Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 18
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Anestesia com cetamina, midazolam e óxido nitroso em cães submetidos à esofagoplastia cervical Ciência Rural
Brondani,Juliana Tabarelli; Natalini,Cláudio Corrêa; Pippi,Ney Luis; Mazzanti,Alexandre; Prati,Luciana; Bertin,Adriana Paula.
Este estudo foi realizado para avaliar a anestesia intravenosa com cetamina e midazolam (K-M) em cães ventilados mecanicamente com 66% de óxido nitroso e 33% de oxigênio ou 100% de oxigênio. Foram utilizados 16 cães sem raça definida, hígidos, com peso médio de 14,2 ± 3,78kg, submetidos a jejum sólido de 12 horas prévio ao procedimento. A anestesia foi induzida com a associação de cetamina (10mg.kg-1) e midazolam (0,5mg.kg-1) administrados na mesma seringa por via intravenosa (IV). Para manutenção anestésica, foi utilizada cetamina (5mg.kg-1) e midazolam (0,25mg.kg-1) administrados por via IV em intervalos de 10 minutos. Os animais foram distribuídos em dois grupos: N2O e O2. No grupo N2O, os cães foram ventilados mecanicamente com 66% de óxido nitroso e...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Cetamina; Midazolam; Óxido nitroso; Cães.
Ano: 2003 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782003000600012
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Anestesia em eqüinos com síndrome cólica: análise de 48 casos e revisão de literatura Ciência Rural
Guedes,Alonso Gabriel Pereira; Natalini,Claudio Corrêa.
A cólica eqüina é uma síndrome que cursa com dor abdominal, distúrbios hidroeletrolíticos e ácido-base e disfunção de órgãos vitais como pulmões e coração. Os procedimentos anestésicos nesses animais apresentam particularidades que aumentam o risco de complicações. Os animais devem ser avaliados no período pré-anestésico e as terapias de reposição devem ser instituídas quando necessárias. A medicação pré-anestésica deve proporcionar analgesia e sedação do animal. A xilazina e/ou butorfanol podem ser utilizados com esse objetivo. A indução pode ser realizada com éter gliceril guaiacolato e cetamina com ou sem diazepam, ou mesmo com cetamina e diazepam pela via intravenosa. A manutenção anestésica deve ser feita preferencialmente com isofluorano, mas o...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Anestesia; Eqüino; Cólica; Xilazina; Butorfanol; Cetamina; Halotano; Isofluorano.
Ano: 2002 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782002000300028
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Associação entre midazolam e detomidina na medicação pré-anestésica para indução da anestesia geral com cetamina em potros Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Marques,J.A.; Pereira,D.A.; Marques,I.C.S..
Empregou-se a associação midazolam e detomidina para indução de anestesia com cetamina em 16 potros, machos e fêmeas, entre três e seis meses de idade, distribuídos aleatória e equitativamente em dois grupos (GI e GII). A todos os animais foram administrados midazolam, via intramuscular, na dose de 0,2mg/kg, e após 15 minutos, detomidina, via intravenosa, na dose de 0,02mg/kg. Os animais do GII receberam cetamina pela via intravenosa, dose 2,0mg/kg, três minutos após a administração de detomidina. Quinze minutos após o midazolam, ocorreram sedação e ligeira ataxia, e dois minutos após a administração da detomidina, decúbito lateral em todos os potros, com miorrelaxamento e presença dos reflexos de deglutição e miorrelaxamento, anal e oculo-palpebral. A...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Potro; Cetamina; Detomidina; Midazolam; Anestesia.
Ano: 2009 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352009000600006
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Avaliação da analgesia pós-operatória da metadona, da cetamina ou da sua associação em gatas submetidas a ovariossalpingo-histerectomia Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Padilha,V.S.; Tocheto,R.; Beier,S. L.; Volpato,J.; Oleskovicz,N..
A prevenção e o controle da dor são componentes básicos para um procedimento anestésico adequado. Objetivou-se com este estudo avaliar a analgesia pós-operatória da cetamina, em dose subanestésica, da metadona e da associação de ambas pela via intramuscular em felinos. Foram utilizadas 24 gatas, hígidas, submetidas à ovariossalpingo-histerectomia eletiva. No dia anterior ao início do estudo, os animais foram anestesiados para colocação de cateter na veia jugular, para posterior coleta de sangue para mensuração da concentração sérica do cortisol. No dia do experimento, os animais foram alocados aleatoriamente em três grupos (n=oito), os quais receberam cetamina (GC), na dose de 0,5mg/kg; ou metadona (GM), na dose de 0,3mg/kg; ou cetamina e metadona (GCM),...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Gato; Cetamina; Metadona; Analgesia.
Ano: 2015 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352015000200372
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Avaliação dos valores de troponina I, eletrocardiograma e ecocardiograma em felinos sedados com cetamina e midazolam, suplementados ou não com oxigênio Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Tocheto,R.; Padilha,V.S.; Cardoso,H.M.; Bitencourt,E.H.; Volpato,J.; Andrade,J.N.B.; Oleskovicz,N..
Lesões no miocárdio, causadas por baixa perfusão e oxigenação cardíaca, podem ser ocasionadas por fármacos anestésicos, como a cetamina. Essas lesões podem ser identificadas por meio de biomarcadores específicos e, dentre estes, destaca-se a troponina I. O objetivo deste estudo foi avaliar as alterações cardiovasculares com base nos valores de troponina I (TnI), eletrocardiograma (ECG) e ecocardiograma em gatos sedados com cetamina e midazolam, suplementados ou não com oxigênio. Utilizaram-se 12 gatos machos, hígidos, nos quais se avaliaram os valores de troponina I, eletro e ecocardiografia, frequência cardíaca (FC) e pressão arterial sistólica (PAS) no momento basal (M0). Na sequência, os animais foram sedados com a associação de 10mg.kg-1 de cetamina e...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Biomarcadores; Gatos; Miocárdio; Cetamina.
Ano: 2015 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352015000601572
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Avaliação hemodinâmica e metabólica da cetamina e cetamina S(+) após a reposição volêmica com hidroxietilamido 130/0,4 e solução salina hipertônica 7,5% Ciência Rural
Oleskovicz,Nilson; Duque,Juan Carlos; Guirro,Erica Cristina Prado; Valadão,Carlos Augusto Araújo; Fantoni,Denise Tabacchi.
O objetivo deste estudo foi avaliar os efeitos hemodinâmicos e metabólicos, após a administração de solução salina hipertônica (NaCL) 7,5% ou em associação ao hidroxietilamido (HES), em cães com hipovolemia induzida e tratados com cetamina. Após a indução da hipovolemia, administrou-se NaCl 7,5% (4,0ml kg-1) no grupo hipertônica levógira (GHL) e grupo hipertônica racêmica (GHR) ou HES 130/0,4 na mesma proporção de sangue retirado, associado a NaCl 7,5% (4ml kg-1) no grupo hipertônica colóide levógira (GHCL) e no grupo hipertônica colóide racêmica (GHCR). Após 30 minutos, administrou-se, por via IV, cetamina levógira (CL) (5mg kg-1) no GHL e GHCL ou cetamina racêmica (CR) (10mg kg-1) no GHR e GHCR. Empregou-se a análise de variância de uma única via com...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Solução hipertônica; Hidroxietilamido; Cetamina; Cães; Hipovolemia.
Ano: 2008 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782008000400017
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Avaliação metabólica e hemodinâmica de dois protocolos de sedação prolongada em cães Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Regalin,D.; Gehrcke,M. I.; Comassetto,F.; Regalin,B.D.C.; Rosa,L.; Padilha,V.S.; Lima,I.T.; Moraes,A.N.; Oleskovicz,N..
RESUMO Objetivou-se determinar a viabilidade de dois protocolos de sedação para ventilação prolongada em cães e seus efeitos hemodinâmicos e metabólicos. Doze cães, alocados aleatoriamente em dois grupos (n=6), receberam infusão contínua de midazolam (0,5mg/kg/h), fentanil (10µg/kg/h) e propofol (18mg/kg/h) no GMF ou cetamina (0,6mg/kg/h), morfina (0,26mg/kg/h) e propofol (18mg/kg/h) no GCM, durante 24 horas. Os cães foram ventilados mecanicamente com FiO2 de 40%, mantendo-se a normocapnia. A FC diminuiu 32% no GMF e 34% no GCM ao longo do tempo, reduzindo o IC em 24% no GMF e em 29% no GCM. A CaO2, o CvmO2, a DO2 e o VO2 diminuíram no GCM (5%, 16%, 31% e 7%) e no GMF (4%, 19%, 26% e 15%), respectivamente. A TEO2 aumentou 32% no GMF e 36% no GCM, sem...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Ventilação mecânica; Propofol; Cetamina; Midazolam; Opioides.
Ano: 2017 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352017000501215
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeitos cardiorrespiratórios e analgésicos da cetamina por via epidural, por infusão intravenosa contínua ou pela associação de ambas, em cães submetidos à osteossíntese de fêmur Ciência Rural
Carregaro,Adriano Bonfim; Freitas,Gabrielle Coelho; Marques,Jenifer de Santana; Trein,Thomas Alexander; Pohl,Virgínia Heinze; Salbego,Fabiano Zanini; Raiser,Alceu Gaspar.
A cetamina tem demonstrado efeito analgésico em doses subanestésicas, além da manutenção da estabilidade dos parâmetros fisiológicos. O estudo objetivou avaliar os efeitos cardiorrespiratórios e a analgesia pós-operatória da cetamina administrada por via epidural, por infusão intravenosa contínua ou pela associação de ambas, em cães submetidos à osteossíntese de fêmur. Foram utilizadas 25 cadelas, hígidas, distribuídas aleatoriamente em quatro grupos: CEP (2mg kg-1 de cetamina associada à lidocaína 2% via epidural), CIV (lidocaína 2% via epidural e 1mg kg-1 de cetamina IV seguido de infusão contínua IV com 100µg kg min-1 da mesma), CIVEP (2mg kg-1 de cetamina associada à lidocaína 2% via epidural e 1mg kg-1 de cetamina IV, seguido de infusão contínua IV...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Dor pós-operatória; Analgesia multimodal; Cetamina; Cães.
Ano: 2010 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782010000700016
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeitos cardiovasculares e respiratórios da indução anestésica com propofol em felinos pré-medicados com xilazina/cetamina Ciência Rural
Portella,Liandra Vogel; Natalini,Cláudio Corrêa; Toledo,Erika Cosendey; França,Juarez Antônio; Moreira,Tatiana Lima; Oliveira,Tânia C. de.
O propofol na dose de 6mg/kg foi usado como agente indutor em dez felinos, pré-medicados com xilazina (0.5 mg/kg) e cetamina (10mg/kg). A intubação orotraqueal desses animais foi possível sem o uso de lidocaina a 4% em "spray"ou o uso de relaxante muscular. As alterações da função cardiovascular compreenderam o aumento da pressão venosa central e freqüência cardíaca após a indução com o propofol. Ocorreu diminuição na freqüência respiratória após administração do propofol, com elevação dos valores médios destes parâmetros até o período de recuperação. Não ocorreram períodos de apnéia. O protocolo anestésico pesquisado produziu um período hábil anestésico médio de 47 + 10,95 minutos e um tempo de recuperação de 10 + 1,41 minutos.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Felinos; Propofol; Anestesia; Xilazina; Cetamina.
Ano: 1996 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84781996000200009
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeitos da infusão contínua de cetamina sobre a pressão intra-ocular em cães hipovolêmicos anestesiados com desflurano Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Honsho,C.S.; Talieri,I.C.; Nunes,N.; Moreno,J.C.D.; Souza,A.P..
Compararam-se os efeitos de duas doses de cetamina, administradas em infusão contínua, sobre a pressão intra-ocular (PIO) de 18 cães submetidos à hipovolemia e à anestesia com desflurano. Promoveu-se a hipovolemia em todos os cães, retirando-se 40 ml de sangue/kg de peso. A anestesia foi induzida com desflurano, através de máscara facial, até que a intubação orotraqueal fosse permitida. Decorridos 30 minutos, para estabilização dos parâmetros, iniciou-se a infusão contínua de cetamina. Os cães foram distribuídos, aleatoriamente, em três grupos (n= 6). O grupo I (controle) recebeu solução salina estéril; o grupo II (GII) recebeu cetamina, na dose de 100mig/kg/min, e o grupo III (GIII), cetamina na dose de 200mig/kg/min. A PIO foi medida por tonometria de...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Desflurano; Cetamina; Hipovolemia; Pressão intra-ocular; Anestesia.
Ano: 2004 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352004000500007
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Estresse oxidativo hepático em ratos induzido por administração diária de cetamina MV&Z
Teles, Jessica de Lima; Alves, Rebeca Bueno; Sellani, Tarciso Almeida; Pereira, Debora Cristina Feitosa; Simon, Karin Argenti.
A cetamina introduzida no mercado como anestésico, sedativo, analgésico e amnésico é um anestésico dissociativo muito usado na medicina veterinária que vem sendo estudado como um possível agente indutor para um modelo de esquizofrenia. Na atualidade, há relatos de que esta substância vem sendo usada como droga de abuso devido a sua capacidade de provocar alucinações. Entre os efeitos colaterais do uso de cetamina, destaca-se o aumento da produção de espécies reativas de oxigênio, que podem causar danos ao fígado. No presente trabalho foi analisado o estresse oxidativo hepático causado pela administração subcrônica de cetamina
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Estresse oxidativo; Ratos; Cetamina.
Ano: 2016 URL: http://www.revistamvez-crmvsp.com.br/index.php/recmvz/article/view/31068
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Infusão contínua de propofol em gatos pré-medicados com cetamina-midazolam Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Selmi,A.L.; Figueiredo,J.P.; Mendes,G.M.; Lavor,L.M.S.; Machado,P.M.L..
Estudaram-se os efeitos anestésicos e cardiorrespiratórios produzidos pela infusão contínua de propofol em gatos pré-medicados com a associação cetamina-midazolam. Catorze gatos adultos foram igualmente distribuídos em dois grupos (TX1 e TX3) aos quais administraram-se, pela via intramuscular, cetamina (3,0mg/kg) e midazolam (0,3mg/kg). Decorridos cinco minutos procedeu-se a indução anestésica pela administração intravenosa de propofol (5,0mg/kg), imediatamente seguida pela infusão contínua do agente hipnótico nas doses de 0,1 ou 0,3mg/kg/min, aos animais de TX1 e TX3, respectivamente. Foram mensuradas as freqüências cardíaca e respiratória, temperatura retal, saturação de oxihemoglobina, concentração exalada de dióxido de carbono e pressão arterial. Em...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Gato; Propofol; Infusão contínua; Cetamina; Midazolam.
Ano: 2005 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352005000300003
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Infusão contínua intravenosa de midazolam isolado ou associado ao fentanil para realização de endoscopia em suínos Ciência Rural
Cassu,Renata Navarro; Crociolli,Giulianne Carla; Diniz,Miriely Steim; Guilhen,Rafael Costa; Yamasaki,Letícia.
Com este estudo objetivou-se avaliar o efeito cardiorrespiratório e a qualidade da anestesia e da recuperação pós-anestésica decorrentes da associação cetamina e xilazina seguida da infusão contínua intravenosa (IV) de midazolam isolado ou associado ao fentanil, em suínos. Foram avaliadas 10 porcas adultas, da raça Landrace, com peso médio de 170±4kg, submetidas à endoscopia. Todos os animais foram medicados pela via intramuscular com cetamina (4mg kg-1) associada à xilazina (2mg kg-1). Vinte minutos após, foi realizado um bolus IV de cetamina (2mg kg-1), seguida da infusão contínua IV de midazolam (0,5mg kg-1h-1 GM, n=5), ou midazolam (0,25mg kg-1h-1) associado ao fentanil (4µg kg-1 h-1 GMF, n=5). Foram avaliados: frequência cardíaca (FC) e ritmo...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Cetamina; Xilazina; Benzodiazepínico; Opioides; Suíno.
Ano: 2012 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782012001200016
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Injeção epidural de morfina ou cetamina em cães: avaliação do efeito analgésico pelo emprego de filamentos de von Frey Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Valadão,C.A.A.; Mazzei,S.; Oleskovicz,N..
Utilizaram-se 14 cães mestiços, com idade inferior a cinco anos e peso médio de 12,5kg, com o objetivo de se avaliar os efeitos da injeção epidural de morfina ou cetamina sobre a dor pós-operatória. Os cães foram anestesiados com sevoflurano por meio de máscara facial, e em ato contínuo, receberam injeção epidural de morfina (0,1mg/kg; G1) ou cetamina (0,2mg/kg; G2) diluídas em 0,3ml/kg de solução salina. A incisão experimental de 1,5cm foi realizada no coxim plantar e suturada com fio de náilon. Interrompida a anestesia inalatória e decorridos 30 minutos iniciou-se a avaliação da dor peri-incisional, aplicando-se os filamentos de von Frey a 0,3cm equidistantes da incisão. O procedimento foi repetido a intervalos de 30 minutos até 120 minutos, e...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Cão; Morfina; Cetamina; Epidural; Filamentos de von Frey.
Ano: 2002 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352002000400009
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Máscara laríngea como alternativa à sonda endotraqueal em cutias (Dasyprocta aguti) anestesiadas sob respiração espontânea ou controlada MV&Z
Diniz, Bruno Leandro Maranhão; Batista, Maria do Carmo de Souza; Fernandes, Rozeverter Moreno; Cardoso, Fernanda Tércia Silva; Feitosa Júnior, Francisco Solano; Brito, Danilo Rodrigues Barros; Silva Júnior, José de Ribamar da; Sousa, Kairo Ferreira de; Marafon, Apoxena Soares dos Reis; Cardoso, Janaina de Fátima Saraiva; Paula, Ney Rômulo de Oliveira.
Objetivando-se avaliar a máscara laríngea (ML) como alternativa para ventilação em cutias anestesiadas sob respiração espontânea ou controlada, empregou-se 12 cutias (Dasyprocta aguti), 06 machos e 06 fêmeas. Foram avaliados temperatura retal (TR), frequência respiratória (FR), frequência cardíaca (FC) e a saturação de oxigênio (SpO2), ocorrência de regurgitação, qualidade de sedação (QS) e tempo de recuperação (RE). Os animais foram divididos em dois grupos de acordo com o regime de ventilação utilizado. GI foi mantido em regime de ventilação espontânea (VE) e GII em regime de vetilação controlada (VC) com frequência ventilatória de 32 resp/min, com aparelho ciclando a volume de 10 ml/kg de peso vivo, sendo os animais mantidos em planos cirúrgicos.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Máscara laríngea; Cutia; Cetamina; Midazolan; Halotano.
Ano: 2014 URL: http://www.revistamvez-crmvsp.com.br/index.php/recmvz/article/view/24201
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Propofol-cetamina racêmica e propofol-cetamina levógira em cadelas: parâmetros eletrocardiográficos e outras variáveis fisiológicas Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Almeida,R.M.; Silva,C.E.V.; Zimmermann,M.; Maguilnik,S..
Estudaram-se os efeitos da infusão contínua da associação propofol e cetamina sobre variáveis fisiológicas e eletrocardiográficas e sua possível analgesia em 12 cadelas. Após indução com propofol, os animais receberam 0,4mg/kg/min de propofol + 0,2mg/kg/min de cetamina racêmica (n = 6, grupo PC) ou 0,4mg/kg/min de propofol + 0,1mg/kg/min de cetamina S+ (n = 6, grupo PCS). Avaliaram-se: teste álgico, freqüência cardíaca (FC), parâmetros eletrocardiográficos, freqüência respiratória (FR), pressão arterial sistólica, média e diastólica (PAS, PAM, PAD), saturação da oxiemoglobina (SpO2) e temperatura retal (TR). Houve elevação da FC sem alterações eletrocardiográficas, com exceção de aumento na amplitude da onda T em um animal de cada grupo. A FR diminuiu, e...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Cadela; Propofol; Cetamina; Cetamina S+; Eletrocardiografia.
Ano: 2008 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352008000600019
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Propofol-cetamina racêmica e propofol-cetamina levógira em cadelas : parâmetros eletrocardiográficos e outras variáveis fisiológicas UnB - FAB
Almeida, Ricardo Miyasaka de; Silva, Carlos Eduardo Vasconcelos da; Zimmermann, Marina; Maguilnik, Samara.
Estudaram-se os efeitos da infusão contínua da associação propofol e cetamina sobre variáveis fisiológicas e eletrocardiográficas e sua possível analgesia em 12 cadelas. Após indução com propofol, os animais receberam 0,4mg/kg/min de propofol + 0,2mg/kg/min de cetamina racêmica (n = 6, grupo PC) ou 0,4mg/kg/min de propofol + 0,1mg/kg/min de cetamina S+ (n = 6, grupo PCS). Avaliaram-se: teste álgico, freqüência cardíaca (FC), parâmetros eletrocardiográficos, freqüência respiratória (FR), pressão arterial sistólica, média e diastólica (PAS, PAM, PAD), saturação da oxiemoglobina (SpO2) e temperatura retal (TR). Houve elevação da FC sem alterações eletrocardiográficas, com exceção de aumento na amplitude da onda T em um animal de cada grupo. A FR diminuiu, e...
Tipo: Article Palavras-chave: Propofol; Cetamina; Cetamina S+; Eletrocardiografia veterinária.
Ano: 2008 URL: http://hdl.handle.net/10482/8131
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Resposta hematológica, respiratória e cardiocirculatória de eqüinos submetidos a três protocolos de indução anestésica Braz. J. Vet. Res. Anim. Sci.
MELLO,João Roberto Braga de; CASTRO JUNIOR,Jarbas Francisco de; SILVA FILHO,Antônio da Pádua Ferreira da.
O presente trabalho investigou os efeitos hematológicos, respiratórios e cardiocirculatórios de eqüinos PSI submetidos a três diferentes protocolos de indução anestésica. Os grupos (G1, G2 e G3), constituídos de 10 animais cada, receberam: acepromazina 0,1 mg/kg, guaifenesina 113 mg/kg e tiopental sódico 2 g (G1); levomepromazina 0,2 mg/kg, midazolam 0,1 mg/kg e cloridrato de cetamina 2,0 mg/kg (G2); e cloridrato de detomidina 20 µg/kg e tiletamina-zolazepam 1,1 mg/kg (G3). As avaliações realizadas constaram de exame clínico, análise hematológica, hemogasometria arterial e avaliação eletrocardiográfica. As colheitas de dados foram procedidas antes da administração de qualquer fármaco e quinze minutos após a administração do último. Os resultados mostraram...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Anestesia; Eqüinos; Guaifenesina; Cetamina.
Ano: 2000 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-95962000000600013
Registros recuperados: 18
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional