Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: 

RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 9
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Crescimento de pau-de-balsa sob diferentes níveis de adubação e espaçamento, em Guarantã do Norte, MT. Repositório Alice
BEHLING, M.; SANTIN, J. C.; FARIAS, J. B.; CAMARGO, D.; ALIBERTI, A. R.; PAIXÃO, F. L. M.; LANGE, A..
A madeira oriunda de reflorestamento constitui uma pequena parcela do volume comercializado internacionalmente. A crescente demanda mundial por produtos florestais tem levado ao progressivo aumento da área de florestas plantadas. Contudo, estão se tornando cada vez mais importantes novos usos e volumes mais significativos estão sendo registrados para um número relativamente pequeno de espécies florestais tropicais plantadas. A atividade de reflorestamento em Mato Grosso ainda é incipiente, representa menos de 0,2% do território estadual. Diversas espécies, incluindo muitas nativas, vêm sendo plantadas em escala produtiva (Shimizu et. al., 2007). No momento, algumas espécies florestais como teca, eucalipto, pau-de-balsa, pinho cuiabano e castanheira têm...
Tipo: Parte de livro Palavras-chave: Pau-de-balsa; Mato Grosso; Guranta do Norte-MT; Reflorestamento; Adubação; Espaçamento.
Ano: 2019 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1104033
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Desenvolvimento das árvores em povoamentos monoespecíficos e mistos de eucalyptus urograndis e acacia mangium. Repositório Alice
FARIAS, J. B.; CAMARGO, D.; SILVEIRA, J. G. da; BRANDANI, C. B.; GONÇALVES, J. L. de M.; BOUILLET, J. D.; BEHLING, M..
Em plantios florestais a deficiência nutricional, sobretudo N, é um dos principais fatores limitantes do crescimento das árvores em regiões tropicais (Bridges et al., 1997). A adição de N faz-se necessária para assegurar a produção sustentável das florestas plantadas, porém, os fertilizantes a base de N chegam com custo elevado no estado de Mato Grosso. A associação de árvores fixadoras de nitrogênio (AFN) e árvores não fixadoras de nitrogênio pode ser benéfico para a produção de biomassa do povoamento, especialmente em regiões de baixa fertilidade, por favorecer a ciclagem de nutrientes e disponibilizar nitrogênio para o sistema (Bouillet et al., 2013). A Acacia mangium é uma boa opção de AFN para ser consorciada com espécies de eucalipto. O fornecimento...
Tipo: Anais e Proceedings de eventos Palavras-chave: Sinop-MT; Povoamento monoespecífico; Povoamento misto; Eucalipto; Árvore; Acacia; Nitrogênio; Acacia mangium; Eucalyptus.
Ano: 2017 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1088813
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Desenvolvimento inicial das árvores em povoamentos monoespecíficos e mistos de Eucalyptus urograndis e Acacia mangium. Repositório Alice
FARIAS, J. B.; SILVEIRA, A.; WANDSCHEER, R. B.; BEHLING, M..
A grande procura por produtos florestais tem levado a um progressivo aumento dos povoamentos florestais monoespecíficos, de rápido crescimento, como os de eucaliptos, que apresentam alto potencial de exportação e redução dos estoques de N do ecossistema. Essa redução de N no solo, deve ser compensada de alguma forma, e uma alternativa ao oneroso processo de adubação que vem se destacando é o plantio misto com espécies fixadoras de nitrogênio. Quando o suprimento de N pela mineralização da MO e pelas deposições atmosféricas não são suficientes para atender às necessidades das árvores, adições suplementares de N, por meio de fertilização mineral ou orgânica, esta última via fixação biológica de N2 por leguminosas, podem constituir uma alternativa...
Tipo: Parte de livro Palavras-chave: Eucalyptus urograndis.; Acacia mangium..
Ano: 2017 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1065672
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Distribuição horizontal e vertical de fósforo na ILPF. Repositório Alice
BEHLING, M.; CARVALHO, G. de; DIEL, D.; LANGE, A.; FARIAS, J. B.; CAMARGO, D..
Apesar do aumento da área cultivada com sistemas ILPF, pouco se sabe sobre os efeitos das árvores sobre a dinâmica de nutrientes no solo e na relação solo-planta em sistemas ILPF. Espera-se, por exemplo, que a ILPF possa melhorar as condições do solo, através do aumento nos níveis de matéria orgânica, da atividade biológica e o potencial produtivo da área, consequentemente aumentando a produtividade das árvores, das lavouras e das pastagens. A inclusão de árvores no sistema de produção pode influenciar a quantidade e a disponibilidade de nutrientes na zona de absorção radicular das culturas consorciadas. Isso ocorre porque o sistema radicular das árvores, por ser mais profundo, intercepta os nutrientes localizados em camadas do solo pouco acessíveis às...
Tipo: Parte de livro Palavras-chave: Sistemas integrados; Sistema agrossilvipastoril; Integracao lavoura-pecuaria-floresta; Ilpf; Distribuicao de fosforo; Mato Grosso; Sinop-MT; Fósforo; Eucalipto; Sistema de Produção.
Ano: 2019 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1103854
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Inorganic phosphorus in soil after four years of integrated systems of crop-livestock-forest. Repositório Alice
CARVALHO, G. de; BEHLING, M.; LANGE, A.; CAMARGO, D.; FARIAS, J. B.; SOUZA, L. H. C. de.
The study was conducted in the 2015/2016 harvest at Embrapa Agrosilvopastoral in Sinop, MT. The evaluated systems were: eucalypt planted forest (F); exclusive crop (soybean) (L); pasture with brachiaria (P); and integrated systems of crop-livestock-forest (ICLF) established with eucalyptus provisions in triple lines ((3,5 x 3,0) x 30 m East-West orientation) with soybean crop annually. The experiment used a randomized block design with four replications. Soil samples were taken at the layers of 0-5, 5-10, 10-20, 20-30 cm. In the ICLF system, samples were collected in four equidistant transects per treatment in the transverse direction of the lines of forest species, at the distances of 1.5; 3; 6; 10 and 15 m on both sides (north and south faces). In the...
Tipo: Parte de livro Palavras-chave: Agrosylvopastoral; Production systems; Forest; Component.
Ano: 2018 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1106142
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
O crescimento de Pau-de-Balsa é afetado positivamente pela adubação em diferentes espaçamentos. Repositório Alice
CRIPA, A. F. de A.; SANTIN, J. C.; BEHLING, M.; FARIAS, J. B.; CAMARGO, D.; ALIBERTI, P. R.; PAIXÃO, F. L. M.; LANGE, A..
O pau-de-balsa (Ochroma pyramidale) é considerado uma opção para a silvicultura em Mato Grosso, pois, possui ciclo de corte rápido, em torno de três a sete anos e bom incremento anual. A principal propriedade da madeira de pau de balsa é a relação entre seu peso extremamente leve e a alta resistência e estabilidade sendo essa a sua maior vantagem (González et al., 2010; Romero et al., 2017). A produtividade de florestas plantadas pode ser consideravelmente aumentada com a adubação (Ballard, 1984; Balloni, 1984; Barros et al., 1990) e com a adoção de espaçamentos que permitam o uso adequado de água, luz e nutrientes (Reis; Reis, 1993; Gomes, 1994; Bernardo et al., 1998). Entretanto, não há estudos suficientes sobre a adubação e qual seria o melhor...
Tipo: Anais e Proceedings de eventos Palavras-chave: Guarantã do Norte-MT; Pau de Balsa; Ochroma Pyramidale; Adubação; Silvicultura; Crescimento; Espaçamento.
Ano: 2018 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1140362
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Plantio misto de eucalipto e acácia em área de transição entre os biomas Cerrado e Floresta Amazônica. Repositório Alice
BEHLING, M.; FERREIRA, A.; FARIAS, J. B.; CAMARGO, D.; PEREIRA, M. C.; SILVEIRA, J. G. da; TSUKAMOTO FILHO, A. de A. de; BRANDANI, C. B.; GONÇALVES, J. L. de M.; BOUILLET, J.-P. D.; LACLAU, J.-P.; RODRIGUES, R. de A. R.; MATOS, E. da S..
As plantações florestais estão em constante crescimento, sendo que hoje o cultivo de eucalipto ocupa uma área em torno de sete milhões de hectares no mundo, dos quais mais da metade está plantada no Brasil (FAO, 2012). Nesse contexto, o estado de Mato Grosso possui grande potencial para o reflorestamento de eucalipto e para reduzir a pressão sobre suas florestas nativas. A floresta plantada, principalmente eucalipto, destaca-se como alternativa na geração de produtos madeiráveis, como lenha, carvão vegetal, madeiras tratadas (postes, mourões, estacas, dentre outros), painéis de madeira e também não madeireiros, como essências oleaginosas e mel. No entanto, o aumento sustentável da produção por área e por unidade de árvore manejada no povoamento é...
Tipo: Parte de livro Palavras-chave: Plantio florestal; Plantio misto; Plantio Puro; Bioma cerrado; Bioma da floresta amazonica; Mato Grosso; Sinop-MT.; Eucalipto; Acácia; Cerrado.
Ano: 2019 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1104026
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Produtividade e características fisiológicas da soja na ILPF. Repositório Alice
BEHLING, M.; CARVALHO, G. de; FELIPE, R. T. A.; FARIAS, J. B.; CAMARGO, D..
Na ILPF pouco se sabe sobre os efeitos da sombra das árvores na fisiologia da cultura da soja, devido à alta complexidade do sistema. Balbino et al., (2011), relatam que a integração de árvores e cultivos agrícolas pode resultar na utilização mais eficiente de água, nutrientes e radiação solar por sua vez, Viana et al., (2012) mencionam que, à medida que as árvores crescem, ocorre redução na radiação no sub-bosque. Desta forma, avaliações de variáveis fisiológicas, são imprescindíveis para determinar a influência do ambiente sobre a planta, pois a atividade fotossintética é afetada pela intensidade de radiação luminosa, temperatura, concentração de CO2 e umidade do solo (Marenco; Lopes, 2005). Além disso, as variáveis como condutância estomática e taxa de...
Tipo: Parte de livro Palavras-chave: Sistemas integrados; Integracao lavoura-pecuaria-floresta; Ilpf; Efeito da sombra; Mato Grosso; Sinop-MT.; Agricultura; Produtividade; Fisiologia; Fisiologia Vegetal; Soja.
Ano: 2019 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1103804
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Relações entre parte aérea e raízes em povoamentos de teca. Repositório Alice
BEHLING, M.; FELIPE, R. T. A.; FARIAS, J. B.; CARVALHO, G. de; NEVES, J. C. L..
Há pouca informação disponível sobre a relação entre folhas e raízes de teca, cultivada no Brasil. O objetivo deste trabalho foi avaliar se a biomassa dos componentes da parte aérea e a área foliar são bons estimadores da biomassa e da superfície de raízes, em povoamentos de teca (Tectona grandis). Na amostragem, realizada em árvores de teca, com 17 e 90 meses de idade, em parcelas estabelecidas em talhões comerciais em Tangará da Serra, MT, foram individualizados os componentes raízes, folhas, galhos e tronco, determinando-se, posteriormente, suas biomassas secas, AFE (área foliar específica) e ARE (área radicular específica). A superfície da folha de uma árvore jovem é quatro vezes maior que a superfície de uma folha de árvore adulta de teca. A...
Tipo: Artigo de periódico Palavras-chave: Raiz fina; Área radicular; Mato Grosso; Tangará da Serra; Tectona Grandis; Área Foliar; Biomassa; Tectona; Fine roots; Leaf area; Biomass.
Ano: 2018 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1105916
Registros recuperados: 9
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional