Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 3
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeito da prednisona em lesão medular aguda experimental em ratos Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Silva,C.M.O.; Melo,E.G.; Almeida,A.E.R.F.; Gomes,M.G.; Silva,C.H.O.; Rachid,M.A.; Verçosa Júnior,D.; Vieira,N.T.; França,S.A..
Foram utilizados 25 ratos (Rattus novergicus) submetidos a trauma experimental da medula espinhal, empregando-se aparelho estereotáxico com um peso de 50,5g comprimindo a duramáter durante cinco minutos. Após o trauma, os animais foram divididos em cinco grupos de cinco. O grupo A (controle) recebeu placebo oito horas após o trauma; os grupos B, C, D e E receberam prednisona oito, 24, 48 e 120 horas após o trauma, respectivamente. A prednisona foi administrada na dose inicial de 2mg/kg, durante cinco dias, com diminuição progressiva até o 26º dia. Os animais foram avaliados conforme a capacidade motora, posicionamento proprioceptivo, reflexo de localização, plano inclinado e sensibilidade dolorosa. Após 33 dias da cirurgia, foram sacrificados para...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Rato; Prednisona; Modelo experimental; Lesão medular.
Ano: 2008 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352008000300018
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeitos dos glicosaminoglicanos e sulfato de condroitina A sobre a cartilagem articular normal e com doença articular degenerativa em cães Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Vieira,N.T.; Melo,E.G.; Rezende,C.M.F.; Gomes,M.G.; Caldeira,F.M.C.; Jesus,M.C..
Avaliaram-se os efeitos dos precursores dos glicosaminoglicanos (GAG) e do sulfato de condroitina A (SC) sobre a histomorfometria da cartilagem articular normal ou de cartilagem de cães com doença articular degenerativa (DAD) experimental. Os grupos experimentais constituíram-se de animais com articulação direita normal, que não foi submetida a procedimento cirúrgico, e com articulação esquerda osteoartrótica e que foi submetida à intervenção cirúrgica. Os grupos foram subdivididos em animais com articulação não tratada e tratada, portanto: normais (N) (n=5), NGAG (n=5) e NSC (n=4); e osteoartróticos (O) (n=5), OGAG (n=5) e OSC (n=4). Secções de cartilagens do fêmur, da tíbia e da patela foram utilizadas neste estudo. Nos normais (N, NGAG e NSC), não se...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Cão; Doença articular degenerativa; Precursores de glicosaminoglicanos; Sulfato de condroitina; Cartilagem articular.
Ano: 2010 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352010000500014
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Pós-operatório tardio da substituição do ligamento cruzado cranial no cão Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Penha,E.M.; Rezende,C.M.F.; Melo,E.G.; Doretto,J.V.; Araújo,F.A.; Vieira,N.T..
Realizaram-se avaliações radiográfica e clínica pós-cirúrgica tardia da substituição do ligamento cruzado cranial (LCCr) por fáscia lata autógena em casos de ruptura clínica em 14 cães, de ambos os sexos, com massa corporal média de 28,6kg e idade média de 68 meses. As articulações tratadas constituíram o grupo tratado e as contralaterais o grupo-controle, totalizando 28 articulações estudadas. O tempo médio entre o aparecimento dos sintomas e a cirurgia foi de cinco meses e 15 dias e o decorrido entre a cirurgia e a avaliação pós-cirúrgica, 14 meses. Deambulação normal foi vista em 57,1% e claudicação discreta em 32,9% dos casos tratados. Nestes foram observados crepitação, dor, redução da amplitude de movimento articular e do diâmetro da coxa. Ausência...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Cão; Pós-operatório; Ligamento cruzado cranial.
Ano: 2007 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352007000500014
Registros recuperados: 3
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional