-B excluído. As avaliações foram realizadas nos estádios V1, V4, R1 e R4 de desenvolvimento da planta. Observou-se que as fases de desenvolvimento da soja têm maior influência nas concentrações de seus constituintes, como os fenólicos totais que mostraram menores efeitos da radiação aumentada (em torno de 4,46 kJ.m-2.dia-1). Nos HCA apenas a concentração do ácido caféico mostrou maior diferença em plantas sob UV-B aumentado. Maiores teores de clorofila (principalmente a e b) e área/biomassa foliar foram observados em plantas sob UV-B aumentado, e...
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Mudanças climáticas; Fenólicos totais; Ácidos hidroxicinâmicos; Clorofila; Bactéria; Clima; Radiação solar; Raio ultravioleta; Impacto ambiental; Bacteria; Soybean; Ultraviolet radiation; Climate change; Environmental impact.
Ano: 2012 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/945543
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Effects of UV-B radiation, carbon dioxide and temperature on germination of Trichoderma spp. and Clonostachys rosea biocontrol agents of plant pathogens. Repositório Alice
COSTA, L. B.; BETTIOL, W..
2013
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Clonostachys rosea; Trichoderma sp; Dióxido de carbono; Temperatura; Raio ultravioleta; Controle biológico.
Ano: 2013 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/982556
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Inibição do crescimento micelial de Sclerotinia sclerotiorum por filtrados de Trichoderma sp. e Clonostachys rosea. Repositório Alice
COSTA, L. B.; MORANDI, M. A. B.; SILVA, C. E. O. da.
Uma alternativa para controle do mofo-branco do feijão (Sclerotinia sclerotiorum, Ss) é o uso de agentes de controle biológico (ACB). Trichoderma sp. (Tr) e Clonostachys rosea (Cr) podem competir, parasitar e produzir metabólitos tóxicos contra fitopatógenos. Avaliou-se a capacidade de três isolados de Tr e um de Cr, previamente selecionados para o controle de Ss, em produzir metabólitos tóxicos contra o patógeno. Os ACB foram crescidos em caldo batata dextrose sob agitação (100 rpm) por sete dias. Após, o caldo foi filtrado a vácuo (membrana bacteriológica 0,22µm) e adicionou-se uma alíquota (2 ml) do filtrado ou de ADE (testemunha) a BDA fundente em placas de Petri. Após o resfriamento, adicionou-se no centro da placa um disco de micélio de Ss. As placas...
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Controle biológico; Doença de planta.
Ano: 2009 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/579902
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Redução da capacidade antagônica de Clonostachys rosea a Botrytis cinerea por radiação ultravioleta-B. Repositório Alice
COSTA, L. B.; BETTIOL, W.; RANGEL, D. E. N.; MORANDI, M. A. B..
2011
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Capacidade antagônica; Fragaria vesca L (Morangueiro); Mofo-cinzento; Controle biológico; Clonostachys rosea; Ultraviolet radiation; Botrytis cinerea.
Ano: 2011 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/917984
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Redução da habilidade de controle biológico Clonostachys rosea sobre efeito de radiação ultravioleta-B. Repositório Alice
COSTA, L. B.; RANGEL, D. E. N.; MORANDI, M. A. B.; BETTIOL, W..
2013
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Biocontrole; Clonostachys rosea; Botrytis cinerea; Doença de planta; Controle biológico; Raio ultravioleta; Morango; Biological control agents; Ultraviolet radiation; Strawberries.
Ano: 2013 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/981989
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Redução do inóculo de Sclerotinia sclerotiorum por Trichoderma asperellum e Clonostachys rosea em feijão de inverno nas safras 2007 e 2008. Repositório Alice
COSTA, L. B.; MORANDI, M. A. B.; SANTOS, E. R. dos.
2009
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Controle biológico; Doença de planta.
Ano: 2009 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/579912
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Research approaches, adaptation strategies, and knowledge gaps concerning the impacts of climate change on plant diseases. Repositório Alice
GHINI, R.; HAMADA, E.; ANGELOTTI, F.; COSTA, L. B.; BETTIOL, W..
This review discusses the present trends in studies on the impacts of climate change on plant diseases. Firstly, the approaches used for studying the potential effects of altered temperature, water availability, CO2 and O3 air concentrations, and UV-B radiation on components of the disease cycle are explained and discussed. Next, the impact of changes in climate patterns on the geographic and temporal distribution of diseases by integrating biological and epidemiological models into geographic and climate databases are assessed. Finally, adaptation strategies are discussed and areas where there is a recognized lack of knowledge are highlighted. The literature shows that different pathosystems respond in different ways to climate change. Thus, case-by-case...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Mudanças climáticas; Clima; Doença de planta; Dióxido de carbono; Ozônio; Temperatura; Global warming; Carbon dioxide; Climate change; Ozone; Ambient temperature; Plant disease and disorders.
Ano: 2012 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/931219
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Sobrevivência de Clonostachys rosea em discos de folha expostos à radiação UV-B . Repositório Alice
COSTA, L. B.; BETTIOL, W.; RANGEL, D. E. N..
2011
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Radiação UV-B; Controle biológico; Clonostachys rosea; Ultraviolet radiation.
Ano: 2011 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/919588
Registros recuperados: 22
Primeira ... 12 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional