Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 3
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Alterações ecocardiográficas em cães sob tratamento prolongado com doxorrubicina Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Silva,C.E.V.; Camacho,A.A..
Avaliou-se a cardiotoxicidade da doxorrubicina utilizando-se sete cães adultos, clinicamente normais, que receberam 30mg/m² de cloridrato de doxorrubicina (Adriblastina®) por via intravenosa, a cada 21 dias, durante 168 dias (grupo A), perfazendo dose cumulativa total de 240mg/m². Em outros sete cães (grupo B) administraram-se 5ml de solução salina 0,9% estéril por via intravenosa, seguindo-se o esquema de aplicação proposto anteriormente. Os animais foram avaliados, periodicamente, por meio de exames ecocardiográficos em modo-M e bidimensional. Verificou-se aumento (P<0,01) no diâmetro e volume do ventrículo esquerdo, inicialmente em sístole e, posteriormente, em diástole, hipocinesia do septo interventricular e da parede livre do ventrículo esquerdo,...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Cão; Doxorrubicina; Cardiotoxicidade; Ecocardiografia.
Ano: 2005 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352005000300004
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Concentrações de oleandrina nas folhas de Nerium oleander de diferentes cores da floração Ciência Rural
Pedroza,Heloisa de Paula; Ferreira,Marina Guimarães; Carvalho,Júlia Gomes de; Melo,Karla Dias Antunes; Keller,Kelly Moura; Melo,Marília Martins; Soto-Blanco,Benito.
Nerium oleander é uma planta ornamental responsável por intoxicações em animais e humanos. Todas as partes da planta contém glicosídeos cardiotóxicos, principalmente a oleandrina. Alguns autores apontam que a toxicidade da planta apresentaria variação em função da cor da flor. O objetivo deste trabalho foi determinar se existe variação na concentração de oleandrina nas folhas de N. oleander de exemplares da planta com diferentes cores de inflorescências. Foram coletadas 10 amostras de folhas para cada tipo de flor (branca, rosea e vermelha). Os níveis de oleandrina foram determinados por meio de HPLC-UV após extração com metanol, precipitação com acetato de chumbo e separação em cartucho de C18. A média da concentração obtida em todas as folhas analisadas...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Apocynaceae; Plantas tóxicas; Cardiotoxicidade; Glicosídeos cardíacos; Cardenolídeos.
Ano: 2015 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782015000500864
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Extrato hidroalcoolico da casca do pequi (Caryocar brasiliense) em ratos submetidos à aplicação de doxorrubicina Ciência Rural
Moura,Léa Resende; Martins,Aparecida Conceição; Vaz,Liliam Aparecida da Rocha; Orpinelli,Stiwens Roberto Trevisan; Silva,Thiago Lopes da; Faleiro,Mariana Batista Rodrigues; Santos,Suzana da Costa; Moura,Veridiana Maria Briagnezi Dignani de.
O objetivo deste estudo foi avaliar o efeito antioxidante do extrato hidroalcoolico da casca do pequi (EHCP) em ratos após a administração de doxorrubicina (DOX). Foram utilizados ratos da raça Wistar, distribuídos em quatro grupos, sendo que os animais do G1 (n=6) receberam água e solução salina (grupo controle), G2 (n=7) EHCP e solução salina, G3 (n=7) água e DOX e G4 (n=6) EHCP e DOX. O EHCP foi administrado por gavagem durante 10 dias aos ratos dos grupos G2 e G4 e água aos dos G1 e G3. DOX na dose de 10mg kg-1 e solução salina 0,9% foram administradas por via intravenosa no dia sete após o início do experimento aos animais de G3 e G4 e aos de G1 e G2, respectivamente. Foram avaliados peso e taxa de mortalidade. Dez dias após o início do experimento,...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Estresse oxidativo; Cardiotoxicidade; Antracilcinas; Antioxidante; Fruto do cerrado.
Ano: 2013 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782013000100017
Registros recuperados: 3
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional