Sabiia Seb
PortuguêsEspañolEnglish
Embrapa
        Busca avançada

Botão Atualizar


Botão Atualizar

Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido
Registros recuperados: 2
Primeira ... 1 ... Última
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
Kunitz trypsin Inhibitor and phytic acid levels in conventional and genetically modified soybean seeds from Londrina and Ponta Grossa, South Brazil. Repositório Alice
GALÃO, O. F.; CARRÃO-PANIZZI, M. C.; MANDARINO, J. M. G.; LEITE, R. S.; CLAUS, T.; VISENTAINER, J. V..
Diferenças em níveis de inibidor de tripsina Kunitz e ácido fítico foram determinadas para cultivares de soja convencionais e transgênicas cultivadas em Londrina e Ponta Grossa, Sul do Brasil. Os níveis de inibidor de tripsina na região de Londrina e Ponta Grossa para variedades convencionais variaram de 14,56 mg g-1 (BRS 267) a 20,40 mg g-1 (BRS 261) e de 13,51 mg g-1 (BRS 232) a 19,65 mg g-1 (BRS 268), respectivamente, enquanto para as variedades transgênicas foram encontrados valores de 14,16 mg g-1 (BRS 242 RR) a 18,21 mg g-1 (BRS 255 RR) para Londrina e 13,68 mg g-1 (BRS 244 RR) a 18,73 mg g-1 (BRS 256 RR) para Ponta Grossa. A média de teor de ácido fítico em variedades convencionais e transgênicas de Londrina teve variação de 2,05 a 1,78 mg g-1,...
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE) Palavras-chave: Soja convencional; Soja transgêncica; Enzimas; Melhoramento genético; Fatores antinutricionais; Conventional soybean; Genetically modified soybean; Enzymes; Genetic improvement; Antinutritional factors.
Ano: 2014 URL: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/1007382
Imagem não selecionada

Imprime registro no formato completo
RETORNO E RISCO ECONÔMICO NO CULTIVO DE SOJA CONVENCIONAL E TRANSGÊNICA NA REGIÃO PAULISTA DO MÉDIO PARANAPANEMA, SAFRA 2006/07 AgEcon
Esperancini, Maura Seiko Tsutsui; Furlaneto, Fernanda De Paiva Badiz; Reco, Paulo Cesar; Ojima, Andrea Leda Ramos De Oliveira; Yasuda, Gabriela Martins.
Devido à expansão do cultivo da soja transgênica na região paulista do Médio Paranapanema analisou-se o retorno econômico comparativo entre a soja convencional e transgênica incorporando na análise o risco de alterações de variáveis críticas. Para determinar a rentabilidade líquida dos dois sistemas de produção sob condições de risco foi utilizado o método de simulação estocástica ou de Monte Carlo considerando três variáveis básicas: preço, produtividade e itens específicos do custo de produção para cada sistema, sabendo-se que na soja transgênica o manejo e controle de plantas daninhas são diferenciados. Concluiu-se que a soja transgênica apresentou nesse estudo maiores valores de retorno médio e menores indicadores de risco nas condições de preço,...
Tipo: Conference Paper or Presentation Palavras-chave: Soja transgênica; Soja convencional; Retorno e risco econômico; Transgenic soybean; Conventional soybean; Economic return and risk; Crop Production/Industries.
Ano: 2008 URL: http://purl.umn.edu/109764
Registros recuperados: 2
Primeira ... 1 ... Última
 

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade
Área restrita

Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3448-4890 / 3448-4891 SAC: https://www.embrapa.br/fale-conosco

Valid HTML 4.01 Transitional