Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 11
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
A etnobotânica na dinâmica da conservação de mandiocas crioulas em comunidades da baixada cuiabana, Mato Grosso. Repositório Alice
FIGUEREDO, P. E.; ZANETTI, G. T.; HOOGERHEIDE, E. S. S..
A região da Baixada Cuiabana (BC), ao norte do Pantanal Mato-Grossense, é composta por mais de dez mil agricultores familiares, que mantém um rico acervo de etnovariedades de mandioca e outros cultivos. Buscou-se, por meio da abordagem etnobotânica, proporcionar o reconhecimento de produtos agroalimentares, compreender a importancia da variabilidade mantida e, a dinâmica dos agricultores de pequena escala com relação ao uso e conservação on farm. Os estudos etnobotânicos foram realizados em seis comunidades localizadas nos municípios de Cuiabá, Poconé e Jangada, que utilizavam e conservavam a mandioca de modo tradicional. Foram aplicados questionários semiestruturados e os resultados avaliados mediante análises descritivas. Contabilizaram-se nessas seis...
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Mato Grosso; Baixada Cuiabana; Mandioca.
Ano: 2018 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1104319
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Agrobiodiversidade dos quintais das comunidades de Sinop, Mato Grosso: um enfoque para as plantas medicinais Repositório Alice
FIGUEREDO, P. E.; ZANETTI, G. T.; HOOGERHEIDE, E. S. S..
Introdução: Os quintais são áreas no entorno das casas que mantem diversas espécies florestais e agrícolas, e entre elas as plantas de uso medicinal, bem como animais de pequeno porte, que são utilizadas para a complementação de alimentos e outros recursos necessários à subsistência do agricultor. Objetivo: O objetivo deste trabalho foi realizar o diagnóstico das espécies da agrobiodiversidade, com destaque para as plantas de uso medicinal, existentes nos quintais de agricultores das comunidades do município de Sinop, estado do Mato Grosso. Metodologia: O estudo foi realizado durante o ano de 2018/19. A identificação dos agricultores foi feita mediante a visita nas feiras livres do município, bem como com o apoio da prefeitura municipal de Sinop. Foram...
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Mato Grosso; Sinop; Comunidade São Rafael; Comunidade Adalgiza; Comunidade Brígida; Comunidade Nossa senhora de Fátima; Comunidade Branca de Neve; Comunidade São Cristóvão; Hortelã; Capim cidreira; Comunidade Rural; Planta Medicinal; Hortelã do Campo; Babosa; Alecrim; Conservação; Lamiaceae; Asteraceae.
Ano: 2019 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1110421
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Agrobiodiversidade em quintais agroflorestais de sinop: usos e conservação. Repositório Alice
FIGUEREDO, P. E.; NORBERTO, R. L. de S.; ZANETTI, G. T.; HOOGERHEIDE, E. S. S..
Os quintais agroflorestais são sistemas que favorecem a conservação da agrobiodiversidade. O estudo teve como objetivo classificar a agrobiodiversidade de propriedades da zona rural em torno dos municípios de Sinop, estado do Mato Grosso. A coleta de dados foi realizada através do questionário em entrevistas semi-estruturadas e a técnica da lista livre. O estudo envolveu dez quintais agroflorestais, tendo sido entrevistadas dez pessoas (adultos, sendo 80% do sexo feminino e 20% do sexo masculino). A maioria são imigrantes que vieram do Sul do país a mais de 20 anos. Quanto à escolaridade, 40% dos informantes possuem o ensino fundamental de completo à incompleto, e 60% não possuem escolaridade. Foram citadas 169 plantas pelos agricultores, sendo que algumas...
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Agrobiodiversidade; Mato Grosso; Sinop-MT; Zona Rural; Conservação.
Ano: 2019 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1119790
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Caracterização de variedades de mandioca cultivadas no estado do Mato Grosso. Repositório Alice
FIGUEREDO, P. E.; ZANETTI, G. T.; SILVA, O. O. da; HOOGERHEIDE, E. S. S.; CEREDA, M. P.; VILPOUX, O..
A mandioca é uma das principais culturas utilizadas na agricultura familiar e, de grande importância para a segurança alimentar e econômica das famílias. Este trabalho teve por objetivo compreender os aspectos etnobotânicos, de modo a analisar os nomes dados pelos agricultores às variedades de mandioca, bem como a preferência regional para a coloração das raízes. Foram coletadas 104 variedades de mandioca em quatro municípios do Mato Grosso, sendo os dados analisados de modo descritivo. Quanto à denominação das mandiocas, o critério que foi preponderante foi a origem (por exemplo, a mandioca denominada Cuiabana), seguido de nomes relacionados à cor e também à semelhança de seres vivos. Para as características da cor das raízes, observou-se que a maioria...
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Mato Grosso; Acorizal; Caceres; Sinop; Alta Floresta; Casca; Etnobôtanica; Polpa; Mandioca; Agricultura Familiar.
Ano: 2018 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1105857
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Caracterização morfológica de mandiocas crioulas cultivadas em Sinop, Mato Grosso. Repositório Alice
ZANETTI, G. T.; ROSSI, A. A. B.; FIGUEREDO, P. E.; HOOGERHEIDE, E. S. S..
A mandioca (Manihot esculenta Crantz) cultivada por pequenos produtores sendo muito importante para o estado de Mato Grosso visto que é a segunda maior atividade da agricultura familiar. Este trabalho objetivou a caracterização morfológica de mandiocas crioulas cultivadas por agricultores da Comunidade São Rafael, situada na região periurbana de Sinop, MT, para compreender as preferências dos agricultores e subsidiar estratégias de conservação on farm. Foram coletadas 13 etnovariedades de mandioca para caracterização morfológica de raízes e folhas em três propriedades da Comunidade São Rafael. As amostras foram armazenadas no laboratório da Embrapa Agrossilvipastoril, Sinop, MT e, os dados foram avaliados de modo descritivo. Quanto aos atributos...
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Etnovariedade; Manihot esculenta Crantz; Comunidade Sao Rafael; Sinop; Mato Grosso; Manihot Esculenta; Agricultura Familiar.
Ano: 2019 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1113479
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Diversidade genética de mandiocas na região periurbana de Sinop, Mato Grosso, Brasil. Repositório Alice
FIGUEREDO, P. E.; TIAGO, A. V.; ZANETTI, G. T.; PINTO, J. M. A.; ROSSI, A. A. B.; HOOGERHEIDE, E. S. S..
PT-BR: A mandioca (Manihot esculenta Crantz) é uma das culturas mais utilizadas na agricultura familiar, principalmente no Estado de Mato Grosso, considerado um dos centros de diversidade da espécie. Este estudo avaliou a origem, tempo de conservação e a diversidade genética de mandiocas coletadas na região periurbana de Sinop-MT. Foram identificadas 17 etnovariedades na Comunidade São Rafael. O tempo de conservação das etnovaridades pelos agricultores variaram de 1,5 a 10 anos. Quanto à procedência, são oriundas do próprio local ou de municípios da região. Os oito primers de ISSR utilizados para análise da diversidade genética amplificaram 57 locus com 80,7% de polimorfismo e uma média de 7,12 bandas por primer ISSR, indicando a existência de alta...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Agricultura urbana; Conservação on farm; Agricultura Familiar; Traditional farming; Urban agriculture.
Ano: 2019 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1113281
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Estimativa de viabilidade polínica e índice meiótico de ochroma pyramidale. Repositório Alice
ZANETTI, G. T.; ROSSI, A. A. B.; HOOGERHEIDE, E. S. S.; ZORTÉA, K. E. M.; LIMA, J. dos S.; FIGUEREDO, P. E..
A viabilidade polínica é um indicativo da fertilidade masculina de plantas e pode ser determinada por meio de métodos colorimétricos com corantes químicos que reagem especi.camente com componentes celulares presentes no grão de pólen. Estes estudos são importantes para o entendimento da biologia reprodutiva das espécies e para auxiliar em programas de conservação e melhoramento. Portanto, objetivou-se estimar o índice meiótico e a viabilidade polínica de Ochroma pyramidale por meio de testes colorimétricos. Foram coletados botões "orais no estágio de pré-antese de seis indivíduos de O. pyramidale em três cidades mato-grossenses (Sinop, Itaúba e Alta Floresta). Para estimativa da viabilidade polínica, os grãos de pólen de cada um dos indivíduos foram...
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Sinop-MT; Itauba-MT; Alta Floresta-MT; Fertilidade; Meiose; Melhoramento; Melhoramento Genético Vegetal.
Ano: 2019 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1113453
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Etnobotânica de mandiocas cultivadas na comunidade são benedito, Mato Grosso. Repositório Alice
ZANETTI, G. T.; FIGUEREDO, P. E.; HOOGERHEIDE, E. S. S..
A agricultura de subsistência é a atividade predominante na comunidade rural São Benedito, localizada no município de Poconé, interior do Estado de Mato Grosso. A comunidade era composta por 81 pessoas, divididas em 23 unidades familiares, os agricultores cultivam banana, hortaliças, árvores frutíferas e mandioca para fabricação de farinha. A mandioca é uma espécie essencial para a segurança econômica, social, cultural e alimentar dessa comunidade. Assim, este estudo foi realizado em 2015 visando à caracterização etnobotânica de variedades crioulas de mandioca (Manihot esculenta Crantz). Os estudos etnobotânicos são relevantes, pois tem como base a relação entre o homem e a vegetação, e estuda a maneira como a população faz uso dos recursos naturais. Para...
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Comunidade São Benedito; Pocone-MT; Mato Grosso; Mandioca.
Ano: 2018 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1104322
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Protocolo para extração de DNA genômico de Ochroma Pyramidale. Repositório Alice
ZANETTI, G. T.; FIGUEREDO, P.; PINTO, J. M. A.; HOOGERHEIDE, E. S. S..
PT-BR: A espécie Ochroma pyramidale, conhecida como pau-de-balsa, é utilizada na recuperação de áreas degradadas. Na análise genética de populações de plantas, são essenciais o isolamento e a purificação de ácidos nucléicos de boa qualidade. Neste sentido, o objetivo deste estudo foi padronizar um protocolo para extração de DNA de folhas de O. pyramidale, viabilizando análises moleculares através de marcadores moleculares. Os testes de extração do DNA partiram do protocolo padrão de CTAB (brometo de cetiltrimetilamônio), utilizando concentrações de CTAB no tampão de extração (3 e 4%), concentrações de β-mercaptoetanol (0.2, 0.5, 1 e 2%) e, a maceração do tecido vegetal manual e mecânica ?fest-prep? por 1, 2 e 3 minutos. Os resultados demonstram...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: CTAB; ISSR; Protocolo; Extracao de DNA; Pau de Balsa; Ochroma Pyramidale.
Ano: 2018 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1098900
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Seleção de ochroma pyramidale visando propagação vegetativa. Repositório Alice
ZANETTI, G. T.; FIGUEREDO, P. E.; SANTIN, J. C.; BENDAHAN, A. B.; ROSSI, A. A. B.; BEHLING, M.; HOOGERHEIDE, E. S. S..
Ochroma pyramidale, conhecida como pau-de-balsa, é uma espécie arbórea nativa da região norte do país nos estados do Amazonas, Acre e Rondônia. É utilizada na recuperação de áreas degradadas, bem como em plantios comerciais devido ao potencial econômico da utilização da madeira, de baixa densidade (48 a 250 kg.m-3), na construção de hélices eólicas, laminados, isolante térmico e acústico. O Equador é o principal produtor e supre 90% do consumo mundial de madeira de pau-de-balsa. No Mato Grosso, os primeiros plantios foram realizados há cerca de dez anos. Porém, usaram-se mudas de diversas procedências e sem práticas silviculturais adequadas. Os resultados foram áreas com grande variabilidade nos padrões das árvores, como altura de fuste, diâmetro e...
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Pau-de-balsa; Guaranta do Norte-MT; Mato Grosso; Melhoramento; Melhoramento Genético Vegetal; Silvicultura; Madeira.
Ano: 2019 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1113456
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Utilização da agrobiodiversidade por comunidades da baixada cuiabana: um enfoque medicinal. Repositório Alice
ZANETTI, G. T.; HOOGERHEIDE, E. S. S..
Introdução: As comunidades agrícolas tendem a utilizar uma grande diversidade de plantas oriundas de diversos espaços ecológicos naturais ou manejados pelo homem, tais como áreas de vegetação nativa, quintais e roças. Dentre as espécies que compõem a agrobiodiversidade, as plantas medicinais despertam o interesse das populações rurais devido às suas potencialidades no tratamento de doenças humanas. Objetivo: Identificar e registrar a etnocategoria de espécies da agrobiodiversidade usadas como medicinais, nas comunidades São Benedito e Rio dos Couros, Mato Grosso. Metodologia: O estudo foi realizado nas comunidades São Benedito, situada em Poconé, e Rio dos Couros, em Cuiabá, ambos municípios integrantes da região denominada Baixada Cuiabana. Para auxiliar...
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Agrobiodiversidade; Baixada cuiabana; Comunidade agricola; Comunidade São Benedito; Comunidade Rio dos Couros; Boldo; Poejo; Nove horas; Douradão; Chico magro; Saúde Pública; Planta Medicinal; Doença; Erva de Santa Maria; Camomila; Arruda; Sucupira; Quina; Jucá; Papoula; Cravo; Douradinha; População Rural.
Ano: 2019 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1110418
Registros recuperados: 11
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional