Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 18
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Aspectos macro e microscópicos da fáscia lata utilizada como substituto autógeno do ligamento cruzado cranial: estudo experimental em cães Ciência Rural
Silva,Alessandra Maria da; Del Carlo,Ricardo Junqueira; Fonseca,Cláudio César; Galvão,Simone Rezende; Maia Filho,Alfredo.
A fáscia lata utilizada como auto-enxerto na reparação do ligamento cruzado cranial rompido experimentalmente em cães, macroscopicamente, apresentou-se, aos 90 dias pós-operatórios, espessa na porção intra-articular, com diâmetro superior ao do ligamento normal e com aspecto de tendão. Microscopicamente, o colágeno presente estava envolvido por tecido conjuntivo frouxo, foi mais intenso na porção intra-articular e, ao longo do tempo, apresentou-se em feixes paralelos, com fibras onduladas e organizando-se. As fibras elásticas estavam presentes em pequena quantidade, esparsas e ao redor do colágeno, predominando nas extremidades do enxerto.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Ligamento cruzado cranial; Fáscia lata; Auto-enxerto.
Ano: 2000 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782000000200013
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Autoenxerto de crista ilíaca de coelhos na união vertebral dorsolateral lombar Braz. J. Vet. Res. Anim. Sci.
Silva,Alessandra S. Arreguy; Del Carlo,Ricardo Junqueira; Rizzo,Damaris; Viloria,Marlene Isabel Vargas; Marchesis,Denise; Monteiro,Betânia Souza.
Foi realizada artrodese dorsolateral das vértebras lombares L5-L6 de coelhos, avaliando-se a eficácia do autoenxerto da crista ilíaca na promoção de união vertebral. Foram utilizados 33 coelhos da raça Nova Zelândia Branco, distribuídos em dois grupos, com nove indivíduos no grupo 1 (G1), submetidos a descorticação bilateral dos processos transversos; e vinte e quatro indivíduos no grupo 2 (G2), que receberam 2g de autoenxerto da crista ilíaca sobre a área de descorticação. Três coelhos do G1 e oito do G2 foram submetidos à eutanásia as cinco, sete e nove semanas após o ato operatório e à avaliações por palpação, radiográfica e histológica no local do procedimento. Testes biomecânicos para avaliação de força e rigidez da união foram realizados somente nos...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Enxerto ósseo; Artrodese; Coluna vertebral.
Ano: 2004 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-95962004000400006
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Auto-enxerto percutâneo de medula óssea em coelhos: I. Coleta, preparo e aplicação Ciência Rural
Barros,Séfora Vieira da Silva Gouvea de; Del Carlo,Ricardo Junqueira; Vargas,Marlene Isabel; Galvão,Simone Rezende; Filho,Alfredo Maia.
Foram utilizados 36 coelhos da raça Nova Zelândia Branca, machos, com peso médio de 3,5kg e idade entre cinco e seis meses para avaliação da coleta, do preparo e da técnica de aplicação do auto-enxerto percutâneo de medula óssea (MO). Em 20 coelhos anestesiados, uma agulha para punção de MO foi inserida na crista ilíaca, sendo a medula aspirada com auxílio de seringa de 20m<img src="http:/img/fbpe/cr/v31n6/a16img01.gif"> heparinizada. As 20 amostras obtidas foram preparadas de duas maneiras, utilizando-se 10 amostras em cada procedimento: 1) medula integral: após a coleta de 1m<img src="http:/img/fbpe/cr/v31n6/a16img01.gif">, a amostra foi homogeneizada e, em casos de presença de coágulo, ela foi descartada; 2) medula centrifugada: após a...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Cirurgia óssea; Enxerto ósseo; Reparação óssea.
Ano: 2001 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782001000600016
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Auto-enxerto percutâneode medula óssea: II. reparação de falhas segmentares produzidas no rádio de coelhos Ciência Rural
Barros,Séfora Vieira da Silva Gouvea de; Del Carlo,Ricardo Junqueira; Viloria,Marlene Isabel; Galvão,Simone Rezende; Filho,Alfredo Maia; Oliveira,Damaris Rizzo.
Para determinar de que forma a medula óssea, integral e concentrada, enxertada percutaneamente comporta-se no processo de reparação óssea, foram utilizados 16 coelhos, da raça Nova Zelândia Branca, machos, com idade entre cinco e seis meses e peso corpóreo médio de 3,5kg, distribuídos em dois grupos experimentais iguais (grupos I e II). Nos dois grupos, foram realizadas falhas ósseas em ambos os rádios, pela remoção de um segmento osteoperiosteal, de 1cm de comprimento, localizado a 3cm da articulação rádio-carpo-ulnar. A enxertia percutânea foi feita cinco dias após a realização das falhas, sendo que no grupo I, cada animal recebeu 1,0ml de medula óssea integral, em um dos rádios (tratamento), imediatamente após a aspiração na crista ilíaca. No grupo II,...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Cirurgia óssea; Enxerto ósseo; Reparação óssea.
Ano: 2001 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782001000400011
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Avaliação histológica do processo de reparação da superfície articular de coelhos Ciência Rural
Souza,Tayse Domingues de; Del Carlo,Ricardo Junqueira; Viloria,Marlene Isabel Vargas.
O processo de reparação da superfície articular foi avaliado microscopicamente em uma falha osteocondral produzida no sulco troclear esquerdo de 12 coelhos adultos. Observou-se preenchimento inicial com tecido de granulação, com diferenciação tecidual em cartilagem hialina e reposição parcial do osso subcondral excisado sete semanas após a cirurgia. Houve formação de fendas entre o tecido de reparação e o tecido ósseo adjacente, sempre em áreas onde não ocorreu remodelação óssea. Nos animais em que o fundo e as laterais da falha osteocondral eram constituídos por osso subcondral compacto, contendo poucos vasos sangüíneos, não foi observada remodelação óssea e o tecido de reparação que preenchia a falha não foi integrado ao tecido ósseo adjacente. Os...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Cartilagem; Osteocondral; Articulações.
Ano: 2000 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782000000300011
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Células-tronco mesenquimais Ciência Rural
Monteiro,Betânia Souza; Argolo Neto,Napoleão Martins; Del Carlo,Ricardo Junqueira.
Dentre todas as células-tronco estudadas até o presente momento, as mesenquimais (MSC) destacam-se por sua elevada plasticidade, podendo originar tecidos mesodermais e não mesodermais. Além disso, possuem características imunomoduladoras e imunossupressoras que ampliam as possibilidades de utilização terapêutica. As MSC secretam uma grande variedade de citocinas pró e anti-inflamatórias e fatores de crescimento e, por meio dessas moléculas bioativas, proporcionam a modulação da resposta inflamatória, o restabelecimento do suprimento vascular e a reparação adequada do tecido, contribuindo para a homeostasia tissular e imunológica sob condições fisiológicas. Também podem induzir as demais células presentes no nicho tecidual a secretarem outros fatores...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Terapia celular; Propriedades imunológicas; Fatores solúveis; Citocinas; Reparação tecidual.
Ano: 2010 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782010000100040
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Comparação entre o fio de náilon e o fio de aço na imobilização de fraturas patelares induzidas em cães Ciência Rural
Del Carlo,Ricardo Junqueira; Andrade Junior,Arnaldo de; Galvão,Simone Rezende.
Foi realizado estudo comparativo entre o fio de náilon e o fio de aço, na imobilização das fraturas patelares induzidas em quatorze cadelas, sem raça definida, adultas, separadas em dois grupos iguais denominados grupos I e II. Em ambos os grupos a patela foi fraturada transversalmente e transfixada com broca por onde foi colocada a primeira sutura. Um segundo fio foi passado em forma de "x" sobre a patela, funcionando como banda de tensão. No grupo I foi utilizado fio de náilon para pesca número 0,60, e no grupo II o fio de aço ortopédico número 2. A melhora clínica dos animais, independentemente do tipo de fio utilizado, foi diretamente relacionada ao tempo pós-operatório. O fio de náilon, além de ser mais facilmente maneável, foi capaz de manter os...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Patela; Fratura; Osteossíntese.
Ano: 1998 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84781998000100014
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Contribuição do plasma rico em plaquetas na reparação óssea de defeitos críticos criados em crânios de camundongos Ciência Rural
Monteiro,Betânia Souza; Del Carlo,Ricardo Junqueira; Argôlo Neto,Napoleão Martins; Bonfá,Laila de Paula; Viloria,Marlene Vargas; Neves,Cinthya Dessaune; Carvalho,Pablo Herthel; Brito,Ana Flora Souza.
No presente estudo, foram avaliados, de forma macro e microscópica, os resultados da aplicação do PRP em defeitos ósseos críticos de 6,0mm de diâmetro confeccionados em calvária de 24 camundongos isogênicos C57BL/6 jovens, separados em dois grupos experimentais. O grupo controle não recebeu tratamento, e no grupo tratado foram depositados, no interior do defeito, 50,0µL plasma em gel contendo 1,0x10(9) plaquetas. Constatou-se que o gel de PRP autólogo depositado em defeitos críticos contribuiu positivamente para o processo de reparação óssea, mormente na fase inicial.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Gel autólogo de plaquetas; Reparação óssea; Fatores de crescimento.
Ano: 2010 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782010000700017
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Eletroterapia no processo de reparação da superfície articular de coelhos Ciência Rural
Souza,Tayse Domingues de; Del Carlo,Ricardo Junqueira; Viloria,Marlene Isabel Vargas.
Os efeitos da eletroestimulação pós-operatória no processo de reparação de falhas osteocondrais induzidas no sulco troclear de 36 coelhos adultos foram avaliados histologicamente. O grupo controle apresentou tecido de granulação típico, com duas semanas de pós-operatório (PO); cartilagem hialina foi observada após quatro e sete semanas de PO e a reconstituição do osso subcondral excisado limitou-se ao fundo da falha, até sete semanas de PO. No grupo I (eletroestimulado diariamente), o tecido de granulação apresentou vascularização exuberante após duas semanas de PO; após sete semanas de PO, o tecido de reparação permaneceu indiferenciado superficialmente, com formação de novo osso subcondral até o nível da junção osteocondral preexistente. No grupo II...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Cartilagem articular; Fisioterapia; Reparação óssea.
Ano: 2001 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782001000500013
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Estudo macroscópico das aderências peritoneais provocadas experimentalmente em cães Ciência Rural
Del Carlo,Ricardo Junqueira; Galvão,Simone Rezende; Tinto,Jorge José Rio; Pontini,Andressa Cristina Gusmão; Lopes,Marco Aurélio Ferreira.
O trabalho objetivou comparar procedimentos cirúrgicos habituais nas laparotomias como fatores etiopatogênicos de aderências. Justifica-se por ser importante para o cirurgião poder reduzir ou prevenir sua formação naquelas situações em que tal mecanismo possa eventualmente criar novas condições patológicas. Os resultados da pesquisa permitem concluir que potencialmente as áreas isquêmicas são os maiores participantes da gênese de aderências. Foi verificado também que a utilização de medidas hemostáticas induziram a formação de aderências, mas em menor intensidade que a isquemia. A abrasão promovida pela hemostasia com gaze cirúrgica, promoveu irritação que se manifestou pela exsudação e deposição de fibrina, traduzindo-se por aderências observadas aos sete...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Aderência; Peritônio; Cirurgia abdominal; Cão.
Ano: 1997 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84781997000200017
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Matriz óssea homóloga desmineralizada na preparação de falhas ósseas segmentares produzidas no rádio de coelhos Ciência Rural
Silva,Alessandra Maria da; Del Carlo,Ricardo Junqueira; Viloria,Marlene Isabel Vargas; Silva,Alessandra Sayegh; Filgueiras,Richard Rocha.
No presente trabalho, foram avaliados os potenciais osteoindutor e osteocondutor da matriz óssea homóloga desmineralizada (MOD) em ácido clorídrico 0,6 N e conservada em etanol 70% e sua utilização no preenchimento de falhas osteoperiosteais induzidas em rádio de coelhos. O rádio operado de todos os animais foi radiografado imediatamente após a cirurgia e na 3ª,6ª, 9ª e 12ª semanas após. No grupo tratado, sete animais foram sacrificados a cada três semanas, sendo realizadas tomografia computadorizada e avaliações macro e microscópica e da fluorescência óssea à tetraciclina. Os animais do grupo controle foram sacrificados na 12ª semana de pós-operatório. Foi constatado que a matriz acelerou o processo de formação óssea, devido a fatores indutores inerentes...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Falhas ósseas; Enxerto ósseo; Reparação óssea.
Ano: 2003 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782003000300023
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Plasma rico em plaquetas associado ou não ao osso esponjoso autógeno no reparo de falhas ósseas experimentais Ciência Rural
Silva,Paloma Sayegh Arreguy; Del Carlo,Ricardo Junqueira; Serakides,Rogéria; Monteiro,Betânia Souza; Balbinot,Paula de Zorzi; Eleotério,Renato Barros; Paez,Omar Leonardo Aristizabal; Viloria,Marlene Isabel Vargas.
O presente estudo avaliou a influência do plasma autógeno rico em plaquetas (PRP), associado ou não ao autoenxerto esponjoso (EOE), na reparação de falhas ósseas criadas no crânio de coelhos. A falha I foi preenchida com o PRP; a falha II com 3mg de EOE; a falha III com EOE associado ao PRP e a falha IV não foi preenchida, servindo como controle. Após as cirurgias, os animais foram separados em três grupos e eutanasiados aos 30, 60 e 90 dias. Na avaliação mesoscópica, independentemente do período de observação, o preenchimento ósseo, na falha controle e naquelas tratadas com PRP, iniciou-se a partir das bordas para o centro e do fundo para a superfície das falhas. Já nas falhas tratadas com EOE e com enxerto associado ao PRP, foi notado também crescimento...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Plasma rico em plaquetas; Auto-enxerto esponjoso; Reparação óssea.
Ano: 2009 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782009000100020
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Plasma rico em plaquetas para reparação de falhas ósseas em cães Ciência Rural
Barbosa,Anna Laeticia Trindade; Del Carlo,Ricardo Junqueira; Gomes,Hayala Castro; Oliveira,Aécio Carlos de; Monteiro,Betania Souza; Del Carlo,Brunna Nadur.
As plaquetas chegam rapidamente ao local da ferida e liberam múltiplos fatores de crescimento (FC) e citocinas que contribuem para a reparação óssea e aumentam a vascularização local. O Plasma Rico em Plaquetas (PRP) concentra as plaquetas e os FC liberados por elas, aceleram a formação óssea e melhora a qualidade do trabeculado. Este trabalho apresenta um protocolo para confecção de PRP e demonstra alguns aspectos da sua utilização na reparação óssea de cães. O protocolo foi desenvolvido a partir de sangue coletado por punção jugular em três cães adultos, pesando em média 20kg. Para avaliação da aplicação clínica e dos aspectos da reparação óssea, foram criadas duas falhas mediais no terço proximal de cada tíbia. Assim, a falha 1 não foi preenchida,...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Gel de plaquetas; Enxerto autógeno; Fatores de crescimento.
Ano: 2008 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782008000500021
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Polímero derivado de mamona acrescido de cálcio, associado ou não à medula óssea autógena na reparação de falhas ósseas Ciência Rural
Del Carlo,Ricardo Junqueira; Kawata,Denise; Viloria,Marlene Isabel Vargas; Oliveira,Damaris Rizzo; Silva,Alessandra Sayegh; Marchesi,Denise Rodrigues; Galvão,Simone Rezende; Azevedo,Paulo; Monteiro,Betânia Souza.
Foram avaliados o processo de reparação tecidual e o comportamento do implante de polímero vegetal extraído do óleo de mamona acrescido de 40% de carbonato de sódio, associado ou não à impregnação com medula óssea autógena, em falhas ósseas experimentais em rádios de 30 coelhos e em sítio heterotópico em seis animais. Em quinze coelhos, a falha óssea no rádio direito foi preenchida por cilindros de polímero de mamona (grupo P) com dimensão semelhante à da falha; a falha no rádio direito dos outros coelhos recebeu aspirado de medula óssea autógena junto com o implante (grupo M). A falha óssea no membro esquerdo de cada coelho não recebeu nenhum tratamento e serviu como controle. Os seis coelhos restantes receberam seis implantes no músculo reto abdominal...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Ricinus communis; Implante; Enxerto ósseo.
Ano: 2003 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782003000600013
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Potencial osteoindutor da matriz óssea homóloga desmineralizada de coelho Ciência Rural
Del Carlo,Ricardo Junqueira; Silva,Alessandra Maria da; Viloria,Marlene Isabel Vargas; Fonseca,Cláudio Cézar; Oliveira,Damaris Rizzo.
O trabalho objetivou avaliar o potencial osteoindutor da matriz óssea homóloga (MOD) desmineralizada em ácido clorídrico. Em doze coelhos adultos, foi realizada uma incisão sagital mediana na pele abdominal, de aproximadamente 5 cm, e a divulsão do tecido subcutâneo, permitindo que três fragmentos de MOD, com 1 cm de comprimento, fossem implantados em "bolsas" confeccionadas cirurgicamente no músculo reto abdominal. A MOD foi preparada a partir de rádios de coelhos sacrificados por superdosagem anestésica e estocada em etanol 70%, em temperatura ambiente, por, no mínimo, 15 dias, até o momento do uso. Para permitir análise prévia às enxertias, fragmentos de MOD preservados em etanol 70% e fixados em formol a 10% tamponado foram submetidos à rotina...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Reparação óssea; Osso desmineralizado; Enxerto ósseo.
Ano: 2003 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782003000300022
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Propriedades mecânicas de meniscos frescos de coelhos e preservados em glicerina 98% Ciência Rural
Vilela,Liana Mesquita; Del Carlo,Ricardo Junqueira; Oliveira,Rubens Chaves de; Rodrigues,Mauricio Correia Daltro; Monteiro,Betânia Souza; Reis,Amanda Maria Sena; Machado,Daniel Portela Dias.
O presente estudo avaliou a resistência à compressão de meniscos mediais de coelhos da raça Nova Zelândia, por meio de teste mecânico de compressão. Trinta meniscos foram distribuídos em três grupos: grupo MF, composto por dez meniscos frescos; grupo MG, dez meniscos preservados em glicerina 98%, por 30 dias, e grupo MR, dez meniscos preservados em glicerina 98%, por 30 dias e reidratados em NaCl 0,9%, por 12 horas. Os meniscos de cada grupo foram submetidos ao teste de compressão no sentido perpendicular ao seu plano anatômico regular e foram avaliados o limite de elasticidade, a deformação elástica, a tensão ao ponto de ruptura e ao limite de elasticidade e ainda, o índice de rigidez. Os meniscos dos grupos preservados, MG e MR, tiveram o limite elástico...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Meniscos; Resistência mecânica; Coelhos.
Ano: 2010 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782010000500018
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Radiographic diagnosis of traumatic urethrorectal fistula in dog Ciência Rural
Hage,Maria Cristina Ferrarini Nunes Soares; Duarte,Tatiana Schmitz; Tavares,Telma Rocha; Conceição,Lissandro Gonçalves; Del Carlo,Ricardo Junqueira; Zavan,Vinícus.
A dog with abdominal trauma had an urethrorectal fistula and secundary bilateral hidronephrosis and hydroureter, identified by urethrocistography and excretory urography. According to our researches, only two cases of traumatic urethrorectal fistula had been reported until now in veterinary medicine.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Excretory urography; Radiology; Urethra; Urethrocistography; Urinary tract.
Ano: 2011 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782011000500018
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Regeneração periodontal em cães Ciência Rural
Reis,Emily Correna Carlo; Borges,Andréa Pacheco Batista; Del Carlo,Ricardo Junqueira.
A doença periodontal pode ser definida como a condição inflamatória dos tecidos de suporte do dente em resposta ao acúmulo do biofilme. A consequencia é a formação de graves defeitos ósseos, devido à perda dos tecidos periodontais, levando, em última instância, à perda dos dentes, predisposição a fraturas de mandíbula e formação de comunicações oronasais. O principal tratamento é a prevenção, incluindo a escovação dentária diária e a profilaxia periodontal, procedimento realizado pelo médico veterinário para remoção do biofilme e cálculo dentário acumulados. A recuperação dos tecidos perdidos, ou seja, a regeneração periodontal, é um processo mais complexo, pois envolve a formação de três tecidos intimamente ligados: osso alveolar, ligamento periodontal e...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Odontologia veterinária; Doença periodontal; Regeneração tecidual guiada; Membranas multifuncionais.
Ano: 2011 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782011001200015
Registros recuperados: 18
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional