Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 471
Primeira ... 123456789 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
A elasticidade do ligamento colateral medial da articulação do cotovelo de cão não advém de elastina Ciência Rural
Costa,Paloma Souza; Oliveira,Daniela; Baraldi -Artoni,Silvana Martinez; Shimano,Antonio Carlos; Cattelan,José Wanderley.
A literatura relata que ligamentos consistem de tecido conjuntivo denso, composto por água, colágeno tipos I e III, diversas proteoglicanas, pouca elastina e várias outras substâncias. Além disso, os ligamentos, quando testados in vitro com tensão longitudinal e unidirecional, apresentam um comportamento mecânico não-linear, ou seja, as fibras colágenas são alongadas aos poucos, perdendo seu padrão ondulado, até que todas estejam no limite máximo de tração e iniciem o rompimento. Portanto, no presente estudo avaliou-se a presença de fibras elásticas (elastina) no ligamento colateral medial do cotovelo de cães adultos para ponderar se a elasticidade do referido ligamento deve-se à presença de fibras elásticas ou às propriedades elásticas do colágeno ou à...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Cão; Cotovelo; Ligamento colateral medial; Fibras elásticas; Fibras colágenas.
Ano: 2008 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782008000600022
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
A PRESSÃO INTRA-ABDOMINAL DURANTE O PNEUMOPERITÔNIO PARA LAPAROSCOPIA EM CÃES Ciência Rural
Schossier,João Eduardo.
RESUMO A laparoscopia foi realizada em 65 cães, via linha mediana ventral, monitorando-se a pressão interna do pneumoperitônio. Determinou-se o valor pressórico de 2mmHg, como mínimo ideal para realização do exame, sem provocar alterações cardio-respiratôrias.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Laparoscopia; Pressão intra-abdominal; Cão.
Ano: 1994 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84781994000100022
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Ação antiarrítmica do isofluorano em cães submetidos à arritmias ventriculares induzidas por cloreto de bário Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Ferreira,W.L.; Aylon,E.G.; Carregaro,A.B..
Avaliou-se a ação antiarrítmica do isofluorano em cães submetidos a arritmias ventriculares pelo uso de cloreto de bário, utilizando-se de seis cães, machos e fêmeas, que receberam uma dose de 3mg/kg de peso IV de cloreto de bário a 2,5% (G1). O mesmo protocolo foi repetido, nos mesmos animais, sob anestesia geral com isofluorano (G2). Usou-se a eletrocardiografia computadorizada para avaliar o ritmo cardíaco, a duração e/ou amplitude das ondas e os intervalos eletrocardiográficos. Não se verificou alteração no ritmo cardíaco em G2, diferente de G1, que apresentou freqüentes arritmias ventriculares na forma de bigeminismo e taquicardia ventricular multifocal. Houve diferença significativa entre os grupos em relação à freqüência cardíaca nos minutos...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Cão; Arritmia ventricular; Eletrocardiografia; Isofluorano; Cloreto de bário.
Ano: 2006 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352006000600014
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Acrílico auto-polimerizável associado ou não a retalho mucoperiostal simples no tratamento de fístula oronasal experimental em cães Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Goelzer,L.P.; Raiser,A.G.; Gaiga,L.H.; Brondani,J.T.; Sheila,A.B.; Camargo,F..
Avaliou-se o emprego do acrílico auto-polimerizável no tratamento de fístula oronasal experimental em 12 cães adultos, sem raça definida, de ambos os sexos e pesos entre 8 e 19kg. Após a exodontia dos caninos superiores, foram empregadas duas técnicas: nas fístulas do lado direito fez-se o seu preenchimento com resina acrílica e nas do lado esquerdo, preenchimento com resina e cobrição do orifício com retalho mucoperiostal de origem gengival. Os cães foram avaliados clínica, histológica e radiograficamente durante 60 dias. A principal complicação foi a recidiva por exteriorização do acrílico ou deiscência por tensão na linha de sutura. Observou-se reação inflamatória crônica focal e, por estudo radiográfico, verificou-se consolidação óssea da solução de...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Cão; Dentes; Polimetilmetacrilato; Comunicação oronasal; Cirurgia.
Ano: 2003 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352003000500006
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Adenocarcinoma gástrico em cão: relato de caso MV&Z
Weinert, Nádia Cristine; Oliveira, Mirodion Santos; Volpato, Julieta; Coellho, Mirelly Medeiros; Mattoso, Cláudio Roberto Scabelo; Carrasco, Adriano Oliveira de Torres.
A prevalência de tumores gastrointestinais em cães é baixa. O adenocarcinoma gástrico é responsável por 42% a 72% dos tumores gástricos malignos. Esses tumores têm maior incidência em cães machos, de meia idade. Um cão, Basset Hound, macho, com oito anos de idade, pesando 18 kg, foi atendido num Hospital Veterinário na cidade de Curitiba, PR., no dia 28 de junho de 2011, com queixa de vômitos esporádicos. Foram realizados exames (RX e US) sem nenhuma alteração. Foi prescrito omeprazol, por suspeita de gastrite. Duas semanas após a primeira consulta o animal retornou ao Hospital com piora do quadro inicial. Apresentava uma evidente perda de peso entre as duas consultas. Ao exame físico foi observado mucosas hipocoradas, dor abdominal e desidratação...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Cão; Adenocarcinoma gástrico; Colecistoduodenostomia; Gastroduodenostomia.
Ano: 2013 URL: http://www.revistamvez-crmvsp.com.br/index.php/recmvz/article/view/22167
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Adenocarcinoma papilar em cão: relato de caso MV&Z
dos Santos, Andreza Heloísa; Ximenes, Raquel Guedes; Cardoso, Maria Carolina Silveira; de Andrade, Rachel Livingstone Felizola Soares; Morschel, Fernando.
É relatado o diagnóstico de adenocarcinoma papilar em cão. Uma cadela de dez anos e raça indeterminada foi atendida no setor de emergência do Hospital Veterinário da Faculdade Pio Décimo, Aracaju-SE, com histórico de dispneia há três dias. Ao exame clínico, foi detectada ortopneia, cianose, TR 39,2°C, FC 150/bpm com hipofonese cardíaca, SPO250%, PAS 10mmHg. Foi realizada oxigenioterapia, fluidoterapia e toraconcentese com retirada de líquido avermelhado. O animal permaneceu estável com TR 38,2°C, FC 155/ bpm, SPO298% e PAS 12mmHg. Exames efetuados demonstraram anemia normocítica normocrômica, neutrofilia com desvio à esquerda, monocitopenia, e eosinopenia. Radiografia torácica em projeções latero-lateral e ventro-dorsal evidenciou uma massa em região de...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Neoplasia; Pulmonar; Primária; Cão; Adenocarcinoma.
Ano: 2013 URL: http://www.revistamvez-crmvsp.com.br/index.php/recmvz/article/view/22165
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Administração de toxina botulínica A e a orquiectomia no tratamento da hiperplasia prostática benigna do cão Ciência Rural
Mostachio,Giuliano Queiroz; Apparício,Maricy; Motheo,Tathiana Ferguson; Alves,Aracélle Elisane; Vicente,Wilter Ricardo Russiano.
A fisiopatologia da hiperplasia prostática benigna (HPB) não está totalmente compreendida, no entanto, a diidrotestosterona é o principal hormônio envolvido. Recentemente, o efeito da toxina botulínica A (TB-A) foi investigado, mostrando que esta induz atrofia do parênquima e redução do volume prostático. Com base nisso, este estudo teve como objetivos comparar os efeitos da administração da TB-A com a orquiectomia no tratamento da HPB, além de avaliar os efeitos da TB-A sobre a libido e qualidade do sêmen. Para tanto, 16 cães adultos foram submetidos à castração ou administração de 500U de TB-A, e avaliados durante 16 semanas. A orquiectomia mostrou-se um excelente tratamento, promovendo redução de 80% do volume prostático. Aplicação da TB-A não ocasionou...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Cão; Próstata; HPB; Neurotoxina; Sêmen; Orquiectomia.
Ano: 2015 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782015000901654
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Alongamento simultâneo do rádio e ulna em cães pelo método de Ilizarov Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Rahal,S.C.; Volpi,R.S.; Iamaguti,P.; Vulcano,L.C..
Com o objetivo de avaliar a funcionalidade de uma montagem do aparelho de Ilizarov para o alongamento simultâneo do rádio e da ulna, foram utilizados 15 cães, sem raça definida, adultos, com peso entre 17 e 27kg. Aplicado um fixador composto de dois anéis e quatro hastes telescópicas, realizaram-se osteotomia subperiosteal diafisária distal do rádio e ulna e distração óssea, iniciada no sexto dia de pós-operatório. Os animais foram divididos em cinco grupos formados cada um por três cães, submetidos às seguintes condutas: A- oito dias de alongamento, B- 15 dias de alongamento, C- 22 dias de alongamento, D- 28 dias de alongamento e oito dias de fase neutra com o fixador e E- 28 dias de alongamento, 60 dias de fase neutra com fixador e 45 dias sem fixador....
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Cão; Alongamento; Distração; Rádio; Ulna; Ilizarov.
Ano: 2002 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352002000200006
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Alterações citológicas do sangue periférico e da medula óssea de cães com cinomose Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Almeida,R.K.; Vasconcelos,A.C.; Carneiro,R.A.; Paes,P.R.O.; Moro,L..
Avaliaram-se o mielograma, o hemograma e a ocorrência de apoptose no sangue periférico e na medula óssea de cães com cinomose de ocorrência natural. Foram utilizados 15 cães distribuídos em dois grupos: (a) controle - seis animais clinicamente saudáveis com RT-PCR negativa para o vírus da cinomose canina (CC); (b) infectado - nove animais com manifestações clínicas de CC e RT-PCR positiva. Dos cães com CC, oito (88,9%) apresentaram anemia discreta a moderada (hematócrito: 30,6%), normocítica (VCM: 67,9fL) e normocrômica (CHCM: 34,1g/dL). Todos os animais apresentaram contagens médias normais de leucócitos totais (11600 células/µL) e neutrófilos segmentados (8802 células/µL). Linfopenia foi observada em cinco animais (55,6%) e desvio nuclear dos neutrófilos...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Cão; Cinomose; Medula óssea; Apoptose; Hemograma.
Ano: 2009 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352009000600001
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Alterações ecocardiográficas em cães sob tratamento prolongado com doxorrubicina Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Silva,C.E.V.; Camacho,A.A..
Avaliou-se a cardiotoxicidade da doxorrubicina utilizando-se sete cães adultos, clinicamente normais, que receberam 30mg/m² de cloridrato de doxorrubicina (Adriblastina®) por via intravenosa, a cada 21 dias, durante 168 dias (grupo A), perfazendo dose cumulativa total de 240mg/m². Em outros sete cães (grupo B) administraram-se 5ml de solução salina 0,9% estéril por via intravenosa, seguindo-se o esquema de aplicação proposto anteriormente. Os animais foram avaliados, periodicamente, por meio de exames ecocardiográficos em modo-M e bidimensional. Verificou-se aumento (P<0,01) no diâmetro e volume do ventrículo esquerdo, inicialmente em sístole e, posteriormente, em diástole, hipocinesia do septo interventricular e da parede livre do ventrículo esquerdo,...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Cão; Doxorrubicina; Cardiotoxicidade; Ecocardiografia.
Ano: 2005 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352005000300004
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Alterações eletrocardiográficas em cães pré-medicados com levomepromazina e submetidos à anestesia por propofol e sevoflurano Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Selmi,A.L.; Santos,P.S.P.; Rezende,M.L.; Nunes,N.; McManus,C.; Mendes,G.M..
Avaliaram-se as variáveis eletrocardiográficas em cães submetidos à anestesia pelo sevoflurano. Foram empregados 16 cães clinicamente sadios, adultos, machos ou fêmeas, com peso médio de 15±3,5kg. Administrou-se levomepromazina (1,0 mg/kg) seguida pela administração de propofol (5,0 mg/kg), ambos pela via endovenosa. Os animais foram intubados e submetidos à anestesia inalatória com sevoflurano diluído em oxigênio, através de circuito semi-fechado na concentração de 3,5V%. As aferições das freqüências cardíaca e respiratória, oximetria, capnometria, pressões arteriais sistólica, diastólica e média e das variáveis eletrocardiográficas foram realizadas imediatamente antes da administração da levomepromazina, 15 minutos após e imediatamente antes da...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Cão; Eletrocardiografia; Sevoflurano.
Ano: 2002 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352002000600004
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Alterações eletrocardiográficas em cães pré-medicados com levomepromazina e submetidos à anestesia por propofol e sevoflurano UnB - FAB
Selmi, André Luis; Santos, Paulo Sergio Patto dos; Rezende, Márlis Langenneger de; Nunes, Newton; Pimentel, Concepta Margaret McManus; Mendes, Guilherme Maia.
Avaliaram-se as variáveis eletrocardiográficas em cães submetidos à anestesia pelo sevoflurano. Foram empregados 16 cães clinicamente sadios, adultos, machos ou fêmeas, com peso médio de 15±3,5kg. Administrou-se levomepromazina (1,0 mg/kg) seguida pela administração de propofol (5,0 mg/kg), ambos pela via endovenosa. Os animais foram intubados e submetidos à anestesia inalatória com sevoflurano diluído em oxigênio, através de circuito semi-fechado na concentração de 3,5V%. As aferições das freqüências cardíaca e respiratória, oximetria, capnometria, pressões arteriais sistólica, diastólica e média e das variáveis eletrocardiográficas foram realizadas imediatamente antes da administração da levomepromazina, 15 minutos após e imediatamente antes da...
Tipo: Article Palavras-chave: Cão; Eletrocardiografia; Sevoflurano.
Ano: 2002 URL: http://hdl.handle.net/10482/6832
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Alterações hemodinâmicas e intracranianas em cães com hemorragia aguda, anestesiados com isofluorano Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Nishimori,C.T.; Paula,D.P.; Moraes,P.C.; Conceição,E.D.V.; Carareto,R.; Nunes,N.; Freitas,P.M.C..
Estudaram-se possíveis alterações hemodinâmicas e intracranianas em cães submetidos à hemorragia aguda e anestesiados pelo isofluorano. Verificou-se também a influência do anestésico no mecanismo de auto-regulação cerebral. Utilizaram-se 20 cães adultos que foram induzidos à anestesia geral com isofluorano por máscara naso-oral a 3,5V% (volume %). Após a intubação orotraqueal, reajustou-se o vaporizador para 2,1V%. Induziu-se a hipovolemia retirando-se volume total de 35ml/kg de sangue. Avaliaram-se pressão intracraniana (PIC), temperaturas intracraniana (TIC) e corpórea (T), pressão de perfusão cerebral (PPC), pressões arteriais sistólica (PAS), diastólica (PAD) e média (PAM), freqüências cardíaca (FC) e respiratória (FR), índices cardíaco (IC) e...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Cão; Hipovolemia; Isofluorano; Auto-regulação cerebral; Hemodinâmica.
Ano: 2006 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352006000600012
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Alterações morfológicas e funcionais dos rins de cães com insuficiência renal crônica Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Bueno de Camargo,M.H.; Moraes,J R.E.; Carvalho,M.B.; Ferraro,G.C.; Palmeira Borges,V..
Alterações morfológicas de 11 casos de cães com insuficiência renal foram caracterizadas e classificadas de acordo com os padrões estabelecidos pela Organização Mundial de Saúde para seres humanos. Glomerulonefrite esclerosante difusa foi diagnosticada em 82,0% dos animais e nefrite intersticial crônica nos 18,0% restantes. Os tipos e freqüência das lesões identificadas foram similares às encontradas na literatura para a insuficiência renal crônica.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Cão; Glomerulonefrite; Glomerulopatia; Insuficiência renal; Nefrite.
Ano: 2006 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352006000500013
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Alterações morfológicas nos órgãos genitais de cães e gatos provenientes de vilas rurais na região de Umuarama, PR. Repositório Alice
PREVIATO, P. F. G.; PINTO NETO, A.; WERNER, P. R.; ACCO, A.; MOTA, M. F.; SILVA, A. V.; FONSECA, J. F. da.
2006
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Palavras-chave: Cão; Gato.
Ano: 2006 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/857261
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Alterações no líquido sinovial do joelho de cães com osteoartrite induzida pelo modelo Pond e Nuki Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
De Biasi,F.; Rahal,S.C.; Lopes,R.S.; Volpi,R.S.; Bergamo,F.M.M..
Avaliaram-se as alterações do líquido sinovial do joelho de 19 cães submetidos à desmotomia unilateral do cruzado cranial, baseado no modelo experimental de Pond &amp; Nuki, colhido e analisado aos 30 dias de pós-operatório. Cinco animais foram analisados novamente aos 90 dias de pós-operatório. As características analisadas foram volume, cor, aspecto, densidade, pH, proteínas, fibrinogênio, coágulo de mucina, contagem de hemácias e contagem total e diferencial de células nucleadas. O líquido sinovial apresentou padrão inflamatório que persistiu durante todo o período de observação, com efusão articular. Houve aumento na contagem de células nucleadas e na concentração de fibrinogênio aos 90 dias. A qualidade da precipitação da mucina apresentou melhora...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Cão; Líquido sinovial; Joelho; Ligamento cruzado cranial.
Ano: 2001 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352001000500009
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Amiloidose renal em cão Shar-Pei: Relato de Caso Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Reis Jr.,J.L.; Silva,F.L.; Rachid,M.A.; Nogueira,R.H.G..
O presente relato descreve os achados clínicos e anatomopatológicos de um caso de amiloidose renal em um cão macho de nove anos da raça Shar-Pei. O animal apresentava quadro clínico de esporotricose e de insuficiência renal e exames positivos para erlichiose e leishmaniose. No dia anterior ao óbito, o cão apresentou apatia, desidratação e anúria. À necropsia foram observados inúmeros pontos milimétricos esbranquiçados localizados no córtex renal e hepatização do lobo diafragmático esquerdo. O achado histológico mais importante foi deposição de material eosinofílico, amorfo e acelular localizado nos tufos glomerulares que se corou positivamente pelo vermelho congo (amilóide). Observaram-se nefrite supurada multifocal, espessamento da cápsula de Bowman e...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Cão; Amiloidose; Rins; Shar-Pei.
Ano: 2001 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352001000400005
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Analgesia epidural com clonidina ou romifidina em cães submetidos à cirurgia coxofemoral Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Brondani,J.T.; Natalini,C.C.; Raiser,A.G.; Mazzanti,A.; Prati,L..
Avaliaram-se as alterações cardiorrespiratórias e a analgesia da administração epidural de clonidina ou romifidina em cães submetidos à cirurgia coxofemural. Foram utilizados 14 cães distribuídos em dois grupos: o grupo Cloni recebeu 150µg de clonidina e o grupo Romi, 20µg/kg de romifidina. A indução anestésica foi realizada com propofol e a anestesia cirúrgica mantida com halotano e O2 em respiração espontânea. A punção do espaço epidural foi feita logo após a indução. Antes da indução e a cada 10 minutos foram avaliadas as freqüências cardíaca e respiratória, a pressão arterial sistólica, a saturação de oxigênio da hemoglobina e a concentração de halotano. Após indução e ao término do procedimento cirúrgico coletou-se sangue arterial para avaliação...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/report Palavras-chave: Cão; Epidural; Clonidina; Romifidina.
Ano: 2004 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352004000200006
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
ANÁLISE CLÍNICA E HISTOLÓGICA DA UTILIZAÇÃO DA RESINA ACRÍLICA AUTOPOLIMERIZÁVEL NAS FRATURAS DE MANDÍBULA E MAXILA E SEPARAÇÃO DA SÍNFISE MENTONIANA EM CÃES E GATOS Ciência Rural
Gioso,Marco Antonio; Vianna,Regina Suplicy; Venturini,Michèle Alice Françoise Anita; Correa,Herbert Lima; Venceslau,Alexandre; Araújo,Vera Cavalcanti.
O trabalho foi desenvolvido em duas fases. A primeira constou de aplicação de resina acrílica autopolimerizável sobre dentes de cães experimentais, sem condicionamento ácido do esmalte dental; a gengiva foi analisada histologicamente nos períodos de um, três, sete, 14, 21 e 30 dias. A segunda fase foi conduzida em 20 cães e 10 gatos com fraturas do sistema estomatognático, atendidos no Ambulatório Central da FMVZ/USP. Nessa segunda fase, clínica, foi aplicado condicionamento ácido do esmalte. A resina era usada nas fraturas rostrais às raízes distais do primeiro molar inferior e do quarto pré-molar superior, bem como na separação da sínfise mentoniana. Os resultados da primeira fase mostraram que mesmo sem o condicionamento ácido houve aderência da resina...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Resina acrílica; Fratura; Mandíbula; Maxila; Cão; Gato.
Ano: 2001 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782001000200016
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Análise da fórmula SRK/T no cálculo de lente intra-ocular em cães portadores de catarata Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Peixoto,T.P.; Ranzani,J.J.T.; Brandão,C.V.S.; Rodrigues,A.C.L..
Foram utilizados 20 cães de raças e idades variadas, machos e fêmeas, portadores de catarata e não diabéticos, os quais foram submetidos ao exame oftálmico. Posteriormente, realizaram-se mensurações oculares empregando-se um ecobiômetro ultra-sônico (ultra-sonografia modo-A) para o cálculo do poder dióptrico da lente intra-ocular por meio da fórmula SRK/T. O comprimento axial médio foi de 19,94±1,12mm. Todos os animais foram submetidos à facoemulsificação extracapsular. A lente calculada foi implantada no transoperatório da cirurgia de catarata, obtendo-se média de 37,33±3,05D. A avaliação pós-cirúrgica do erro refracional aos 60 dias de pós-operatório, pela retinoscopia, com a utilização da esquiascopia, foi de 5,57±1,59D. A fórmula SRK/T não ofereceu...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Cão; Emétrope; Catarata; Fórmula SRK/T; Erro refracional.
Ano: 2008 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352008000600017
Registros recuperados: 471
Primeira ... 123456789 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional