Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 107
Primeira ... 123456 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
A informação sobre a flora Bromeliaceae no cerrado: na literatura e nos herbários. Repositório Alice
MIRANDA, Z. de J. G..
A presente dissertacao tem o objetivo de mapear o estado atual da pesquisa sobre a flora de Bromeliaceae que ocorre no Cerrado cuja area considerada segue a delimitacao estabelecida pelo RADAM-Brasil. Partiu-se de dois pressupostos: 1) Na literatura especializada em flora do Cerrado, a familia Bromeliaceae aparece de forma incipiente, supostamente aquem da diversidade registrada na literatura taxonomica sobre bromelias; 2) Na literatura sobre bromelias em geral, as especies do Cerrado aparecem de forma dispersa e inespecifica, dificultando a sua identificacao. Foram analisadas as informacoes existentes em tres fontes distintas: 1) As floras de Cerrado que citam especies da familia com ocorrencia no Bioma; 2) A literatura taxonomica sobre bromelias que cita...
Tipo: Tese/dissertação (ALICE) Palavras-chave: Cerrado; Flora; Bromélia; Bromeliaceae; Planta nativa; Variedade; Herbário; Indigenous organisms; Varieties; Herbaria.
Ano: 2001 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/563236
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
A new species of Vriesea Lindl. (Bromeliaceae, Tillandsioideae) from serra da Canastra, Minas Gerais State, Brazil Acta Botanica
Versieux,Leonardo M.; Wanderley,Maria das Graças Lapa.
A new species of Vriesea Lindl. belonging to section Xiphion (E. Morren) E. Morren ex Mez. - V. sanfranciscana Versieux & Wand.- is described and illustrated. The species is only known to occur in the Serra da Canastra National Park, located in the southwestern Minas Gerais, Brazil, and is morphologically related to V. atropurpurea Silveira from serra do Cipó, Espinhaço range.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Bromeliaceae; Tillandsioideae; Vriesea; Minas Gerais; Serra da Canastra.
Ano: 2008 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-33062008000100009
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
A ocorrência do mutualismo facultativo entre Dyckia maritima Backer (Bromeliaceae) e o cupim Cortaritermes silvestrii (Holmgren), Nasutitermitinae, em afloramentos rochosos no Parque Estadual de Itapuã, Viamão, RS Acta Botanica
Waldemar,Celso Copstein; Irgang,Bruno Edgar.
A presença de colônias de C. silvestrii é comum nos lajeados existentes em Itapuã. Na estação Morro da Grota1, 92,0 % dos termiteiros situados na rocha exposta e em ilhas de vegetação estão associados a D. maritima. Esta convivência ocorre em 31,2 % das ilhas na qual esta bromélia se faz presente. Nas ilhas, a comparação entre os substratos aonde D. maritima vegeta, o solo litólico húmico existente sob o manto do musgo Campylopus spp. e o substrato constituído pelo cupinzeiro indica que este último possui os teores mais elevados dos nutrientes P, K, Ca, Mg, Zn e Mn, maior CTC e maiores teores de partículas finas, principalmente o silte. O estabelecimento de D. maritima sobre os termiteiros de grande porte aumenta o seu valor de cobertura em ilhas de...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Mutualismo; Dyckia maritima; Bromeliaceae; Cortaritermes silvestrii; Nasutitermitinae.
Ano: 2003 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-33062003000100004
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
A remarkable new species of Cavichiana (Hemiptera: Cicadellidae: Cicadellinae) from southeastern Brazil Rev. Bras. Zool.
Quintas,Victor; Takiya,Daniela M.; Côrte,Isabele; Mejdalani,Gabriel.
ABSTRACT Cavichiana Mejdalani et al., 2014 was a formerly monotypic Cicadellinae genus exclusively found in bromeliads from southeastern Brazil. Here a new species is described, diagnosed, and illustrated from Itatiaia National Park, municipality of Itamonte, state of Minas Gerais (Mantiqueira mountain range); specimens were collected on Vriesea spp. (Bromeliaceae). Cavichiana alpina sp. nov. (male holotype in DZRJ) can be recognized by the following combination of features: (1) forewing clavus with basal portion and area along commissural margin orange, remainder of claval area blue (except dark brown apex); (2) corium with large blue area adjacent to claval sulcus, connected to blue area of clavus; (3) distal portion of female and male pygofer not...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Bromeliaceae; Cicadellini; Leafhopper; Morphology; Neotropical Region; Taxonomy.
Ano: 2020 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1984-46702020000100302
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
A valid name for the taxon known as Tillandsia bryoides auct: Bromeliaceae Darwiniana
Donadio,Sabina.
Tillandsia bryoides fue incluida en la sinonimia de T. tricholepis porque todos los elementos del lectotipo (P. Lorentz 128, BM) pertenecen a esta última especie. Sin embargo, se observaron en el campo, en distintos herbarios y en diversas publicaciones, materiales que fueron previamente considerados como T. bryoides y que en realidad corresponden a una nueva especie de Tillandsia subgen. Diaphoranthema. Esta nueva especie tiene flores solitarias, sésiles, amarillas y una bráctea floral glabra, y crece en el centro de Perú, en Bolivia, y en el centro y noroeste de Argentina. En este trabajo se establece un nombre válido para esta especie, junto con una ilustración detallada, datos de distribución, y una discusión de sus relaciones con las especies...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Bromeliaceae; Diaphoranthema; Taxonomía; Tillandsia.
Ano: 2011 URL: http://www.scielo.org.ar/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0011-67932011000200002
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Aechmea rodriguesiana (L. B. Sm.) L. B. Sm. (Bromeliaceae) uma espécie endêmica da Amazônia brasileira Acta Amazonica
Sousa,Gardene Maria de; Wanderley,Maria das Graças Lapa.
Aechmea subgênero Chevaliera (Gaudich. ex Beer) Baker está representado na Amazônia brasileira pelas espécies A. fernandae (E. Morren) Baker e A. rodriguesiana (L. B. Sm.) L. B. Sm., sendo a última restrita para esta região. A. rodriguesiana se caracteriza pelas flores dispostas em racemo de espigas, com brácteas florais ovais, margens inteiras, envolvendo o ovário e pelas pétalas alvas e cuculadas. O presente trabalho apresenta a complementação da descrição e ilustrações desta espécie. São apresentados dados de distribuição geográfica, hábitats e fenológicos.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Aechmea; Chevaliera; Bromeliaceae; Amazônia brasileira.
Ano: 2007 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0044-59672007000400006
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Aechmea Ruiz & Pav. (Bromeliaceae) do Estado de Pernambuco, Brasil Acta Botanica
Sousa,Gardene Maria de; Wanderley,Maria das Graças Lapa.
Foram registradas dez espécies do gênero Aechmea no Estado de Pernambuco: A. aquilega (Salisb.) Griseb., A. eurycorymbus Harms, A. fulgensBrongn., A. lingulata (L.) Baker, A. mertensü(G. Mey.) Schult. f., A. mulfordii L. B. Sm., A. murícata(Arruda) L. B. Sm., A. stelligera L. B. Sm., A. tomentosa M&z e A. werdermannii Harms. Duas espécies são endêmicas (A. murícata e A. werdermannii) e uma nova ocorrência (A. stelligerd) foi referida para Pernambuco. São apresentados chave, descrições, ilustrações e comentários das espécies estudadas.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Aechmea; Bromeliaceae; Taxonomia; Pernambuco.
Ano: 2000 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-33062000000100008
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Ananas ananassoides: abacaxizinho-do-cerrado. Repositório Alice
CARNEIRO, M. de F.; PEREIRA, E. E.; SIBOV, S. T.; FERREIRA, F. R.; FAVERO, A. P.; CABRAL, J. R. S.; SOUZA, F. V. D..
Tipo: Capítulo em livro científico (ALICE) Palavras-chave: Bromeliaceae; Ananas ananassoides (Baker) LBSm.
Ano: 2016 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/1073536
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Anatomia da raiz de espécies de Dyckia Schult. f. e Encholirium Mart. ex Schult. & Schult. f. (Bromeliaceae, Pitcairnioideae) da Serra do Cipó (Minas Gerais, Brasil), com especial referência ao velame Rev. Bras. Bot.
PITA,PATRÍCIA B.; MENEZES,NANUZA L..
O estudo anatômico da raiz em espécies de Dyckia e Encholirium mostra, como característica marcante, a presença de uma epiderme pluriestratificada, constituindo um velame. No epivelame, encontram-se os pêlos radiculares. A hipoderme é formada por células mortas de paredes espessadas e algumas células de passagem vivas de paredes não espessadas. Em diferentes níveis, apresenta-se uni ou plurisseriada e totalmente lignificada. Observa-se, também, o espessamento e a lignificação das paredes celulares de outras regiões do córtex em maior ou menor profundidade, dependendo do nível considerado (mais próximo do caule, mais espessado). Excluindo a raiz primária da planta jovem, todas as demais são adventícias, com medula ampla.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Bromeliaceae; Root; Anatomy; Velamen.
Ano: 2002 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-84042002000100005
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Anatomia de escapos de Tillandsia L. (Bromeliaceae) dos Campos Gerais do Paraná, Brasil Rev. Bras. Bot.
Segecin,Simone; Scatena,Vera L..
Estudou-se a anatomia dos escapos de Tillandsia crocata (E. Morren) Baker, T. gardneri Lindl., T. geminiflora Brongn., T. linearis Vell., T. lorentziana Griseb., T. mallemontii Glaziou ex Mez, T. recurvata L., T. streptocarpa Baker, T. stricta Soland ex Sims, T. tenuifolia L. e Tillandsia sp., que ocorrem nos Campos Gerais do Paraná. São plantas epífitas de galhos de árvores ou de paredões rochosos. Os escapos são eretos ou recurvados, revestidos por brácteas e emergem do centro da roseta foliar. Verificaram-se dois padrões anatômicos de distribuição dos feixes vasculares. Um padrão onde os feixes vasculares ocorrem condensados perifericamente no cilindro vascular, circundados e/ou imersos num cilindro esclerótico - periciclo. Outro padrão onde os feixes...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Anatomia; Bromeliaceae; Escapos; Tillandsia.
Ano: 2004 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-84042004000300011
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Anatomia foliar de bromélias ocorrentes em áreas de cerrado do Estado de São Paulo, Brasil Acta Botanica
Proença,Suzana Lúcia; Sajo,Maria das Graças.
Visando apontar características inerentes à família Bromeliaceae e indicar possíveis adaptações anatômicas encontradas nas espécies de cerrado, foram estudadas as folhas de cinco Bromelioideae, sete Tillandsioideae e uma Pitcairnioideae. Em geral, nas Bromelioideae, os estômatos estão aprofundados na epiderme e verifica-se um tecido mecânico epidérmico e subepidérmico; observa-se um tecido parenquimático armazenador de água, células esclerificadas não relacionadas aos tecidos vasculares, além de canais de aeração percorrendo longitudinalmente o mesofilo. Nas Tillandsioideae, as folhas são densamente recobertas por escamas, os estômatos ocorrem nas duas superfícies e o mesofilo é bastante compacto. Em Pitcairnioideae, a estrutura foliar é bastante...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Bromeliaceae; Anatomia foliar; Cerrado; Estado de São Paulo.
Ano: 2007 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-33062007000300013
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Anatomia foliar de espécies brasileiras de Aechmea subg. Chevaliera (Gaudich. ex Beer) Baker, Bromelioideae-Bromeliaceae Rev. Bras. Bot.
Souza,Gardene Maria de; Estelita,Maria Emília Maranhão; Wanderley,Maria das Graças Lapa.
O subgênero Chevaliera está representado por 21 espécies, das quais grande parte ocorre no Brasil, habitando diferentes ecossistemas. Com o objetivo de auxiliar a taxonomia das espécies, são apresentados dados da anatomia foliar de 11 espécies do subgênero. Entre os caracteres mais relevantes destacam-se: posição dos estômatos, câmara subestomática com células espessadas, hipoderme, número de camadas do parênquima aqüífero, o formato das células dos canais de aeração e distribuição das fibras no mesofilo.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Aechmea; Anatomia foliar; Bromeliaceae; Chevaliera.
Ano: 2005 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-84042005000300016
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Anatomia foliar de Tillandsia L. (Bromeliaceae) dos Campos Gerais, Paraná, Brasil Rev. Bras. Bot.
Scatena,Vera Lucia; Segecin,Simone.
Foi estudada a anatomia foliar de Tillandsia crocata (E. Morren) Baker, T. gardneri Lindl., T. geminiflora Brongn., T. linearis Vell., T. lorentziana Griseb., T. mallemontii Glaziou ex Mez, T. recurvata L., T. streptocarpa Baker, T. stricta Soland ex Sims, T. tenuifolia L. T. usneoides L. e Tillandsia sp., dos Campos Gerais, Paraná, Brasil. Em vista frontal a epiderme apresenta células com paredes lineares até sinuosas, corpos silicosos e escamas epidérmicas que protegem os estômatos anomocíticos. A epiderme e o primeiro estrato da hipoderme apresentam células lignificadas na maioria das espécies. Em secção transversal observa-se estômatos que ocorrem um pouco abaixo do nível das demais células da epiderme; presença de parênquima aqüífero; canais de ar...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Anatomia foliar; Bromeliaceae; Dossel; Epífitas; Tillandsia.
Ano: 2005 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-84042005000300019
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Anatomy of the floral scape of Bromeliaceae Rev. Bras. Bot.
Proença,Suzana Lúcia; Sajo,Maria das Graças.
This paper describes the anatomy of the floral scape for 12 species of Bromeliaceae, belonging to the subfamilies Bromelioideae, Tillandsioideae and Pitcairnioideae. Although all the scapes have a similar organization, there are variations in the structure of the epidermis, cortex and vascular cylinder. Such variations are described for the studied scapes and, when considered together they can help to identify the species. These aspects are described for each scape and discussed under a taxonomic point of view.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Anatomy; Bromeliaceae; Floral scape.
Ano: 2008 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-84042008000300004
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Antiulcer activity of ethanolic extract of Encholirium spectabile Mart. ex Schult & Schult f. (Bromeliaceae) in rodents Biol. Res.
Moraes de Carvalho,Katharinne I; Fernandes,Hélio B; Frota Machado,Flávia D; Oliveira,Irisdalva S; Oliveira,Francisco A; Nunes,Paulo Humberto M; Lima,Julianeli T; Silva Almeida,Jackson R G; Meneses Oliveira,Rita C.
This study evaluated the antiulcer activity of an ethanolic extract of Encholirium spectabile (ES-EtOH) by using different standard experimental models of induced acute gastric ulceration. ES-EtOH (100 mg/kg p.o) protected the gastric mucosa against ulceration that was induced by absolute ethanol (53%), ethanol/HCl (75 %), ibuprofen (52 %) and ischemia/reperfusion (43 %). It also restored catalase activity and non-protein sulfhydryl group concentration in the gastric wall of mice that had been treated with ethanol. The pre-treatment of mice with N-nitro-L-arginine (70 mg/kg i.p.) abolished the protective activity of ES-EtOH, which indicates that prostaglandins, antioxidant compounds and nitric oxide synthase activity are involved in the gastroprotective...
Tipo: Journal article Palavras-chave: Antioxidant; Antiulcer activity; Encholirium spectabile; Bromeliaceae.
Ano: 2010 URL: http://www.scielo.cl/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0716-97602010000400011
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Are sun- and shade-type anatomy required for the acclimation of Neoregelia cruenta? Anais da ABC (AABC)
REINERT,FERNANDA; LEAL-COSTA,MARCOS V.; JUNQUEIRA,NICIA E.; TAVARES,ELIANA S..
Sun and shade plants are often discriminated by a number of sun- and shade-type anatomies. Nonetheless, we propose that among tank-bromeliads, changes in rosette architecture satisfy the requirements for coping with contrasting light levels. The tank-bromeliad Neoregelia cruenta naturally colonises sub-habitats ranging from full exposure to direct sunlight, to shaded environments in sand ridge plains. We quantified anatomical and morphological traits of leaves and rosettes of N. cruenta grown under sun and shade conditions. Cells with undulated lateral walls within the water parenchyma are for the first time described for the family. Under high light, leaf blades were wider, shorter, and yellowish. The rosette diameter of sun plants was less than half that...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Bromeliaceae; Crown architecture; Leaf anatomy; Plant morphology.
Ano: 2013 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0001-37652013000200561
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Aspectos fenológicos e reprodutivos de Vriesea incurvata Gaudich (Bromeliaceae) - DOI: 10.4025/actascibiolsci.v28i2.1011 Biological Sciences
Bonato e Negrelle, Raquel Rejane; UFPR; Muraro, Daniel; UFPR.
Este trabalho apresenta resultados de monitoramento fenológico e quantificação da produção de sementes de Vriesea incurvata Gaudich, realizados no Parque Estadual Rio da Onça (município de Matinhos, Estado do Paraná, 25º 50’S e 48º 30’ W). Registrou-se a ocorrência das fenofases de floração, frutificação, dispersão e emissão de brotos laterais. Paralelamente, coletaram-se 30 inflorescências em duas oportunidades (agosto de 2003 e 2004), sendo estas avaliadas quanto ao tamanho, número de frutos formados e quantidade de sementes. O início de floração foi evidenciado a partir de janeiro e fevereiro, com pico em abril e maio. A frutificação e a emissão de brotos clonais iniciaram-se em abril com pico em junho e julho e a dispersão teve início em agosto...
Palavras-chave: 2.03.00.00-0 Botânica fenologia; Bromeliaceae; Produto vegetal não madeirável 2.03.00.00-0 Botânica.
Ano: 2006 URL: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciBiolSci/article/view/1011
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Aspectos morfologicos e fenologicos de Tillandsia cyanea (Bromeliaceae). Repositório Alice
SOUZA, G. K. B.; SOUZA, E. H. de; NASCIMENTO, W. S.; COSTA, M. A. P. de C.; SOUZA, F. V. D..
As bromélias desempenham um importante papel ecológico nos ecossistemas naturais, além de apresentarem diferentes potenciais de uso. O conhecimento da morfologia e fenologia é essencial para o entendimento das relações ecológicas, contribuindo para o manejo, conservação e melhoramento genético.
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Tillandsioideae; Bromélia; Recurso genético; Banco de germoplasma; Genetic variation; Germplasm conservation; Bromeliaceae.
Ano: 2014 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/1011538
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Atlantic epiphyres: a data set of vascular and non-vascular epiphyte plants and lichens from the Atlantic Forest. Repositório Alice
RAMOS, F. N.; MORTARA, S. R.; MONALISA-FRANCISCO, N.; ELIAS, J. P. C.; MENINI NETO, L.; FREITAS, L.; KERSTEN, R. de A.; AMORIM, A. M.; MATOS, F. B. de; NUNES-FREITAS, A. F.; ALCANTARA, S.; ALEXANDRE, M. H. N.; ALMEIDA-SCABBIA, R. J. de; ALMEIDA, O. J. G. de; ALVES, F. E.; ALVES, R. M. de O.; ALVIM, F. S.; ANDRADE, A. C. S. de; ANDRADE, S. de; AONA, L. Y. S.; ARAUJO. A. C.; ARAÚJO, K. C. T. de; ARIATI, V.; ASSIS, J. C.; AZEVEDO, C. O. de; BARBOSA, B. F.; BARBOSA, D. E. F.; BARBOSA, F. dos R.; BARROS, F. de; BASILIO, G. A.; BATAGHIN, F. A.; BERED, F.; BIANCHI, J. S.; BLUM, C. T.; BOETLER, C. R.; BONNET, A.; BRANCALION, P. H. S.; BREIER, T. B.; BRION, C. de T.; BUZATTO, C. R.; CABRAL, A.; CADORIN, T. J.; CAGLIONI, E.; CANÊZ, L.; CARDOSO, P. H.; CARVALHO, F. S. de; CARVALHO, R. G.; CATHARINO, E. L. M.; CEBALLOS, S. J.; CEREZINI, M. T.; CÉSAR, R. G.; CESTARI, C.; CHAVES, C. J. N.; CITADINE-ZANETTE, V.; COELHO, L. F. M.; COFFANI-NUNES, J. V.; COLARES, R.; COLLETTA, G. D.; CORRÊA, N. de M.; COSTA, A. F. da; COSTA, G. M. da; COSTA, L. M. S.; COSTA, N. G. S.; COUTO, D. R.; CRISTOFOLINI, C.; CRUZ, A. C. R. da; DEL NERI, L. A.; DI PASQUO, M.; DIAS, A. dos S.; DIAS, L. do C. D.; DISLICH, R.; DUARTE, M. C.; FABRICANTE, J. R.; FARACHE, F. H. A.; FARIA, A. P. G. de; FAXINA, C.; FERREIRA, M. T. M.; FISCHER, E.; FONSECA, C. R.; FONTOURA, T.; FRANCISCO, T. M.; FURTADO, S. G.; GALETTI, M.; GALETTI, M.; GARBIN, M. L.; GASPER, A. L. de; GOETZE, M.; GOMES-DA-SILVA, J.; GONÇALVES, M. F. A.; GONZAGA, D. R.; SILVA, A. C. G. e; GUARALDO, A. de C.; GUARINO, E. de S. G.; GUISLON, A. V.; HUDSON, L. B.; JARDIM, J. G.; JUNGBLUTH, P.; KAESER, S. dos S.; KESSOUS, I. M.; KOCH, N. M.; KUNIYOSHI, Y. S.; LABIAK, P. H.; LAPATE, M. E.; SANTOS, A. C. L.; LEAL, R. L. B.; LEITE, F. S.; LEITMAN, P.; LIBONI, A. P.; LIEBSCH, D.; LINGNER, D. V.; LOMBARDI, J. A.; LUCAS, E.; LUZZI, J. dos R.; MAI, P.; MANIA, L. F.; MANTOVANI, W.; MARAGNI, A. G.; MARQUES, M. C. M.; MARQUEZ, G.; MARTINS, C.; MARTINS, L. do N.; MARTINS, P. L. S. S.; MAZZIERO, F. F. F.; MELO, C. de A.; MELO, M. M. F. de; MENDES, A. F.; MESACASA, L.; MORELLATO, L. P. C.; MORENO, V. de S.; MULLER, A.; MURAKAMI, M. M. da S.; CECCONELLO, E.; NARDY, C.; NERVO, M. H.; NEVES, B.; NOGUEIRA, M. G. C.; NONATO, F. R.; OLIVEIRA-FILHO, A. T. de; OLIVEIRA, C. P. L. de; OVERBECK, G. E.; MARCUSSO, G. M.; PACIENCIA, M. L. B.; PADILHA, P.; PADILHA, P. T.; PEREIRA, A. C. A.; PEREIRA, L. C.; PEREIRA, R. A. S.; PINCHEIRA-ULBRICH, J.; PIRES, J. S. R.; PIZO, M. A.; PÔRTO, K. C.; RATTIS, L.; REIS, J. R. de M.; REIS, S. G. dos; ROCHA-PESSÔA, T. C.; ROCHA, C. F. D.; ROCHA, F. S.; RODRIGUES, A. R. P.; RODRIGUES, R. R.; ROGALSKI, J. M.; ROSANELLI, R. L.; ROSSADO, A.; ROSSATTO, D. R.; ROTHER, D. C.; RUIZ-MIRANDA, C. R.; SAITER, F. Z.; SAMPAIO, M. B.; SANTANA, L. D.; SANTOS, J. S. dos; SARTORELLO, R.; SAZIMA, M.; SCHMITT, J. L.; SCHNEIDER, G.; SCHROEDER, B. G.; SEVEGNANI, L.; SILVA JÚNIOR, V. O.; SILVA, F. R. da; SILVA, M. J. da; SILVA, M. P. P.; SILVA, R. G.; SILVA, S. M.; SINGER, R. B.; SIQUEIRA, G.; SOARES, L. E.; SOUSA, H. C. de; SPIELMANN, A.; TONETTI, V. R.; TONIATO, M. T. Z.; ULGUIM, P. S. B.; VAN DEN BERG, C.; VAN DEN BERG, E.; VARASSIN, I. G.; SILVA, I. B. V. da; VIBRANS, A. C.; WAECHTER, J. L.; WEISSENBERG, E. W.; WINDISCH, P. G.; WOLOWSKI, M.; YAÑEZ, A.; YOSHIKAWA, V. N.; ZANDONÁ, L. R.; ZANELLA, C. M.; ZANIN, E. M.; ZAPPI, D. C.; ZIPPARRO, V. B.; ZORZANELLI, J. P. F.; RIBEIRO, M. C..
Epiphytes are hyper?diverse and one of the frequently undervalued life forms in plant surveys and biodiversity inventories. Epiphytes of the Atlantic Forest, one of the most endangered ecosystems in the world, have high endemism and radiated recently in the Pliocene. We aimed to (1) compile an extensive Atlantic Forest data set on vascular, non?vascular plants (including hemiepiphytes), and lichen epiphyte species occurrence and abundance; (2) describe the epiphyte distribution in the Atlantic Forest, in order to indicate future sampling efforts. Our work presents the first epiphyte data set with information on abundance and occurrence of epiphyte phorophyte species. All data compiled here come from three main sources provided by the authors: published...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Filicophyta; Lejeuneaceae; Lycopodiophyta; Magnoliophyta; Floresta Atlântica; Epífita; Atlantic Forest; Biodiversity data set; Biodiversity hotspot; Epiphyte; Phorophyte; Tropical forest; Bromeliaceae; Orchidaceae; Floresta Tropical; Marchantiophyta; Polypodiaceae; Tracheophyta.
Ano: 2019 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1105839
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Biologia floral e polinização de Aechmea beeriana (Bromeliaceae) em vegetação de baixio na Amazônia Central. Acta Amazonica
NARA,Angelic Katz; WEBBER,Antonio Carlos.
O presente estudo trata a biologia floral, a polinização e o sistema reprodutivo de Aechmea beeriana Smith & Spencer, acrescidas de algumas informações fenológicas. A espécie foi estudada nos arredores de Manaus-AM. A. beeriana ocorre principalmente como epífita a várias alturas, com preferência por locais mais sombreados. Apresenta-se adaptada a síndrome de ornitofilia, com antese diurna e inflorescências vistosas. A antese possui duração de um dia e as flores são homogâmicas. Os indivíduos são auto-incompatíveis. Três espécies de beija-flores, Phaethornis superciliosus, P. bourcieri e Thalurania furcata (Trochilinae), são considerados os principais polinizadores. A espécie apresenta padrão de floração sub-anual, com 98,4% dos indivíduos apresentando...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Bromeliaceae; Biologia floral; Sistema reprodutivo; Polinização; Beija-flor.
Ano: 2002 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0044-59672002000400571
Registros recuperados: 107
Primeira ... 123456 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional