Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 25
Primeira ... 12 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Análise da resistência/tolerância da cultivar de trigo BRS Timbaúva ao Barley Yellow Dwarf Virus - PAV. Repositório Alice
CEZARE, D. G. de; SCHONS, J.; LAU, D..
2011
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Luteovirus; B/CYDV; Afídeos; Aphids.
Ano: 2011 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/920934
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Avaliação de danos causados pelo Barley yellow dwarf virus: PAV em cultivares de trigo no Brasil Trop. Plant Pathol.
Lanzarini,Ariane C.; Schons,Jurema; Salvadori,José R.; Nienow,Alexandre A.; Nicolini-Teixeira,Fernanda; Binotto-Missiura,Francini; Deuner,Elaine.
Com o objetivo de avaliar os danos causados pelo Barley yellow dwarf virus - PAV (BYDV-PAV), em cinco cultivares de trigo (BRS 177, BRS 179, BRS 194, BRS Camboatá e BRS Angico), foi conduzido um experimento no telado da Embrapa-Trigo (Passo Fundo RS) no ano de 2005. Os danos induzidos pelo BYDV-PAV foram determinados por meio de análise de características agronômicas (estatura das plantas e massa de matéria seca) e do rendimento (número de afilhos, espigas e grãos por planta; massa de mil grãos). Os dados foram submetidos à análise de variância e as médias ao teste de Tukey a 5%. Danos significativos em função da infecção viral foram observados em todas as variáveis avaliadas. A característica agronômica mais afetada foi a massa de matéria seca, que variou...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/other Palavras-chave: Luteovírus; Afídeos; Triticum aestivum.
Ano: 2007 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-41582007000600011
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Avaliação de Pteridium aquilinum (Dennstaedtiaceae) e Urtica dioica (Urticaceae) como alternativas ao equilíbrio populacional de afídeos em cultivos orgânicos no Sul do Brasil. Repositório Alice
LOVATTO, P. B.; MAUCH, C. R.; LOBO, E. A.; SCHIEDECK, G..
bitstream/item/165224/1/Gustavo-Lovatto-et-al-2016-Avaliacao-de-Pteridium-aquilinum.pdf
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Urtiga; Samambaia; Afídeos; Brássicas; Saber popular.
Ano: 2017 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1077598
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Colonização de plantas de alho por Neotoxoptera formosana no DF Horticultura Brasileira
Melo Filho,Péricles de A.; Dusi,André N.; Costa,Cláudio Lúcio; Resende,Renato de O..
Plantas de alho da cv. Amarante, cultivadas em casa de vegetação para detecção da ocorrência de viroses, foram naturalmente infestadas por afídeos de coloração escura durante a primavera de 2001. Com o objetivo de identificar a espécie em questão foram coletados indivíduos alados, capturados com armadilha constituída por bandeja amarela com água, além de formas ápteras. A identificação da espécie foi feita segundo a chave descritiva elaborada por Blackman & Eastop (1984) e por comparação com espécimes de Neotoxoptera formosana e N. oliveri da coleção do Depto. Fitopatologia da Universidade de Brasília. O afídeo encontrado em alho pertence à espécie Neotoxoptera formosana Takahashi, 1921.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Allium sativum; Afídeos.
Ano: 2005 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-05362005000400013
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Considerações sobre o manejo do complexo afídeos / nanismo-amarelo em trigo, Independência/rs, 2018. Repositório Alice
Riffel, C. T.; LAU, D.; Caraffa, M.; Perkoski, A. A.; Copetti, C.; Bonamigo, L.; Tamiozzo, F..
Os afídeos figuram como importantes pragas nas mais diversas culturas. Porém na cultura do trigo e demais cereais de inverno são as principais pragas causadoras de danos. Sua importância se deve pelos impactos negativos causados pelos danos diretos e indiretos. Os danos diretos dizem respeito à sucção de seiva e ao depauperamento das plantas.
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Afídeos; Manejo do complexo afídeo; Trigo; Nanismo Amarelo; Praga; Praga de Planta; Cereal.
Ano: 2020 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1122993
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Consumo de Uroleucon ambrosiae (Thomas, 1878) (Hemiptera: Aphididae) por larvas de Chrysoperla externa (Hagen, 1861) (Neuroptera: Chrysopidae) em casa-de-vegetação Ciência e Agrotecnologia
Auad,Alexander M.; Freitas,Sérgio de; Barbosa,Leonardo R..
Com esta pesquisa objetivou-se verificar o consumo de Uroleucon ambrosiae em diferentes densidades, por larvas de Chrysoperla externa provenientes de diferentes regimes alimentares, em casa-de-vegetação. Ninfas de 3º e 4º ínstares do afídeo foram separadas nas densidades 30, 40 e 50, e colocadas nas plantas de alface (35 dias de idade), as quais, foram envolvidas por gaiola de armação de ferro de 27x27x26 cm cobertas com tecido “voil” e acoplada nos tubos de PVC do cultivo hidropônico. Quatro horas após, uma larva de C. externa, de diferentes ínstares e previamente alimentadas com U. ambrosiae ou ovos de Sitotroga cerealella (Olivier, 1819), foi liberada próximo à colônia de afídeos, sendo a gaiola fechada imediatamente; o mesmo procedimento foi adotado...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Insecta; Controle biológico; Crisopídeo; Afídeos.
Ano: 2003 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-70542003000300005
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Criação de Xenostigmus bifasciatus (Hymenoptera: Braconidae), parasitóide de Cinara spp (Hemiptera: Aphididae) em diferentes temperaturas. Repositório Alice
OLIVEIRA, S. de; REIS FILHO, W.; CALDATO, N..
2003
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Cinara atlantica; Cinara pinivora; Pulgãos-gigantes-do-pinus; Afídeos; Pinus.
Ano: 2003 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/308567
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Desenvolvimento de metodologia de criação e multiplicação de Aphis gossypii: avanços e sucessos. Repositório Alice
OLIVEIRA, J. E. de M.; DE BORTOLI, S. A.; SANTOS, R. F. dos; MOREIRA, A. N..
Estudos sobre as mais diversas formas de controle de pragas e utilização de inimigos naturais, exigem artrópodes em quantidade e qualidade.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Algodoeiro; Praga; Aphis gossypii; Afídeos; Multiplicação; Criação massal; Algodão; Cotton.
Ano: 2001 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/134215
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Diversidade e abundância de coccinelídeos em seis cultivares de algodoeiro (Gossypium hirsutum L.). Repositório Alice
MICHELOTTO, M. D.; SILVA, R. A. da; GUERREIRO, J. C.; BUSOLI, A. C..
O objetivo deste trabalho foi avaliar a diversidade e abundância de coccinelídeos em seis cultivares de algodoeiro. O experimento foi realizado em uma área cultivada com algodoeiro, na Fazenda de Ensino e Pesquisa da FCAV/UNESP, em Jaboticabal, São Paulo, Brasil. Foram realizadas sete amostragens de coccinelídeos (imaturos e adultos) em 10 plantas de cada cultivar. Foram observadas as seguintes espécies: Scymnus sp., Cycloneda sanguinea, Hippodamia convergens, Eriopis connexa e Hyperaspis sp.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Coccinellidae; Afídeos; Inimigos naturais.
Ano: 2003 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/345300
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeito do silício na resistência do sorgo (Sorghum bicolor) ao pulgão-verde Schizaphis graminum (Rond.) (Homoptera: Aphididae) Anais da SEB
Carvalho,Sérgio P.; Moraes,Jair C.; Carvalho,Janice G..
O objetivo foi avaliar o efeito do silício como indutor de resistência de plantas de sorgo ao pulgão-verde Schizaphis graminum (Rond.). Foram conduzidos testes de preferência, utilizando-se dois genótipos de sorgo, um suscetível e um resistente, com e sem aplicação de silício. O silício, na forma de solução de silicato de sódio (25,5 a 28,5% de SiO2) foi aplicado cinco vezes e a cada cinco dias, sendo a primeira 14 dias após a semeadura. Em cada aplicação foi adicionado 0,8ml da solução de silicato de sódio em 49,2ml de água para cada vaso, de modo que, ao final das aplicações, cada vaso recebeu 4ml de silicato de sódio. No teste de livre escolha os pulgões adultos foram liberados no centro de uma arena formada por quatro discos de folhas. No teste sem...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Insecta; Afídeos; Resistência induzida; Manejo de pragas.
Ano: 1999 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0301-80591999000300017
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Ensaio estadual de cultivares de trigo do Rio Grande do Sul 2018 - reação ao BYDV-PAV. Repositório Alice
LAU, D.; PEREIRA, P. R. V. da S.; CASTRO, R. L. de; Castro, R. L. de.
O nanismo-amarelo em cereais de inverno no Brasil é causado, predominantemente, pelo Barley yellow dwarf virus ? BYDV-PAV (Luteovirus, Luteoviridae) (Parizoto et al., 2013) e transmitido, principalmente, pelos afídeos Rhopalosiphum padi (Linnaeus, 1758), com ocorrências no outono e na primavera, e Sitobion avenae (Fabricius, 1775), com ocorrência na primavera (Parizoto et al., 2013). O potencial de dano deste complexo afídeo-vírus à produção de trigo resulta da interação entre o nível de tolerância/resistência das cultivares e a incidência da doença, sob a influência de condições meteorológicas. O objetivo deste trabalho foi avaliar o componente tolerância/resistência ao BYDV-PAV das cultivares de trigo do Ensaio Estadual de Cultivares de Trigo do Rio...
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Barley yellow dwarf virus (BYDV); BYDV-PAV; Afídeos; Cultivares de trigo; Trigo; Nanismo Amarelo; Cereal; Vírus; Luteovirus; Luteoviridae; Barley yellow dwarf virus-PAV; Barley yellow dwarf virus; Rhopalosiphum padi virus.
Ano: 2020 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1123081
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Incidência de mosca-minadora e insetos vetores em sistemas de manejo de pragas em tomateiro Rev. Ciênc. Agron.
Pratissoli,Dirceu; Carvalho,José Romário de; Pastori,Patrik Luiz; Bueno,Regiane Cristina Oliveira de Freitas; Zago,Hugo Bolsoni.
RESUMOOs artrópodes considerados vetores de viroses são pragas iniciais na cultura do tomateiro e possuem capacidade de causar danos diretos e indiretos, principalmente quando ocorrem falhas no manejo. O objetivo deste estudo foi estudar a incidência e infestação de vetores de viroses em dois sistemas de manejo de pragas em plantios de tomateiro estaqueado. O experimento foi conduzido em plantio de tomateiro da variedade 'Débora Mix', grupo Santa Clara, com espaçamento de 1,0 x 0,5 m (linhas x plantas), em condução com duas hastes (Tutoramento vertical). Os sistemas avaliados foram: Manejo Ecológico de Pragas (MEP) - monitoramento das pragas e tomada de decisão para a aplicação de inseticidas com base no nível de infestação e Convencionalcalendário de...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Pragas-manejo; Bemisia sp.; Liriomiza sp.; Frankliniella sp.; Afídeos.
Ano: 2015 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1806-66902015000300607
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Influência da densidade de Myzus persicae (Sulzer) sobre alguns aspectos biológicos e capacidade predatória de Chrysoperla externa (Hagen) - DOI: 10.4025/actasciagron.v28i2.1076 Agronomy
Barbosa, Leonardo Rodrigues; EMBRAPA, CNPF; Carvalho, César Freire; UFLA; Souza, Brigida; UFLA; Auad, Alexander Machado; EMBRAPA.
Avaliou-se a influência de diferentes densidades de, Myzus persicae criados em folhas de pimentão, Capsicum annum L. sobre os aspectos biológicos e a capacidade predatória de Chrysoperla externa (Hagen). Larvas recém-eclodidas do predador foram alimentadas com ninfas do pulgão, oferecidas nas densidades de 50% abaixo do consumo médio, o consumo médio diário e 50% acima desse consumo, sobre discos foliares de pimentão mantidos em placas de Petri à 25 ± 1ºC, UR de 70 ± 10% e fotofase de 12 horas. A densidade do pulgão influenciou o consumo de C. externa durante os ínstares e fase larval, ocorrendo maior consumo de presa em função do aumento da densidade. A duração de cada ínstar e da fase de larva foi maior quando a densidade de presa estava 50% abaixo do...
Palavras-chave: 5.01.02.00-1 Fitossanidade biologia; Crisopídeos; Afídeos; Pulgão verde 5.01.02.00-1 Fitossanidade.
Ano: 2006 URL: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciAgron/article/view/1076
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
População de afídeos de cereais de inverno em Coxilha/RS, dados de 2013-2014. Repositório Alice
VARGAS, L. V.; TOMÉ, A. C.; LAU, D.; MARSARO JÚNIOR, A. L..
2015
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Rhopalosiphum padi; Afídeos; Monitoramento.
Ano: 2015 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/1017991
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Primeiro registro de Aphis craccivora Koch 1854 (Hemiptera: Aphididae) sobre plantas daninhas em Santa Maria, RS Ciência Rural
Sturza,Vinícius Soares; Dequech,Sônia Thereza Bastos; Machado,Sérgio Luiz de Oliveira; Poncio,Sônia; Bolzan,Anderson; Guths,Candice.
Aphis craccivora Koch (Hemiptera: Aphididae) é um afídeo-praga que ocorre em diferentes cultivos e causa danos relacionados ao hábito da sucção de seiva. No Brasil, são raros os registros de plantas daninhas hospedeiras dessa espécie, particularmente no Estado do Rio Grande do Sul (RS). Plantas daninhas infestadas com afídeos foram encontradas em área experimental localizada no campus da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), RS, em duas datas, 22/02/2010 e 25/03/2010. No segundo registro (25/03/2010), cada planta daninha foi medida e avaliada quanto ao número de afídeos. A espécie foi identificada como Aphis craccivora e as plantas daninhas hospedeiras, como Amaranthus hybridus Linnaeus, 1753 (Amaranthaceae), caruru-roxo, e Solanum americanum Mill,...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Afídeos; Amaranthus hybridus; Solanum americanum; Pulgão.
Ano: 2011 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782011001100001
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Reação ao BYDV-PAV de cultivares de trigo do ensaio estadual do Rio Grande do Sul, em 2019. Infoteca-e
LAU, D.; PEREIRA, P. R. V. da S.; CASTRO, R. L. de.
O nanismo-amarelo em cereais de inverno no Brasil é causado, pre-dominantemente, pelo Barley yellow dwarf virus ? BYDV-PAV (Luteovirus, Luteoviridae) (Parizoto et al., 2013) e transmitido, principalmente, pelos afídeos Rhopalosiphum padi (Linnaeus, 1758), com ocorrências no outono e na primavera; e Sitobion avenae (Fabricius, 1775), com ocorrência na primavera (Parizoto et al., 2013).
Tipo: Comunicado Técnico (INFOTECA-E) Palavras-chave: BYDV-PAV; Nanismo-amarelo; Cultivares de Trigo; Afídeos; Trigo; Rhopalosiphum padi virus; Barley yellow dwarf virus; Sitobion avenae; Sitobion avenae virus.
Ano: 2020 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/1123896
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Reação de cultivares e eficiência do controle químico de pulgões vetores do Barley yellow dwarf virus em trigo Ciência Rural
Silva,Mauro Tadeu Braga da; Costa,Ervandil Corrêa; Balardin,Ricardo Silveiro.
Foram conduzidos em Cruz Alta, RS, no ano agrícola de 2000, quatro experimentos, em condições de campo, para avaliar a reação de cultivares de trigo e a eficiência de inseticidas, quanto à incidência de pulgões transmissores do Barley yellow dwarf virus (BYDV) e seus danos às plantas. A maioria dos pulgões coletados (75%) foi Rhopalosiphum padi (Linnaeus). Outras três espécies de pulgões foram coletadas em número menor (25%). Apenas para a cultivar Fundacep 31, o teste de ELISA confirmou a presença dos vírus BYDV-PAV, BYDV-MAV e BYDV-SGV. As cultivares apresentaram respostas distintas, sendo agrupadas como resistentes (Fundacep 30, Fundacep 36 e Fundacep 37) e suscetível (Fundacep 31). Os inseticidas imidacloprida e tiametoxam na dosagem de 24,5g 100kg de...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Afídeos; BYDV; Tratamento de sementes; Pulverização dasplantas.
Ano: 2004 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782004000500003
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Resistência de acessos de melancia ao pulgão Aphis Gossypii Glover (hemiptera: Aphididae) no Estado de Roraima, Brasil. Repositório Alice
MARSARO JÚNIOR, A. L.; PEREIRA, P. R. V. da S.; MOURÃO JÚNIOR, M..
2009
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Resistência de plantas a insetos; Manejo integrado de pragas; Afídeos.
Ano: 2009 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/687632
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Tabela de esperança de vida e de fertilidade de Sipha flava (Forbes) (Hemiptera, Aphididae) alimentado com capim-elefante em diferentes temperaturas. Repositório Alice
OLIVEIRA, S. A. de; AUAD, A. M.; SOUZA, B.; SOUZA, L. S.; AMARAL, R. L.; SILVA, D. M. da.
2009
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Afídeos; Capacidade reprodutiva; Condições térmicas.
Ano: 2009 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/711737
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Tabelas de esperança de vida e fertilidade de Myzus persicae sobre pimentão em laboratório e casa de vegetação Bragantia
Barbosa,Leonardo Rodrigues; Carvalho,César Freire; Auad,Alexander Machado; Souza,Brígida de; Batista,Elder Simões de Paula.
Estudos de tabelas de vida de insetos-praga em diferentes temperaturas auxiliam na compreensão da dinâmica populacional desses organismos. Objetivou-se calcular tabelas de esperança de vida e de fertilidade de Myzus persicae criado em pimentão Capsicum annuum, em diferentes condições térmicas. O estudo foi realizado em câmaras climatizadas, nas temperaturas de 15, 20, 25 e 30 ºC, UR de 70±10% e fotofase de 12 horas, e em casa de vegetação em temperaturas oscilantes, com média de 24,9 ºC e UR de 68,1%. A longevidade máxima de adultos de M. persicae foi maior a 15 ºC (45 dias) e diminuiu a 20 ºC (39 dias), 25 ºC (27 dias), 30 ºC (24 dias) e, em casa de vegetação a 24,9 ºC foi de 29,5 dias. A esperança de vida (ex) no primeiro dia de observação foi de 43,76;...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Afídeos; Biologia; Capsicum annum; Tabela de vida; Temperatura.
Ano: 2011 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0006-87052011000200018
Registros recuperados: 25
Primeira ... 12 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional