Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: 

RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 6
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Agrobiodiversidade de mandioca do Acre. Repositório Alice
SIVIERO, A.; LESSA, L. S..
A mandioca constitui um bom modelo de análise e estudos sobre inter-relações entre sociedade, recursos fitogenéticos e condições ecológicas por ser uma planta amplamente cultivada por populações indígenas, mestiças e colonos, sendo representada por grande número de variedades. A ligação agricultor-variedade de mandioca é um sinônimo de ligação forte entre ser humano-natureza. A compreensão deste laço é a chave para a conservação de variedades locais, um importante tesouro para o futuro. Os principais detentores de materiais silvestres e variedades crioulas de mandioca na Amazônia são as populações locais distribuídas nas diversas terras indígenas e os agricultores situados na terra firme e nas barrancas dos rios.
Tipo: Parte de livro Palavras-chave: Yuca; Cultivares; Variación genética; Agrobiodiversity; Agrobiodiversidade; Agrobiodiversidad; Acre; Amazônia Ocidental; Western Amazon; Amazonia Occidental; Mandioca; Manihot Esculenta; Variedade; Características Agronômicas; Variação Genética; Cassava; Cultivars; Agronomic traits; Genetic variation.
Ano: 2020 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1126528
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Agrobiodiversidade de mandioca do Acre. Infoteca-e
SIVIERO, A.; LESSA, L. S..
A mandioca constitui um bom modelo de análise e estudos sobre inter-relações entre sociedade, recursos fitogenéticos e condições ecológicas por ser uma planta amplamente cultivada por populações indígenas, mestiças e colonos, sendo representada por grande número de variedades. A ligação agricultor-variedade de mandioca é um sinônimo de ligação forte entre ser humano-natureza. A compreensão deste laço é a chave para a conservação de variedades locais, um importante tesouro para o futuro. Os principais detentores de materiais silvestres e variedades crioulas de mandioca na Amazônia são as populações locais distribuídas nas diversas terras indígenas e os agricultores situados na terra firme e nas barrancas dos rios.
Tipo: Capítulo em livro técnico (INFOTECA-E) Palavras-chave: Yuca; Cultivares; Variación genética; Agrobiodiversity; Agrobiodiversidade; Agrobiodiversidad; Acre; Amazônia Ocidental; Western Amazon; Amazonia Occidental; Mandioca; Manihot Esculenta; Variedade; Características Agronômicas; Variação Genética; Cassava; Cultivars; Agronomic traits; Genetic variation.
Ano: 2020 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/1126528
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Conhecimento, uso e manejo de plantas alimentícias na Terra Indígena Poyanawa, Alto Juruá, Acre, Brasil. Repositório Alice
FOWLER, L..
Com vasto território e rica sociobiodiversidade, o Brasil, atualmente, é caraterizado por integrar 305 povos indígenas e inúmeras comunidades tradicionais, sobre os quais se fundamentam uma altíssima diversidade de agroecossistemas locais. Patrimônio biológico e cultural dessas populações, a agrobiodiversidade, é essencial para garantir a segurança e a soberania alimentar da humanidade, tanto no presente como no futuro. Por outro lado, o modelo de desenvolvimento em que nossa sociedade está baseada, conjuntamente com a produção agrícola em larga escala, agregam outras dimensões: a pressão sobre territórios e recursos naturais, as ameaças à sociobiodiversidade e a invisibilidade de hábitos culturais dos povos indígenas e comunidades tradicionais. A...
Tipo: Teses Palavras-chave: Comunidades tradicionais; Conhecimento tradicional; Povos indígenas; Pueblos indígenas; Agrobiodiversidade; Agrobiodiversity; Agrobiodiversidad; Plantas comestíveis; Seguridad de los alimentos; Terra Indígena Poyanawa; Alto Juruá (AC); Acre; Amazônia Ocidental; Western Amazon; Amazonia Occidental; Segurança Alimentar; Indigenous peoples; Food plants; Food security.
Ano: 2020 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1124677
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
CONSERVACIÓN DE LA DIVERSIDAD DE YUCA EN LOS SISTEMAS TRADICIONALES DE CULTIVO DE LA AMAZONIA Acta biol.Colomb.
PÉREZ,Darío; MORA,Ruben; LÓPEZ-CARRASCAL,Camilo.
RESUMEN La yuca es determinante para la seguridad alimentaria de cientos de millones de personas alrededor del mundo. A pesar de que el principal medio de propagación del cultivo es a través de semilla asexual por estacas (tallos maduros) se ha revelado una relativamente alta diversidad intraespecífica, principalmente en los sistemas de cultivo de manejo tradicional. En esta revisión se documentan algunos estudios realizados sobre la diversidad de la yuca, tanto por marcadores moleculares como morfológicos, centrándose en aquellos realizados en el Amazonas. También se exponen los principales factores que han determinado el aprovechamiento y conservación de esta diversidad, tales como la aparición espontánea de semillas de origen sexual, el sistema de...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Agrobiodiversidad; Etnobotánica; Identidad cultural; Población indígena; Seguridad alimentaria.
Ano: 2019 URL: http://www.scielo.org.co/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0120-548X2019000200202
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Plantas alimentícias da Terra Indígena Kaxinawá de Nova Olinda, Acre, Brasil. Repositório Alice
LANZA, T. R.; MING, L. C.; HAVERROTH, M.; FERREIRA, A. B..
A grande diversidade de plantas atualmente conhecidas e utilizadas pelo homem é resultante da coevolução ocorrida durante milênios entre as populações nativas e as diferentes formas com que estas a utilizaram. Este estudo tem como objetivo principal proporcionar a valorização e a preservação desse conhecimento sobre as plantas alimentícias que foram, ao longo do tempo, acumuladas, selecionadas e utilizadas por inúmeras gerações indígenas. A pesquisa foi realizada na TI Kaxinawá de Nova Olinda (TIKNO), situada no Bioma Amazônico, município de Feijó, Acre, Brasil. Destaca-se a importância do presente estudo para a agroecologia, visto que as práticas de manejo e plantas alimentícias cultivadas e não cultivadas por essa comunidade representam um patrimônio...
Tipo: Artigo de periódico Palavras-chave: Conhecimento tradicional; Povos indígenas; Agrobiodiversity; Agrobiodiversidade; Agrobiodiversidad; Pueblos indígenas; Conocimiento tradicional; Plantas comestibles; Plantas alimentícias não convencionais (PANCs); Terra Indígena Kaxinawá de Nova Olinda (TIKNO); Feijó (AC); Acre; Amazônia Ocidental; Western Amazon; Amazonia Occidental; Etnobôtanica; Ethnobotany; Indigenous peoples; Indigenous knowledge; Food plants.
Ano: 2018 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1148392
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Sostenibilidad de modos ancestrales de producción agrícola en el Perú: ¿conservar o sustituir? Mundo agrario
Vargas-Huanca,Dani; Boada Junca,Martí; Araca Quispe,Lenny; Vargas,Wilber; Vargas,Roger.
Frente al éxito de algunos productos andinos como la quinua, la papa o la maca en el comercio agroalimentario internacional y ante la creciente degradación ambiental que afrontan los países en desarrollo producto de actividades de explotación intensiva; nuestra investigación busca evidenciar la tendencia que se asume desde la comunidad académica/científica y los funcionarios públicos del sector agroalimentario en el Perú, frente a la necesidad de mantener sostenible diversos modos ancestrales de producción agrícola (caso quinua), para ello analizamos información cuantitativa y cualitativa obtenida de las instituciones públicas y las universidades peruanas.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Agrobiodiversidad; Instituciones públicas; Economía agroalimentaria; Política agraria; Universidades; Quinua.
Ano: 2016 URL: http://www.scielo.org.ar/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1515-59942016000200013
Registros recuperados: 6
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional