Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: 

RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 31
Primeira ... 12 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Acesso livre. Repositório Alice
ZART, M.; FERNANDES, O. A.; BOTTON, M..
Pesquisadores apontam Anastrepha fraterculus, a mosca-das-frutas, como importante praga ddifusora de doenças nos parreiras. Os danos são causados pelas fêmeas, que perfuram o fruto para realizar a postura, e pelas larvas, que se alimentam da polpa e abrem caminho para a entrada de outros microorganismos causadores de podridões. Uma das alternativas para conter a praga é o emprego de isca tóxica, formulada com proteína hidrolisada e adição de inseticida fosforado registrado para a cultura.
Tipo: Artigo de periódico Palavras-chave: Praga d eplanta; MOsca-das-frutas; Monitoramento; Controle.; Doença de Planta; Uva; Vetor; Viticultura..
Ano: 2009 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/544124
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Avaliação da isca-tóxica como método de controle de anastrepha fraterculus (Wied) na cultura da videira. Repositório Alice
ZART, M.; HÄRTER, W. da R.; FERNANDES, O. A.; BOTTON, M..
A mosca-das-frutas sul americana Anastrepba fraterculus (Wiedemann, 1830) (Diptera:Tephritidae) é uma das principais pragas assocíadas a cultura da'videira.
Tipo: Separatas Palavras-chave: Mosca-das-frutas; Isca-tóxica; Controle Químico; Inseticida; Praga de Planta; Proteína Hidrolisada; Uva; Viticultura.
Ano: 2007 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/542356
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Avaliação da população de adultos de Anastrepha fraterculus (Wied.) em cultivo protegido de videira. Repositório Alice
CHAVARRIA, G.; ZART, M.; BOTTON, M.; SANTOS, H. P. dos; MARODIN, G. A. B..
A mosca-das-frutas sul-americana Anastrepha fraterculus (Wiedemann, 1830) (Diptera: Tephritidae) é considerada praga-chave da viticultura na Região Sul do Brasil. Porém, não existem informações disponiveis sobre a incidência desta praga em videiras cultivadas com cobertura plástica, que auxiliem os produtores a definir o manejo adequado da praga.
Tipo: Parte de livro Palavras-chave: Mosca-das-frutas; Cobertura plástica; Cultivo Protegido; Praga de Planta; Uva; Viticultura.
Ano: 2007 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/542164
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Avaliação de estacas para produção de mudas a partir de videiras infestadas e não infestadas por pérola-da-terra. Repositório Alice
DENARDI, D.; ZART, M.; SANTOS, H. P. dos; SOUZA, D. A.; SOUSA, P. V. D. de; BOTTON, M..
Este trabalho teve por objetivo avaliar a qualidade de estacas lenhosas produzidas a partir de videiras infestadas e não infestadas por pérola-da-terra.
Tipo: Parte de livro Palavras-chave: Pérola-da-terra; CNPUV.; Anais; Iniciação cientifica; IC; Viticultura; Uva; Propagação vegetativa; Praga de planta; Estaca..
Ano: 2011 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/908452
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Avaliação de inseticidas neonicotinóides para o controle da mariposa-oriental Grapholita molesta (Busck) (Lepidoptera: Tortricidae) em laboratório e pomar comercial de maçã com infestações artificiais. Repositório Alice
ARIOLI, C.; ZART, M.; GARCIA, M.; BOTTON, M..
Disponível também no formato online.
Tipo: Artigo de periódico Palavras-chave: Mariposa-oriental; Controle Químico; Fruticultura; Inseticida; Maçã; Praga de Planta.
Ano: 2007 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/542209
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Avaliação de inseticidas visando ao controle da mariposa oriental Grapholita molesta (Busck, 1916) (Lepidoptera: Tortricidae) na cultura da macieira. Repositório Alice
ZART, M.; HÄRTER, W. da R.; MULLER, C.; BOTTON, M..
A mariposa oriental Grapholita molesta (Busck, 1916) (Lepidoptera: Tortricidae) é considerada uma das principais pragas da macieira no Brasil.
Tipo: Separatas Palavras-chave: Controle; Fruticultura; Grapholita Molesta; Inseticida; Inseto; Maçã; Mariposa Oriental; Praga de Planta.
Ano: 2007 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/542332
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Avaliação do deslocamento horizontal e vertical de nematoide entomopatogênico (Heterorhabditis sp.) para o controle da cochonilha Dysmicoccus brevipes em laboratório. Repositório Alice
DONEZE, G. S.; ZART, M.; SOARES, E. A.; ITIMURA, C. R. B.; FELICIANO, D. C.; ALVES, V. S..
Tipo: Parte de livro Palavras-chave: Doença de planta; Entomologia.
Ano: 2015 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1066028
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Bioecologia e controle da mosca-das-frutas sul-americana Anastrepha fraterculus (Diptera: Tephritidae) na cultura da videira. Infoteca-e
ZART, M.; FERNANDES, O. A.; BOTTON, M..
Dentre os insetos que danificam as bagas da videira, a mosca-das-frutas sul-americana é a que apresenta maior importância no sul do Brasil. A espécie se destaca por ser uma das mais polífagas do gênero (registro em 67 espécies de plantas de 18 famílias botânicas) e possuir ampla distribuição no continente americano. este trabalho apresenta a descrição, bioecologia, sintomas, danos, monitoramneto e controle deste inseto sobre a videira.
Tipo: Circular Técnica (INFOTECA-E) Palavras-chave: Bioecologia; Mosca-das-frutas.; Controle; Viticultura; Uva; Praga de planta; Inseto; Dano; Sintoma..
Ano: 2009 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/579255
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Biology and fertility life table of the South American fruit fly Anastrepha fraterculus on grape. Repositório Alice
ZART, M.; FERNANDES, O. A.; BOTTON, M..
The South American fruit fly Anastrepha fraterculus (Wiedemann) (Diptera Tephritidae) was grown in the laboratory on two different table grape cultivars, ?Italia? (Vitis vinifera L.) and ?Niagara Rosada? (Vitis labrusca L.). In ?Niagara Rosada?, oviposition occurred but larvae did not develop. In ?Italia?, the duration in days (mean ± SE) and viability (%, given in parentheses) of the egg, larval and pupal stages were 3.01 ± 0.04 (61.75%), 21.95 ± 0.33 (8.25%) and 14.60 ± 0.09 (65.10%), respectively. The duration of the egg-to-adult period was 39.10 ± 0.45 days and the viability was 3.28%. The pupal weight was 15.10 ± 0.31 mg with a sex ratio (male:female) of 0.64. The pre-oviposition period was 11.77 ± 0.58 days with an average of 129.47 ± 16.38 eggs per...
Tipo: Artigo de periódico Palavras-chave: Itália; Niágara Rosada; Uvas do Brasil; Mosca-das-frutas; Viticultura; Uva; Praga de planta; Biologia; Fertilidade; Dano.
Ano: 2010 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/875098
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Caracterização do ano causado por Anastrepha fraterculus (Wiedemann, 1830) (Diptera, Tephritidae) em cultivares de videira. Repositório Alice
ZART, M.; HÄRTER, W. da R.; FERNANDES, O. A.; BOTTON, M..
A mosca-das-frutas sul-americana, Anastrepha fraterculus (Wledemann, 1830) (Diptera, Tephritidae), é a principal praga da fruticultura de clima temperado do sul do Brasil. Em relação à cultura da videira, poucas informações estão disponlveis sobre os danos causados pela praga, principalmente quando a cultura é destinada ao processamento. Neste trabalho foram caracterizadas as fases de suscetibilidade e a intensidade de injúrias causadas por A. fraterculus nas cultivares Cabemet Sauvlgnon e Moscato Embrapa.
Tipo: Parte de livro Palavras-chave: Mosca-das-frutas; Região de clima temperado; Caracterização; Dano; Praga de Planta; Uva; Viticultura.
Ano: 2007 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/542181
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Caracterização morfo-fisiológica de plantas de videira atacadas por pérola-da-terra. Repositório Alice
ZART, M.; CÉSARO, A. D.; SANTOS, H. P. dos; SOUZA, P. V. D. de.
A pérola-da-terra, Eurhizoccoccus brasiliensis (Hemiptera: Margarodidae), é uma importante praga da viticultura brasileira, relacionada a sintomas de declínio e morte de plantas. Apesar destas evidências, não há informações técnicas sobre a interação inseto-planta e como os sintomas se estabelecem. Este trabalho teve por objetivo expor os mecanismos fisiológicos relacionados à sintomatologia do ataque de pérola-da-terra. Foram utilizadas mudas de Cabernet Sauvignon enxertadas sobre Paulsen 1103 e plantas adultas de Isabel de pé franco em área comercial, avaliando-se os contrastes de desenvolvimento vegetativo, nutrição e metabolismo foliar de plantas sadias e infestadas pelo inseto. Foi observada redução significativa no desenvolvimento vegetativo das...
Tipo: Separatas Palavras-chave: Eurhizoccoccus brasiliensis; Pérola-da-terra; Interação inseto-planta.; Viticultura; Praga de planta; Controle integrado; Fisiologia; Uva; Vitis vinifera; Fotossíntese.; Viticulture; Grapes.
Ano: 2014 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1000931
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Comportamento fotossintético de videira 'Itália' em relação à disponibilidade hídrica sob cultivo protegido. Repositório Alice
FIALHO, F. B.; SILVA, L. C. da; SANTOS, H. P. dos; MARODIN. G. A. B.; BERGAMASCHI, H; FLORES, C. A.; ZART, M.; SOUZA, D. A..
A produção de uvas no Brasil se concentra principalmente nos estados do sul, sendo a Serra Gaúcha uma das principais regiões. Contudo, nesta região, há uma série histórica pluviométrica com tendência ao excesso no período de maturação e colheita, quando comparado às regiões vitícolas tradicionais de outros países (Westphalen, 2000). Diante deste cenário, nos últimos anos ocorreram grandes investimentos no cultivo protegido de videiras, principalmente em uvas de mesa, utilizando coberturas plásticas impermeáveis para prevenção de doenças fúngicas (Chavarria et al., 2007). Por outro lado, a cobertura plástica reduz a precipitação na linha de plantio e isto tem impulsionado muitos produtores a investirem também em sistemas de irrigação. Apesar desta garantia...
Tipo: Parte de livro Palavras-chave: Viticultura; Uva; Potencial hídrico; Produtividade; Cultivo protegido.
Ano: 2010 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/866888
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Controle de lagartas associadas à fruticultura de clima temperado com inseticidas reguladores de crescimento. Infoteca-e
BOTTON, M.; ARIOLI, C. J.; HÄRTER, W. da R.; ZART, M.; MULLER, C..
o termo reguladores de crescimento de insetos (Insect Growth Regulators - IGR) tem sido empregado para aqueles inseticidas que impedem o desenvolvimento normal dos insetos, afetando seu crescimento, reprodução e metamorfose. No caso da fruticultura de clima temperado do Brasil, encontram-se em fase de pesquisas inseticidas reguladores de crescimento que imitam o hormônio juvenil (piriproxifen), aceleram a ecdise (metoxifenozide e tebufenozide) e inibem a síntese de quitina (flufenoxurom, lufenurom e novalurom). Como os reguladores de crescimento atuam sobre os insetos principalmente após a ingestão, somente as espécies que se alimentam de superfícies tratadas (folhas e frutos) são afetadas, o que auxilia na preservação dos inimigos naturais resultando numa...
Tipo: Artigo de divulgação na mídia (INFOTECA-E) Palavras-chave: Reguladores de crescimento de Insetos; Controle; Fruticultura; Inseticida; Inseto; Lagarta; Maçã; Praga; Regulador de Crescimento.
Ano: 2007 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/541856
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeito de diferentes doses de extrato de alho na superação de dormência de Caberbet Sauvignon (Vitis vinifera L.). Repositório Alice
MARINI, J.; SANTOS, H. P. dos; SOUZA, D. A.; ZART, M.; SILVA, L. C. da.
A videira em condições de clima temperado depende de frio constante para a superação de dormência das gemas, sendo prejudicada por invernos amenos. Com isso, os produtores adotam a pulverização de cianamida hidrogenada (produto altamente tóxico) para uniformizar a brotação, floração e, consequentemente, a produção. Este trabalho teve por objetivo testar produtos alternativos e de baixa toxidez que induzem a brotação uniforme em videiras. O experimento foi realizado na área experimental da Embrapa Uva e Vinho, Bento Gonçalves, RS, a 29°09?44? S, 51°31?50 ? O e altitude de 640 m, na safra 2009/2010.
Tipo: Parte de livro Palavras-chave: Extrato de alho; Quebra de dormência; Produto alternativo; Baixa toxicidez; Anais; Iniciação cientifica; IC; CNPUV; Viticultura; Uva; Dormência; Brotação.
Ano: 2010 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/870418
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeito de formulações de dimetoato e de iscas tóxicas para controle Anastrepha fraterculus (Wied) (Díptera: Tephritidae). Infoteca-e
BOTTON, M.; ZART, M.; MEIRELLES, R.; FORNARI, R..
A mosca-das-frutas sul americana Anastrepha fraterculus (Figura 1) é um dos insetos mais prejudiciais à fruticultura do Sul do Brasil. Os danos são causados tanto pela oviposição dos adultos como pelas larvas (Figura 2).
Tipo: Artigo de divulgação na mídia (INFOTECA-E) Palavras-chave: Mosca-das-frutas; Conttrole; Isca tóxica; Dimetoato; Fruticultura; Maçã; Praga de Planta.
Ano: 2007 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/541981
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeito de formulações de dimetoato no controle de larvas de Anastrepha fraterculus (Wiedemann, 1830) (Diptera: Tephritidae) em laboratório. Repositório Alice
MEIRELLES, R. N.; ZART, M.; FORNARI, R.; BOTTON, M..
O diometato é um dos inseticidas mais utilizados para o controle de Anastrepha fraterculus (Wied.) devido à eficiência, baixo custo e reduzida carência. Entretanto, é frequente o questionamento dos técnicos e produtores quanto à eficácia biológica do produto em função da formulação comercial. Neste trabalho foi avaliado o efeito das formulações comerciais de dimetoato disponiveis no mercado brasileiro para o controle de larvas de A. frateroulus em laboratório. O experimento foi realizado com insetos provenientes da criação mantida no Laboratório de Entomologia da Embrapa Uva e Vinho (temperatura de 23 ± 3°C, umidade relativa de 70 +/- 10% e fotoperíodo de 14 horas).
Tipo: Parte de livro Palavras-chave: Dimetoato; Anais; Iniciação cientifica; IC; CNPUV; Anastrepha Fraterculus; Controle Químico; Fruticultura; Inseticida; Lagarta; Maçã; Praga de Planta.
Ano: 2007 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/542141
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeito de inseticidas neonicotinóides sobre lagartas de Bonagotta salubricola (Meyrick, 1937) (Lepidoptera: Tortricidae) em laboratório. Repositório Alice
MORANDI FILHO, W. J.; ZART, M.; FORNARI, R.; BOTTON, M..
A lagarta-enroladeira Bonagota salubricola é considerada uma das principais pragas da macieira no Brasil.
Tipo: Separatas Palavras-chave: Lagarta-enroladeira; Controle Químico; Fruticultura; Inseticida; Inseto; Maçã; Praga de Planta.
Ano: 2007 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/542352
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeito do óleo de nim sobre Planococcus citri (Risso, 1813) (Hemiptera: Pseudococcidae) e Anastrepha fraterculus (Wiedemann, 1830) (Diptera: Tephritidae) na cultura da videira. Repositório Alice
BERTIN, A.; ZART, M.; BOTTON, M.; MORANDI FILHO, W. J..
Dentre os principais insetos pragas associados a cultura da videira destavam-se a cochonilha algodonosa Planococcus citri (Risso) (Hemiptera: Pseudococcidae) e a mosca-das-frutas-sulamericana Anastrepha fraterculus (Wied.).
Tipo: Separatas Palavras-chave: Cochonilha algodonosa; Mosca-das-frutas; Controle; Inseticida orgânico; Anais; Iniciação cientifica; IC; CNPUV; Nim; Praga de Planta; Uva; Viticultura.
Ano: 2007 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/542383
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Flutuação populacional de adultos de Anastrepha fraterculus (Wied.) em cultivo protegido e convencional de videira. Repositório Alice
CHAVARRIA, G.; ZART, M.; BOTTON, M.; SANTOS, H. P. dos; MARODIN, G. A. B..
RESUMO - A mosca-das-frutas sul-americana, Anastrepha fraterculus (Wiedemann, 1830) (Diptera: Tephritidae), é considerada praga-chave das fruteiras de clima temperado na região Sul do Brasil. No entanto, poucas informações encontram-se disponíveis quando a espécie está associada à cultura da videira. Neste trabalho, foi avaliado o efeito da cobertura plástica sobre a população de adultos de A. fraterculus durante o ciclo de cultivo da videira cv. Moscato Giallo. O experimento foi conduzido nos ciclos de 2005/06 e 2006/07, em vinhedo comercial localizado em Flores da Cunha-RS (latitude 29° 06? sul, longitude 51° 20? oeste e altitude de 541 m), coberto com plástico impermeável tipo ráfia (160 µm) de 12 fileiras com 35 m, deixando-se cinco fileiras sem...
Tipo: Artigo de periódico Palavras-chave: Monitoramento; Moscato Giallo; Flores da Cunha; Viticultura; Uva; Plasticultura; Cultivo protegido; Mosca das frutas; Flutuação Populacional.
Ano: 2009 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/574027
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Grau de metil esterificação de pectinas em raízes de videira por anticorpo JIM7 como indicador de tolerância à pérola-da-terra. Repositório Alice
ZART, M.; MASTROBERTI, A. A.; SANTOS, H. P. dos; MARIATH, J. E. de A.; SOUZA, P. V. D..
Tipo: Parte de livro Palavras-chave: Pectinase; Anticorpo JIM7; Pérola-da-terra.; Viticultura; Uva; Praga de planta; Enzima..
Ano: 2012 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/945035
Registros recuperados: 31
Primeira ... 12 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional