Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 27
Primeira ... 12 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Adição de Lipídios na Ração de Vacas Leiteiras: Parâmetros Fermentativos Ruminais, Produção e Composição do Leite R. Bras. Zootec.
Vargas,Luiz Henrique; Lana,Rogério de Paula; Jham,Gulab Newamdram; Santos,Ferlando Lima; Queiroz,Augusto César de; Mancio,Antônio Bento.
Objetivou-se avaliar o efeito de dois níveis de lipídios (3 e 7%) na dieta de vacas em lactação e, dentro do nível de 7% avaliar duas fontes de lipídios (grão de soja moído e óleo de soja), sobre a produção e composição do leite, os parâmetros ruminais, a atividade de produção de amônia pela microbiota ruminal e o consumo de MS. Foram usadas seis vacas multíparas holandesas, puras e mestiças, com 500 kg de peso corporal, 30 dias pós-parto e produção média de 20 litros de leite/dia, distribuídas em dois quadrados latinos 3x3. Cada período experimental teve duração de 23 dias, sendo 16 dias para adaptação à dieta e sete dias para coleta de amostras ruminais. A produção de leite foi medida diariamente duas vezes, do 15º ao 23º dia de cada período...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Ácidos graxos voláteis; Consumo; Fermentação; PH; Rúmen.
Ano: 2002 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-35982002000200029
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Alterações morfológicas induzidas por butirato, propionato e lactato sobre a mucosa ruminal e a epiderme de bezerros: I Aspectos histológicos Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Costa,S.F.; Pereira,M.N.; Melo,L.Q.; Resende Júnior,J.C.; Chaves,M.L..
Dezessete bezerros foram utilizados para avaliar o efeito de ácidos graxos voláteis (AGV) sobre a morfologia ruminal, a epiderme do plano nasolabial, a epicera e o perioplum, e para validar a execução de biópsias tegumentares como indicadores de alterações da mucosa ruminal. Os animais receberam infusões intra-ruminal de butirato, propionato, lactato ou salina (controle) durante 37 dias. A insulina sorológica foi dosada no 22º dia experimental nos tempos de 0, 90, 180 e 360 minutos em relação à infusão diária da manhã. No 89º dia de vida, após o abate, foram coletados fragmentos ruminais e epidérmicos. Todos os AGV induziram aumento proporcionalmente maior no peso do ruminorretículo que no peso do omaso, sendo o butirato aparentemente mais estimulador da...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Bezerro; Ácidos graxos voláteis; Plano nasolabial; Epicera; Perioplum.
Ano: 2008 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352008000100001
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Alterações morfológicas induzidas por butirato, propionato e lactato sobre a mucosa ruminal e epiderme de bezerros: II. Aspectos ultra-estruturais Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Costa,S.F.; Pereira,M.N.; Melo,L.Q.; Caliari,M.V.; Chaves,M.L..
Avaliou-se o efeito de ácidos graxos voláteis (AGV) sobre a integridade do epitélio no rúmen, no plano nasolabial, na epicera e no perioplum traseiro e dianteiro de bezerros e validou-se a feitura de biópsias tegumentares como indicadores de alterações morfológicas da mucosa ruminal. Dezessete bezerros, com sonda no rúmen, receberam infusões intra-ruminais de AGV ou salina, durante 37 dias. Aos 89 dias de vida, após o abate, foram colhidas amostras dos tecidos. Os AGV aumentaram a área de epitélio total e a área de células metabolicamente ativas no epitélio ruminal, embora o butirato não tenha induzido ao desenvolvimento papilar. A área de epitélio não queratinizado no plano nasolabial foi reduzida pela infusão de AGV. Butirato e lactato foram mais...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Bezerro; Ácidos graxos voláteis; Plano nosolabial; Epicera; Perioplum.
Ano: 2008 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352008000100002
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Avaliação da monensina administrada pela forma convencional ou por dispositivo de liberação lenta (bólus) em bovinos alimentados com forragens de baixo valor nutritivo e suplementados ou não com uréia R. Bras. Zootec.
Rodrigues,Paulo Henrique Mazza; Peixoto Júnior,Kleber da Cunha; Morgullis,Sérgio Carlo Franco; Silva,Estela Jorge Alves da; Meyer,Paula Marques; Pires,Alexandre Vaz.
Foi objetivo desta pesquisa avaliar os efeitos da monensina sódica administrada pela forma convencional ou por dispositivo de liberação lenta sobre o perfil fermentativo ruminal de bovinos alimentados com volumosos de baixo valor nutritivo e suplementados ou não com nitrogênio não-protéico. Doze fêmeas bovinas (736 kg de PV) fistuladas no rúmen foram distribuídas em blocos em função do peso vivo, utilizando-se dois períodos sucessivos de 28 dias cada (24 unidades experimentais). O arranjo de tratamentos - combinados com a presença ou ausência de suplementação diária de 20 g uréia/100 kg PV - correspondeu ao fatorial 3 x 2, no qual duas formas de administração de monensina (convencional ou dispositivo de liberação lenta), na dose de 300 mg/anim.dia, foram...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Ácidos graxos voláteis; Degradabilidade; Ionóforos; Ruminantes.
Ano: 2007 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-35982007000800030
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Avaliação da silagem de bagaço de laranja com diferentes aditivos por intermédio dos parâmetros de fermentação ruminal de ovinos e contribuição energética dos ácidos graxos voláteis R. Bras. Zootec.
Ítavo,Luís Carlos Vinhas; Santos,Geraldo Tadeu dos; Jobim,Clóves Cabreira; Voltolini,Tadeu Vinhas; Ferreira,Camila Celeste Brandão.
O bagaço de laranja, com aditivo enzimático microbiano, ácidos fórmico e acético, ensilado por 70 dias, em tubos de concreto com capacidade de 700 kg, foi avaliado por intermédio dos parâmetros de fermentação ruminal, em ensaio experimental realizado com ovinos, machos, alojados em gaiolas metabólicas. O alimento fornecido foi feno de aveia (70%) e silagem de bagaço de laranja (30%), com base na MS. O fluido ruminal foi coletado por sonda esofagiana nos tempos 2, 5 e 8 horas após o fornecimento do alimento e antes da alimentação, tomado como tempo zero (0). Foram avaliados pH, N amoniacal, ácidos graxos voláteis (acético, propiônico e butírico) e contribuição energética desses ácidos em kcal. Não houve diferença entre os tratamentos para os parâmetros...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Ácidos graxos voláteis; Aditivos; Bagaço de laranja; N amoniacal; PH ruminal; Subprodutos.
Ano: 2000 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-35982000000500030
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Avaliação das silagens de quatro cultivares de sorgo sob três doses de nitrogênio. I. características fermentativas e densidades da silagem, produção de gases e efluentes. Repositório Alice
FRANÇA, A. F. de S.; OLIVEIRA, R. de P.; MELLO, S. Q. S.; SOARES, T. V.; MIYAGI, E. S.; OLIVEIRA, E. R. de; RODRIGUES, J. A. S.; RODRIGUES FILHO, O.; BERNARDES, M. Q..
O trabalho teve como objetivo avaliar as características fermentativas, as densidades no momento de enchimento (Den) e da abertura dos silos (Dab), produção de gás e efluentes (EfI) da silagem de quatro cultivares de sorgo forrageiro sob doses crescentes de nitrogênio. Decorridos 111 dias de crescimento vegetativo, procedeu-se o corte e ensilagem dos híbridos no estágio pastoso tendendo para o farináceo. Como silos experimentais foram utilizados baldes plásticos (mini-silos) com capacidade para 15 litros. Os silos foram abertos em 10/05/2005, retirando-se uma sub-amostra de 500 g para extração do suco da silagem para determinação do pH e os ácidos graxos voláteis. Para o ácido acético as cultivares e tratamentos não diferiram (P>0.05), exceto para a...
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Ácidos graxos voláteis; Adubação; Ensilagem; PH.
Ano: 2006 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/491052
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Avaliação de colheita de líquido ruminal por fístula ou sonda esofágica em bovinos Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Salles,M.S.V.; Zanetti,M.A.; Del Claro,G.R.; Netto,A.S.; Franzolin,R..
Estudaram-se os efeitos do método de colheita de líquido ruminal, por sonda ou fístula ruminal, e do momento de colheita, antes e depois da alimentação, sobre a concentração e proporção de AGVs, concentração de nitrogênio amoniacal, concentração de minerais e pH do líquido ruminal, utilizando-se quatro bovinos machos da raça Nelore, com fístula ruminal e peso médio de 237kg. Observou-se maior concentração total de ácidos graxos voláteis no líquido colhido por fístula antes e depois da alimentação. Maior porcentagem de ácido acético, menor de ácido propiônico e butírico, menor concentração de nitrogênio amoniacal, maior valor do pH e menor concentração de cálcio, de fósforo e de potássio foram obtidas no líquido colhido por sonda esofagiana. Tanto o líquido...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Ácidos graxos voláteis; Minerais; Nitrogênio amoniacal; PH.
Ano: 2003 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352003000400008
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Desempenho produtivo e atividade microbiana cecal de coelhos alimentados com dietas contendo diferentes níveis de amido R. Bras. Zootec.
Arruda,Alex Martins Varela de; Carregal,Ronaldo Dessimoni; Ferreira,Renato Gonçalves.
Com o objetivo de avaliar a influência do amido dietético sobre o rendimento produtivo e a atividade microbiana cecal de coelhos em crescimento, quatro dietas experimentais foram elaboradas de forma a conter níveis crescentes de amido (23, 28, 33 e 38% de amido total na base da MS), os quais foram fornecidos a 32 coelhos da raça Nova Zelândia Branco, distribuídos em gaiolas de engorda individuais, seguindo um delineamento em blocos casualizados. Houve efeito linear decrescente para consumo e conversão alimentar, em que valores de 108,67 g/d e 3,216, respectivamente, foram obtidos para os animais alimentados com 38% de amido dietético. No entanto, o ganho de peso e o rendimento de carcaça não foram influenciados pelos tratamentos. Por outro lado, os valores...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Ácidos graxos voláteis; Amido; Coelhos; Conversão alimentar; Nutrição.
Ano: 2000 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-35982000000300018
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Digestibilidade dos nutrientes e parâmetros ruminais de bovinos de corte alimentados com rações contendo bagaço de cana-de-açúcar obtido pelo método de extração por difusão ou por moagem convencional R. Bras. Zootec.
Rabelo,Mário Márcio Arakaki; Pires,Alexandre Vaz; Susin,Ivanete; Mendes,Clayton Quirino; Oliveira Junior,Reinaldo Cunha de; Ferreira,Evandro Maia.
Objetivou-se com este trabalho avaliar o efeito da utilização do bagaço de cana-de-açúcar in natura (BIN), obtido pelo método de extração do açúcar por difusão (BINdif) ou moagem convencional (BINmoa) como fonte de fibra íntegra, associado ao bagaço tratado sob pressão e vapor (BTPV) sobre a digestibilidade dos nutrientes e os parâmetros ruminais de bovinos de corte. Quatro machos da raça Nelore, não-castrados, com fístulas ruminais e peso vivo médio inicial de 380 kg, foram distribuídos em delineamento experimental quadrado latino 4 × 4. Os tratamentos foram compostos das combinações dos bagaços: 5% BINmoa + 45% BTPV; 5% BINdif + 45% BTPV; 10% BINdif + 40% BTPV; 15% BINdif + 35% BTPV. A utilização do BIN obtido por difusão, mesmo no nível mais elevado,...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Ácidos graxos voláteis; Fonte de fibra; Nelore; Subproduto.
Ano: 2008 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-35982008000900024
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Digestibilidade e parâmetros ruminais de dietas à base de forragem com adição de própolis e monensina sódica para bovinos R. Bras. Zootec.
Prado,Odimári Pricila Pires do; Zeoula,Lucia Maria; Moura,Lucimar Pontara Peres de; Franco,Selma Lucy; Prado,Ivanor Nunes do; Gomes,Hanna Carla Cardoso.
Avaliaram-se os efeitos da utilização de produtos contendo própolis em duas concentrações (B e C) e duas extrações alcoólicas (1 e 3) e de monensina sódica em dieta à base de forragem sobre o consumo, a digestibilidade total e parcial e as características ruminais em bovinos. Utilizaram-se quatro bovinos da raça Holandesa, castrados, com peso corporal de 221 ± 21 kg, canulados no rúmen, em delineamento experimental quadrado latino 4 × 4. As dietas experimentais foram constituídas de 72,5% de volumoso e 27,5% de concentrado e apresentaram 14,4% de PB e 67% de nutrientes digestíveis totais (NDT), diferindo apenas quanto à presença de aditivos. Os consumos médios de matéria seca e nutrientes, não foram afetados pelas dietas, exceto o de NDT, que foi maior nos...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Ácidos graxos voláteis; Digestibilidade parcial; Nitrogênio amoniacal; PH ruminal; Taxa de diluição.
Ano: 2010 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-35982010000600024
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeito da adição de própolis e monensina sódica na digestibilidade e características ruminais em bubalinos alimentados com dieta à base de forragem R. Bras. Zootec.
Prado,Odimári Pricila Pires do; Zeoula,Lucia Maria; Moura,Lucimar Pontara Peres de; Franco,Selma Lucy; Prado,Ivanor Nunes do; Jacobi,Guido.
Objetivou-se avaliar o efeito da administração de produtos à base de monensina sódica ou de própolis LLOSB3 e LLOSC1 em duas concentrações (B e C, em que B foi menos concentrado que C) e duas extrações alcoólicas (1 e 3, em que 1 foi menos concentrado que 3) sobre o consumo, a digestibilidade total e parcial e as características ruminais em bubalinos alimentados com dieta à base de forragem. Foram utilizados quatro búfalos castrados mestiços com 459,3 ± 44,5 kg em delineamento quadrado latino 4 x 4, com quatro dietas (controle, monensina, LLOSC1 e LLOSB3) e quatro períodos. A dieta continha 80% de volumoso (silagem de milho e feno de capim-tifton) e 20% de concentrado, com 11,1% de PB e 66% de nutrientes digestíveis totais (NDT). Os consumos de matéria...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Ácidos graxos voláteis; Aditivos; Consumo; Digestibilidade parcial; Nitrogênio amoniacal.
Ano: 2010 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-35982010000900026
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeito da suplementação com cultura de levedura na fermentação ruminal de bovinos de corte R. Bras. Zootec.
Gattass,Carlos Borges Assumpção; Morais,Maria da Graça; Abreu,Urbano Gomes Pinto de; Franco,Gumercindo Loriano; Stein,Joice; Lempp,Beatriz.
Este trabalho foi conduzido para avaliar os efeitos da inclusão de cultura de levedura (Saccharomyces cerevisiae cepa 1026) sobre os parâmetros da fermentação ruminal de bovinos de corte. Foram utilizados dez novilhos 1/2 Red Angus 1/2 Nelore, canulados no rúmen, mantidos em baias individuais alimentados com 50% de volumoso à base de silagem de sorgo e 50% de concentrado contendo casca de soja peletizada, sorgo em grão moído, uréia e núcleo protéico mineral (%MS). Utilizou-se o delineamento inteiramente casualizado, com dois tratamentos, que consistiram da inclusão ou não de Saccharomyces cerevisiae (1 g/100 kg PC) à dieta em duas das quatro refeições diárias. O pH, as concentrações ruminais de nitrogênio amoniacal (N-NH3), acetato, propionato, butirato e...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Ácidos graxos voláteis; Nitrogênio amoniacal; Novilhos; PH.
Ano: 2008 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-35982008000400018
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeito da suplementação de cobre e selênio na dieta de novilhos Brangus sobre o desempenho e fermentação ruminal Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Del Claro,G.R.; Zanetti,M.A.; Saran Netto,A.; Vilela,F.G.; Melo,M.P.; Correa,L.B.; Freitas Jr.,J.E..
Vinte e oito bovinos Brangus foram usados para determinar o efeito da suplementação de cobre e selênio no desempenho e na fermentação ruminal. Os animais foram divididos em: 1) C(Controle) - sem a suplementação de cobre e selênio; 2) Se - 2mg Se/kg de matéria seca na forma de selenito de sódio; 3) Cu - 40mg Cu/kg de matéria seca na forma de sulfato de cobre; 4) Se/Cu - 2mg Se/kg de matéria seca na forma de selenito de sódio e 40mg Cu/kg de matéria seca na forma de sulfato de cobre. As pesagens dos animais foram feitas em intervalos de 28 dias, após jejum completo de 18 horas. Foram colhidas amostras de líquido ruminal para análises de ácidos graxos voláteis e pH. O ganho de peso diário aumentou com a suplementação de Se (P<0,05). A ingestão de matéria...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Ácidos graxos voláteis; Fontes; Minerais; Nutrição; Ruminantes.
Ano: 2013 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352013000100036
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeitos da enramicina e da monensina sódica no consumo de matéria seca, na fermentação ruminal e no comportamento alimentar em bovinos alimentados com dietas com alto nível de concentrado R. Bras. Zootec.
Borges,Luiz Felipe de Onofre; Passini,Roberta; Meyer,Paula Marques; Pires,Alexandre Vaz; Rodrigues,Paulo Henrique Mazza.
Estudaram-se os efeitos da administração de enramicina e monensina sódica no consumo de matéria seca (MS), na fermentação ruminal e no comportamento alimentar de bovinos. Doze fêmeas bovinas não-gestantes e não-lactantes (675 ± 63 kg PC) foram distribuídas inteiramente ao acaso em três tratamentos, formados por um grupo controle, um grupo tratado com enramicina e outro tratado com monensina. Os animais foram alimentados com dieta contendo 60% de concentrado (milho, farelo de soja e minerais) e 40% de volumoso (cana-de-açúcar). A enramicina foi administrada na dose de 20 mg/animal/dia e a monensina na dose de 300 mg/animal/dia. O experimento teve duração total de 21 dias, de modo que o 21º dia foi utilizado para coleta de líquido ruminal, realizada às 0, 2,...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Ácidos graxos voláteis; Consumo; Ionóforos; Não-ionóforos; Ruminantes.
Ano: 2008 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-35982008000400014
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeitos da lasalocida sódica e proporção volumoso/concentrados sobre a fermentação ruminal em vacas secas Braz. J. Vet. Res. Anim. Sci.
RODRIGUES<A HREF="#nota">¹</A>,Paulo Henrique Mazza; LUCCI,Carlos de Sousa; CASTRO,Ari Luiz de.
Efeitos da lasalocida sódica e de diferentes proporções volumoso:concentrados foram estudados em experimento em Quadrado Latino 4 x 4, utilizando-se quatro fêmeas bovinas (500 kg P.V.) dotadas de cânulas ruminais. Os tratamentos foram dispostos em arranjo fatorial 2 x 2 com 40% ou 70% de volumoso (feno de Coast Cross) e zero ou 200 mg de lasalocida/animal/dia. Colheitas de líquido ruminal foram realizadas no 21º dia de cada subperíodo experimental às 0, 1, 2, 3, 4, 6 e 8 horas após a 1ª refeição. Observou-se interação entre tratamentos sobre a porcentagem molar de propionato e a relação acetato:propionato (p < 0,05): o emprego de menos volumoso aumentou o propionato em 19,0% na presença de lasalocida e 0,6% na sua ausência. Similarmente, a relação A:P...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Ionóforos; Ácidos graxos voláteis; Amônia; Ruminantes.
Ano: 2000 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-95962000000300014
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeitos de dietas com níveis crescentes de milho no metabolismo ruminal de energia e proteína em bubalinos R. Bras. Zootec.
Alves,Teresa Cristina; Franzolin,Raul; Rodrigues,Paulo Henrique Mazza; Alves,Ana Carolina.
Avaliaram-se os efeitos de dietas com níveis crescentes de milho em grão moído (0, 22, 37 e 49% na MS) em substituição ao feno de coast-cross mantendo-se diferentes relações proteína:carboidratos não-fibrosos (PB:CNF = 1,01; 0,39; 0,33 e 0,27) sobre o metabolismo ruminal de búfalos. Utilizaram-se quatro búfalos fistulados no rúmen, mantidos em delineamento quadrado latino 4 × 4, para a coleta de amostras do líquido ruminal, colhidas em cada período experimental (de 28 dias) nos tempos 0, 2, 4 e 8 horas após a alimentação. Em geral, os bubalinos apresentaram boa capacidade tamponante no rúmen, com pH médio alto (6,70) e aumento da ingestão de milho em grão moído. O acréscimo nos níveis de milho na dieta promoveu aumento da produção de ácido butírico....
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Ácidos graxos voláteis; Amônia; Búfalo; Carboidrato; PH rúmen; Rúmen.
Ano: 2009 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-35982009001000021
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeitos de dietas contendo Leucaena leucocephala e Saccharomyces cerevisiae sobre a fermentação ruminal e a emissão de gás metano em bovinos R. Bras. Zootec.
Possenti,Rosana Aparecida; Franzolin,Raul; Schammas,Eliana Aparecida; Demarchi,João José Assumpção de Abreu; Frighetto,Rosa Toyoko Shiraishi; Lima,Magda Aparecida de.
Este trabalho foi realizado com o objetivo de avaliar os efeitos do uso de leucena e levedura em dietas para bovinos sobre o metabolismo ruminal, incluindo o pH e as produções de ácido graxos voláteis (AGV), amônia e gás metano. Quatro bovinos machos com 800 kg e fistulados no rúmen foram mantidos em quadrado latino 4 × 4, em arranjo fatorial 2 × 2, composto de dois níveis de leucena (20 e 50% MS) e feno de capim coast-cross na presença ou ausência de levedura. Não houve influência das dietas nos valores médios de pH (média 6,82) e nas concentrações de amônia no rúmen, que variaram de 18 a 21 mg/100 mL. Houve interação entre níveis de leucena e levedura na concentração total de AGV. As dietas não diferiram quanto à concentração de ácido acético, mas os...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Ácidos graxos voláteis; Gases ruminais; Levedura; Metabolismo ruminal.
Ano: 2008 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-35982008000800025
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Influência da monensina no consumo e na fermentação ruminal em bovinos recebendo dietas com teores baixo e alto de proteína R. Bras. Zootec.
Oliveira,Marcus Vinicius Morais de; Lana,Rogério de Paula; Jham,Gulab N.; Pereira,José Carlos; Pérez,Juan Ramón Olaquiaga; Valadares Filho,Sebastião de Campos.
Foram utilizados quatro novilhos holandeses fistulados no rúmen e alimentados quatro vezes ao dia (8, 11, 14 e 17 h) com dietas contendo teores baixo e alto de proteína (baixo e alto), com e sem monensina, totalizando quatro dietas experimentais (tratamentos), com o intuito de se verificar a influência da monensina sobre o consumo e a fermentação ruminal. As dietas contendo teores de proteína possuíam, respectivamente, 11,4 e 16,5% de proteína bruta na matéria seca e eram constituídas por 65% de feno de capim-braquiária (Brachiaria decumbens) e 35% de concentrado, sendo o concentrado da dieta com baixo teor protéico à base de milho e uréia e o da dieta com alto teor protéico à base de milho e farelo de soja. O nível de ionóforo utilizado foi de 28 mg de...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Ácidos graxos voláteis; Amônia; Ionóforo; Ruminantes.
Ano: 2005 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-35982005000500038
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Inocuidade micotoxicológica e viabilidade de Aspergillus spp. com potencial probiótico provenientes do trato digestório bovino Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Abrão,F.O.; Duarte,E.R.; Pessoa,M.S.; Santos,V. L.; Rodriguez,N.M..
RESUMO Objetivou-se, com a presente pesquisa, avaliar a viabilidade de Aspergillus spp. com potencial probiótico durante o armazenamento e diante da pressão da microbiota autóctone, bem como a tolerância aos principais ácidos graxos da fermentação ruminal. Verificou-se também a inocuidade micotoxicológica desses isolados fúngicos cultivados em meio de cultivo sólido. Foram avaliados 20 isolados de Aspergillus spp., provenientes do trato gastrointestinal de bovinos criados em Urochloa decumbens lignificada. Esses fungos foram identificados por análise de sequências do DNAr e foram selecionados por apresentarem expressivo potencial celulolítico. O método vapor de amônia foi utilizado para detecção de cepas produtoras de micotoxinas. Os isolados foram...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Aditivo microbiano; Ácidos graxos voláteis; Micotoxinas; Probióticos; Bovinocultura.
Ano: 2018 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352018000601833
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Monensina para bezerros ruminantes em crescimento acelerado: 2. Digestibilidade e parâmetros ruminais R. Bras. Zootec.
Salles,Márcia Saladini Vieira; Lucci,Carlos de Sousa.
Os efeitos da suplementação de monensina nos parâmetros ruminais e na digestibilidade foram analisados após 120 dias de experimentação, utilizando-se 20 bezerros inteiros holandeses com peso e idade médios de 90,8 kg e 80 dias, respectivamente. Os tratamentos foram: 0; 0,4; 0,8; e 1,2 mg de monensina/kg PV. Com o aumento dos níveis de monensina, os valores ruminais de pH (5,97; 6,14; 6,36; e 6,48) elevaram-se e os de N-NH3 (45,54; 38,08; 28,39; e 24,17 mg %), ácido acético (36,55; 33,72; 35,62; e 26,35 mM) e ácido butírico (10,22; 7,27; 6,13; e 4,30 mM) e a quantidade total de ácidos graxos voláteis (79,07; 72,91; 73,44; e 58,57 mM) diminuíram no rúmen. A monensina proporcionou aumento dos coeficientes de digestibilidade aparente (CDEB com 50,51; 53,59;...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Bezerros; Ionóforos; PH; Amônia; Ácidos graxos voláteis; Nutrientes digestíveis.
Ano: 2000 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-35982000000200035
Registros recuperados: 27
Primeira ... 12 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional