Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: 

RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 22
Primeira ... 12 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Análise da infecção por Babesia bigemina em fêmeas bovinas de diferentes grupos genéticos e em teleóginas de Boophilus microplus colhidas desses animais. Repositório Alice
NÉO, T. A.; SILVA, A. M.; OLIVEIRA, M. C. de S.; OLIVEIRA, H. N. O.; REGITANO, L. C. de A.; ALENCAR, M. M. de.
Tipo: Separatas Palavras-chave: Fêmeas bovinas.; Babesia Bigemina; Infecção..
Ano: 2006 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/47736
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Avaliação dos níveis de infecção por Babesia bigemina em amostras de sangue de bezerros usando qPCR com sistema de sondas de hidrólise. Repositório Alice
MARTINS, M. D. R.; GOMES, H. C. S. F.; VELTRONI, Y. K.; SILVA, P. C.; TONELLI, M. F.; OLIVEIRA, H. N. DE; OKINO, C. H.; OLIVEIRA, M. C. de S..
Babesia bigemina é um hemoparasita de bovinos endêmico no Brasil, transmitido pelo carrapato Rhipicephalus microplus. As reações em cadeia da polimerase quantitativas (qPCR) usando corantes intercalantes têm sido usadas nas estimativas dos níveis de infecção nas amostras de sangue dos animais. Porém, o uso das sondas de hidrólise Taqman pode aumentar a especificidade das reações.
Tipo: Anais e Proceedings de eventos Palavras-chave: QPCR; Sonda de hidrolise; Babesiose; Babesia Bigemina.
Ano: 2020 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1131311
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Avaliação molecular da taxa de infecção por Babesia bovis e Babesia bigemina em bovinos de diferentes grupos genéticos. Repositório Alice
OLIVEIRA, M. C. de S.; REGITANO, L. C. de A.; ALENCAR, M. M. de; SILVA, A. M.; SEQUEIRA, T. C. G. O.; OLIVEIRA, H. N..
Tipo: Anais e Proceedings de eventos Palavras-chave: Babesioses; Gado de Corte; Babesia Bovis; Babesia Bigemina.
Ano: 2004 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/46900
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Avaliações da parasitemia, hematócrito e níveis enzimáticos de bezerros Nelore (Bos indicus), inoculados com isolados de Babesia bigemina (Smith & Kilborne, 1893), das Regiões Sul, Sudeste, Centro-Oeste, Nordeste e Norte do Brasil. Repositório Alice
VIEIRA, D.; MENDONCA, L.; KAHYAGAWA, A.; MADRUGA, C. R.; BICUDO, P. L.; SCHENK, M. A.; KESSLER, R..
Avaliaram-se parasitemia e os niveis de aspartato amino-transferase (AST), gama glutamil-transerase (GGT), glutamil desidrogenase (GLDH) e fosfatase alcalina (FA), de bezerros Nelore (Bos indicus) inoculados com isolados de Babesia bigemina das cinco regioes fisiograficas do Brasil. Constatou-se que os diferentes isolados desenvolveram baixa parasitemia nos animais experimentalmente inoculados e que nao houve variacao nos niveis das enzimas sericas estudadas.
Tipo: Artigo de periódico Palavras-chave: Bovino de corte; Nelore; Brasil; Babesia Bigemina; Bezerro; Enzima; Parasitismo; Nellore; Beef cattle; Calves; Enzymes; Parasitism.
Ano: 2000 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/324312
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Carrapato, tristeza parasitaria e tripanossomose dos bovinos. Infoteca-e
KESSLER, R. H.; SCHENK, M. A. M..
Carrapato. O carrapato-do-boi Boophilus microplus: ciclo, biologia e epidemiologia, patogenia e controle. Tristeza parasitaria dos bovinos. Tristeza parasitaria dos bovinos (TPB): conceito, etiologia, transmissao, epidemiologia, diagnostico e controle. Imunidade contra Babesia e Anaplasma. Diagnostico parasitologico da tristeza parasitaria bovina. Diagnostico sorologico da tristeza parasitaria bovina. Diagnostico anatomopatologico da tristeza parasitaria bovina. Trpanossomose Trypanosoma vivax: biologia, diagnostico e controle. Imunidade contra Trypanosoma vivax.
Tipo: Livro técnico (INFOTECA-E) Palavras-chave: Sanidade; Controle; Health; Tickes; Tickborne diseases; Biology; Control; Anaplasmose; Babesia Bigemina; Babesia Bovis; Biologia; Boophilus Microplus; Bovino; Carrapato; Parasitologia; Tripanossomíase; Tristeza Parasitaria; Trypanosoma Vivax; Anaplasmosis; Cattle; Parasitology.
Ano: 1998 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/319034
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Cepas atenuadas de Babesia bovis e Babesia bigemina e de Anaplasma centrale como imunogenos no controle da Tristeza parasitaria bovina. Repositório Alice
SACCO, A. M. S.; KESSLER, R. H.; MADRUGA, C. R..
Neste trabalho foram avaliadas cepas atenuadas de Babesia bovis e B. bigemina e Anaplasma centrale como imunogenos a serem utilizados no controle da Tristeza Parasitaria Bovina. O processo de imunizacao demonstrou ser inocuo. imunogenico e eficiente, pelo menos no que diz respeito as babesias, pois protegeu os animais vacinados frente ao desafio com cepas heterologas virulentas a campo, que provocou doenca clinica e morte nos animais do grupo controle. O desafio a campo pelo Anaplasma marginale nao se mostrou muito virulento ou patogenico, nao sendo possivel concluir que a imunizacao com A.centrale proteja os animais contra anaplasmose.
Tipo: Artigo de periódico Palavras-chave: Anaplasmosse; Tickborne disease; Vaccine; Babesia Bigemina; Babesia Bovis; Babesiose; Bovino; Imunologia; Sanidade Animal; Tristeza Parasitaria; Vacina; Anaplasma centrale; Anaplasmosis; Animal health; Babesiosis; Cattle; Immunology.
Ano: 2001 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/324413
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Cepas atenuadas de Babesia bovis e Babesia bigemina e de Anaplasma centrale como imunogenos no controle da Tristeza parasitaria bovina. Repositório Alice
SACCO, A. M. S.; KESSLER, R. H.; MADRUGA, C. R..
Neste trabalho foram avaliadas cepas atenuadas de Babesia bovis e B. bigemina e Anaplasma centrale como imunogenos a serem utilizados no controle da Tristeza Parasitaria Bovina. O processo de imunizacao demonstrou ser inocuo. imunogenico e eficiente, pelo menos no que diz respeito as babesias, pois protegeu os animais vacinados frente ao desafio com cepas heterologas virulentas a campo, que provocou doenca clinica e morte nos animais do grupo controle. O desafio a campo pelo Anaplasma marginale nao se mostrou muito virulento ou patogenico, nao sendo possivel concluir que a imunizacao com A.centrale proteja os animais contra anaplasmose.
Tipo: Separatas Palavras-chave: Babesia Bigemina; Babesia Bovis; Bovino; Imunologia; Sanidade Animal; Tristeza Parasitaria; Vacina.
Ano: 2001 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1095420
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Controle de surtos de tristeza parasitária bovina. Infoteca-e
SACCO, A. M. S..
No Brasil, os agentes causadores da Tristeza Parasitária Bovina (TPB) são dois protozoários (Babesia bovis e Babesia bigemina) e uma rickettsia (Anaplasma marginale), sendo que a doença pode ser causada por um, dois ou os três agentes juntos.
Tipo: Circular Técnica (INFOTECA-E) Palavras-chave: Anaplasmose marginale.; Babesia Bovis; Bovino; Babesia Bigemina; Tristeza Parasitaria..
Ano: 2002 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/227702
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Desenvolvimento de ELISA indireto utilizando proteínas recombinantes de Babesia bovis e de Babesia bigemina. Repositório Alice
SILVA, P. C.; GIGLIOTI, R.; OLIVEIRA, H. N. de; OLIVEIRA, M. C. de S.; OKINO, C. H..
A babesiose bovina é causada pelos protozoários Babesia bovis e Babesia bigemina que parasitam eritrócitos e induzem a anemia hemolítica intravascular. Os testes sorológicos têm sido utilizados para realização de levantamentos epidemiológicos de babesioses bovinas. Embora os testes de imunofluorescência indireta de anticorpos (IFATs) tenham sido amplamente utilizados como padrão para diagnóstico de babesioses, vários problemas relacionados à sensibilidade, especificidade, subjetividade na interpretação e baixo "throughput? tem limitado sua utilização.
Tipo: Separatas Palavras-chave: Método de ELISA; Babesiose; Babesia Bovis; Babesia Bigemina; Babesia.
Ano: 2018 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1096215
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Detecção de Babesia bovis e Babesia bigemina pela técnica de N-PCR em bovinos de diferentes grupos genéticos. Repositório Alice
OLIVEIRA, M. C. de S.; REGITANO, L. C. de A.; ALENCAR, M. M. de; SILVA, A. M. da; RUSSO, M. S.; ROFRUGUES, T. de O.; NUNES, H. de O..
Tipo: Separatas Palavras-chave: Suscetibilidades genéticas; PCR; N-PCR.; Babesia Bigemina; Babesia Bovis..
Ano: 2005 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/47228
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Estratégias de controle do carrapato Boophilus microplus (Canestrini, 1887) e influência na estabilidade enzoótica da babesiose bovina. Repositório Alice
VIEIRA, M. I. B.; LEITE, R. C.; SACCO, A. M. S.; SILVA, J. G. C..
Esse trabalho teve como objetivo avaliar a interferência de diferentes métodos de controle do carrapato Boophilus microplus na manutenção da estabilidade enzoótica da babesiose bovina.
Tipo: Separatas Palavras-chave: Imunofluorescência; Boophilus Microplus; Babesia Bovis; Babesia Bigemina; Bovino; Carrapato.
Ano: 2003 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1093733
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Estudo da infecção por Babesia bigemina em bovinos de corte e em carrapatos. Infoteca-e
OLIVEIRA, M. C. de S.; OLIVEIRA, H. N. de; REGITANO, L. C. de A.; ALENCAR, M. M. de; NÉO, T. A.; SILVA, A. M. da.
bitstream/CPPSE/17523/1/Boletim12.pdf
Tipo: Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E) Palavras-chave: Carrapatos.; Babesia Bigemina; Gado de Corte; Infecção..
Ano: 2007 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/44885
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Estudo da prevalência e do nível de infecção por Babesia bovis e Babesia bigemina em bovinos da raça Angus, Nelore e cruzados, criados em áreas Indêmicas do Estado de São Paulo. Infoteca-e
OLIVEIRA, M. C. de S.; BILHASSI, T. B.; GIGLIOTI, R; IBELLI, A. M. G.; MALAGO JUNIOR, W.; OLIVEIRA, H. N. de.
bitstream/item/123374/1/Boletim372104.pdf
Tipo: Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E) Palavras-chave: Estudo.; Babesia Bigemina; Babesia Bovis; Gado de Corte; Infecção..
Ano: 2014 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/1014967
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Estudo do nível de infecção por Babesia bovis e Babesia bigemina em bovinos da raça canchim naturalmente infestados com o carrapato Rhipicephalus (Boophilus) microplus. Repositório Alice
BILHASSI, T. B..
Entre as principais causas de perdas produtivas em bovinos criados nos trópicos está a infestação pelo carrapato Rhipicephalus (Boophilus) microplus e, consequentemente, dos hemoparasitas transmitidos por ele. A resistência dos zebuínos e de animais cruzados com raças taurinas à infestação por esse ácaro é amplamente conhecida. Entretanto, no que se refere à suscetibilidade às babesioses bovinas, existem evidências de que o grupo genético também pode interferir na resistência, seguindo o mesmo padrão observado para o carrapato vetor, com os taurinos apresentando maior sensibilidade. Assim, este estudo teve por objetivo avaliar a parasitemia por Babesia bovis e Babesia bigemina em 50 novilhas da raça Canchim ( Charolês + Zebu) naturalmente infestadas pelo...
Tipo: Teses Palavras-chave: Citocinas; QPCR.; Babesia Bigemina; Babesia Bovis..
Ano: 2016 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1047745
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Identificação de bovinos portadores sadios de Babesia spp através da técnica de PCR. Infoteca-e
BENAVIDES, M. V.; SACCO, A. M. S.; WEIMER, T de A.; VALENTE, P. D.; FRANCK, B. M..
A Tristeza parasitária bovina (complexo babesiose-anaplasmose), enfermidade transmitida pelo carrapato Boophilus microplus, é responsável por alta morbidade e mortalidade nos rebanhos de corte e leite na região Sul do Brasil.
Tipo: Documentos (INFOTECA-E) Palavras-chave: Babesia Bovis; Bovino; Babesia Bigemina; Tristeza Parasitaria..
Ano: 2001 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/228335
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Incidência de Anaplasma marginale, Babesia bigemina e Babesia bovis em bezerros no semiárido paraibano. Repositório Alice
COSTA, M. M.; RIBEIRO, M. F. B.; DUARTE, G. A. F. P.; SOARES, J. F.; AZEVEDO, S. S.; BARROS, A. T. M. de; RIET-CORREA, F.; LABRUNA, M. B..
Este estudo avaliou a incidência de infecções naturais pelos agentes da tristeza parasitária bovina (TPB), Anaplasma marginale, Babesia bovis e Babesia bigemina, em bezerros nascidos em cinco fazendas do semiárido paraibano. Em cada fazenda, foram coletadas amostras de sangue de 6 a 14 bezerros a cada 14 dias durante os primeiros 12 meses de vida de cada animal. As amostras de sangue foram processadas por microhematócrito e testadas por PCR para detecção de DNA de A. marginale, B. bovis e B. bigemina. Em paralelo, foram quantificadas as infestações por carrapatos nos bovinos nas cinco fazendas, assim como as populações de tabanídeos em três fazendas. De 41 bezerros monitorados durante o primeiro ano de vida, 25 (61,0%) apresentaram PCR positivo para A....
Tipo: Artigo de periódico Palavras-chave: Hematophagous Diptera; Cattle tick fever; Anaplasma Marginale; Babesia Bigemina; Babesia Bovis; Bezerro; Bovino; Carrapato; Tristeza Parasitaria; Parasitose; Calves; Cattle; Ticks; Parasitoses.
Ano: 2018 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1101706
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Níveis de anticorpos anti-Babesia Bigemina e Babesia bovis em bezerros da raça Nelore, Ibagé e cruzamentos de nelore. Repositório Alice
MADRUGA, C. R.; AYCARDI, E.; KESSLER, R. H.; SCHENK, M. A. M.; CURVO, J. B. E..
Foram analisados pela tecnica de anticorpos fluorescentes, os soros dos bezerros da raca Nelore, Ibage e cruzamentos de Nelore x Fleckvieh, Nelore x chianina e Nelore x Charoles, do nascimento ao desmame, com a finalidade de determinar os niveis de imunoglobolinas anti-Babesia bigemina e Babesia bovis. No periodo de tres a quatorze dias de vida foi observa correlacao positiva e significnate entre os niveis de imunoglobulinas circulantes das vacas e os anticorpos serios dos bezerros contra B. bigemina e/ou B. bovis, em algumas racas e cruzamentos. A media do titulo sorologico dos grupos experimentais apresentou um descrecimo nos niveis de anticorpos colostrais entre 28 e 56 dias de idade contra B. bigemina e entre 56 e 84 dias anti-B.bovis. A producao ativa...
Tipo: Artigo de periódico Palavras-chave: Nelore; Ibage; Breed; Calf; Babesia Bigemina; Babesia Bovis; Bezerro; Bovino; Cruzamento; Raça; Nellore; Cattle; Crossbreds.
Ano: 1984 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/319316
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Otimização de PCR para estudo da diversidade genética de Babesia bigemina em amostras de sangue de bezerros da raça Canchim naturalmente infectados. Repositório Alice
LOPES, G. DE O.; OKINO, C. H.; OLIVEIRA, H. N. DE; OLIVEIRA, M. C. de S..
Babesia bigemina é um protozoário que se multiplica nos eritrócitos dos bovinos e induz uma grave anemia hemolítica.
Tipo: Anais e Proceedings de eventos Palavras-chave: Hemoparasitas; Diversidade genética; Babesia Bigemina.
Ano: 2021 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1134343
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
PCR-based detection of babesia bovis and babesia bigemina in their natural host Boophilus microplus and cattle. Repositório Alice
OLIVEIRA-SIQUEIRA, T. C. G.; OLIVEIRA, M. C. de S.; ARAÚJO JR. J. P.; AMARANTE, A. F. T..
PCR and nested-PCR methods were used to assess the frequency of Babesia bovis and Babesia bigemina infection in Boophilus microplus engorged females and eggs and in cattle reared in an area with endemic babesiosis. Blood and the engorged female ticks were from 27 naturally infested calves and 25 crossbred cows. The frequency of both Babesia species was similar in calves and cows (P>0.05). Babesia bovis was detected in 23 (85.2%) calves and in 25 (100%) cows and B. bigemina was detected in 25 (92.6%) calves and in 21 (84%) cows. Mixed infections with the both Babesia species were identified in 42 animals, 21 in each age category. Of female ticks engorged on calves, 34.9% were negative and single species infection with B. bigemina (56.2%) was...
Tipo: Separatas Palavras-chave: Polymerase; Chain reaction.; Boophilus Microplus.; Babesia Bovis; Babesia Bigemina; Brazil..
Ano: 2005 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/47048
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Relatório final de consultoria (IICA/PRODETAB). Infoteca-e
SOARES, C. O..
Cultivo in vitro de tecidos do carrapato Boophilus microplus e obtenção de imunógenos. Desenvolvimento de um teste de imunocromatografia para detecção de anticorpos contra Babesia bigemina. Imunidade conferida pela membrana externa dos corpúsculos iniciais de Anaplasma marginale e proteínas principais da superfície MSP-2 E MSP-5, associadas a indutor inespecífico de imunidade celular em bovinos.
Tipo: Documentos (INFOTECA-E) Palavras-chave: Tristeza parasitária bovina; Tickborne diseases.; Babesia Bigemina; Boophilus Microplus; Anaplasma Marginale; Carrapato; Imunologia; Sanidade Animal.; Animal health; Ticks..
Ano: 2000 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/324206
Registros recuperados: 22
Primeira ... 12 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional