Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: 

RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 38
Primeira ... 12 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
AJUSTE SIMULTÂNEO NA PREDIÇÃO DE BIOMASSA AÉREA EM Araucaria angustifolia (Bertol.) Kuntze BIOFIX
Oliveira, Thiago Wendling Gonçalves de; Lima, Edberto Moura; Sanquetta, Carlos Roberto; Dalla Corte, Ana Paula.
Atualmente a estimativa da biomassa é feita de forma independente para cada compartimento da árvore, entretanto estudos mostram a importância do ajuste simultâneo para garantir a melhor predição da biomassa por compartimento e total. O estudo teve como objetivo desenvolver modelos alométricos por compartimento e utilizar o ajuste simultâneo de equações para a predição da biomassa da copa, fuste e aérea de Araucaria angustifolia. Foram mensurados diâmetro (dap), altura (ht), densidade básica da madeira (ρ) e, pelo método destrutivo, a biomassa verde da copa e fuste. Amostras foram tomadas para a determinação da biomassa seca. Foi realizada correlação de Pearson (5%) entre as variáveis e testados 10 modelos para a estimativa da biomassa seca dos...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Alometria; Equações simultâneas; Modelagem florestal.
Ano: 2018 URL: http://revistas.ufpr.br/biofix/article/view/58119
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Alometria de plântulas e jovens de espécies arbóreas: copa x altura Biota Neotropica
Portela,Rita de Cássia Quitete; Santos,Flavio Antonio Maës dos.
Muitos caracteres morfológicos e de desenvolvimento de diferentes partes de uma planta variam dependendo da arquitetura da espécie, do microambiente, e do grau de restrição ecológica onde esta iniciou seu crescimento. Dentro deste contexto, este estudo teve como objetivo analisar a relação alométrica entre o maior eixo de copa e a altura, para a comunidade de plântulas e indivíduos jovens de espécies arbóreas com até 1 m de altura na Reserva Estadual do Morro Grande (23o35’S - 23o50’S; 46o45’W - 47o15’W), situada no Planalto Atlântico de São Paulo. Foram feitas seis transecções onde a cada 2,5 metros foi estabelecida uma parcela de 1x1m, totalizando 34 parcelas. Todos os indivíduos encontrados dentro das parcelas tiveram a altura e o maior eixo horizontal...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Alometria; Plântula; Copa; Altura; Floresta Atlântica.
Ano: 2003 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1676-06032003000200004
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Biomass equations for forest regrowth in the eastern Amazon using randomized branch sampling. Repositório Alice
DUCEY, M. J.; ZARIN, D. J.; VASCONCELOS, S. S.; ARAUJO, M. M..
Florestas secundárias ocupam uma área extensa e crescente na bacia Amazônica, porém determinações acuradas do impacto dessas florestas nos ciclos de carbono e nutrientes têm sido dificultadas pelo número reduzido de equações alométricas. Neste estudo, nós desenvolvemos equações em nível de comunidade e espécies individuais para estimar a biomassa total da parte aérea de uma floresta secundária com 15 anos de idade na Amazônia oriental. O trabalho de campo utilizou amostragem aleatória de ramos, que é uma técnica rápida, porém pouco utilizada em florestas tropicais. Baseada no erro padrão da série de segmentos individuais (14%), a consistência da série de segmentos totais amostrados foi considerada elevada, sugerindo que o método pode ser eficiente em...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Alometria; Floresta tropical; Crescimento secundário.
Ano: 2009 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/658345
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Biomassa da parte aérea da vegetação da Floresta Tropical úmida de terra-firme da Amazônia Brasileira Acta Amazonica
HIGUCHI,Niro; dos SANTOS,Joaquim; RIBEIRO,Ralfh João; MINETTE,Luciano; BIOT,Yvan.
Usando um banco de dados com 315 árvores, com DAP≥5 cm, foram testados quatro modelos estatísticos - linear, não linear e dois logarítmicos - para estimar a biomassa de árvores em pé. Os dados foram coletados, de forma destrutiva, na região de Manaus, Estado do Amazonas, em um sítio coberto por floresta de terra-fírme sobre platôs de latossolo amarelo. Em diferentes simulações com diferentes intensidades de amostragem, os quatro modelos estimam precisamente a biomassa, sendo que o afastamento entre a média observada e a estimada, em nenhuma ocasião ultrapassou 5%. As equações para estimar a biomassa de árvores individuais em uma parcela fixa, distintamente para árvores com 5≤ DAP<20 cm e com DAP≥20 cm, são mais consistentes do que o uso de uma única...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Carbono; Manejo florestal; Modelo estatístico; Alometria.
Ano: 1998 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0044-59671998000200153
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Biometria de frutos e diásporos de Cryptocarya aschersoniana Mez e Cryptocarya moschata Nees (Lauraceae) Biota Neotropica
Moraes,Pedro Luís Rodrigues de; Alves,Marcelo Corrêa.
Apresentam-se os dados da biometria de frutos e diásporos de Cryptocarya aschersoniana Mez e C. moschata Nees (Lauraceae). Os frutos foram coletados de 12 populações de sete localidades diferentes do sudeste brasileiro. Utilizando-se a regressão logística e a análise de função linear discriminante, as espécies foram classificadas de acordo com as equações geradas por essas técnicas. Para os frutos, as variáveis comprimento, diâmetro, superfície e volume foram selecionadas e apresentaram 94,4% de concordância entre as associações de probabilidades esperadas e observadas. Similarmente, as variáveis comprimento, diâmetro, superfície e volume de diásporos foram selecionadas e apresentaram 88,0% de concordância. Realizou-se análise de agrupamento. Observou-se...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Biometria; Alometria; Tamanho de frutos; Forma de frutos; Regressão de eixo maior; Agrupamento.
Ano: 2002 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1676-06032002000100005
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Características de carcaça e do trato digestório de frangos alimentados com batata doce e enzimas. Repositório Alice
NUNES, J. K.; GENTILINI, F. P; ZABALETA, J. P. L.; GONÇALVES, F. M.; ANCIUTI, M. A.; RUTZ, F.; MAIER, J. C..
2013
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Alimento; Alometria; Aves; Biometria; Ipomoea batatas; Rendimento.
Ano: 1995 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/740769
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Coeficientes alométricos das partes e dos órgãos de codornas de corte mantidas em diferentes ambientes térmicos Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Piedade,G.N.; Siqueira,J.C.; Bonfim,D.S.; Sousa,T.V.R.; Marzullo,Y.O.T.; Viera Filho,F.C.; Nascimento,D.C. Nagib; Bomfim,M.A.D.; Ribeiro,F.B..
RESUMO Objetivou-se comparar os coeficientes alométricos (b) que descrevem o crescimento das partes e dos órgãos de codornas de corte mantidas em diferentes ambientes térmicos. Foram utilizadas 300 codornas distribuídas em delineamento inteiramente ao acaso, com dois tratamentos (ambiente climatizado, AC) com temperatura de 26ºC e ambiente sem climatização (ASC, 32oC) e seis repetições de 25 aves. Ajustaram-se equações alométricas em função do peso em jejum (PJ) para as variáveis: peso do peito (PPEI), coxa (PCX), sobrecoxa (PSCX), asa (PASA), coração (PCOR), fígado (PFÍG), moela (PMOE) e intestino (PINT). Para comparar os “b” das partes e dos órgãos das aves mantidas nos diferentes ambientes, realizaram-se testes de paralelismo. Não houve diferença entre...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Alometria; Ambiente; Crescimento; Modelagem; Temperatura.
Ano: 2018 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352018000200579
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Crescimento alométrico de componentes da carcaça de bezerros de origem leiteira na fase inicial do crescimento pós-natal Ciência Rural
Carvalho,Paulo Afonso; Sanchez,Luis Maria Bonnnecarrère; Velho,João Pedro; Pires,Cleber Cassol; Viegas,Julio.
Foi avaliado o crescimento diferencial de componentes da carcaça de bezerros de origem leiteira, na fase inicial da vida produtiva. Foram abatidos 18 bezerros da raça Holandesa, sendo seis ao nascimento, seis aos 50 e seis aos 110 dias de idade. Foi avaliada a composição da carcaça, em função do peso da carcaça fria. O estudo do crescimento alométrico foi realizado utilizando-se a equação Y=aXb, transformada logaritmamente em regressão linear. Houve acréscimo (P<0,01) no peso de carcaça fria, osso, músculo, gordura, dianteiro, costilhar e traseiro, do nascimento aos 110 dias de vida. O percentual de dianteiro diminuiu linearmente (P<0,01), enquanto que os percentuais de gordura e de traseiro aumentaram linearmente (P<0,01) com o aumento do peso de...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Alometria; Gordura; Músculo; Osso.
Ano: 2007 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782007000100036
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Crescimento alométrico dos componentes da carcaça de cordeiros Texel × Ile de France confinados do desmame aos 35kg de peso vivo Ciência Rural
Galvani,Diego Barcelos; Pires,Cleber Cassol; Oliveira,Franciele de; Wommer,Tatiana Pfüller; Jochims,Felipe.
Foi avaliado o crescimento alométrico de ossos, músculos e gordura, e das regiões da carcaça de cordeiros Texel × Ile de France, terminados em confinamento. Vinte cordeiros, machos não-castrados, foram desmamados aos 42 dias de idade (15,9 ± 2,1kg de peso vivo) e confinados em baias individuais recebendo alimentação ad libitum. Destes, cinco foram abatidos 10 dias após o desmame e, os remanescentes, aos 25, 30 ou 35kg de peso vivo. Para determinação do crescimento alométrico dos cortes e tecidos foi utilizada a equação exponencial Y = aXb, transformada logaritmicamente em um modelo linear. Observou-se crescimento precoce (b = 0,89) da paleta, ao passo que a perna, a costela e o pescoço apresentaram crescimento isogônico (b = 1,00, 1,03 e 1,11,...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Alometria; Crescimento; Músculo; Osso; Gordura; Cortes ovinos.
Ano: 2008 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782008000900026
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Crescimento alométrico dos tecidos ósseo, muscular e adiposo na carcaça de cordeiros Santa Inês e Bergamácia R. Bras. Zootec.
Santos,Cristiane Leal dos; Pérez,Juan Ramon Olalquiaga; Siqueira,Edson Ramos; Muniz,Joel Augusto; Bonagúrio,Sarita.
O trabalho foi realizado com objetivo de realizar um estudo alométrico dos tecidos ósseo, muscular e adiposo na meia carcaça esquerda de cordeiros em crescimento. Foram utilizados 36 cordeiros machos inteiros, sendo 24 Santa Inês e 12 Bergamácia. Os animais foram confinados em gaiolas individuais e alimentados ad libitum. O abate ocorreu quando os animais atingiram os pesos vivos de 15, 25, 35 e 45 kg. Após a carcaça ter sido limpa e resfriada, foram obtidos os cortes comerciais a partir da meia carcaça esquerda. A quantidade dos diferentes tecidos foi obtida a partir da dissecação da perna, do lombo, da costeleta, costela/fralda e paleta. A quantidade total dos tecidos ósseo, muscular e adiposo foi obtida pela adição das quantidades de cada corte...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Alometria; Bergamácia; Crescimento; Gordura; Músculo; Osso; Santa Inês.
Ano: 2001 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-35982001000200028
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Crescimento alométrico, morfologia e uso do habitat em cinco espécies de Mabuya Fitzinger (Reptilia, Scincidae) Zoologia
Pinto,Gabriel Silva; Ávila-Pires,Teresa Cristina S..
Foram analisadas a variação ontogenética da forma do corpo nos lagartos sul-americanos Mabuya agilis, M. bistriata, M. guaporicola, M. macrorhyncha e M. nigropunctata, assim como as diferenças interespecíficas nas proporções do corpo, como resultados de um possível crescimento alométrico. As trajetórias das tendências ontogenéticas foram significativamente diferentes somente entre M. guaporicola e M. nigropunctata; todos os pares de espécies, exceto M. agilis e M. macrorhyncha, M. bistriata e M. nigropunctata, demonstraram diferenças significativas em relação ao intercepto Y. A Análise de Componentes Principais aplicada sobre uma série de caracteres morfométricos demonstrou sinais opostos para as variáveis do corpo e dos membros, corroborando estudos...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Squamata; Alometria; Forma do corpo; Variação interespecífica.
Ano: 2004 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-81752004000200001
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Crescimento de cordeiros abatidos com diferentes pesos: 2. Constituintes corporais Ciência Rural
Pires,Cleber Cassol; Silva,Lisiane Furtado da; Farinatti,Luís Henrique Ebling; Peixoto,Luiz Antero de Oliveira; Fülber,Márcio Elias; Cunha,Mauro Alves da.
O experimento foi realizado no Setor de Ovinocultura do Departamento de Zootecnia da Universidade Federal de Santa Maria, com o objetivo de determinar o crescimento de órgãos e outros constituintes do corpo de cordeiros, e suas proporções em relação ao peso vivo (PV) e peso de corpo vazio (PCV). Utilizaram-se 22 cordeiros machos inteiros, filhos de carneiros Texel e ovelhas cruzas (Texel x Ideal). Desses, quatro foram abatidos ao nascimento, e os restantes ao desmame e aos 28 e 33kg. A determinação do crescimento dos constituintes corporais foi realizada através de equações alométricas, utilizando-se o logaritmo do peso de cada componente corporal, em função do logaritmo do PCV. As proporções do trato gastrintestinal (TGI), do conjunto de órgãos internos...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Alometria; Carcaça; Componentes do peso vivo; Peso de corpo vazio; Ovinos.
Ano: 2000 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782000000500022
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Crescimento de cordeiros abatidos com diferentes pesos: osso, músculo e gordura da carcaça e de seus cortes Ciência Rural
Silva,Lisiane Furtado da; Pires,Cleber Cassol; Silva,José Henrique Souza da; Meier,Denise Oliveira; Rodrigues,Gisele Christina; Carneiro,Rejane Migotto.
O trabalho foi realizado no Setor de Ovinocultura do Departamento de Zootecnia da Universidade Federal de Santa Maria, objetivando determinar as quantidades de osso, músculo e gordura da carcaça e o crescimento de osso e músculo da carcaça e dos diferentes cortes da mesma. Foram utilizados 22 cordeiros machos inteiros, filhos de carneiros Texel e ovelhas cruza (Texel x Ideal). Desses, quatro/oram abatidos no início do experimento (24 horas após o nascimento), e os restantes, ao desmame (45 dias de idade) e aos 28 e 33kg. Os cordeiros foram confinados em baias individuais, com suas respectivas mães, até o desmame (45 dias de idade). A determinação do crescimento dos tecidos da carcaça e de seus cortes (quarto, paleta, costela, espinhaço e pescoço) foi...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Alometria; Constituintes da carcaça; Produção de carne; Tecidos; Ovinos.
Ano: 2000 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782000000400019
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Crescimento relativo e composição do ganho de tecidos da carcaça de zebuínos de quatro raças R. Bras. Zootec.
Jorge,André Mendes; Fontes,Carlos Augusto de Alencar; Cervieri,Rafael da Costa.
Utilizaram-se 64 machos não-castrados das raças Gir, Guzerá, Mocho de Tabapuã e Nelore. Em cada raça, os animais foram divididos, aleatoriamente, em cinco categorias. Uma categoria foi abatida imediatamente, três receberam, em baias individuais, ração contendo 50% de concentrado na MS ad libitum (I, II e III) e uma recebeu a mesma ração, em quantidade restrita, suprindo níveis de proteína e energia 15% acima da mantença. Os animais I, II e III foram abatidos ao atingirem pesos vivos individuais de 405, 450 e 500 kg, respectivamente. Adotou-se a equação de regressão do logaritmo da quantidade corporal de carcaça e de seus tecidos (muscular, adiposo e ósseo), em função do logaritmo do peso de corpo vazio. Na carcaça, o tecido adiposo, ósseo e muscular...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Alometria; Músculos; Osso; Tecido adiposo.
Ano: 2003 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-35982003000400026
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Crescimento relativo e composição do ganho de tecidos na carcaça de bubalinos Mediterrâneo jovens abatidos com diferentes pesos R. Bras. Zootec.
Santos,Taís Aline Bregion dos; Jorge,André Mendes; Andrighetto,Cristiana; Francisco,Caroline de Lima; Vilela,Letícia Colares; Pardo,Renata Bonini.
Utilizaram-se 32 bubalinos machos não-castrados, da raça Mediterrâneo, divididos aleatoriamente em cinco categorias. Os animais de uma categoria foram abatidos imediatamente, enquanto os demais foram alimentados, à vontade, com ração contendo 70% de concentrado (na matéria seca) e abatidos ao atingirem 450, 480, 510 ou 540 kg de peso corporal. Adotou-se a equação de regressão do logaritmo da quantidade corporal de carcaça e de seus tecidos (muscular, adiposo e ósseo) em função do logaritmo do peso de corpo vazio. A carcaça apresentou valor de alometria, o que indica desenvolvimento proporcionalmente igual ao do peso corporal vazio. Derivando as equações, obtiveram-se as equações de predição da participação dos componentes corporais no ganho de 1 kg de peso...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Alometria; Músculos; Osso; Tecido adiposo.
Ano: 2009 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-35982009000200020
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Curva crítica de diluição de nitrogênio da cultivar Asterix de batata. Repositório Alice
ANDRIOLO, J.L.; BISOGNIN, D.A.; PAULA, A.L. de; PAULA, F.L.M. de; GODOI, R. dos S.; BARROS, G.T..
O objetivo deste trabalho foi ajustar a curva crítica de diluição do nitrogênio (N) da batata 'Asterix' e avaliar o seu emprego no manejo da adubação nitrogenada. Tubérculos dessa cultivar foram plantados em sacolas de polietileno com 5 dm3 de substrato orgânico, na densidade de 4,4 sacolas m-2. Os tratamentos consistiram de cinco soluções nutritivas, com concentrações de N de 5, 8,3, 11,3, 14,3 e 16,3 mmol L-1. Os demais nutrientes foram fornecidos nas concentrações: 8,3 de K+, 1,75 de Ca2+, 1,2 de H2PO4-, 0,7 de Mg2+ e 0,7 mmol L-1 de SO42-, complementados por micronutrientes. Em intervalos de sete dias, entre os 43 e 99 dias após o plantio, foram determinados: a massa de matéria seca (MS) e o teor de N nas folhas, hastes e tubérculos. Foi ajustada a...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Solanum tuberosum; Alometria; Adubação; Massa de matéria seca; Allometry; Fertilization; Dry matter.
Ano: 2006 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/119094
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Curva crítica de diluição de nitrogênio da cultivar Asterix de batata PAB
Andriolo,Jerônimo Luiz; Bisognin,Dilson Antônio; Paula,Adalberto Luiz de; Paula,Fabiana Luiza Matielo de; Godoi,Rodrigo dos Santos; Barros,Gisele Teixeira.
O objetivo deste trabalho foi ajustar a curva crítica de diluição do nitrogênio (N) da batata 'Asterix' e avaliar o seu emprego no manejo da adubação nitrogenada. Tubérculos dessa cultivar foram plantados em sacolas de polietileno com 5 dm³ de substrato orgânico, na densidade de 4,4 sacolas m-2. Os tratamentos consistiram de cinco soluções nutritivas, com concentrações de N de 5, 8,3, 11,3, 14,3 e 16,3 mmol L-1. Os demais nutrientes foram fornecidos nas concentrações: 8,3 de K+, 1,75 de Ca2+, 1,2 de H2PO4-, 0,7 de Mg2+ e 0,7 mmol L-1 de SO4(2-), complementados por micronutrientes. Em intervalos de sete dias, entre os 43 e 99 dias após o plantio, foram determinados: a massa de matéria seca (MS) e o teor de N nas folhas, hastes e tubérculos. Foi ajustada a...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Solanum tuberosum; Alometria; Adubação; Massa de matéria seca.
Ano: 2006 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-204X2006000700015
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Curva crítica de diluição do nitrogênio para a cultura do melão Ciência Rural
Fogaça,Marco Aurélio de Freitas; Andriolo,Jerônimo Luiz; Godoi,Rodrigo dos Santos; Barros,Cláudia Alessandra Peixoto de; Janisch,Djeimi Isabel; Vaz,Marcos André Braz.
O objetivo do trabalho foi ajustar a curva crítica de diluição do nitrogênio da cultura do melão. O experimento foi conduzido em ambiente protegido na Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), entre agosto de 2004 e janeiro de 2005. As mudas do híbrido Magellan foram plantadas em sacolas de polietileno contendo 4,5dm-3 de substrato comercial (Plantmax PXT®), na densidade de 3,3 plantas m-2 e fertirrigadas com solução nutritiva completa. As plantas foram conduzidas verticalmente com uma haste, deixando-se no máximo dois frutos por planta e foram podadas ao atingir a altura de 2m. Os tratamentos foram constituídos por concentrações de nitrogênio na solução nutritiva de 8; 11, 14; 17 e 20mmol L-1. O delineamento experimental utilizado foi o inteiramente...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Cucumis melo; Alometria; Adubação; Matéria seca.
Ano: 2008 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782008000200008
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Desenvolvimento dos componentes do peso vivo de cordeiros Santa Inês e Bergamácia abatidos em diferentes pesos R. Bras. Zootec.
Santos-Cruz,Cristiane Leal dos; Pérez,Juan Ramon Olalquiaga; Muniz,Joel Augusto; Cruz,Christian Albert Carvalho da; Almeida,Thais Romano de Vasconcelos e.
Objetivou-se com este estudo verificar o crescimento diferencial dos órgãos e das vísceras em relação ao peso do corpo vazio de cordeiros Santa Inês e Bergamácia. Foram utilizados 36 cordeiros machos não-castrados (24 Santa Inês e 12 Bergamácia) aos 15, 25, 35 e 45 kg de peso vivo, confinados recebendo uma dieta com relação 20:80 de volumoso:concentrado. O estudo do crescimento relativo dos órgãos internos, das gorduras, das partes não-integrantes da carcaça, das partes da carcaça, dos componentes das cavidades abdominal e torácica foi realizado pelo modelo não-linear da equação potência Y = αXβ, transformado logaritmicamente em um modelo linear, lnY = lnα + βlnX. O fígado, pâncreas, abomaso, intestino delgado, intestino grosso e a cavidade torácica são...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Alometria; Crescimento; Ovinos.
Ano: 2009 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-35982009000500020
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Desenvolvimento relativo das partes do corpo de zebuínos de quatro raças Ciência Rural
Jorge,André Mendes; Fontes,Carlos Augusto de Alencar.
Utilizaram-se 63 machos não-castrados, sendo 16 de cada, das raças Gir, Guzerá, e Mocho Tabapuã e 15 da raça Nelore, com média de idade 24 meses e média de pesos vivos iniciais de 376,4; 357,6, 362,0 e 368,6kg, respectivamente. Os animais de cada raça foram divididos, aleatoriamente, em cinco categorias. Uma categoria foi abatida imediatamente (AB), três receberam, em baias individuais, ração contendo 50% de concentrado na matéria seca "ad libitum" (I, II e III) e uma recebeu a mesma ração, em quantidade restrita, suprindo níveis de proteína e energia 15% acima da mantença (AR). Os animais das categorias I, II e III foram abatidos ao atingirem pesos vivos individuais de 405, 450 e 500kg, respectivamente. No abate, determinou-se o peso de corpo vazio, e...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Alometria; Crescimento; Órgãos; Trato gastrintestinal.
Ano: 2001 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782001000500019
Registros recuperados: 38
Primeira ... 12 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional