Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: 

RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 241
Primeira ... 123456789 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
A concept for the viticulture of 'tropical wines'. Repositório Alice
TONIETTO, J.; PEREIRA, G. E..
At worldwide level, the classical viticulture produces wines is almost all places in different climate types, where it is possible to obtain only one harvest per year. In these conditions, bud burst in vines occurs as a result of temperature raising at the end of the winter?beginning of spring. With the development of the vegetative cycle, grapes arrive to maturity/harvest period at the end of the summer?beginning of the fall season. After the fall of the leaves, vines undergo a dormant period with a vegetative repose (condition found also in some intertropical producer regions). A lot of grapes are produced for a long-time in the intertropical zone, but only a little part is used to winemaking. Considered a challenge in the past, to produce quality wines...
Tipo: Parte de livro Palavras-chave: Terroir; Vinho tropical; Região tropical; Brasil; Viticultura; Uva; Produção.
Ano: 2012 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/927777
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
A estruturação e o reconhecimento da Indicação de Procedência Campanha Gaúcha para vinhos. Repositório Alice
TONIETTO, J.; FALCADE, I.; GUERRA, C. C.; ZANUS, M. C.; MELLO, L. M. R. de; BRUCH, K. L..
O registro de Indicações Geográficas de vinhos no Brasil deve atender ao que estabelece a legislação brasileira, definida na Lei da Propriedade Industrial (LPI) nº 9.279, de 14 de maio de 1996 (Brasil, 1996).
Tipo: Parte de livro Palavras-chave: Indicação de Procedência (IP); Campanha Gaúcha; Indicação Geográfica (IG); Lei da Propriedade Industrial; Vinho.
Ano: 2021 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1142103
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
A importância da qualidadade do aerolevantamento para mapas de uso e cobertura do solo: uma comparação entre os aerolevantamentos das IP's de Monte Belo e Pinto Bandeira. Repositório Alice
BORTONCELLO, P. A.; AHLERT, S.; HOFF, R.; TONIETTO, J.; FALCADE, I..
Tipo: Parte de livro Palavras-chave: Aerolevantamento; Mapa de uso e cobertura do solo; Indicação geográfica; Monte Belo; Pinto Bandeira; Mapa.
Ano: 2011 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/979214
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
A Indicação de Procedência da Lei nº 9.279/1996 e demandas de aprimoramento do Marco Legal. Infoteca-e
TONIETTO, J.; BRUNCH, K. L..
O trabalho apresenta os elementos conceituais do marco regulatório dos acordos internacionais no tema das indicações de procedência, indicações geográficas e denominações de origem, bem como de sua tratativa no Brasil, expressos na Lei nº 9.279/1996 e normativas infralegais. Analisa como ocorreu a apropriação do conceito das Indicações de Procedência (IP) de produtos brasileiros registradas. A análise foi feita a partir de metodologia formatada para identificar, classificar e quantificar requisitos estabelecidos pelos produtores que estão especificados em 49 Regulamentos de Uso (RU) de IP analisados, todos relativos a registros concedido pelos INPI entre 1996 e 2018. O estudo indica a necessidade de modernização do marco legal, visando equalizar a inserção...
Tipo: Documentos (INFOTECA-E) Palavras-chave: Indicação de procedência (IP); Indicação geográfica (IG); Acordos Internacionais; Propriedade Intelectual; Marco regulatório; Legislação.
Ano: 2021 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/1130835
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
A multicriteria climatic classification system for grape-growing regions worldwide. Repositório Alice
TONIETTO, J.; CARBONNEAU, A..
resumo Este estudo refere-se em primeiro lugar, a metodologia para descrever o clima de vinhedos, em uma escala de macroclimate regiões vitícolas em todo o mundo. Três índices climáticos vitícolas sintéticos e complementares (potencial balanço hídrico do solo ao longo do ciclo de crescimento, condições heliothermal sobre a crescente temperatura do ciclo e de noite durante a maturação), são utilizados, validados como descritores: (1) índice de secura (DI), que corresponde a o balanço hídrico potencial do solo do índice de Riou, aqui adaptado usando condições precisas para calculá-lo, como um indicador do nível de presença-ausência de secura; (2) índice de heliothermal (HI) que corresponde ao índice de heliothermal Huglin; (3) índice noite fresca (CI) um...
Tipo: Artigo de periódico Palavras-chave: Vineyard; Climate classification; Climate models; Water balance; Zoning.
Ano: 2004 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1008614
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
A utilização do geoprocessamento para análise de indicações geográficas para vinhos finos Farroupilha e Altos Montes, Serra Gaúcha, RS, Brasil. Repositório Alice
FRANZEN, N. L. de C.; HOFF, R.; FALCADE, I.; TONIETTO, J..
A utilização do geoprocessamento nos estudos da Embrapa Uva e Vinho sobre indicações geográficas (IGs) na Região Vitivinícola Serra Gaúcha (RVSG), visa a obtenção da indicação de procedência para vinhos finos. A análise do relevo enfoca os atributos como altimetria, declividade e exposição solar geradas a partir do modelo digital de elevação (MDE). O levantamento do uso e cobertura do solo, focado nas cultivares viníferas (Vitis vinifera), foi obtido por interpretação de imagem de satélite. Softwares livres e proprietários já foram empregados no processamento de dados, recentemente o gvSIG tem sido utilizado nas análises de IGs Farroupilha e Altos Montes, apoiados pela Associação Farroupilhense de Produtores de Vinhos (AFAVIN) e Associação dos Produtores...
Tipo: Parte de livro Palavras-chave: Geoprocessamento; Indicação geográfica; Região da Serra Gaúcha; Indicação de procedência; Imagem de satélite; Anais; Iniciação cientifica; IC; CNPUV; Enologia; Vinho; Sistema de Informação Geográfica.
Ano: 2010 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/870529
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
A viticultura para vinhos finos e espumantes na Região da Serra Gaúcha, Brasil: topônimos e distribuição geográfica. Infoteca-e
FALCADE, I.; TONIETTO, J..
bitstream/item/163782/1/Doc13-2017.pdf
Tipo: Documentos (INFOTECA-E) Palavras-chave: Espumante; Rio Grande do Sul; Brasil.; Cartografia; Mapa; Topografia; Uva; Viticultura.; Vinho.
Ano: 1995 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/534809
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Adaptação edafoclimática. Repositório Alice
HERTER, F. G.; WREGE, M. S.; TONIETTO, J.; FLORES, C. A..
Tipo: Parte de livro Palavras-chave: Pêssego; Pomar; Irrigação; Manejo.
Ano: 2014 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1011202
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Afinal, o que é terroir? Infoteca-e
TONIETTO, J..
A palavra terroir data de 1.229, sendo uma modificação lingüística de formas antigas (tieroir, tioroer), com origem no latim popular "territorium". Segundo o dicionário Le Nouveau Petit Robert (edição 1994), terroir designa "uma extensão limitada de terra considerada do ponto de vista de suas aptidões agrícolas". Referindo-se ao vinho, aparecem exemplos de significados como: "solo apto à produção de um vinho", "terroir produzindo um grand cru", "vinho que possui um gosto de terroir", "um gosto particular que resulta da natureza do solo onde a videira é cultivada". Nos dias atuais o termo terroir remete a uma conotação positiva em relação ao vinho. Contudo, isto não foi sempre assim. Na França do século XIX, o termo era associado a um vinho que não tinha o...
Tipo: Artigo de divulgação na mídia (INFOTECA-E) Palavras-chave: Terroir.; Clima; Enologia; Geografia; Uva; Vinho..
Ano: 2007 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/542312
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Agroclimatic zoning for winemaking grape production in the State of Paraná. Repositório Alice
RICCE, W. da S.; ROBERTO, S. R.; TONIETTO, J.; CARAMORI, P. H..
Paraná is the fourth largest grape producing state in Brazil and the cultivation of Vitis vinifera L. cultivars for winemaking is expanding is several regions of the state. The objective of this work was to characterize the potential of wine grape production based on the Géoviticulture Multicriteria Climatic Classification System for Paraná. A 30-year database constituted of 21 IAPAR (Agronomic Institute of Paraná) meteorological stations and 455 rainfall stations from Instituto das Águas do Paraná (Paraná State Water Institute) generated the following climatic indexes: dryness index (DI), heliothermal index (HI) and cool night index (CI) for the periods of October to March and April to September. According to the results, the viticultural climate of some...
Tipo: Artigo de periódico Palavras-chave: Grape; Géoviticulture Multicriteria Climatic; IAPAR (Agronomic Institute of Paraná); Instituto das Águas do Paraná (Paraná State Water Institute); Wine grape production; Vitis Vinifera; Winemaking.
Ano: 2018 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1091335
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Análise das condições meteorológicas das melhores vindimas da Serra Gaúcha. Repositório Alice
MANDELLI, F.; TONIETTO, J.; ZAT, D. A..
Objetivou-se analisar o comportamento dos elementos meteoro lógicos que ocorreram nas safras de 1991, 1999 e 2005, consideradas como as melhores dos últimos anos. Os dados meteorológicos do subperíodo de maturação das uvas (dezembro a março) foram obtidos na Embrapa Uva e Vinho e foram utilizados como sendo representativos para a Serra Gaúcha. O grau Babo médio das uvas viníferas tintas foi obtido na Secretaria da Agricultura e Abastecimento do Rio Grande do Sul. Os dados de temperatura mostraram que elas foram similares nas três safras, sendo que a de 1991 apresentou menor temperatura mínima do ar e menor temperatura média, enquanto que a safra de 2005 apresentou maior temperatura máxima e maior amplitude térmica.
Tipo: Parte de livro Palavras-chave: Safra; Meteorologia.
Ano: 2005 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1144913
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Análise mundial do clima das regiões vitícolas e de sua influência sobre a tipicidade dos vinhos: a posição da viticultura brasileira comparada a 100 regiões em 30 países. Repositório Alice
TONIETTO, J.; CARBONNEAU, A..
Nos 5 continentes, o mundo da uva e do vinho concerne mais de 40 países, conforme relatam os dados estatísticos do Office International de la Vigne et du Vin - O.I.V. O Brasil ocupa a 17ª posição no ranking dos produtores mundiais de vinhos (Dutruc-Rosset, 1998). O limite geográfico vitícola do globo, em superfície cultivada, é determinado pela restrição térmica. No Hemisfério Norte os vinhedos comerciais mais setentrionais se encontram ao sul da Inglaterra, ao redor do paralelo 52. No Hemisfério Sul, a viticultura está presente até 39º de latitude, junto à Nova Zelândia. Tonietto (1999), com base no Sistema de Classificação Climática de Peguy (1970), refere a grande diversidade de tipos de clima em que a viticultura mundial é encontrada: Temperado...
Tipo: Separatas Palavras-chave: Região vitícola.; Viticultura; Uva; Vinho; Clima..
Ano: 1999 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1049663
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Análise sensorial descritiva de vinhos tintos comerciais de Pinto Bandeira da safra 2006. Repositório Alice
ZORZAN, C.; ZANUS, M. C.; TONIETTO, J..
Clima, solo e relevo são fatores importantes que detenninam a composição química da uva e as caracterlsticas sensoriais dos vinhos. Os vinhedos implantados na região de Pinto Bandeira, localizada na Serra Gaúcha, estão a mais de 500· m de altitude podendo produzir uvas e, consequentemente, vinhos com caracterlsticas peculiares. As amostras anualmente encaminhadas para a avaliação sensorial no êmbito do Conselho Regulador da Asprovinho e da Embrapa Uva e Vinho, foram degustadas em 2006, por um painel de sete enôlogos.
Tipo: Parte de livro Palavras-chave: Análise sensorial; Pinto Bandeira; Composição Química; Enologia; Vinho.
Ano: 2007 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/542156
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Aplicação de painel de temas e indicadores para a avaliação das indicações geográficas de vinho do Brasil. Repositório Alice
FLORES, S. S.; TONIETTO, J.; TAFFAREL, J. C..
O desenvolvimento das Indicações Geográficas no Brasil é recente e tem os vinhos como protagonistas, com o reconhecimento do Vale dos Vinhedos (FALCADE; MANDELLI, 1999; TONIETTO, 2011).
Tipo: Anais e Proceedings de eventos Palavras-chave: Indicação geográfica; IG; Indicação geográfica (IG); Brasil; Vale dos vinhedos; Indicação de procedência (IP); Denominação de origem (DO); Vinho.
Ano: 2019 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1120752
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Applications pratiques du zonage vitivinicole. Repositório Alice
TONIETTO, J..
Le zonage vitivinicole présente toute une série d'applications pratiques. Son importance est en train d'augmenter, soit en fonction des moyens techniques chaque fois plus performants, qui rendent possible le développement des zonages de plus en plus intégrées, consistants et utiles, soit en fonction d'un marché de plus en plus mondialisé. L'article situe la contribution du zonage au niveau de la production vitivinicole et du développement du territoire. Il montre également les contributions indirectes au niveau du marché du vin et de la valorisation du territoire. L'usage pratique du zonage est situé en fonction des différentes échelles, qui peut être la parcelle viticole, une région particulière, un pays ou être l'objet d'analyse à l'échelle géoviticole....
Tipo: Artigo de periódico Palavras-chave: Terroir; Qualité (vitiviniculture); Qualidade (vitivinicultura).; Clima; Solo; Mudança Climática..
Ano: 2004 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1052409
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Aptidão agroclimática de videira para vinho de acordo com a época de poda na região Nordeste do Brasil. Repositório Alice
TEIXEIRA, A. H. de C.; TONIETTO, J.; PEREIRA, G. E.; ANGELOTTI, F..
Tipo: Parte de livro Palavras-chave: Coeficiente de cultura; Índices bioclimáticos.; Uva; Evapotranspiração..
Ano: 2011 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/897152
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Aptidão climática para o cultivo da videira em Boa Vista, Roraima. Repositório Alice
CONCEIÇÃO, M. A. F.; ARAÚJO, W. F.; TONIETTO, J.; PRADO, R. J. do.
A videira tem sido cultivada em diferentes regiões tropicais do Brasil. No estado de Roraima, ela foi implantada comercialmente em 2005 em Boa Vista. Ao contrário das regiões de clima temperado, as regiões tropicais apresentam condições térmicas para a produção de uvas durante o ano inteiro. Para se avaliar as características climáticas dos diferentes períodos do ano pode-se recorrer a diversos índices. Objetivou-se, com o presente trabalho, avaliar a aptidão climática de Boa Vista, Roraima, para o cultivo da videira, considerandose diferentes períodos de produção ao longo do ano. Na caracterização climática, foi utilizado o Sistema de Classificação Climática Multicritérios Geovitícola (CCM), que é composto por três índices: Heliotérmico (IH), de Frio...
Tipo: Artigo de periódico Palavras-chave: Roraima; Boa Vista; Zoneamento.; Viticultura; Uva; Clima; Aptidão Climática..
Ano: 2013 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/978725
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Aroma de vinhos Lorena elaborados com diferentes leveduras. Repositório Alice
MILANI, E.; SILVA, V. L. da; ZORZAN, C.; TONIETTO, J.; CAMARGO, U. A.; ZANUS, M. C..
A liberação dos terpenos em uvas moscatéis, pela ação de glicosidases das leveduras, pode aumentar e/ou modificar o aroma de vinhos. Este experimento comparou as características sensoriais de vinhos BRS Lorena (Malvasia Bianca x Seyval) elaborados com diferentes leveduras.
Tipo: Parte de livro Palavras-chave: BRS Lorena; Análise sensorial; Anais; Iniciação cientifica; IC; CNPUV; Análise Química; Aroma; Enologia; Vinho.
Ano: 2008 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/543279
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Aromas de vinhos Sauvignon Blanc elaborados com diferentes leveduras. Repositório Alice
MILANI, E.; ZANUS, M. C.; ZORZAN, C.; TONIETTO, J..
Resumo.
Tipo: Parte de livro Palavras-chave: Levedura; Sauvignon Blanc.; Aroma; Enologia; Variedade; Vinho..
Ano: 2008 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/543191
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
As Indicações Geográficas de vinhos do Rio Grande do Sul. Repositório Alice
TONIETTO, J.; FALCADE, I.; GUERRA, C. C.; ZANUS, M. C..
As indicações geográficas (IG) no Brasil tiveram início no Rio Grande do Sul, através da estruturação da Indicação de Procedência (IP) Vale dos Vinhedos para vinhos. Esta novidade representou uma inovação, que foi apropriada pelo setor vitivinícola e, posteriormente, por diversos outras IGs de produtos no país. As ações de estímulo ao uso desse ativo de propriedade industrial foram feitas sobretudo a partir dos anos 1990 (Tonietto, 1993; Tonietto, 1994; Falcade & Tonietto, 1995), antes mesmo da promulgação da Lei de Propriedade Industrial (LPI) - Lei nº 9.279/1996 (Brasil, 1996), que introduziu, no Brasil, a possiblidade da proteção positiva das indicações geográficas (Brasil, 1996).
Tipo: Parte de livro Palavras-chave: Indicações geográficas (IG); Brasil; Rio Grande do SUl; Vinho.
Ano: 2022 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1142177
Registros recuperados: 241
Primeira ... 123456789 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional