Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 63
Primeira ... 1234 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
A new species of Leurocephala Davis & Mc Kay (Lepidoptera, Gracillariidae) from the Azapa Valley, northern Chilean Atacama Desert, with notes on life-history Rev. Bras. entomol.
Pereira,Cristiano M.; Silva,Denis S.; Gonçalves,Gislene L.; Vargas,Héctor A.; Moreira,Gilson R.P..
ABSTRACT The Neotropical micromoth genus Leurocephala Davis & Mc Kay, 2011 (Lepidoptera, Gracillariidae) was originally described to include only the type species, L. schinusae Davis & Mc Kay, 2011, whose leaf miner larvae are associated with Anacardiaceae in Argentina, Brazil and Paraguay. An integrative analysis including morphology, life history and DNA barcode sequences revealed that specimens collected on Schinus molle L. (Anacardiaceae) in the coastal valleys of the Atacama Desert of northern Chile belong to a second species of this formerly monotypic genus. Adults of Leurocephala chilensis Vargas & Moreira sp. nov. are herein described and illustrated in association with the immature stages and life history, and corresponding...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Anacardiaceae; Gracillariid moths; Leaf miners; Microlepidoptera; Schinus.
Ano: 2017 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0085-56262017000100006
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Acalyptris Meyrick: revision of the platani and staticis groups in Europe and the Mediterranean (Lepidoptera: Nepticulidae) Naturalis
Nieukerken, E.J. van.
Trifurcula (Trifurcula) pallidella (Duponchel, 1843) is recorded for the first time from Spain, Andalusia. Previous records were misidentifications. Male genitalia are illustrated and a revised distribution map is provided. A few records of Trifurcula (Levarchama) species from the Annotated catalogue published in 2004 are corrected.
Tipo: Article / Letter to the editor Palavras-chave: Taxonomy; New species; Phylogeny; Larval morphology; Pupal morphology; Hostplants; Anacardiaceae; Platanaceae; Loranthaceae; Plumbaginaceae; CO1; DNA-barcodes; Palaearctic; Hymenoptera; Eulophidae; Braconidae; 42.75.
Ano: 2007 URL: http://www.repository.naturalis.nl/record/227769
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Anacardium spp.: caju-do-cerrado. Repositório Alice
AGOSTINI-COSTA, T. da S.; FARIA, J. P.; NAVES, R. V.; VIEIRA, R. F..
Tipo: Capítulo em livro científico (ALICE) Palavras-chave: Anacardium corymbosum; Anacardium humile St Hilaire; Anacardium nanum St Hilaire; Anacardium occidentale L; Anacardiaceae.
Ano: 2016 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/1073429
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Análise do crescimento e desenvolvimento de acessos de taperebazeiro (Spondias mombim L.), do banco ativo de germoplasma da Embrapa Amazônia Oriental, em Belém-PA. Repositório Alice
OLIVEIRA, D. A. de; BASTOS, A. J. R.; LOBATO, A. T.; ALVES, R. M..
O presente trabalho teve como objetivo avaliar o desenvolvimento vegetativo das plantas do Banco Ativo de Germoplasma do Taperebazeiro da Embrapa Amazônia Oriental, onde se encontram 29 acessos de Spondias mombim procedentes de diversas localidades do Estado do Pará. Foram analisados, no período de cinco anos (2011 a 2015), o crescimento das plantas em altura (m), desenvolvimento do diâmetro do enxerto (cm) e o desenvolvimento do diâmetro do porta-enxerto (cm). Utilizou-se o delineamento inteiramente ao acaso, com 29 tratamentos e cinco repetições. As médias dos acessos foram comparadas pelo método de Scott-Knott. O acesso 14 foi o que apresentou maior desenvolvimento em altura (4,51m), porém sem diferir de outros 13 acessos. Também obteve melhor...
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Altura; Anacardiaceae; Diâmetro; Cajá.
Ano: 2016 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/1053863
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Analysis of generic relationships in Anacardiaceae Naturalis
Wannan, B.S..
Cladistic analyses were undertaken of Anacardiaceae using non-sequence data (30 genera and 81 characters from morphology, anatomy, palynology and chemotaxonomy), sequence data (26 genera – rbcL) and a combined dataset of 16 genera. All analyses supported a group of genera which can be recognised at the subfamily level: Anacardioideae. Sequence data and combined datasets supported the recognition of a second subfamily: Spondiadioideae Kunth emend. Wannan. Both datasets also suggested that Buchanania lies outside both subfamily groups.
Tipo: Article / Letter to the editor Palavras-chave: Anacardiaceae; Cladistics; Phylogeny; RbcL sequence data.
Ano: 2006 URL: http://www.repository.naturalis.nl/record/525167
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Anatomy of the pericarp and seed-coat of Lithraea molleoides (Vell.) Engl. (Anacardiaceae) with taxonomic notes BABT
Carmello-Guerreiro,Sandra Maria; Paoli,Adelita Aparecida Sartori.
The aim of the present work was to record anatomical data for the fruit and seed of Lithraea molleoides (Vell.) Engl, and compare the results with those for L. brasiliensis and the genera Schinus and Rhus. The L. molleoides fruit was a drupe with a friable and lignified exocarp. The mesocarp was parenchymatous with large secretory canals associated with vascular bundles. The endocarp consisted of four layers: an outer layer of polyhedral cells with prismatic crystals of calcium oxalate, and three inner layers of sclereids in a palisade arrangement. The ovule was anatropous, unitegmic, and crassinucelate. In the chalazal region, a cup-like zone of tanniniferous parenchymal cells formed the hypostase. The developing seed had a circinotropous-like shape, that...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Anacardiaceae; Anatomy; Pericarp; Seed-coat.
Ano: 2005 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-89132005000500013
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Aspectos ultra-estruturais dos canais secretores em órgãos vegetativos e reprodutivos de Anacardiaceae Acta Botanica
Lacchia,Ana Paula Stechhahn; Guerreiro,Sandra Maria Carmello.
Neste trabalho foi estudado o desenvolvimento e a ultra-estrutura dos canais do floema dos ápices vegetativos de Spondias dulcis G. Forst., a ultra-estrutura dos canais floemáticos dos ápices vegetativos de Tapirira guinanensis Aubl., bem como, a ultra-estrutura e o desenvolvimento dos canais florais e a ultra-estrutura dos canais do fruto desta mesma espécie Os canais florais e do fruto de Anacardium humile St.Hil. também foram estudados ultra-estruturalmente. Os canais dos ápices vegetativos de S. dulcis formam-se de modo esquizolisígeno e os florais de T. guianensis desenvolvem-se, de modo esquizógeno. As células epiteliais dos canais de S. dulcis e T. guianensis possuem retículo endoplasmático rugoso, ribossomos livres, plastídios alongados, de...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Anacardiaceae; Canais secretores; Desenvolvimento; Ultra-estrutura.
Ano: 2009 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-33062009000200009
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Biologia reprodutiva de Tapirira guianensis Aubl. (Anacardiaceae), uma espécie dióica em mata de galeria do Triângulo Mineiro, Brasil Rev. Bras. Bot.
Lenza,Eddie; Oliveira,Paulo Eugênio.
Foi estudada a biologia reprodutiva de uma população de Tapirira guianensis em Uberlândia, MG. Entre setembro de 1997 e abril de 2000 foi caracterizado o comportamento fenológico reprodutivo de 17 indivíduos da população. Nas análises da biologia floral foram determinados a morfologia e os recursos florais, o período de abertura e de duração das flores, o comprimento e o número de flores por inflorescências, os visitantes florais e o sistema reprodutivo. Tapirira guianensis apresentou floração anual e massiva com picos de floração rápidos e altamente sincrônicos entre os dois sexos. As flores dos dois sexos são pequenas (ca. 3mm de diâmetro) e inconspícuas. As inflorescências masculinas são maiores (Mann-Whitney, U = 1769,5; p < 0,001) e produzem mais...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Anacardiaceae; Dioicia; Fenologia; Polinização; Sistemas reprodutivos.
Ano: 2005 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-84042005000100015
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Características anatômicas do xilema secundário de Tapirira guianensis (AUBL.), Anacardiaceae. Repositório Alice
GOGOSZ, A. M.; BOTOSSO, P. C.; GALVÃO, F.; KUNIYOSHI, Y. S.; RODERJAN, C. V..
2005
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Anacardiaceae.
Ano: 2005 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/312541
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Caracterização funcional do sistema reprodutivo da aroeira-vermelha (Schinus terebinthifolius Raddi), em Florianópolis-SC, Brasil Rev. Bras. Frutic.
Lenzi,Maurício; Orth,Afonso Inácio.
Determinou-se a dioicia como sistema reprodutivo de S. terebinthifolius (Anacardiaceae), em uma área com influência antrópica e em outra área de restinga, no município de Florianópolis-SC. Durante dois períodos reprodutivos, desenvolveram-se os tratamentos de polinização livre e cruzada manual, realizados em plantas de ambos os sexos, e tratamentos de anemofilia, agamospermia e partenocarpia, realizados apenas em plantas femininas. Os tratamentos de polinização que resultaram em frutificação foram o livre, maior média 45%, e cruzada manual, maior média 56,2%, confirmando-se funcionalmente a dioicia da espécie. Os demais tratamentos de polinização não resultaram em frutificação, indicando que o gineceu reduzido das flores masculinas não é funcional, a...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Anacardiaceae; Dioicia; Polinização; Restinga.
Ano: 2004 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452004000200004
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Crescimento de mudas de Myracrodruon urundeuva Allemão em recipientes de diferentes volumes. Repositório Alice
STRITAR, C. R. da S.; LAURA, V. A.; PEREIRA, S. R..
O objetivo foi verificar se recipientes de diferentes volumes afetam o crescimento inicial da espécie, visando obter mudas de melhor qualidade para restauração florestal. O experimento foi conduzido em casa de vegetação na Embrapa Gado de Corte em Campo Grande, MS. A espécie utilizada foi Myracrodruon urundeuva, uma árvore não-pioneira pertencente à família Anacardiaceae, cujas sementes foram adquiridas de empresa credenciada.
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Anacardiaceae; Substrato de Cultura; Semente; Espécie.
Ano: 2018 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1102500
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Desenvolvimento de mudas de Aroeira (Schinus terebinthifolius) e sombreiro (Clitoria fairchildiana) sob condições de sombreamento Ciência e Agrotecnologia
Scalon,Silvana de Paula Quintão; Mussury,Rosilda Mara; Scalon Filho,Homero; Francelino,Carla Silvana Fabro.
Objetivou-se com este trabalho avaliar o desenvolvimento das mudas de Schinus terebinthifolius e Clitoria fairchildiana sob condições de sombreamento e pleno sol. As mudas foram cultivadas sob sombrites de 70% e 50% de luz e sob luz plena. O experimento foi conduzido em DBC com 4 repetições de 20 mudas. Foram avaliados a altura do caule e o diâmetro do colo a cada vinte e um dias. Ao final do experimento foram realizadas as avaliações de peso seco total (PST-g), área foliar (AF-dm²), razão de peso foliar (RPF -g/g); e peso específico de folha (PEF -g/ dm²). As sementes de aroeira do campo e do sombreiro apresentaram 70% e 85% de germinação, respectivamente. S.terebinthifolius tolera bem um sombreamento moderado (70% de luz), sendo seu cultivo a pleno sol o...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/other Palavras-chave: Germinação; Sombreamento; Fabaceae; Anacardiaceae.
Ano: 2006 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-70542006000100024
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Enraizamento de estacas de ramos de taperebazeiro. Repositório Alice
NASCIMENTO, W. M. O. do..
O taperebazeiro (Spondias mombin L.) é espécie frutífera originária da América tropical, comum nas regiões Norte e Nordeste do Brasil.O trabalho teve como objetivo avaliar o efeito de diferentes concentrações de AIB sobre o enraizamento de estacas de taperebazeiro. Foram usadas estacas de ramos com 20 cm de comprimento. Com a base das estacas imersas durante 24 horas, nas concentrações de ácido indolbutírico: zero; 500, 1.000, 1.500 e 2.000 mg.L-1. Logo após a imersão foi feito o plantio das estacas em tubetes, contendo como substrato a mistura de areia + fibra de coco triturada. Para a análise estatística foi adotado o delineamento inteiramente casualizado, com cinco tratamentos e quatro repetições de 20 estacas por parcela, totalizando 80 estacas por...
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Taperebá; Anacardiaceae; Fruto tropical; Spondias mombin; Raízes.
Ano: 2016 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/1057693
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Estimativas de polinização cruzada em população de Spondias tuberosa Arruda (Anacardiaceae) usando marcador AFLP. Repositório Alice
SANTOS, C. A. F.; OLIVEIRA, V. R. de; RODRIGUES, M. A.; RIBEIRO, H. L. C.; DRUMOND, M. A..
2011
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Taxa de cruzamento MLTR; Heterozigotos; Anacardiaceae; Marcador AFLP; Spondias tuberosa; Melhoramento genético; Polinização; Caatinga; Umbu.
Ano: 2011 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/896571
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Estrutura do pericarpo e da semente de Astronium graveolens Jacq. (Anacardiaceae) com notas taxonômicas Rev. Bras. Bot.
CARMELLO-GUERREIRO,SANDRA M.; PAOLI,ADELITA A. SARTORI.
Astronium graveolens é um representante arbóreo da família Anacardiaceae que se distribui desde o México até o centro-sul da América do Sul. O fruto é uma pseudo-sâmara com exocarpo unisseriado, suberificado e aderido ao mesocarpo. O mesocarpo é parenquimático, com grandes canais secretores associados aos feixes vasculares e localizados próximos ao endocarpo. O endocarpo parenquimático é bisseriado, sendo a camada que reveste o lóculo ligeiramente alongada radialmente. O óvulo é anátropo, unitegumentado, crassinucelado, com rafe dorsal evidente e hipóstase tanífera; apresenta obturador placentário e está inserido em posição apical-lateral no fruto. A testa, fortemente adnata ao pericarpo, apresenta as células da epiderme interna pequenas e de conteúdo...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Anacardiaceae; Astronium graveolens; Pericarp; Seed; Anatomy.
Ano: 2000 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-84042000000100010
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Estrutura e desenvolvimento de canais secretores em frutos de Schinus terebinthifolius Raddi (Anacardiaceae) Acta Botanica
Machado,Silvia Rodrigues; Carmello-Guerreiro,Sandra Maria.
As cavidades secretoras no fruto de Schinus terebinthifolius foram analisadas aos microscópios de luz e eletrônico de transmissão. Estas cavidades são complexas e constituídas por epitélio multiestratificado que circunda o lume preenchido por secreção viscosa e por células epiteliais isoladas. Cada cavidade é circundada externamente por duas ou três camadas de células menores que as adjacentes achatadas, radialmente e que progressivamente diferenciam-se em epiteliais. As cavidades secretoras iniciam-se por esquizogênese e desenvolvem-se pelo processo esquizo-lisígeno. O lume inicia-se pela dissolução da lamela média entre um grupo de células precursoras dispostas em roseta; sua ampliação é decorrente da separação das células internas desta roseta. As...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Cavidades secretoras; Anatomia; Ultra-estrutura; Frutos; Anacardiaceae.
Ano: 2001 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-33062001000200005
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Evaluation of the antinociceptive and anti-inflammatory effects of the acetone extract from Anacardium occidentale L BJPS
Vanderlinde,Frederico Argollo; Landim,Higor Frutuoso; Costa,Elson Alves; Galdino,Pablinny Moreira; Maciel,Maria Aparecida Medeiros; Anjos,Gineide Conceição dos; Malvar,David do Carmo; Côrtes,Wellington da Silva; Rocha,Fábio Fagundes da.
The stem bark of Anacardium occidentale L. (Anacardiaceae), commonly called cashew, is used in Brazilian traditional medicine for the treatment of gastric and inflammatory disorders. The present study was carried out to investigate the in vivo anti-inflammatory activities of the acetone extract (AE) of the stem bark of A. occidentale. We evaluated the pharmacological activities of this plant material through the analgesic, antiedematogenic and chemotaxic inhibitory effects produced by the AE. The oral administration (p.o.) of mice with the AE (0.1, 0.3 and 1.0 g/kg) or positive control indomethacin (10 mg/kg) inhibited acetic acid-induced writhing by 18.9, 35.9, 62.9 and 68.9%, respectively (ID50% = 530 mg/kg). The highest dose of the AE was able to...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Anacardium occidentale L./analgesic activity; Anacardium occidentale L./anti-inflammatory activity; Anacardium occidentale L./antiedematogenic activity; Anacardiaceae; Cashew.
Ano: 2009 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1984-82502009000300008
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Filogenia do gênero Spondias com base em marcadores RAPD resultados preliminares. Repositório Alice
OLIVEIRA, V. R. de; SANTOS, C. A. F.; ARAUJO, F. P. de; GANDARA, F. B.; SOUZA, J. C. de..
O trabalho teve como objetivo, estudar as relações de ancestralidade (filogenia) entre as diferentes Spondias visando agrupar as espécies/híbridos com base em marcadores de DNA do tipo RAPD.
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: RAPD; Anacardiaceae; Agrupamento; Spondias; Spondias; Melhoramento genético.
Ano: 2006 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/133920
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
First host plant records for Iridopsis hausmanni Vargas (Lepidoptera, Geometridae) in the coastal valleys of northern Chile Rev. Bras. entomol.
Vargas,Héctor A..
First host plant records for Iridopsis hausmanni Vargas (Lepidoptera, Geometridae) in the coastal valleys of northern Chile. The trees Haplorhus peruviana Engl. and Schinus molle L. (Anacardiaceae) are mentioned as the first host plant records for the little known native moth Iridopsis hausmanni Vargas, 2007 (Lepidoptera, Geometridae, Ennominae) in the coastal valleys of the northern Chilean Atacama Desert. This is also the first record of Anacardiaceae as host plant for a Neotropical species of Iridopsis Warren, 1894.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Anacardiaceae; Atacama Desert; Fabaceae; Insecta.
Ano: 2014 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0085-56262014000100015
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
First record of folivory on a newly documented host plant for the little known geometrid moth Eupithecia yubitzae Vargas &amp; Parra (Lepidoptera, Geometridae) in northern Chile Rev. Bras. entomol.
Vargas,Héctor A.; Vargas-Ortiz,Marcelo; Huanca-Mamani,Wilson.
The native tree Schinus molle (Anacardiacae) is reported for the first time as a host plant for larvae of the little known geometrid moth Eupithecia yubitzae Vargas & Parra (Lepidoptera, Geometridae) in the Atacama Desert of northern Chile, based on morphology and DNA barcodes. This discovery importantly expands the host range of E. yubitzae, as previous records were restricted to Fabaceae trees. Larvae were previously known as florivorous, while these were found to be folivorous on S. molle. Furthermore, host-associated cryptic larval polychromatism was detected, as larvae collected on S. molle were found to be mostly pale green, contrasting with the dark yellow ground color of the larvae typically collected on fabaceous host plants.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/report Palavras-chave: Acacia macracantha; Anacardiaceae; DNA barcodes; Fabaceae; Schinus molle.
Ano: 2015 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0085-56262015000200121
Registros recuperados: 63
Primeira ... 1234 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional