Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 6
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Alterações cardíacas, traqueais e flexurais em um terneiro da raça Jersey Ciência Rural
Mazzanti,Cinthia Melazzo; Filappi,Andreane; Prestes,Danívia; Mazzanti,Alexandre; Faria,Renato Xavier; Cecim,Marcelo.
Um bovino macho, Jersey, dois dias de idade, foi atendido no Hospital Veterinário da Universidade Federal de Santa Maria, com histórico de flexão constante de ambas as articulações metacarpo-falangiana (boleto) e impossibilidade de permanecer em estação. Optou-se por um tratamento conservativo, com o uso de talas de PVC, em que o ângulo era reajustado a cada 72 horas. O animal apresentava dispnéia inspiratória, com estridores audíveis, sendo estes mais evidentes durante e após a amamentação. No 28º dia de internação, verificou-se luxação espontânea da articulação coxofemoral direita e após quarenta e oito horas, da articulação coxofemoral esquerda. Devido à presença de luxação bilateral da articulação coxofemoral e do intenso estresse respiratório,...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/report Palavras-chave: Bovino; Alteração congênita; Articulação; Ligamento.
Ano: 2003 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782003000400028
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Anestesia por infusão contínua de propofol em cães pré-medicados com acepromazina e fentanil Ciência Rural
Pires,Jefferson da Silva; Campello,Rui Afonso Viera; Faria,Renato Xavier; Guedes,Alonso Gabriel Pereira.
O propofol (2,6 diisopropilfenol) é um agente hipnótico de ultra curta duração que produz sedação e hipnose similar aos barbitúricos, sendo desprovido de ação analgésica. Quimicamente, é o único agente anestésico venoso que pode ser usado tanto na indução como na manutenção anestésica. O presente trabalho objetivou avaliar freqüência cardíaca, respiratória, oximetria, pressão arterial média, volume minuto e volume corrente em cães pré-medicados com acepromazina e fentanil e anestesiados por infusão contínua de propofol. Dez cães foram submetidos à medicação pré-anestésica com acepromazina (0,1mg.kg-1) e fentanil (0,01mg.kg-1), indução (3,16mg.kg-1) e manutenção anestésica com propofol em infusão contínua por noventa minutos, na velocidade de...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Cães; Propofol; Infusão contínua; Acepromazina; Fentanil.
Ano: 2000 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782000000500015
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Emprego do antiinflamatório não esteróide ketoprofeno na analgesia preemptiva em cães Ciência Rural
Alves,Aline de Souza; Campello,Rui Afonso Vieira; Mazzanti,Alexandre; Alievi,Marcelo Meller; Faria,Renato Xavier; Stedile,Rafael; Braga,Fabrício Arigony.
A analgesia preemptiva tem como princípio básico a administração de analgésicos antes da ocorrência de estímulos dolorosos, reduzindo ou prevenindo a dor e diminuindo a dose analgésica requerida, comparada com a dose usada após a ocorrência do estímulo doloroso. Há redução ou prevenção da "memória" da dor junto ao sistema nervoso central. A analgesia preemptiva permite atenuar ou prevenir o desenvolvimento da sensibilização central induzida pela cirurgia. O presente estudo teve como objetivo avaliar o uso do antiinflamatório não esteróide (AINE) ketoprofeno na analgesia preemptiva. Foram utilizados 16 cães, com idades variadas, fêmeas e machos, com peso superior a 10kg. Os animais foram divididos, aleatoriamente, em dois grupos: no grupo K, foram tratados...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Analgesia; Preemptiva; Ketoprofeno; Cães.
Ano: 2001 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782001000300012
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
MÚSCULO DIAFRAGMA HOMÓLOGO CONSERVADO EM SOLUÇÃO SUPERSATURADA DE AÇÚCAR PARA REPARAÇÃO DE GRANDE DEFEITO NO DIAFRAGMA DE CÃO Ciência Rural
Mazzanti,Alexandre; Pippi,Ney Luis; Raiser,Alceu Gaspar; Graça,Dominguita Lühers; Silveira,Aron Ferreira da; Faria,Renato Xavier; Alves,Aline Souza; Gonçalves,Gentil Ferreira; Stedile,Rafael; Braga,Fabrício Arigony.
O comportamento cicatricial de um segmento muscular homólogo, conservado em solução supersaturada de açúcar a 300%, foi pesquisado no músculo diafragma de cão. Foram utilizados nove cães, adultos, três machos, sem raça definida com peso variando de 10,4 a 21,0kg, separados em três grupos de igual número denominados de I, II e III. Foi criado um defeito no hemidiafragma direito na porção muscular de dimensões 9,0 x 6,0cm, através de toracotomia no 10º espaço intercostal direito para fixação do implante muscular com fio poliglactina 910 3-0, por meio de pontos de Wolff com sobreposição de bordas. Os cães foram observados por um período de 30 dias (grupo I), 75 dias (grupo II) e 120 dias (grupo III) de pós-operatório, quando foram reoperados para observação...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Implante; Músculo; Açúcar; Cirurgia; Cão.
Ano: 2001 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782001000200014
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Retalho pediculado do músculo grande dorsal para reparo de defeito diafragmático experimental em cães Ciência Rural
Oliveira,Luciana Oliveira de; Pippi,Ney Luis; Graça,Dominguita Lühers; Faria,Renato Xavier; Guimarães,Luciana Dambrósio; Guedes,Alonso Gabriel Pereira; Mazzanti,Alexandre.
Neste experimento, foi utilizado um retalho do músculo grande dorsal, com pedículo dorso-caudal, para o reparo de defeitos diafragmáticos iatrogênicos em 18 cães adultos. O acesso ao diafragma foi através de toracotomia no décimo espaço intercostal, sendo criado um defeito diafragmático, onde o retalho foi suturado. O retalho muscular pediculado cobriu um terço do hemidiafragma direito. Os animais tiveram boa recuperação pós-cirúrgica, sem sinais de comprometimento respiratório. Foram feitas necropsias aos 15, 30 e 60 dias do pós -operatório. O local submetido ao implante apresentou algumas aderências com vísceras adjacentes e consolidação da sutura macro e microscopicamente. Conclui-se que o retalho pediculado do grande dorsal pode ser útil para o reparo...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Cirurgia; Retalho muscular; Pediculado; Hérnia; Diafragmática; Cão.
Ano: 2000 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782000000600014
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Transposição do músculo reto do abdome para correção de defeito iatrogênico no diafragma em cães Ciência Rural
Faria,Renato Xavier; Pippi,Ney luís; Oliveira,Luciana Oliveira de; Guimarães,Luciana Dambrósio; Mazzanti,Alexandre; Guedes,Alonso Gabriel Pereira.
Neste experimento, foram utilizados 6 cães, com o objetivo de avaliar a viabilidade do músculo reto do abdome pediculado para correção de defeito no diafragma. O músculo foi dissecado até próximo sua inserção e deslizado para a cavidade abdominal através de uma incisão paracostal. Após a formação de um defeito no diafragma de aproximadamente 4 x l0cm, o músculo reto do abdome foi fixado com pontos de Wolff com fio de seda 2-0. Os animais foram observados por um período de tempo determinado de 15, 30 e 60 dias, quando foram operados novamente para observação macroscópica e microscópica. Tecido conetivo e áreas de hemorragia entre o retalho e diafragma, com tecido de granulação de maturidade média, foram observados no material das biópsias aos 15 dias. Aos...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Cão; Diafragma; Enxerto; Músculo.
Ano: 2000 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782000000400014
Registros recuperados: 6
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional