Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 5
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Avaliação ambiental do cultivo da Macroalga Marinha Hypnea Pseudomusciformis no Litoral do Ceará. Infoteca-e
VALENTI, W. C.; PEREIRA, S. A.; KIMPARA, J. M..
A concentração de nutrientes (C, N e P) e a taxa de sedimentação de materiais em suspensão na produção de macroalgas marinhas e no ambiente do entorno foram monitorados para a avaliação da sustentabilidade da atividade produtiva por meio da aplicação de indicadores.
Tipo: Capítulo em livro técnico (INFOTECA-E) Palavras-chave: Nanoecologia; Consumo de oxigênio; Sustentabilidade.
Ano: 2019 URL: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/1114131
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Calorimetria indireta na monitoração hemodinâmica e metabólica em cães sob diferentes situações hemodinâmicas Arq. Bras. Med. Vet. Zootec.
Gehrcke,M. I.; Regalin,D.; Ronchi,S. J.; Comassetto,F.; Moraes,A. N.; Oleskovicz,N..
RESUMOA monitoração do estado hemodinâmico visa ao equilíbrio entre a oferta e a demanda de oxigênio tecidual. O objetivo deste estudo foi avaliar a utilização da calorimetria indireta (CI) frente à termodiluição (TD) em cães sob diferentes estados hemodinâmicos. Utilizaram-se nove cães pesando 19,6±1,3kg, os quais foram anestesiados com isofluorano a 1,4V% (Basal), submetidos à ventilação mecânica (VM) e estados hipodinâmico (Hipo), com isofluorano a 3,5V%, e hiperdinâmico (Hiper), com dobutamina a 5µg/kg/min. Utilizou-se um cateter de Swan-Ganz para aferição do índice cardíaco (IC) por TD, cálculo do consumo de oxigênio pelo método de Fick (VO2Fick) e para coleta de sangue venoso central e misto. Com a CI, obtiveram-se os valores de consumo de oxigênio...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Índice cardíaco; Hipotensão; Consumo de oxigênio; Produção de CO2; Análise de Bland-Altman.
Ano: 2015 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-09352015000501263
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Efeito da disponibilidade de nitrogênio no consumo de oxigênio durante a mineralização de Scirpus cubensis da Lagoa do Infernão (São Paulo, Brasil) - DOI: 10.4025/actascibiolsci.v29i2.524 Biological Sciences
Lemos, Romilda Maria Alves de; UFSCAR; Junior, Irineu Bianchini; UFSCAR; Santino, Marcela Bianchessi da Cunha; UFSCAR.
Neste estudo, avaliou-se a influência de adições de nitrogênio no consumo de oxigênio durante a decomposição de Scirpus cubensis, por meio de ensaios de laboratório. Foram determinados: as concentrações de oxigênio dissolvido, o pH, a condutividade elétrica e a temperatura da água. Os resultados mostraram acidificação inicial que diminuíram gradualmente, indicando grande liberação de matéria orgânica reduzida e formação subseqüente de CO2. As câmaras de decomposição com maiores concentrações de nitrato apresentaram valores de pH mais alto. A condutividade elétrica mostrou pequeno incremento com o passar do tempo e aumento abrupto com a intensificação das concentrações de nitrato. O consumo de oxigênio máximo global aumentou até a...
Palavras-chave: 2.05.00.00-9 Ecologia decomposição; Macrófitas; Nitrogênio; Consumo de oxigênio; MOP; MOD.
Ano: 2007 URL: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciBiolSci/article/view/524
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Influência da temperatura na taxa respiratória de abelhas forrageiras Trigona spinipes (Fabricius) (Hymenoptera, Apidae, Meliponinae) durante períodos de verão e inverno Zoologia
Macieira,Oilton J. D.; Proni,Edson A..
Os resultados obtidos sobre a influência da temperatura na taxa respiratória de forrageiras de T. spinipes (Fabricius, 1793) mostraram um aumento no consumo de oxigênio de acordo com o aumento das temperaturas. Também foi possível observar um metabolismo respiratório mais intenso no inverno do que no verão, principalmente nas temperaturas entre 30 e 35ºC. Os resultados da análise de variância fatorial, comparando-se verão e inverno mostraram diferenças significativas entre as temperaturas 15; 20 e 30ºC. Com relação às preferências térmicas observouse tanto no inverno como no verão um intervalo entre 20 e 30ºC, sendo que o consumo de oxigênio estabilizou mostrando uma possível faixa térmica ideal para essa espécie de abelha.
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Abelhas sem ferrão; Consumo de oxigênio; Metabolismo respiratório.
Ano: 2005 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-81752005000400050
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Ritmo circadiano da taxa respiratória de Tetragonisca angustula fiebrigi (Schwarz), T. a. angustula (Latreille) e Trigona spinipes (Fabricius) (Hymenoptera, Apidae, Meliponinae) Zoologia
Proni,Edson Aparecido; Macieira,Oilton José Dias.
Foi determinado em operárias isoladas de Tetragonisca angustula fiebrigi (Schwarz, 1938), T. a. angustula (Latreille, 1807) e Trigona spinipes (Fabricius, 1793) o ritmo circadiano das taxas respiratórias médias (VO2) em condições de ciclo normal (dia/claro e noite/escuro), durante a primavera. O consumo de oxigênio foi determinado a 30ºC usando um respirômetro de Warburg. A análise estatística dos resultados revelou interações significativas entre intervalos de tempo e entre as espécies. Foram comparadas as taxas respiratórias usando o teste do Tukey. Um padrão definido de ritmo circadiano metabólico foi observado para ambas as espécies, apresentando um maior consumo de oxigênio durante o dia, com um pico entre 10:00 e 15:00. À noite o consumo diminuiu,...
Tipo: Info:eu-repo/semantics/article Palavras-chave: Abelhas sem ferrão; Consumo de oxigênio; Metabolismo respiratório.
Ano: 2004 URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-81752004000400036
Registros recuperados: 5
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional