Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 4
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Características hematológicas, bioquímicas e biométricas de Piaractus mesopotamicus Holmberg, 1887 (Osteichthyes: Characidae) oriundos de cultivo intensivo - DOI: 10.4025/actascibiolsci.v26i2.1647 Biological Sciences
Dias, Marcos Tavares; UFAM; Mataqueiro, Maria Isabel; Universidade Estadual Paulista.
O estudo das características sangüíneas pode fornecer subsídios importantes para o diagnóstico e prognóstico das condições mórbidas em populações de peixes e, contribuir para a compreensão da fisiologia comparativa, relação filogenética, condições alimentares e outros parâmetros ecológicos. Foram estudados no teleósteo Piaractus mesopotamicus o eritrograma, leucograma, trombograma, a glicemia, o cortisol, a relação hepatosomática e a relação esplenosomática. Os valores da relação hepatosomática variaram de 0,67% a 2,79%, a relação esplenosomática de 0,011% a 0,108%, número de eritrócitos de 1,870 a 4,590 x 106/µL de sangue, concentração de hemoglobina de 5,7 a 12,1g/dL, hematócrito de 24,0% a 40,0%, volume corpuscular médio de 98,0 a 174,0fL,...
Palavras-chave: 2.01.00.00-0 Biologia Geral cultivo; Peixe de água doce; Piaractus mesopotamicus; Sangue; Hematologia 2.01.00.00-0 Biologia Geral.
Ano: 2004 URL: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciBiolSci/article/view/1647
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Células sangüíneas, eletrólitos séricos, relação hepato e esplenossomática de carpa-comum, Cyprinus carpio (Cyprinidae) na primeira maturação gonadal - DOI: 10.4025/actascibiolsci.v26i1.1661 Biological Sciences
Dias, Marcos Tavares; UFAM; Bozzo, Fabiana Rizzi; UNESP; Sandrin, Elziane Ferreira Silva; Piscicultura São Geraldo; Campos Filho, Eugênio de; UNESP; Moraes, Flávio Ruas de; UNESP.
Foram estudados em ambos os sexos de Cyprinus carpio o fator relativo de condição (Kn), a relação hepato (RHS) e esplenossomática (RES), o eritrograma, trombograma, leucograma, a localização de glicogênio pelo método de PAS em trombócitos e leucócitos e os níveis séricos de proteína total e de eletrólitos. O Kn nas fêmeas foi maior que nos machos. Os valores médios da RES nas fêmeas foram inferiores aos dos machos, enquanto que o número de leucócitos, linfócitos e neutrófilos foram superiores; porém os níveis séricos de magnésio e de cloreto nos machos foram maiores quando comparados aos das fêmeas. Os valores médios da RHS, hematócrito, concentração de hemoglobina, volume corpuscular médio (VCM), concentração da hemoglobina corpuscular média (CHCM),...
Palavras-chave: 2.01.00.00-0 Biologia Geral peixe de água doce; PAS; Cyprinus carpio; Leucócitos; Trombócitos; Eritrócitos 2.01.00.00-0 Biologia Geral.
Ano: 2004 URL: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciBiolSci/article/view/1661
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Parasitos nas brânquias de Brycon amazonicus (Characidae, Bryconinae) cultivados em canais de igarapé do Turumã-Mirim, Estado do Amazonas, Brasil - DOI: 10.4025/actascibiolsci.v29i2.593 Biological Sciences
Lemos, Jefferson Raphael Gonzaga; UFAM; Dias, Marcos Tavares; UFAM; Sales, Rejane Souza de Aquino; UFAM; Filho, Gabriel da Rocha Nobre; UFAM; Fim, Jorge Daniel Indrusiak; UFAM.
O presente estudo teve como objetivo determinar a prevalência e a intensidade de parasitos nas brânquias, bem como o fator de condição em matrinxã Brycon amazonicus Spix e Agassiz (1829) cultivados em três canais de igarapé da região do Tarumã-Mirim, Manaus, Estado do Amazonas. As condições sanitárias dos canais de igarapé, o manejo dos peixes e os parâmetros físico-químicos da água foram monitorados. De 150 peixes examinados, 25,0% estavam parasitados pelo protozoário Ichthyophthirius multifiliis (18,0%) e por sanguessungas Placobdella sp. (7,0%). A prevalência de I. multifiliis, nos três canais de igarapé, foi de 22,0%, 18,0% e 14,0%, respectivamente, e a intensidade média foi maior em um dos canais que mantinha peixes em grande densidade populacional....
Palavras-chave: 2.13.00.00-3 Parasitologia Amazônia; Brânquias; Doenças; Ichthyophthirius multifiliis; Parasitos; Peixe de água doce.
Ano: 2007 URL: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciBiolSci/article/view/593
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Protozoários e metazoários parasitos do cardinal Paracheirodon axelrodi Schultz, 1956 (Characidae), peixe ornamental proveniente de exportador de Manaus, Estado do Amazonas, Brasil - DOI: 10.4025/actascibiolsci.v31i1.872 Biological Sciences
Dias, Marcos Tavares; UFAM; Brito, Maria Leonora Silva; Escola Superior Batista do Amazonas -ESBAM; Lemos, Jefferson Raphael Gonzaga; UFAM.
Os estudos sobre a parasitofauna de peixes ornamentais cultivados são de grande relevância para o conhecimento das espécies de parasitos, permitindo interferência em sua proliferação para evitar epizootias e, consequentemente, perdas econômicas na criação. O presente estudo investigou a prevalência e intensidade de parasitos protozoários e metazoários em cardinal Paracheirodon axelrodi (N = 89), mantidos em tanques de um exportador de Manaus, Estado do Amazonas, Brasil. Dos espécimes de P. axelrodi necropsiados, 65,2% (N = 58) estavam parasitados pelos Protozoa Piscinoodinium pillulare (3,4%) e Ichthyophthirius multifiliis (7,9%), Monogenoidea Gyrodactylus sp. (42,7%), Nematoda Procamallanus sp. (23,6%) e Trematoda (1,1%). Gyrodactylus sp. e Procamallanus...
Tipo: Infestação parasitária Palavras-chave: 2.01.00.00-0 Biologia Geral cardinal; Metazoário; Peixe ornamental; Paracheirodon axelrodi; Parasitos; Protozoário..
Ano: 2009 URL: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciBiolSci/article/view/872
Registros recuperados: 4
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional