Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 10
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Avaliação da intensidade de amargor e do seu princípio ativo em cervejas de diferentes características e marcas comerciais Ciênc. Tecnol. Aliment.
Silva,Paulo Henrique Alves da; Faria,Fernanda Carolina de.
Os principais compostos responsáveis pelo amargor de cervejas são os iso- α-ácidos provenientes do lúpulo, que participam de maneira importante no sabor da bebida. Procurou-se, neste trabalho, diferenciar algumas cervejas brasileiras líderes do mercado nacional em relação a algumas marcas disponíveis no mercado do oeste dos Estados Unidos, compreendendo cervejas tipo lager, ale e de microcervejarias. Discute-se a relação entre unidades de amargor (BU) e os teores de iso- α-ácidos totais e suas frações isohumulona, isocohumulona e isoadhumulona presentes nestes tipos de cerveja. Os resultados mostraram que a cerveja do tipo Indian Pale Ale apresentou maior nível de BU, apesar da concentração de iso- α-ácidos totais aproximar-se dos valores de cervejas lager...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Cerveja; Amargor; Lúpulo; Iso- α-ácidos; Bitterness Units.
Ano: 2008 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-20612008000400021
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Determinação do percentual de malte e adjuntos em cervejas comerciais brasileiras através de análise isotópica Ciência e Agrotecnologia
Sleiman,Muris; Venturini Filho,Waldemar Gastoni; Ducatti,Carlos; Nojimoto,Toshio.
Oobjetivo deste trabalho foi determinar a quantidade de malte e de adjunto presentes nas cervejas comerciais brasileiras do tipo Pilsen e detectar possível adulteração em sua composição, tomando por base a legislação brasileira. Para isso, foi utilizada a metodologia de análise isotópica utilizando os isótopos estáveis dos elementos carbono e nitrogênio. Foram analisadas 161 amostras de cervejas provenientes de dezessete estados do Brasil. Concluiu-se que 95,6 % utilizaram malte e adjunto cervejeiro (derivados de milho ou açúcar de cana: 91,3 % e derivados de arroz: 4,3 %) em sua formulação e outros 4,3 % eram cervejas "puro malte". Das amostras analisadas, 3,7 % eram cervejas com menos de 50 % de malte em sua formulação (adulteradas), 28,6 % delas estavam...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Cerveja; Pilsen; Isótopos estáveis; IRMS; Adulteração.
Ano: 2010 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-70542010000100021
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
HIDROLISADO DE FÉCULA DE MANDIOCA COMO ADJUNTO DE MALTE NA FABRICAÇÃO DE CERVEJA: AVALIAÇÃO QUÍMICA E SENSORIAL Ciênc. Tecnol. Aliment.
VENTURINI FILHO,Waldemar G.; CEREDA,Marney P..
Em virtude da progressiva substituição dos adjuntos amiláceos pelos xaropes com alta concentração de maltose nas cervejarias brasileiras, o presente trabalho teve por objetivo comparar hidrolisados de milho e de mandioca, como adjunto de malte, na fabricação de cerveja tipo Pilsen, em escala de laboratório. Os hidrolisados foram produzidos a partir de amido de milho e fécula de mandioca, sendo que na liqüefação e sacarificação da fração amilácea destes produtos foram utilizadas, respectivamente, as enzimas comerciais Termamil (alfa amilase bacteriana) e Fungamil (alfa amilase fúngica). Na fabricação das cervejas, a proporção de malte e hidrolisado foi de 2 para 1, na base do extrato. O mosto foi produzido pelo processo de infusão e após resfriamento e...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Cerveja; Mandioca; Xarope; Maltose; Adjunto.
Ano: 1998 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-20611998000200002
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Introducao e avaliacao de linhagens e cultivares de cevada (Hordeum vulgare) irrigada no cerrado. Infoteca-e
SERRA, D. D.; AMABILE, R. F..
0
Tipo: Fôlder / Folheto / Cartilha (INFOTECA-E) Palavras-chave: Cevada; Hordeum vulgare; Linhagem; Caracteristicas agronomicas; Avaliacao; Cultura irrigada; Cerveja; Melhoramento genetico vegetal; Barley; Progeny; Agronomic characters; Evaluation; Irrigated farming; Cerrado; Beers; Plant breeding.
URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/handle/doc/567470
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Isótopos estáveis e produção de bebidas: de onde vem o carbono que consumimos? Ciênc. Tecnol. Aliment.
Oliveira,Ana Cristina B.; Salimon,Cleber I.; Calheiros,Débora Fernandes; Fernandes,Fernando Antonio; Vieira,Ivan; Charbel,Luiz Fernando; Pires,Luiz Fernando; Salomão,Marcos S.M.B.; Nogueira,Sandra Furlan; Vieira,Simone; Moreira,Marcelo Zacharias; Martinelli,Luiz Antônio; Camargo,Plínio Barbosa de.
A composição isotópica do carbono (delta13C) foi utilizada na determinação da origem botânica (C3 x C4) de amostras de café, vinho, cerveja e vodka, de diferentes marcas e procedências, comercializadas no Brasil. Dentre as marcas de café analisadas, apenas uma apresentou um elevado percentual de plantas C4 em sua composição, evidenciado pelo valor de delta13C (-16,2‰). Os valores de delta13C das amostras de vinhos brasileiros, variaram entre -25,1 e -17,1‰, indicando a presença de carbono de origem C4 nas amostras que tiveram os maiores valores de delta13C. Duas marcas de vinhos importados, por sua vez, apresentaram delta13C característico de planta C3 (-27,1 e -26,3‰). Os valores de delta13C das vodkas importadas variaram entre -26,4 e -23,9‰, e as...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Isótopo estável; Carbono; Café; Vinho; Vodka; Cerveja.
Ano: 2002 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-20612002000300015
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Perfil sensorial e composição físico-química de cervejas provenientes de dois segmentos do mercado brasileiro Ciênc. Tecnol. Aliment.
Araújo,F.B.; Silva,P.H.A.; Minim,V.P.R..
Foram estudadas seis marcas de cervejas produzidas no Brasil, das quais as marcas 1, 2, 3 e 4 foram provenientes de microcervejarias e as 5 e 6 são líderes do mercado nacional, com o objetivo de avaliar sua qualidade pelas características físico-químicas e sensoriais. A marca 1 constituiu cerveja "ale", tipo Trigo; a 2, cerveja "lager", tipo Amber; e as demais foram cervejas "lager", tipo Pilsen. As marcas 1 e 2 apresentaram concentrações mais elevadas de ácidos voláteis e foram as que evidenciaram maior intensidade do gosto amargo. Observou-se que as marcas provenientes de microcervejarias foram as que apresentaram maior intensidade dos atributos sensoriais, devendo-se ressaltar que as marcas 1 e 2 foram as que apresentaram cor, aroma de levedura, aroma...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Cerveja; Microcervejaria; Aceitação; Qualidade.
Ano: 2003 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-20612003000200004
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
PRODUÇÃO de cevada cervejeira: programa 15. Infoteca-e
2013
Tipo: Prosa Rural (INFOTECA-E) Palavras-chave: Cevada cervejeira; Cevada; Cerveja; Produção; Sistema de produção.
Ano: 2013 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/handle/doc/958142
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
PRODUÇÃO de cevada cervejeira: programa 15. Infoteca-e
2013
Tipo: Prosa Rural (INFOTECA-E) Palavras-chave: Cevada cervejeira; Cevada; Cerveja; Produção; Sistema de produção.
Ano: 2013 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/handle/doc/958032
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Utilização de mostos concentrados na produção de cervejas pelo processo contínuo: novas tendências para o aumento da produtividade Ciênc. Tecnol. Aliment.
Dragone,Giuliano; Mussatto,Solange Inês; Silva,João Batista de Almeida e.
O presente trabalho avaliou a produtividade volumétrica em etanol durante a fermentação de mostos com elevadas concentrações de extrato original, para a produção de cerveja pelo processo contínuo, utilizando as leveduras imobilizadas em bagaço de malte. Os mostos com diferentes concentrações de extrato original (14,3 ºP, 15,2 ºP e 19,6 ºP) foram preparados a partir de um mosto de 22 ºP elaborado com malte e adjunto de alta maltose em uma relação adjunto: malte de 1:2,8. As fermentações foram conduzidas em um reator de coluna de bolhas, a 15 ºC, empregando uma taxa de diluição de 0,04 h-1 e um fluxo constante de gases de 250 mL/min (200 mL/min de CO2 e 50 mL/min de ar). De acordo com os resultados, a produtividade volumétrica em etanol aumentou quando a...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Cerveja; Processo contínuo; Leveduras imobilizadas; Bagaço de malte; Mostos concentrados; Produtividade.
Ano: 2007 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-20612007000500007
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Utilizacao de subprodutos da agroindustria na alimentacao animal. Infoteca-e
VILELA, D..
1994
Tipo: Folderes / Folhetos / Cartilhas (INFOTECA-E) Palavras-chave: Bovino de leite; Alimentacao; Nutricao; Cerveja; Subprodutos; Brevvery; By-productos; Dairy cattle; Feeding; Nutrition.
Ano: 1994 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/handle/doc/591632
Registros recuperados: 10
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional