Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: 

RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 22
Primeira ... 12 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
10 passos essenciais para o controle hormonal do ciclo estral em caprinos e ovinos. Infoteca-e
FONSECA, J. F. da; FACO, O.; CRUZ, R. do C..
bitstream/item/92524/1/folder-ciclo-estral-10passosA.pdf
Tipo: Fôlder / Folheto / Cartilha (INFOTECA-E) Palavras-chave: Reprodução animal; Controle hormonal; Ciclo estral; Caprino; Ovino; Manejo.
Ano: 2012 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/919888
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
A fase estrogênica altera a resposta do osso e do metabolismo mineral de ratas com hipertireoidismo? Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Ocarino,N.M.; Serakides,R.; Nunes,V.A..
The effect of the estrogenic phase in the bone and in the mineral metabolism was studied in Wistar adult female rats kept under euthyroidism or hyperthyroidism for 60 days. The rats were divided, according to the stage of the estrous cycle, into four groups: 1) euthyroid (proestrus-estrus), 2) euthyroid (metaestrus-diestrus), 3) hyperthyroid (proestrus-estrus), and 4) hyperthyroid (metaestrus-diestrus). After 60 days the blood plasma was collected and the concentrations of free T4, estradiol, progesterone, calcium, phosphorus, and of alkaline phosphatase were determined. The bones (femur and tibia) were analysed microscopically. Despite of the functional state of the thyroid, the levels of estrogen were significantly higher in the proestrus-estrus. The...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Rato; Hipertireoidismo; Osso; Ciclo estral.
Ano: 2003 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352003000400018
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Aspectos histopatológicos da adenomiose em úteros bovinos nas diferentes fases do ciclo estral Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Moreira,L.; Carvalho,E.C.Q.; Caldas-Bussiere,M.C..
Relacionaram-se as características da adenomiose com as fases do ciclo estral em 61 peças de úteros de bovinos colhidas em matadouros. A adenomiose foi classificada em superficial e profunda. A fase do ciclo estral foi estimada pela morfologia, pela coloração e pela vascularização do corpo lúteo e presença ou não de folículos ovarianos maiores que 8mm. Os animais que estavam em anestro (n=11) apresentaram a menor ocorrência de adenomiose (8,2%), e os que estavam na fase lútea média (n=21), a maior (31,0%). Nas fases lútea inicial (n=13) e folicular (n=16) as ocorrências foram semelhantes, 18,0 e 22,9%, respectivamente. A maior porcentagem de adenomiose profunda ocorreu nas fases lútea inicial e média, 45,0 e 47,4%, respectivamente, e durante o anestro e a...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Bovino; Adenomiose; Ciclo estral; Histopatologia.
Ano: 2007 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352007000500002
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
AUMENTO da produção de leite com a diminuição do intervalo entre partos em bovinos: programa 34: Centro-Oeste/Sudeste. Infoteca-e
Com medidas simples os produtores podem obter importantes ganhos na produtividade do rebanho e maior renda para sua fazenda, como por exemplo reduzindo o intervalo entre partos em bovinos. A média do intervalo entre os partos no Brasil é de 18 meses mas o ideal é que esse intervalo seja de 12 meses: um bezerro por ano, por vaca em idade reprodutiva. Essa redução pode representar um ganho de 50% na produção de leite. A alimentação e as condições sanitárias do rebanho são pontos essenciais para melhorar a reprodução das vacas. Um animal bem alimentado tem mais condições de dar cria em menos tempo. E a manutenção dos animais em local limpo e com a vacinação em dia, livra o animal de doenças infecto-contagiosas. O rebanho também deve ter boas condições de...
Tipo: Prosa Rural (INFOTECA-E) Palavras-chave: Leite; Bovino; Vaca leiteira; Ciclo estral; Intervalo de parto; Reprodução animal; Nutrição animal; Saneamento rural.
Ano: 2008 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/1015517
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
AUMENTO da produção de leite com a diminuição do intervalo entre partos em bovinos: programa 34: Norte Infoteca-e
A média do intervalo entre os partos no Brasil é de 18 meses mas o ideal é que esse intervalo seja de 12 meses: um bezerro por ano, por vaca em idade reprodutiva. Essa redução pode representar um ganho de 50% na produção de leite. A alimentação e as condições sanitárias do rebanho são pontos essenciais para melhorar a reprodução das vacas. Um animal bem alimentado tem mais condições de dar cria em menos tempo. E a manutenção dos animais em local limpo e com a vacinação em dia, livra o animal de doenças infecto-contagiosas. O rebanho também deve ter boas condições de pasto e acomodações confortáveis, pra evitar o estresse. Outro fator importante no manejo reprodutivo é a secagem das vacas. Ou seja, o animal deve parar de dar leite antes de parir. Os...
Tipo: Prosa Rural (INFOTECA-E) Palavras-chave: Vaca leiteira; Intervalo de parto; Nutrição animal; Saneamento rural; Bovino; Reprodução animal; Ciclo estral.
Ano: 2008 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/1015996
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
AUMENTO da produção de leite com a diminuição do intervalo entre partos em bovinos: programa 34: Semi-Árido. Infoteca-e
Com medidas simples os produtores podem obter importantes ganhos na produtividade do rebanho e maior renda para sua fazenda, como por exemplo reduzindo o intervalo entre partos em bovinos. A média do intervalo entre os partos no Brasil é de 18 meses mas o ideal é que esse intervalo seja de 12 meses: um bezerro por ano, por vaca em idade reprodutiva. Essa redução pode representar um ganho de 50% na produção de leite. A alimentação e as condições sanitárias do rebanho são pontos essenciais para melhorar a reprodução das vacas. Um animal bem alimentado tem mais condições de dar cria em menos tempo. E a manutenção dos animais em local limpo e com a vacinação em dia, livra o animal de doenças infecto-contagiosas. O rebanho também deve ter boas condições de...
Tipo: Prosa Rural (INFOTECA-E) Palavras-chave: Bovino; Reprodução animal; Vaca leiteira; Ciclo estral; Intervalo de parto; Nutrição animal; Saneamento rural; Leite.
Ano: 2008 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/1015447
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
AUMENTO da produção de leite com a diminuição do intervalo entre partos em bovinos: programa 34: Sul. Infoteca-e
Com medidas simples os produtores podem obter importantes ganhos na produtividade do rebanho e maior renda para sua fazenda, como por exemplo reduzindo o intervalo entre partos em bovinos. A média do intervalo entre os partos no Brasil é de 18 meses mas o ideal é que esse intervalo seja de 12 meses: um bezerro por ano, por vaca em idade reprodutiva. Essa redução pode representar um ganho de 50% na produção de leite. A alimentação e as condições sanitárias do rebanho são pontos essenciais para melhorar a reprodução das vacas. Um animal bem alimentado tem mais condições de dar cria em menos tempo. E a manutenção dos animais em local limpo e com a vacinação em dia, livra o animal de doenças infecto-contagiosas. O rebanho também deve ter boas condições de...
Tipo: Prosa Rural (INFOTECA-E) Palavras-chave: Doença infecto-contagiosa; Leite; Bovino; Vaca leiteira; Ciclo estral; Intervalo de parto; Nutrição animal; Reprodução animal.
Ano: 2008 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/1016268
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Biologia reprodutiva de éguas: estudo do ciclo estral e momento de ovulação Braz. J. Vet. Res. Anim. Sci.
ROMANO,Marco Aurélio; MUCCIOLO,Raul Gastão; SILVA,Antonio Emídio Dias Feliciano e.
No presente estudo, foram utilizadas 21 éguas, das quais eram 11 Puros-Sangues Árabes (PSA) e 10 Cruza Árabes (CA), entre 3 e 11 anos de idade. Para identificação do estro (cio) utilizaram-se os métodos de rufiação e palpação retal, sendo que as éguas foram rufiadas 3 vezes ao dia até o final do estro para determinação de sua duração. Independente do estágio do ciclo, todos os animais foram examinados pelo menos 3 vezes por semana. No diagnóstico do momento de ovulação, as éguas foram examinadas às 8 h, 12 h e 16 h durante todo o período de estro, verificando-se as condições ovarianas e foliculares. A duração média do ciclo estral foi de 24,24 ± 6,00 dias com 7,50 ± 4,16 dias de estro. Observou-se que o início do estro foi mais freqüente às 12 h do que às...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Reprodução; Ciclo estral; Ovulação; Éguas.
Ano: 1998 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-95961998000100004
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Citología y Análisis Morfométrico de las Células del Epitelio Vaginal Durante el Ciclo Estral en Ovejas de Pelo (Ovis aries) International Journal of Morphology
Clemente Ovando,Neftali; Orihuela Trujillo,Agustín; Flores Pérez,Fernando Iván; Aguirre Flores,Virginio.
La citología vaginal puede usarse para caracterizar estados del ciclo reproductivo de la hembra. Sin embargo, no ha sido validada en ovinos de pelo, y ofrece resultados inexactos debido a interpretaciones subjetivas. El objetivo del presente trabajo es tipificar las características morfológicas y morfométricas de las células epiteliales de la vagina durante el ciclo estral en ovinos de pelo. Cinco borregas Santa Cruz se sincronizaron con esponjas intravaginales. Desde el día del 1er celo posterior al retiro de la esponja y hasta el siguiente celo, se obtuvieron muestras diarias del epitelio vaginal de cada oveja, y se cuantificó el número de células parabasales, intermedias y superficiales, y se midió la longitud, perímetro y área de citoplasma y núcleo de...
Tipo: Journal article Palavras-chave: Epitelio vaginal; Citología; Ciclo estral; Ovinos de pelo; Santa Cruz.
Ano: 2013 URL: http://www.scielo.cl/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0717-95022013000300017
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Concentrações plasmáticas de progesterona em borregas lanadas e deslanadas no período de abril a novembro, no Estado de São Paulo R. Bras. Zootec.
Sasa,Aya; Teston,Daniela Cristiane; Rodrigues,Paula de Almeida; Coelho,Lia de Alencar; Schalch,Edison.
Objetivou-se com este trabalho o fornecimento de informações sobre o padrão de secreção da progesterona (P4) e as características de manifestação do ciclo estral em borregas lanadas e deslanadas, durante o período de abril a novembro, no Estado de São Paulo. Amostras de sangue foram coletadas da veia jugular de 12 borregas das raças Santa Inês (SI), Romney Marsh (RM) e Suffolk (SU), e as concentrações foram determinadas pelo método de radioimunoensaio utilizando-se kits comerciais. O estro foi detectado por machos vasectomizados (impregnados com tinta pó xadrez + óleo comestível na região peitoral) em 31 borregas (10 SI, 11 RM e 10 SU). O estro foi determinado pelo confronto da observação de fêmeas marcadas pelos machos vasectomizados e dos valores de...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Ciclo estral; Ovinos; Progesterona; Raças.
Ano: 2002 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-35982002000500011
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
DESCRIÇÃO ECOGRÁFICA DO ÚTERO E DOS OVÁRIOS DE ÉGUA VIRGEM DURANTE UM CICLO ESTRAL Ciência Rural
Corte,Flavio Desessards De La; Luz,Ines Nicoloso Castro da; Alda,Joaquim Lopes de; Silva,Carlos Antonio Mondino.
Uma égua virgem de três anos de idade teve seu ciclo estral acompanhado diariamente, por exame clínico e ecográfico transretal, para a descrição das modificações estruturais do útero e dos ovários. Concluiu-se que é possível diagnosticar por ecografia a fase do ciclo estral na égua, desde que se leve em consideração o número e tamanho dos folículos, a presença e morfologia de um Corpo luteo (Cl) e as características da parede uterina.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Ciclo estral; Ultra-som; Égua.
Ano: 1992 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84781992000200015
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeito macho: alternativa natural de sincronização do estro para a produção orgânica de caprinos e ovinos. Infoteca-e
SALLES, H. O..
bitstream/CNPC-2010/21855/1/cot92.pdf
Tipo: Comunicado Técnico (INFOTECA-E) Palavras-chave: Organic agriculture.; Oestrous cycle; Oestrus synchronization; Caprino; Ovino; Sincronização do cio; Ciclo estral; Produção orgânica; Sheep; Goats; Organic foods..
Ano: 2008 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/519041
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Estudo estereológico comparativo de complexos cumulus-ovócito aspirados de folículos durante o ciclo estral em bovinos Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Calado,A.M.; Rocha,E.; Colaço,A.; Sousa,M..
Realizou-se uma análise estereológica comparativa de complexos cumulus-ovócito (COCs) de bovino da raça Holtein-Friesian aspirados de folículos antrais pequenos (com diâmetro de 1-4mm) e médios (com diâmetro de 4-8mm) durante as fases de metaestro, diestro e de proestro. Foram estimados o volume médio dos COCs, dos ovócitos (com e sem zona pelúcida), dos núcleos dos ovócitos e das células foliculares e seus respectivos núcleos. Estimou-se a espessura da zona pelúcida e calculou-se a percentagem relativa da freqüência dos diferentes tipos de células foliculares encontradas no cumulus. Os folículos pequenos apresentaram crescimento acelerado e sem sincronia entre o volume do citoplasma e o do núcleo. No folículo médio ocorreu expansão harmoniosa...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Bovino; Célula folicular; Ciclo estral; COC; Estereologia.
Ano: 2005 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352005000400007
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Farmacopuntura utilizando os acupontos Hou Hai e Bai Hui em protocolos de sincronização de estro em cabras Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Araújo,R.C.S.A.; Barbosa,L.P.; Souza,R.S.; Santana,A.L.A.; Carneiro,I.M.B.; Machado,W.M.; Vieira,R.L.A.; Jesus,R.D.L..
RESUMO Avaliou-se a eficiência da administração de subdoses de eCG nos acupontos Bai Hui e Hou Hai em protocolos de sincronização de estro em cabras. Na primeira etapa, 57 cabras foram distribuídas aleatoriamente em quatro tratamentos: T1- 300UI de eCG intramuscular (IM); T2- 60UI de eCG no acuponto Hou Hai; T3- 60UI de eCG no acuponto Bai Hui e T4- 60UI de eCG IM; e na segunda etapa, 28 cabras foram distribuídas aleatoriamente em três tratamentos: T1- 300UI de eCG IM; T2- 30UI de eCG no acuponto Bai Hui e T3- 30UI de eCG IM. Ao final do tratamento hormonal, as cabras foram monitoradas para detecção do estro, realização das coberturas e avaliação do comportamento reprodutivo. Os dados foram submetidos à análise de normalidade, seguida dos testes...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Ciclo estral; Controle farmacológico; ECG; Subdose.
Ano: 2019 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352019000200529
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
INDUÇÃO de cios em fêmeas de ovinos: programa 17. Infoteca-e
bitstream/item/83125/1/10-PGM-17-NORDESTE.mp3
Tipo: Prosa Rural (INFOTECA-E) Palavras-chave: Cio; Efeito macho; Ciclo estral; Ovelha; Reprodução animal; Indução.
Ano: 2013 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/958476
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Manual de sincronização e indução do estro e ovulação em ovinos e caprinos. Infoteca-e
FONSECA, J. F. da; CRUZ, R. do C.; PINTO, P. H. N.; FACO, O..
bitstream/item/58165/1/DOC-103.pdf
Tipo: Documentos (INFOTECA-E) Palavras-chave: Oestrous cycle; Estro; Oestrus synchronization.; Caprino; Ovino; Reprodução animal; Ciclo estral; Sincronização do cio.; Goats; Sheep; Reproduction..
Ano: 2011 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/922819
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
PREVENÇÃO e controle de doenças sexuais em bovinos: Programa 24: Norte. Infoteca-e
O produtor rural sabe que os rebanhos estão sujeitos a doenças e isso pode causar muitos prejuízos. Por isso, deve ficar atento e saber como melhorar os cuidados com o rebanho. Uma doença muito comum entre os bovinos é a campilobacteriose genital bovina. Mais conhecida como vibriose, pelos produtores rurais, causa infertilidade temporária nas vacas. Um grande prejuízo para o pecuarista. A campilobacteriose, geralmente é transmitida pelo touro infectado que não apresenta sintomas nem a doença. Na fêmea, não existe um sintoma muito claro para o produtor distinguir. O comum é as vacas, e principalmente as novilhas apresentarem repetições do cio. O touro é quem transmite o agente infeccioso quando cobre vacas e novilhas. A bactéria se prolifera na mucosa...
Tipo: Prosa Rural (INFOTECA-E) Palavras-chave: Esterelidade.; Doença animal; Campilobacteriose; Vibriose; Vaca; Bovino; Ciclo estral; Profilaxia..
Ano: 2008 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/1015860
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Restrição alimentar e atividade ovariana luteal cíclica pós-parto em vacas girolanda PAB
FERREIRA,ADEMIR DE MORAES; VIANA,JOÃO HENRIQUE MOREIRA; SÁ,WANDERLEI FERREIRA DE; CAMARGO,LUIZ SÉRGIO DE ALMEIDA; VERNEQUE,RUI DA SILVA.
Objetivou-se neste trabalho verificar se a restrição alimentar no pós-partoem vacas Girolanda, multíparas, de bom escore de condição corporal (ECC = 3,5 a 4,5) ao parto será suficiente para impedir o reinício da atividade ovariana luteal cíclica (AOLC) pós-parto.Os animais foram distribuídos em três tratamentos: Grupo I (n = 15), mantença; Grupo II (n = 10) e Grupo III (n = 13), sendo que os grupos II e III receberam restrição alimentar até 90 e 180 dias pós-parto, respectivamente. As pesagens e avaliações do ECC foram efetuadas logo após o parto, e depois semanalmente. A AOLC foi avaliada por palpação retal, observação de cio e concentração de progesterona no leite. Os intervalos do parto ao primeiro cio foram de 53,1, 63,2 e 51,2 dias (P>0,05),...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Condição corporal; Ciclo estral; Bovinos; Subnutrição.
Ano: 2000 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-204X2000001200023
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Vaginal smears: a key source of information on the estrous cycle of Neotropical bats Mastozool. neotrop.
Vela-Vargas,I. Mauricio; Pérez-Pabón,Laura; Larraín,Paloma; Pérez-Torres,Jairo.
El uso de citologías vaginales para el estudio de los fenómenos reproductivos de los murciélagos neotropicales no ha sido implementado bajo un protocolo estandarizado. Evaluamos e implementamos un protocolo de cito­logías vaginales, con el objetivo de probar su eficacia para la identificación del ciclo estral de un ensamblaje de murciélagos en el Caribe colombiano. El protocolo para realizar citologías vaginales en murciélagos neotropicales se dividió en tres fases: 1) toma de muestras en campo, 2) coloración de citologías vaginales y 3) conteo de células vaginales. La prueba se realizó bajo condiciones de campo, registrando los caracteres externos repro­ductivos tradicionales, los cuales se confrontaron con los resultados de las citologías vaginales. Se...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Chiroptera; Ciclo estral; Citología vaginal; Evaluación reproductiva; Protocolo.
Ano: 2016 URL: http://www.scielo.org.ar/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0327-93832016000100014
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
VANTAGENS da identificação de bovinos: programa 31: Centro-Oeste/Sudeste. Infoteca-e
A identificação individual do rebanho é a chave para se registrar todas as ocorrências e práticas de manejo seja qual for a forma escolhida pelo produtor. Dentre as vantagens estão a de o produtor poder acompanhar o desempenho da sua produção que inclui: controlar vacinas, alimentos, variação de peso, indícios de febre, ocorrência de cio e parto, estimar a previsão de lucros, entre outras. Com a identificação individual é possível atingir o efetivo controle da produção desde o nascimento dos animais até o fornecimento do produto final na gôndola, melhorando a produtividade e a eficiência do processo produtivo. Vanessa Felipe médica veterinária da Embrapa Gado de Corte traz mais detalhes sobre as vantagens da identificação de bovinos.
Tipo: Prosa Rural (INFOTECA-E) Palavras-chave: Bovino; Rebanho; Vacina; Parto; Ciclo estral; Produtor.
Ano: 2016 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/1049763
Registros recuperados: 22
Primeira ... 12 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional