Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 19
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
A importância da distribuição diamétrica remanescente para o manejo de florestas naturais: o caso da Cedrela odorata. Infoteca-e
BRAZ, E. M.; MATTOS, P. P. de; THAINES, F.; FIGUEIREDO, E. O.; RIBAS, L. A..
2012
Tipo: Comunicado Técnico (INFOTECA-E) Palavras-chave: Manejo florestal; Cedro-vermelho; Cedrela odorata Vell; Acre; Dendrometria.
Ano: 2012 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/handle/doc/951584
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
A importância da distribuição diamétrica remanescente para o manejo de florestas naturais: o caso da Cedrela odorata. Infoteca-e
BRAZ, E. M.; MATTOS, P. P. de; THAINES, F.; FIGUEIREDO, E. O.; RIBAS, L. A..
2012
Tipo: Comunicado Técnico (INFOTECA-E) Palavras-chave: Cedro-vermelho; Cedrela odorata Vell; Acre; Dendrologia; Espécie nativa; Cedro; Manejo.
Ano: 2012 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/handle/doc/931164
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Ajuste de relação hipsométrica para espécies da Floresta Amazônica. Repositório Alice
HESS, A. F.; BRAZ, E. M.; THAINES, F.; MATTOS, P. P. de.
O presente trabalho teve como objetivo testar e selecionar modelos para ajuste da relação hipsométrica. Os dados foram obtidos de floresta nativa situada no município de Lábrea, no estado do Amazonas, com área de 6.000 hectares, inserida no Projeto de Manejo Florestal Seringal Iracema II. Foram testados dez modelos, incluindo polinômios, modelos de potência, logarítmicos, hiperbólicos, aritméticos e não lineares. Os não lineares foram ajustados pelo método de Gauss. Utilizaram-se como critério de seleção do ajuste dos modelos os parâmetros estatísticos do coeficiente de determinação ajustado (R²aj.), o erro padrão da estimativa (Syx%), o coeficiente de variação (CV%), o valor de F e a análise gráfica dos resíduos. As melhores estatísticas foram para os...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Floresta nativa; Manejo sustentável; Inventário florestal; Modelo hipsométrico; Floresta Amazônica.
Ano: 2014 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/989738
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Avaliação de estrutura remanescente de um talhão de Floresta Ombrófila na Amazônia visando ao próximo ciclo. Infoteca-e
BRAZ, E. M.; THAINES, F.; MATTOS, P. P. de; SCHNEIDER, P. R..
2011
Tipo: Comunicado Técnico (INFOTECA-E) Palavras-chave: Floresta Ombrófila; Reestoqueamento; Manejo; Conservação da natureza; Espécie nativa; Bioma.
Ano: 2011 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/handle/doc/898037
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Colheita de precisão para o manejo das florestas naturais da Amazônia Brasileira. Repositório Alice
BRAZ, E. M.; PASSOS, C. A. M.; CHICHORRO, F.; RIBAS, L. A.; MATTOS, P. P. de; OLIVEIRA, E. B. de; OLIVEIRA, L. C.; THAINES, F.; OLIVEIRA, M. V. N. d'..
A exploração e o manejo da floresta tropical tem evoluído ao longo dos anos. As técnicas de Exploração de Impacto Reduzido (EIR), apresentadas nos útimos anos, tem colaborado imensamente para garantia de talhýes futuros menos danificados e portanto com melhor recuperação e qualidade para o próximo ciclo de colheita. Apesar destes grandes esforços, o manejo da floresta tropical ainda È visto com desconfiança pelos produtores florestais. O que faltaria então para a aceitação completa do manejo e difusão imediata de seus critérios básicos? Primeiro, existe a heterogeneidade da floresta tropical, o que dificulta seu planejamento global. Por outro lado, o produtor madeireiro, antes de adotar qualquer tecnologia, quer ter certeza se ela ser· econÙmica e se lhe...
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Tratamento silvicultural; Exploração; Planejamento; Manejo de precisão.
Ano: 2005 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/313742
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Considerações sobre o manejo da estrutura diamétrica do cumarú-ferro (Dipteryx odorata), em empresa no estado do Acre. Infoteca-e
BRAZ, E. M.; THAINES, F.; MATTOS, P. P. de; RUY, C. C.; CANETTI, A.; ZACHOW, R..
2012
Tipo: Comunicado Técnico (INFOTECA-E) Palavras-chave: Dipteryx odorata; Acre; Dendrometria; Manejo; Espécie Nativa; Cumaru; Dendrologia.
Ano: 2012 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/handle/doc/931163
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Criteria to be considered to achieve a sustainable second cycle in Amazon Forest. Repositório Alice
BRAZ, E. M.; MATTOS, P. P. de; THAINES, F.; MADRON, L. D. de; GARRASTAZU, M. C.; CANETTI, A.; OLIVEIRA, M. V. N. D'.
Estrutura da floresta remanescente e o incremento por classe de diâmetro desempenha papel decisivo na recuperação do volume para o próximo ciclo de corte. Espécies de árvores na Floresta Amazônica, não apresentam um padrão definido de estrutura de diâmetro, discutido aqui utilizando Cedrela odorata L. como estudo de caso. Os objetivos deste trabalho foram identificar, por meio de simulação, a recuperação florestal após o manejo em uma situação real em três locais de produção de madeira, e as alternativas disponíveis para assegurar a recuperação do volume comercial de madeira em um segundo ciclo de corte na Amazônia brasileira. O trabalho se refere às classes de diâmetro de árvores produtivas para o próximo ciclo. A comparação indica que uma das estratégias...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Cedrela odorata; Manejo florestal sustentável; Taxa de corte; Floresta tropical; Recuperação em volume; Estrutura diamétrica; Sustainable forest management; Cut rate; Rain Forest; Volume recover; Diametric structure.
Ano: 2015 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/1027033
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Critérios para o estabelecimento de limites de intensidade de corte de florestas naturais tropicais. Infoteca-e
BRAZ, E. M.; AHRENS, S.; THAINES, F.; RIBAS, L. R.; OLIVEIRA, M. V. N. d'..
2005
Tipo: Circular Técnica (INFOTECA-E) Palavras-chave: Floresta natural tropical; Corte; Critério; Espécie nativa; Manejo; Dendrologia.
Ano: 2005 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/handle/doc/281620
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Equações para estimativa de volume de madeira para a região da bacia do Rio Ituxi, Lábrea, AM. Repositório Alice
THAINES, F.; BRAZ, E. M.; MATTOS, P. P. de; THAINES, A. A. R..
A necessidade de quantificação do estoque de matéria-prima florestal, em floresta nativa, conduz para a busca de métodos eficientes de estimativa do volume de madeira, que possibilitem quantificar o estoque presente e futuro de maneira eficiente e precisa. O objetivo desse trabalho foi ajustar modelos matemáticos, para estimativa de volume comercial de madeira, permitindo a determinação do potencial madeireiro de uma região, com maior precisão e menor custo. O estudo foi realizado no Município de Lábrea, AM, em uma área de 6 mil ha, inserida no Projeto de Manejo Florestal Seringal Iracema II. A floresta é predominantemente densa com árvores emergentes, também com ocorrência de Foresta Aberta com bambu e palmeiras. Foram cubadas pelo método Smalian 141...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Equação; Volume; Manejo florestal; Floresta tropical.
Ano: 2010 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/873132
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Exploração madeireira da cerejeira no Estado do Acre. Infoteca-e
THAINES, F.; BRAZ, E. M.; MATTOS, P. P. de; OLIVEIRA, M. V. N. D.; RIBAS, L. A.; THAINES, A. A. R..
2011
Tipo: Comunicado Técnico (INFOTECA-E) Palavras-chave: Amburana cearensis; Setor florestal; Espécie nativa; Produção; Cerejeira.
Ano: 2011 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/handle/doc/898056
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Management of Amburana cearensis var. acreana in Acre state, Brazil. Repositório Alice
BRAZ, E. M.; THAINES, F.; MATTOS, P. P. de; OLIVEIRA, L. C. de; RIBAS, L. A.; OLIVEIRA, M. V. N. D.; THAINES, A. A. R..
Amburana cearensis var. acreana; b) calcular taxas de corte sustentáveis baseado em ciclos de corte estipulados e c) simular a recuperação potencial em volume baseado na taxa de corte calculada. Foram usados dados de planos de manejo florestal sustentável, e os resultados contribuirão para as tomadas de decisão futuras sobre sua condição de espécie ameaçada. Os resultados não corroboram a informação de que a Amburana cearensis var. acreana está ameaçada no Estado do Acre. Entretanto, o manejo sustentável dessa espécie só será possível se for considerada a estrutura para a população remanescente ideal e a estimativa da taxa ótima de corte, considerando o ciclo de corte vigente.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Amburana cearensis; Espécie nativa; Manejo florestal; Ciclo de corte sustentável; Taxa de corte sustentável; Acre; Forest management; Sustainable cutting cycle; Sustainable cutting rate.
Ano: 2014 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/989743
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Manejo da estrutura diamétrica remanescente de florestas tropicais. Repositório Alice
BRAZ, E. M.; SCHNEIDER, P. R.; MATTOS, P. P. de; THAINES, F.; SELLE, G. L.; OLIVEIRA, M. F. de; OLIVEIRA, L. C..
O incremento de uma floresta sob uma exploração madeireira depende não apenas do ritmo de crescimento das espécies como também da distribuição diamétrica remanescente que deverá permanecer pós corte. O trabalho avaliou, mediante simulação, a estrutura diamétrica remanescente de um talhão de floresta ombrófila no estado do Amazonas, visando à garantia de ter incremento que recupere a extração. A simulação do crescimento da floresta pós-exploração, respeitando a taxa calculada e a estrutura, permitiram um incremento que pode recuperar o volume comercial inicial durante o ciclo considerado (25 anos). Observouse nas simulações que a remoção de todo volume comercial disponível das espécies estudadas impede a recuperação da floresta no ciclo considerado....
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Manejo de florestas tropicais; Intensidade de corte; Incremento; Tropical forest management; Cutting intensity; Increment.
Ano: 2012 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/973340
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Planejamento da exploração em uma unidade de produção de floresta tropical no Estado do Amazonas. Infoteca-e
BRAZ, E. M.; THAINES, F..
2010
Tipo: Comunicado Técnico (INFOTECA-E) Palavras-chave: Planejamento; Exploração; Floresta; Manejo; Espécie nativa; Produção.
Ano: 2010 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/handle/doc/879659
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Planejamento do manejo de florestas naturais da Amazônia visando o segundo ciclo. Repositório Alice
BRAZ, E. M.; THAINES, F.; MATTOS, P. P. de; CANETTI, A.; RUY, C. C..
2012
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Floresta nativa; Manejo; Amazônia.
Ano: 2012 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/934757
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Planejamento do segundo ciclo de Manilkara huberi (Ducke) Standl. no estado do Acre. Repositório Alice
BRAZ, E. M.; MATTOS, P. P. de; CANETTI, A.; THAINES, F.; RUY, C. C.; MARTINS, L. P..
O manejo das florestas naturais tropicais não considera estratégias de melhoria da capacidade de recuperação da floresta. A maçaranduba (Manilkara huberi (Ducke) Standl) é uma espécie de grande valor econômico para o estado do Acre e para a Amazônia como um todo. Entretanto: sua extração, como das demais espécies, não considera a adequação da estrutura remanescente para uma melhor recuperação. Independentemente deste fator, muitas avaliações ou simulações de recuperação das espécies individualmente não atingem 100%, causando discussões e controvérsias sobre a capacidade do manejo florestal ser ferramenta capaz de garantir a sustentabilidade da floresta de produção. Este trabalho visa sugerir estratégias de otimização da estrutura diamétrica no primeiro...
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Manilkara huberi; Manejo florestal; Recuperação volumétrica; Sustentabilidade; Ciclo de corte.
Ano: 2015 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/1025353
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Potencial madeireiro sob critérios de manejo sustentável de um talhão de Floresta Ombrófila na Amazônia. Infoteca-e
BRAZ, E. M.; THAINES, F.; MATTOS, P. P. de; SCHNEIDER, P. R..
2011
Tipo: Comunicado Técnico (INFOTECA-E) Palavras-chave: Floresta Ombrófila; Manejo sustentável; Espécie nativa; Produção; Rendimento; Madeira.
Ano: 2011 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/handle/doc/898043
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Strategy to improve the residual diametric structure of Cedrela odorata for a new cutting cycle. Repositório Alice
BRAZ, E. M.; MATTOS, P. P. de; THAINES, F.; OLIVEIRA, M. F.; OLIVEIRA, L. C..
2013
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Floresta tropical; Manejo; Extração de volume; Sustentabilidade.
Ano: 2013 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/961114
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Taxa de corte sustentável para manejo das florestas tropicais. Repositório Alice
BRAZ, E. M.; SCHNEIDER, P. R.; MATTOS, P. P. de; SELLE, G. L.; THAINES, F.; RIBAS, L. A.; VUADEN, E..
Existe uma grande lacuna dos planos de manejo de florestas tropicais com relação à intensidade de extração e às taxas de corte, usualmente sendo definidas de forma arbitrária. Este trabalho visa definir intensidades de corte diferenciadas para grupos de espécies arbóreas comerciais, com diferentes ritmos de crescimento, por unidade de produção, no estado do Amazonas. Utilizou-se o incremento periódico anual percentual em volume, de 26 espécies arbóreas, obtido de parcelas permanentes. O incremento periódico anual, percentual em volume, para efeito diferenciador, considerou 1% como diferença limite. Foram identificadas três intensidades de corte, para as classes comerciais: 24,4% (grupo I), 35,4% (grupo II) e 42,4% (grupo III). Considerando a exploração...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Manejo florestal; Floresta tropical; Extrativismo vegetal; Intensidade de extração; Taxa de corte; Incremento periódico anual.
Ano: 2012 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/951777
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Taxa de corte sustentável para manejo das florestas tropicais. Repositório Alice
BRAZ, E. M.; SCHNEIDER, P. R.; MATTOS, P. P. de; SELLE, G. L.; THAINES, F.; RIBAS, L. A.; VUADEN, E..
Existe uma grande lacuna dos planos de manejo de florestas tropicais com relação à intensidade de extração e às taxas de corte, usualmente sendo definidas de forma arbitrária. Este trabalho visa definir intensidades de corte diferenciadas para grupos de espécies arbóreas comerciais, com diferentes ritmos de crescimento, por unidade de produção, no estado do Amazonas. Utilizou-se o incremento periódico anual percentual em volume, de 26 espécies arbóreas, obtido de parcelas permanentes. O incremento periódico anual, percentual em volume, para efeito diferenciador, considerou 1% como diferença limite. Foram identificadas três intensidades de corte, para as classes comerciais: 24,4% (grupo I), 35,4% (grupo II) e 42,4% (grupo III). Considerando a exploração...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Manejo florestal; Incremento periódico anual; Intensidade de corte; Sustentabilidade..
Ano: 2012 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/921330
Registros recuperados: 19
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional