Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 4
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Fontes de nitrogênio no crescimento in vitro de plântulas de Cattleya loddigesii Lindl. (Orchidaceae) - DOI: 10.4025/actascibiolsci.v31i1.309 Biological Sciences
Araujo, Aparecida Gomes de; UFLA; Pasqual, Moacir; UFLA; Rodrigues, Filipe Almendagna; UFLA; Carvalho, Janice Guedes de; UFLA; Zarraga, Danielle Zampiere Arce; UFLA.
Objetivou-se avaliar diferentes concentrações de nitrato de cálcio e nitrato de amônio no crescimento in vitro de orquídea. Plântulas de Cattleya loddigesii oriundas de sementes germinadas in vitro, com 1,0 cm de comprimento, foram inoculadas em frascos contendo 60 mL de meio de cultura WPM modificado em suas concentrações de nitrato de cálcio (0, 278, 556, 834 e 1112 mg L-1) e nitrato de amônio (0, 200, 400, 600 e 800 mg L-1). O meio foi acrescido de 20 g L-1 de sacarose, 150 g L-1 de polpa de banana ‘nanica’ madura e 2 g L-1 de carvão ativado, pH ajustado para 5,7 ± 0,1 e solidificado com 6 g L-1 de ágar, antes da autoclavagem a 121ºC e 1,5 atm, por 20 min. Após a inoculação, os frascos foram transferidos para sala de crescimento a 25 ± 2ºC, fotoperíodo...
Palavras-chave: 2.01.00.00-0 Biologia Geral Cattleya; Nitrato de cálcio; Nitrato de amônio; Micropropagação.
Ano: 2009 URL: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciBiolSci/article/view/309
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Micropropagação da amoreira-preta (Rubus spp.) e efeito de substratos na aclimatização de plântulas - DOI: 10.4025/actasciagron.v28i1.1302 Agronomy
Villa, Fabíola; UFLA; Pasqual, Moacir; UFLA; Araújo, Aparecida Gomes de; UFLA; Pio, Leila Aparecida Salles; UFLA.
O objetivo do presente estudo foi aprimorar técnicas de propagação in vitro e determinar um melhor substrato para a amoreira-preta. O primeiro experimento consistiu de gemas axilares com cerca de 2 cm, oriundas de plântulas preestabelecidas in vitro da cv. Ébano, excisadas e inoculadas em meio MS, suplementado com 5 concentrações de carvão ativado e 5 de BAP. Ambos os experimentos foram inteiramente casualisados, utilizando-se in vitro 3 explantes por repetição e 4 repetições por tratamento e em casa-de-vegetação um fatorial 4x4. O pH do meio foi ajustado para 5,8 antes da adição de 6 g L-1 de ágar e da autoclavagem a 121ºC e 1 atm por 20 minutos. Após 70 dias, foram avaliados diversos parâmetros nos explantes. Maior número de folhas e maior número de...
Palavras-chave: 5.01.03.00-8 Fitotecnia aclimatização; Rubus spp.; Substratos; Regulador de crescimento 5.01.03.00-8 Fitotecnia.
Ano: 2006 URL: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciAgron/article/view/1302
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Multiplicação in vitro de porta-enxerto de videira em variações do meio MS - DOI: 10.4025/actasciagron.v28i3.954 Agronomy
Villa, Fabíola; UFLA; Pasqual, Moacir; UFLA; Pio, Leila Aparecida Salles; UFLA; Assis, Francinely Aparecida; UFLA.
A micropropagação da videira pode gerar plantas livres de vírus e em curto espaço de tempo. Com o objetivo de aprimorar técnicas de propagação in vitro, testaram-se concentrações de meio de cultura MS e de sacarose. Gemas axilares com 2,0 cm, de plântulas preestabelecidas in vitro do porta-enxerto de videira 043-43, foram excisadas em condições assépticas e introduzidas em tubos de ensaio com cinco concentrações de MS (0, 50, 100, 150 e 200%) e cinco diferentes concentrações de sacarose (0, 15, 30, 45 e 60 g L-1), em todas as combinações possíveis. O pH foi ajustado para 5,8 antes da adição de 6,0 g L-1 de ágar e da autoclavagem a 121ºC e 1 atm por 20 minutos. Após a inoculação, os explantes foram mantidos por 60 dias, em sala de crescimento com...
Palavras-chave: 5.01.03.00-8 Fitotecnia Vitis sp.; Micropropagação; Meio de cultura MS 5.01.03.00-8 Fitotecnia.
Ano: 2006 URL: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciAgron/article/view/954
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Uréia como fonte alternativa de nitrogênio na micropropagação de abacaxizeiro cv. Pérola - DOI: 10.4025/actasciagron.v29i5.748 Agronomy
Moreira, Maria Aparecida; UFS; Fráguas, Chrystiane Borges; UNESP; Carvalho, Janice Guedes de; UFLA; Pasqual, Moacir; UFLA.
Objetivou-se estudar a viabilidade da substituição parcial ou total do nitrato de amônio por uréia como fonte de nitrogênio no meio de cultura para o cultivo in vitro do abacaxizeiro cv. Pérola. Plantas oriundas das gemas da coroa do fruto com massa fresca em torno de 80 mg foram inoculadas em meio MS (líquido e sólido) substituindo-se 100, 80, 60, 40, 20 e 0% do nitrato de amônio por uréia. O delineamento experimental utilizado foi o inteiramente casualizado, com quatro repetições e três plantas/repetição. Após 60 dias, observou-se a possibilidade da substituição parcial de 40% de nitrato de amônio por uréia para as variáveis analisadas e melhor desenvolvimento das plantas em meio de cultura sólido.
Palavras-chave: 5.01.03.00-8 Fitotecnia Ananas comosus; Nitrato; Cultura de tecidos 5.01.03.00-8 Fitotecnia.
Ano: 2007 URL: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciAgron/article/view/748
Registros recuperados: 4
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional