Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: 

RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 5
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Aplicação de isolados de leveduras para o controle de podridões pós-colheita em manga cv. Kent. 119
DUARTE, N. C.; TAVARES, P. F. de S.; ALVES, I. L. de S.; LIMA, J. de S.; GAVA, C. A. T..
O objetivo deste trabalho foi avaliar a eficiência da aplicação de isolados de leveduras como alternativa de controle de patógenos causadores de podridões pós-colheita em manga. O experimento foi realizado no campo experimental Bebedouro, da Embrapa Semiárido em Petrolina, PE, em área com cultivo de mangueira (Mangifera indica L.) ?Kent? com manejo convencional. Após a colheita, os frutos foram higienizados e receberam os tratamentos: 1) Fungicida (tiabendazol 485 g L-1) em dose equivalente a 400 mL 100 L-1; 2) Sacharomyces sp. LF; 3) Pichia kudriavzevii L9; 4) Controle, sem pulverizações. Os frutos foram mantidos em câmara fria (10 ºC) por 21 dias e temperatura ambiente (25 ºC) por 11 dias, com avaliação da incidência e severidade de lesões a cada 2 dias....
Tipo: Parte de livro Palavras-chave: Kent; Sacharomyces; Disease; Mango.; Manga; Doença; Pós-colheita; Controle biológico; Mangifera Indica; Variedade.; Biological control; Pichia kudriavzevii..
Ano: 2016 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1050635
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Aplicação pré-colheita de leveduras para o controle de podridões pós-colheita de manga Kent. 119
DUARTE, N. C.; TAVARES, P. F. de S.; ALVES, I. L. de S.; LIMA, J. de S.; GAVA, C. A. T..
O objetivo deste trabalho foi avaliar a eficiência da aplicação de leveduras pulverizadas durante o desenvolvimento dos frutos no campo, seguido de reaplicações pós-colheita, em comparação com produto comercial registrado para a cultura. O experimento foi conduzido no Campo Experimental de Bebedouro, da Embrapa Semiárido (Petrolina, PE) com quatro tratamentos: com fungicida pré e pós-colheita; Sacharomyces sp. LF; Pichia kudriavzevii L9; controle sem aplicação de fungicida pré ou pós-colheita, apenas com imersão em solução de CMC. Houve efeito significativo dos agentes de controle biológico sobre a incidência e a severidade das podridões com aplicação de tratamentos pré e pós-colheita, resultado este estatisticamente similar ao tratamento com fungicida. Os...
Tipo: Parte de livro Palavras-chave: Leveduras; Sacharomyces; Pre colheita; Kent; Mango.; Manga; Pós-colheita; Controle biológico; Doença; Fungicida; Mangifera Indica; Variedade.; Pichia kudriavzevii..
Ano: 2016 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1050631
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Estratégia para aplicação de Bacillus subtilis QST713 para o controle de podridões pós-colheita da manga. 119
GAVA, C. A. T.; SÁ, A. V. de; ALVES, I. L. S.; DUARTE, N. C..
Neste trabalho, se avaliou a substituição de fungicidas convencionais por B. subtilis em pomares de mangueira em diferentes estágios de desenvolvimento de frutos, definindo uma estratégia adequada para incluir o biofungicida no manejo integrado de patógenos pós-colheita de manga. MATERIAL E
Tipo: Anais e Proceedings de eventos Palavras-chave: Manejo integrado de patógenos; Manga; Manejo; Perda Pós-Colheita; Patógeno; Mangoes; Integrated pest management.
Ano: 2019 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1115404
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Hidrolisado de proteína de soja em meio de cultivo para a produção de agente de controle biológico. 119
ALVES, I. L. de S.; TAVARES, P. F. de S.; LIMA, J. de S.; DUARTE, N. C.; GAVA, C. A. T..
Os produtos de controle biológico devem ser produzidos com custo competitivo em relação aos sintéticos para que seu uso se torne generalizado. A fermentação é uma das etapas mais caras para o escalonamento da produção por causa do valor dos ingredientes dos meios de cultura. Neste trabalho, Pichia kudriavzevii L9, um agente de controle de podridão pós-colheita de frutas, foi utilizada como modelo para a avaliação de hidrolisado de proteína de soja como fonte de nitrogênio em meio de cultura líquido. Foram testadas cinco concentrações de proteína de soja (50 L-1 a 250 g L-1) em solução aquosa contendo concentrações de H2SO4 de 0 a 1,0 N, tratadas em autoclave a 121 ºC e 1,0 atm de pressão. Após o resfriamento, o produto obtido foi alcalinizado com KOH até...
Tipo: Parte de livro Palavras-chave: Leveduras; Postharvest; Soybean.; Soja; Controle biológico; Pós-colheita; Fermentação.; Pichia kudriavzevii..
Ano: 2016 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1050610
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Tolerância de isolados de levedura a elevadas temperaturas e baixo potencial osmótico. 119
ALVES, I. L. de S.; LIMA, J. de S.; DUARTE, N. C.; TAVARES, P. F. de S.; GAVA, C. A. T..
Este trabalho teve por objetivo avaliar a tolerância de isolados de levedura para aplicação no controle biológico de podridões pós-colheita de frutos em elevadas temperaturas e baixa disponibilidade de água. As leveduras foram inoculadas em meio de cultivo líquido contendo um gradiente de concentrações de polietilenoglicol 6000 de forma a alcançar potenciais osmóticos de 0 Mpa, -2 Mpa, -5 Mpa, -10 Mpa, -15, -20 Mpa, e incubados em BOD nas temperaturas de 15 °C, 20 °C, 25 °C, 30 °C, 35 °C e 40 °C. A partir da análise das curvas de crescimento obtidas, verificou-se que os isolados Sacharomyces sp. L10 e S. boulardi L7K apresentaram a maior suscetibilidade aos estresses abióticos, com crescimento próximo à zero nas condições restritivas de cultivo. O isolado...
Tipo: Parte de livro Palavras-chave: Estresse abiótico; Potencial osmótico; Controel biológico.; Pós-colheita; Fruta.; Fruits; Biological control.
Ano: 2016 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1050623
Registros recuperados: 5
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional